Voltar

05 atividades para desenvolver a Consciência Fonológica na alfabetização

Você conhece e sabe como estimular as competências da Consciência Fonológica na Alfabetização? Neste artigo, vamos mostrar 5 atividades lúdicas e divertidas para adicionar na rotina de estudo das crianças.

A consciência fonológica é um dos pilares mais importantes para o desenvolvimento do processo de leitura, escrita e posteriormente, aprendizagem das crianças. Mas não se engane, devemos desenvolver a Consciência Fonológica antes, durante e até mesmo depois da alfabetização! 

A estimulação dessa habilidade aliada ao ensino do Princípio Alfabético são duas ferramentas muito importantes para um processo de alfabetização bem sucedido! Continue lendo para aprender cinco atividades lúdicas e muito divertidas para desenvolver a consciência fonológica. 

O que é consciência fonológica

Trata-se da habilidade de manipular sons, sílabas e palavras de maneira eficiente e autônoma. A partir dos 3 ou 4 anos de idade já podemos começar a introduzir atividades que irão desenvolver essa habilidade precursora do processo de Alfabetização.

Todo esse processo de estruturação deve ser seguido, a partir da educação infantil, de acordo com o progresso da criança, sempre começando da competência mais simples até a mais difícil. 

Por isso, começaremos explicando a mais fácil que é a rima, e depois seguimos até a mais complexa  que é a Consciência Fonêmica.

  • Rima: Essa competência é sobre a habilidade da criança distinguir e identificar sons similares. Aqui, a criança não precisa, necessariamente, possuir um vocabulário ou entender além do que o som da palavra. Por exemplo, ela pode identificar que “Cafuné” e “Café” rimam mesmo sem saber do significado de ambas as palavras. O que deve ser estimulado aqui, é a identificação de sons parecidos.
  • Aliteração: Depois de treinarmos a habilidade de Rima, podemos introduzir exercícios que estimulam a aliteração. O foco aqui está em identificar diferentes palavras que começam com o mesmo som. Por exemplo: “Casa” e “Camelo” têm o mesmo ínicio sonoro, mas representam duas coisas muito diferentes. 
  • Consciência das Palavras: Após estimularmos rima e aliteração, a criança já está preparada para estimular a sua capacidade de parar, pensar e perceber os diferentes sons que compõem palavras, não só os que são similares.
  • Consciência de Sílabas: Agora, conseguimos estimular a criança a desenvolver a consciência (parar, pensar e refletir) sobre os “pedacinhos” que compõem as palavras. 
  • Consciência Fonêmica: Este é o último estágio da Consciência Fonológica. Aqui, devemos preparar a criança para o manuseio autônomo dos sons da língua. Essa é a habilidade que irá prepará-la para conectar os sons às suas representações escritas (letras) e obter um domínio sobre novas combinações para escrever e ler novas palavras.

Atividades para desenvolver a consciência fonológica

Agora, vamos pôr a mão na massa? Qualquer pessoa pode estimular a consciência fonológica em crianças, mas lembre-se de usar a instrução explícita e repita bastante todos os sons! Assim a criança é exposta aos sons e consegue identificar padrões e diferenças entre os sons. 

Também aproveite e utilize esses exercícios para expandir o vocabulário da criança!

Jogo da memória (Rima)

Utilize cartões com figuras de animais ou frutas e os deixe virado para baixo, como um jogo da memória normal. Mas aqui, o par deverá ser formado por palavras que rimam e não por serem iguais. Ex: o par de “leão” deverá ser “cão”, o par de “foca” deverá ser “porca”.

História Sonora (Aliteração)

Vamos contar uma história! A única regra aqui é que teremos que inventar uma história com muitos sons iguais, treinando a repetição e estimulando a percepção dos sons. Exemplo: “Havia um CAvalo dentro do CAstelo enquanto a CAmareira arrumava a CAma!” .Troque os sons e deixe a criatividade fluir.

Que bicho é esse? (Consciência de Sílabas)

Apresente imagens de animais para a criança e peça para que ela repita o nome do animal em voz alta, após você. Agora repita no nome do animal realizando a divisão silábica e peça para a criança fazer o mesmo. Ex: “Esse bicho é o CA-VA-LO”, “Esse bicho é o E-LE-FAN-TE”.

Quantas palavras eu falei? (Consciência de Palavras)

Comece com frases curtas e depois vá aumentando o número de palavras na frase de acordo com o desempenho da criança. Ex: diga uma frase simples: “João está feliz” e pergunte “quantas palavras eu falei?”. A criança deverá responder “três”. 

Lembre-se de caprichar na entonação para que a criança consiga distinguir, ok?

Manipulação Fonêmica (Consciência Fonêmica):

Apresente uma palavra para a criança e manipule os sons individualmente. Comece pelas vogais e apresentando palavras curtas, depois vá aumentando conforme o progresso da criança. Ex: Peça para que a criança repita o som de cada letra individualmente da palavra “FOCA”. Agora, peça para que ela diga outras palavras que comecem com essas letras! Ex: “Formiga, Ornitorrinco, Cachorro e Abelha.”

O importante é praticar! Exercitar a Consciência Fonológica é uma tarefa simples que pais, mães e professores podem fazer e que com certeza trará inúmeros benefícios para o desenvolvimento das habilidades de leitura e escrita da criança. 

Gostou do conteúdo sobre Consciência Fonológica? Comente aqui embaixo qual dessas atividades você vai fazer primeiro! Se precisar de ajuda para aplicar essas atividades no ensino remoto, dê uma olhada nesse vídeo aqui embaixo.

Você também pode se interessar...

4 respostas em “05 atividades para desenvolver a Consciência Fonológica na alfabetização”

Amei!!! Sempre trabalhei mas sem saber organizar …era td fora de ordem … incompleto…. e sem saber o pq trabalhar dessa forma…
Agora está td 100% claro…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *