Voltar

13 sintomas de problemas psicológicos em crianças

A infância é uma caixinha de surpresas. Todos nós sabemos que nesta etapa adquirimos habilidades, ganhamos determinada segurança para algumas coisas e começamos a conhecer mais o ambiente que nos cerca. No primeiro contato com o mundo exterior de fato, vamos para a escola, conhecemos nossos coleguinhas, começamos a seguir algumas regras, etc.
A relação com as pessoas e as coisas tende a ganhar certa frequência e é a partir dos detalhes onde se tem início alguns pontos que devem ser observados. Aspectos comportamentais que podem direcionar nosso trajeto de forma segura (regular) ou que necessitem de um acompanhamento mais específico. No caso das crianças, por exemplo, podemos citar os problemas psicológicos que tendem a surgir nos primeiros anos. Entretanto, não são poucos os pais que ficam receosos diante de tal situação. Afinal, como saber?

O primeiro passo deve ser dado

O início dessa investigação deve ser realizado com o acompanhamento médico para que o profissional trace um caminho que leve ao diagnóstico de algo que possivelmente esteja prejudicando o pequeno.
No entanto, essa identificação pelos pais ou responsáveis não é uma tarefa muito fácil, tendo em vista que os sintomas podem passar despercebidos por um bom tempo. O fato de a criança também não ser dotada de um vocabulário extenso e raciocínio completamente desenvolvido pode impedir que ela se expresse de forma que a faça ser entendida pelos adultos.
De qualquer maneira, algumas características são mais fáceis de serem observadas, o que possibilita uma atenção maior em relação a esses pequenos sinais demonstrados pelos pequenos. Outro detalhe que merece ser destacado é o medo de que seus filhos sejam estigmatizados pelo fato de terem algum transtorno.
Enfim, na iminência de qualquer suspeita é necessário que um especialista seja consultado a fim de facilitar o diagnóstico o quanto antes e, assim, agilizar o início das intervenções para o que a criança demonstra. Os problemas psicológicos têm sintomas que podem ser percebidos. Vejam quais são abaixo.

Os sintomas de problemas psicológicos em crianças

– Aumento da dificuldade do pequeno com os exercícios em sala de aula;
– Maior distanciamento de pessoas que pertencem ao núcleo familiar, parentes, amigos e colegas;
– Comportamentos agressivos com os colegas de sala, envolvendo agressão física ou ameaças;
– Mudanças repentinas e frequentes de humor;
– O pequeno tenta se machucar com certa frequência;
– Dificuldade para se concentrar nas atividades da escola ou em situações mais simples;
– Alterações de comportamento que podem resultar em explosões momentâneas (aquelas birras mais fortes ou até mesmo agressão); demonstração de medo de tudo e de todos;
– Apatia sem nenhuma razão aparente;
– Desconfortos físicos e demais reclamações sobre dores;
– Dificuldades frequentes para dormir e agitações noturnas como resultados de pesadelos;
– O pequeno negligencia a própria aparência;
– Preocupação excessiva com o peso e a forma do próprio corpo.
– A criança passa a comer compulsivamente. Por outro lado, ela também pode diminuir de forma considerável a ingestão alimentar. Ambos os casos são prejudiciais à saúde.

Como é o diagnóstico?

Considerando que os profissionais se baseiam primeiramente no relato dos pais, o próximo passo é a identificação de possíveis sintomas que possam corroborar com as suspeitas. É válido lembrar que não existem exames cujo resultado se dê de forma instantânea. Sendo assim, ao longo da investigação acerca dos problemas psicológicos, a escolha de um caminho de tratamento multidisciplinar pode ajudar bastante no prosseguimento das intervenções.

O que pode ser feito para solucionar os casos?

Existem tratamentos indicados e consolidados por evidências científicas. Neste rol podemos trazer a eficácia que a psicoterapia representa para possibilitar a diminuição dos sintomas e o aumento da qualidade de vida. O uso de medicamentos também é algo que merece destaque. No entanto, a presença de médico e terapeutas é fundamental.
 

Você também pode se interessar...

17 respostas em “13 sintomas de problemas psicológicos em crianças”

Bom dia…Amigos, ao Ler o artigo percebi que meu filho apresenta pelo menos duas destas alternativas.. . quando fica muito irritado com algo ele começa a se bater, dando murros em si mesmo mas não machuca ninguém. desde cedo que tem este comportamento, hoje ele tem 6 anos. outra coisa é o sono, ele dorme muito desconfortável…joga as pernas pra lá e pra cá, ele é bem elétrico…alguns dizem q é por ser prematuro…as vezes penso q pode ser algo…
obrigada pelo Artigo …valeu!

Olá Jussara , tudo bem? Esse comportamento pode ser por muitos motivos diferentes. Temos muitos conteúdos que podem te ajudar a entender melhor isso. Acesse youtube.com/neurosabervideos e também em nosso blog que podem te ajudar.

Meu filho de seis anos tem acho que quase todos esses sinais acompanho ele com psicóloga fono e agora neuro… é uma criança elétrica, mas tem dificuldade com regras, interação com demais crianças, vive se machucando e nunca chora, demora a dormir, restrito com comida, cheiros, não gosta q abrace ele,ele abraça qdo quer…ama montar blocos e pecinhas…a neuro desconfia de TDAH..mas eu não vejo ele hiperativo porque ele assiste desenhos bem tranquilo,joga no computador se deixar a tarde toda..é muito inteligente, lembra de coisas muito antigas,tem um vocabulário diferente da idade dele..eu não posso confirmar,mas acredito que meu filho tem Asperger com TDAH

Meu filho tem 9 anos, e por volta dos 2 anos, percebi uma mudança muito radical no comportamento dele. Ele começou a criar “manias” ele na época tomava mamadeira e precisava ser somente azul! O leite ter apenas uma marca. Os objetos precisavam ser sempre os mesmos.depois começou a rejeitar vários alimentos, todos os dias comer a mesma coisa, do mesmo jeito sempre! Até hoje não aceita praticamente nada para comer. Ele come na mesma hora todos os dias, se não chega aquele horário ele não come antes de jeito nenhum! Sérios problemas com cheiro também! Tenho mais 3 filhos e raramente ele brinca junto. A algum tempo vem fazendo xixi na cama todas as noites! Quando está concentrado em algo, ele parece que nem está ali! Não come, não bebe, e muitas vezes escondido faz xixi nas roupa de tão concentrado que fica! Sempre teve um vocabulário muito certinho pra idade dele. Já sabia o abc completo e números até 20 entre 18 e 24 meses. Eu realmente suspeito de asperger mas nunca procurei um médico, meu marido sempre achou ser por causa da idade. Mas isso está atrapalhando cada vez mais ele, em todos os aspectos! Eu realmente acredito que preciso leva lo em algum médico. Mas não sei por onde começar!

Olá Katia,
Esse comportamento pode ser por muitos motivos diferentes. Temos muitos conteúdos que podem te ajudar a entender melhor isso. Acesse youtube.com/neurosabervideos .
Orientamos que procure um especialista pessoalmente (Neurologista Infantil) para lhe dar melhores informações e orientação assertiva sobre caso do seu filho.
Atenciosamente,
Equipe NeuroSaber

Olá Andréa,
Nesses casos orientamos buscar um especialista pessoalmente para lhe dar melhores informações e orientação assertivas sobre o caso.
De qualquer forma,temos conteúdos no youtube.com/neurosabervideos e Artigos em nosso Blog: http://www.neurosaber.com.br/artigos que podem te ajudar em muitas questões.
Atenciosamente,
Equipe NeuroSaber

Bom dia,me chamo Danielle sou pedagoga e psicopedagoga,tenho uma enteada que vai fazer 3 anos de idade,mas ela não fala nem um tipo de palavra nem as mais simples como ( papa,mama,papai e etc) ela só solta sons mas nada concreto, ela mora com a mãe e tenho contato só a cada 15 dias, que acaba dificultando em algumas coisa, tenho contato com ela tem um ano, e ela não teve nem um progresso,reparei que quando chamamos ela pelo nome, ela não olha e não tem nem tipo de reação, não abraça, não dá beijo, nem tchau,quando ela está vendo desenho não são todos que ela gosta,e quando não gosta ela tampa os ouvidos,e quando quer alguma coisa,ela leva a nossa mão para pegar,mesmo eu falando você quer o que água,biscoito,boneca,não temos sucesso,no começo a mãe falava que ela comia só com a mão,mas acabei tirando esse costume dela,ela não interage com outras crianças e nem adultos, só se ela tiver muita confiança,a mãe diz que ela só tem um atraso de fala e que a pediatra falou que a criança vai falar no tempo dela,que ela não tem nada,mas pelo pouco que eu aprendi e agora lendo um pouco mais sobre o assunto,acho que ele se enquadra no autismo leve, não posso dar 100%de certeza,por não ser uma especialista,aí o que eu e o pai fizemos,passamos ela numa pediatra nossa,que encaminhou para uma fono e uma neuropediatra,e estamos atrás, pra tentar descobrir se realmente ela tem alguma coisa,ou se só é atraso de fala,mas gostaria de mais algum conteúdo sobre o assunto,uma professora que me indicou vocês,e também tive muitas aulas baseadas nós artigos de você.

Olá Danielle,
Primeiramente obrigada pela confiança!
Acesse nossos canais, temos muitas informações importantes lá que podem ter respostas para suas dúvidas. Vale a pena conferir!!!
YouTube: https://youtube.com/neurosabervideos
Facebook: NeuroSaber
Instagram: @neurosaberoficial
Artigos em nosso Blog: http://www.neurosaber.com.br/artigos
Conheça também nossos Programas, cursos e NeuroPalestras: https://lp.neurosaber.com.br/neurosaber-cursos/
Atenciosamente,
Equipe NeuroSaber

Oi meu filho …Tem três anos é sete meses,eu estou passando ele com neropediatrico ,ele passou um calmante para ele remédio chama VIVERDEL,ele sabe todas as cores , números,ABCD ,todo e junta as palavras ,ele gosta de barulho,fica batendo nas coisa nos móveis ,ele tem medo só do barulho de liquidificador ,e furadeiras ,mas e muito esperto,atropela as palavras ,e sempre ao dia fala eu te amo mãe eu te amo papai,se apega muito com brinquedos colocar para dormir junto cm ele na cama ,estou tão precupada ?

Olá. Meu filho tem 7 anos. É bem elétrico, fala bastante, não dorme direito. Mas percebo que para estudar ele é bem desatento e não escreve bem e nem lê bem… sei que ele está no processo de alfabetização ainda, porém, ele confunde m com o n, d com o b… às vezes penso que ele possa ter algum distúrbio da parte de educação ou de repente até ser um pouco hiperativo. Na escola não tem reclamação do comportamento dele, mas dele não terminar as atividades por distração, conversa… principalmente português. Estou perdida, não sei o que exatamente eu devo ler… e se é da idade ou se precisaria fazer uma avaliação dele com uma psicopedagoga que não seja a da escola. Obrigada, Se puderem me ajudar, agradeço.

Olá Maria,
Orientamos que faça uma avaliação com Psicopedagoga e Neurologista Infantil.
Atenciosamente,
Equipe NeuroSaber

Bom dia meu filho tem 2 anos e 5 meses ,ele é uma criança muito esperto e sabido pra idade dele mais porém ele é muito agitado nervoso e bastante agrecivo , tem dificuldade pra dormir pra comer .. Só quer comer pulando tô muito preocupada

Boa noite tenho um bebê de 10 meses não fala papai nem mamãe,só resmunga (humhum) e grita bastante não dá tchau e nem bate palma é bem risonho será q ele é autista?ou é precoce ? Devo procurar ajuda para intervenção?

Olá Carla,
Orientamos sempre em caso de dúvida sobre fases do desenvolvimento do bebê, conversa com pediatra da criança.
De qualquer forma, temos conteúdos no youtube.com/neurosabervideos e Artigos em nosso Blog: http://www.neurosaber.com.br/artigos que podem te ajudar em muitas questões.
Atenciosamente,
Equipe NeuroSaber

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *