Voltar

10 brincadeiras simples para desacelerar as crianças com TDAH

O Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade pode apresentar comportamentos marcados pela desatenção ou agitação (hiperatividade). Muitas crianças com TDAH representam desafio para professores e até a própria família. Os adultos não sabem qual brincadeira incluir o pequeno, principalmente para deixá-las mais calmas. O artigo de hoje vai mostrar 10 atividades que podem ser usadas com seus filhos ou alunos. Confiram abaixo:

Jogo de memória

O jogo da memória é excelente por estimular habilidades como o pensamento, a memorização, a identificação de figuras; o estabelecimento do conceito de igual e diferente; a orientação espacial, entre outros.

Pintura e argila

Brincadeiras com pintura e argila proporcionam às crianças com TDAH a oportunidade de se expressarem por outros meios que não sejam necessariamente a comunicação verbal. Pintura e argila também colaboram com a autoconfiança, pois não há nenhuma abordagem adequada ou errada em utilizar os materiais.

Montando blocos

Muitos de nós já brincamos com aqueles famosos blocos de construção. Isso faz muito bem. Vale dizer que crianças com TDAH podem ter dificuldade de completar algumas tarefas, trazendo consequentemente frustrações e impaciência. Os brinquedos de montar são fáceis de usar e têm peças que possibilitam o manuseio. Importante notar que isso ajuda as crianças a criarem uma estrutura única em um tempo curto, o que pode ajudá-la a adquirir confiança.

Prática de esporte

Crianças com TDAH devem praticar esporte. Melhor ainda quando praticados coletivamente. Os pequenos gastam muita energia e aprendem a obedecer regras; a seguir orientações, etc.

Incentivando a leitura das crianças

Nada melhor que praticar a leitura com seus filhos. É aconselhável que vocês escolham livros com letras grandes e frases curtas, além de optar por aqueles que tenham muitas figuras, histórias curtas e interessantes para atrair o pequeno. Isso ajuda seu pequeno a permanecer mais concentrado por muito mais tempo. Livros com conteúdo lúdico são altamente indicados.

Livros para colorir

O que veio para suprir a ansiedade dos adultos pode também ter grande utilidade para as crianças com TDAH. Esses livros são excelentes para desacelerar a impulsividade, além de ser uma ótima terapia e sem contraindicações.

Montando quebra-cabeça

O quebra-cabeça é uma brincadeira que desafia a inteligência da criança com TDAH e as demais que vivem sem o transtorno. Deve-se ressaltar que a atividade estimula o pensamento lógico, a composição e decomposição de figuras, discriminação visual, atenção e a concentração.

Adivinhação

A adivinhação é responsável por estimular uma série de aspectos: pensamento lógico, o reconhecimento do todo por uma parte, a dedução, a atenção, a observação, a nomeação e a discriminação visual. Os pequenos podem descobrir, por meio da atividade, que poderão alcançar resultados mais satisfatórios, sobretudo se fizerem perguntas mais objetivas.

Morto-vivo

Brincar de morto-vivo é fundamental para estimular a concentração e o controle da impulsividade do pequeno, além de ser muito divertido.

Estátua

Assim como a atividade acima, a brincadeira de estátua também é ótima para a atenção e o controle do impulso. As crianças passam a desenvolver essas habilidades.
 

Você também pode se interessar...

44 respostas em “10 brincadeiras simples para desacelerar as crianças com TDAH”

Meu filho tem 10 anos e tem TDAH combinado. É impulsivo não obedece regras e está em diagnóstico de TEA, mas TDAH já fechado.
É chamado por nós de do contra pra tudo, não aceita nada e nunca gosta de nada é mandão e desobediente.

oi renata li seu comentário parece que estava lendo sobre a minha filha de 6 anos ela é exatamente como o seu filho ela foi diagnosticada com TDAH e faz acompanhamento é impulsiva imperativa mandona não obedece regras não tem concentração e muito agitada me conforta saber que não é só eu que passo por isso não é fácil ter criança com TDAH…

Oi Edileuza. Meu filho de 10 anos Eh igual. Não obedece regras, teimoso, impulsivo… bom saber que o diagnóstico de TDAH está correto… e não estamos sozinhas…

BOM DIA. meu filho de nove anos é portador de TDAH e TOD, estou conseguindo um avanço através das terapias: hipnose clinica sistêmica e constelações familiares. trabalho na área de família e educação a 30 anos. depois que o mais novo nasceu fui buscar formas para auxiliar e equilibrar o ambiente. hoje indico as terapias e também busquei formação para poder atender. 49 999194845

BOM DIA! MEU NETO TEM 7 ANOS TEM OS MESMOS SINTOMAS, GOSTARIA DE AJUDA-LO A MELHORAR, COMO POSSO FAZER?

Oi Edileuza. Meu filho de 10 anos Eh igual. Não obedece regras, teimoso, impulsivo… mandao, não aceita nada….bom saber que o diagnóstico de TDAH está correto… e não estamos sozinhas…

Oi! Sou Psicopedagoga. O ideal é você começar com uma consulta ao neuropediatra. Ele irá emcaminhar também para uma psicopedagoga para avaliar a questão da aprendizagem. Mas é o neuro que lhe dará um laudo, baseado em todas as informações acolhidas e avaliações.

Oi,eu sou eliza e meu filho tem 2 e meio e possivelmente ele tem TDAH e TEA. Iniciando fono,consulta marcada com neuro e aguardando psiquiatra. To bem perdida,ele tem sintomas e não sintomas. Não sei se me entendem. 48998351101 p caso ouvir um grupo de apoio ou trocado experiências. Abraço. 🤗❤

Boa noite, sou professor de educação física e estou trabalhando com grupos espaciais e crianças com TDAH, é um mundo novo pra mim pelo fato de nunca ter trabalhado com esse público. Venho aqui a procura de aprender mais sobre o caso e que brincadeiras posso usar com eles ?

Oi boa noite o meu filho te 8 anos e tem tdah como eu posso ajudá-lo a melhora na escola e que ele está muito ruim na escola .

Bom dia a minha filha ainda esta em processo de saber o que ela tem estou na espera de exames para saber de concreto. Pois o medico queria passar remédio sem saber o resultado. Ela tem 7anos fala demais mais e muito agitada costa ate de fazer as tarefas das aulas mais fica logo tentando se enteragir com outras coizas não presta atenção não sabe ler. Brincadeiras éo tempo todo não para. Não se cansá. Eu ponho limitis ai por mais que ela fique chateada ela me obedece. E arteira mais se eu falar ela na mesma hora para ao dormir ela não me dar trabalho algum a tarde se eu sismar de descansar um pouco e por ela pra dormir ela dorme mais não e toda a tarde não mais a noite dorme tranquila não acorda dorme de 20:30horas. Ate 7:30da manhã direto ai queria saber o tipo de emperarividade que ela tem

Olá Marcilene, sou psicopedagoga e faço atendimentos em domicílio no Rio de Janeiro. Qualquer interesse peço que entre em contato comigo. Podemos fazer um grande trabalho de aprendizagem com seu filho.

Meu filho tem 7 anos e foi diagnosticado com TDAH para nós está sendo muito difícil lidar, pois ele não obedece regras, e é muito desobediênte , está muito complicado pois não sabemos como agir.
Obs: Ele já está em tratamento com uma psicóloga

Saudações o artigo ajudou me muito deu me base de como trabalhar com as crianças com TDAHA para melhorar o ambiente na sala de aulas

Ola td bem? Meu fiho tem 3 anos e meio é muito inteligente desde quando mas novinho ,porém desde bebe raramente dormia a tarde e agora pior ainda …acorda cedo e dorme bem a noite toda,porém é extremamente agitado ,desobediente,mandão ,não aceita as regras. Não passei ele ainda em um especialista …porem me preocupo será que é apenas a idade ? Ele é muito inteligente e as pessoas vivem comentando q ele é esperto …inteligente demais ! Aguardo uma resposta como ajuda ou orientação obrigada

Olá Veronica, tudo bem ? Sem avaliação não podemos dar uma orientação precisa sobre caso .É importante buscar um especialista para lhe dar melhores informações e orientação para uma intervenção.De qualquer forma , temos conteúdos no youtube.com/neurosabervideos e também em nosso blog que podem te ajudar em muitas questões.

Minha filha tem 6 anos é muito esperta apreende rápido mas desobedece grita fica muito nervosa quando não consegue obter vitória em alguma coisa não gosta de ordens gosta de ajudar e muito cuidadora com outras crianças mas mesmo assim evito festas sempre tem alguém comentando ,ela é teimosa desobediente nossa ,isso me deixa triste todo mundo quer bater passar pimenta na boca por ela falar demais tá muito difícil pra mim não estamos em tratamento posto de saúde sem especialista o que eu faço pra minha princesa não sofrer

Olá bom dia a todos!
Sou professora na rede municipal e mãe de uma jovem com 27 anos, portadora de deficiência intelectual. CID 10 071. Estou encantada com as informações pois me deparo todos os dias cm crianças que apresentam dificuldades tais como: Comportamento, aprendizagem, baixa autoestima enfim , na maioria das vezes são crianças, adolescentes que convivem em ambiente desajustado e isso exige do professor o conhecimento adequado para melhor entendê-los e ajudá-los em suas particularidades. Muito obrigada pelas informações e oportunidade de estar aqui com vocês.
Abraços, Mª Dolores.

Olá! Eu sou Viviane Ferreira, radialista, pedagoga e psicopedagoga. Durante os meus estágios eu percebi a necessidade de um espaço lúdico na minha cidade, sempre comentava isso com as minhas colegas, algumas mantiveram o desejo, porém, não quiseram montar. Em meio a essa pandemia eu convidei uma colega pedagoga e estamos nos organizando.
Já temos alguns alunos matriculados, estaremos funcionando oficialmente em Janeiro de 2021.
Estou escrevendo para informar, que muitos dos conselhos de vocês, tem nos ajudado muito! Estamos com um rico projeto,em um período ajudaremos os alunos no processo de alfabetização, no outro com oficinas lúdicas e pedagógicas e acompanhamento da Rede e a noite, assistimos os jovens. Devido a pandemia, não podemos ter muitos alunos. Mas, os pais estão amando a novidade e as crianças já assistidas também. A maioria dos pais, fazem dois pedidos: “ajudar as crianças no processo de alfabetização e sair do celular”.
O nosso projeto é lindo! E eu montei com o dinheiro do auxílio emergencial ou seja, cada um pode sim, ser a mudança que deseja.
Se muitos pais se unirem, podem sim, com apoio de profissionais montarem um espaço lúdico e ajudar os pequenos.

Um abraço da beija-flor, Viviane Ferreira.

Olá Viviane,
Agradecemos por compartilhar conosco essa iniciativa tão importante para nossas crianças.
Que bom! Ficamos felizes em sempre poder auxiliá-los.
Atenciosamente,
Equipe NeuroSaber

Meu filho tem 5 anos já procurei um psicólogo mas até hoje não tive acompanhamento com meu filho ,pela convivência com meu filho e pesquisa pude perceber que ele pode sim ter hoperatividade, estou morando junto com um homem a qual tenho um filho de 2 mês
Ele não se dar muito bem com meu filho 5 anos diz que é uma criança desobediente sem educação

Tenho um filho de 4anos e eu acho que ele se encaixa em todos requisitos do Tdah, mas levei ele pra neurapediatrica e ela falou que só pode dá o diagnóstico com 6 anos isso procede?

Meu filho foi diagnosticado com TDA com ansiedd aos 16 anos. Diagnóstico tardio devido o estilo de vida que temos, muito espaço para brincadeiras, estímulo para estudo através de observação e prática. Desde que começou o acompanhamento com psiquiatra e neuropsicopedagoga sua vida mudou muito. Ele percebe isso claramente nos estudos. Tem excelente aprendizagem, consegue se concentrar mesmo com outros estímulos à sua volta. Nós, responsáveis, precisamos estar atentos e oferecer ajuda e tratamento. Hj meu filho, que sempre foi feliz, é mais feliz ainda e está se preparando para um vestibular muito concorrido. O tratamento é tranquilo, mesmo usando medicação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *