Voltar

A Importância do Brincar na Educação Infantil

Os primeiros anos das crianças são uma época repleta de brincadeiras e aprendizado. Veja, neste artigo, a importância do brincar na Educação Infantil.

Embora todos saibam que as crianças aprendem brincando, é importante entender o quanto elas se desenvolvem nas brincadeiras — o meio pelo qual descobrem o mundo e aprendem.

Pensando nisso, escrevemos este texto sobre os benefícios do brincar na educação infantil. Brincando, as crianças desenvolvem a linguagem, a capacidade cognitiva e emocional, as habilidades sociais e motoras, dentre outras. Confira!

Benefícios do brincar na Educação Infantil

Linguagem e vocabulário

As crianças desenvolvem as habilidades de linguagem quando brincam. A exposição constante à atividades novas, constrói e expande seu vocabulário. Conforme falam sobre o que estão fazendo, praticam o uso da linguagem e aprendem a gramática e a construção de frases.

Embora as crianças façam isso naturalmente quando brincam com seus pares, também aprendem muito brincando sozinhas. Nesses momentos, os professores podem incentivar a conversa, perguntando sobre o que estão fazendo, qual é o seu objetivo, etc. 

Por exemplo, quando seu aluno fizer um desenho, você pode pedir a ele para lhe contar sobre o que desenhou e até convidá-lo a partilhar sua produção com os colegas da turma.

Desenvolvimento cognitivo

Toda brincadeira ajuda as crianças a construir uma compreensão de novos conceitos. Através do brincar, elas descobrem o mundo e aprendem como as coisas funcionam enquanto exploram e investigam.

Seus cérebros são estimulados e elas desenvolvem constantemente suas habilidades intelectuais (cognitivas), como memória, percepção, resolução de problemas, habilidades de pensamento, etc.

Habilidades sociais

Não há melhor maneira de aprender a socializar do que durante as brincadeiras na escola. Brincar é um jogo constante de dar e receber entre duas ou mais crianças. 

Quer estejam criando regras para um novo jogo, decidindo o que construir com peças ou desempenhando papéis durante o jogo de fantasia, sempre há negociação e compromisso envolvido.

Nas brincadeiras, as crianças desenvolvem várias habilidades sociais, como:

  • empatia;
  • assertividade e capacidade de seguir a liderança dos outros;
  • aguardar sua vez;
  • seguir regras;
  • entender as coisas do ponto de vista dos outros;
  • aprender comportamentos socialmente aceitáveis;
  • resolver conflitos de forma independente;
  • aprender a se comprometer.

Desenvolvimento emocional

Algumas brincadeiras como vestir fantasias, criar personagens e encenações, são excelentes formas de expressar sentimentos com segurança, enquanto exploram e compreendem o mundo ao seu redor. 

As crianças desenvolvem inteligência emocional quando criam saídas e maneiras adequadas de explorar os sentimentos.

Outras atividades, como brincar na areia, na água ou modelar massinha, podem ser maravilhosas para aliviar a ansiedade e proporcionar experiências agradáveis de relaxamento.

Habilidades motoras finas e brutas

O desenvolvimento das habilidades motoras é muito importante para o desenvolvimento geral da criança. Durante as brincadeiras, as crianças desenvolvem os grandes músculos através de movimentos como escalar, correr, andar, balançar, pendurar, pular, nadar, etc.

Em seguida, desenvolvem os pequenos músculos através de atividades como brincar com blocos de construção, desenhar, cortar, pintar, atividades artísticas, etc.

A construção de habilidades motoras grossas e finas é muito importante para que uma criança seja capaz de realizar tarefas cotidianas, como aprender a escrever e segurar um lápis.

Solução de problemas

Quando as crianças brincam, precisam enfrentar desafios e resolver problemas ao longo do caminho. Os problemas podem vir na forma de um conflito com um amigo, uma torre de blocos que não para de cair ou uma cor de tinta que está faltando e precisa ser misturada. 

Seja qual for o desafio, brincar ajuda a encontrar soluções para os problemas que surgem, de forma divertida.

Habilidades matemáticas

As habilidades matemáticas não são desenvolvidas somente no ensino fundamental, mas na educação infantil. Este é o momento em que os conceitos básicos são introduzidos. Se experiências significativas forem oferecidas na pré-escola, as crianças terão mais facilidade em aprender conceitos matemáticos.

As crianças aprendem conceitos como número e quantidade, medida, capacidade, massa, área, etc., por meio do jogo. Atividades de culinária e jogos que envolvem números, são excelentes para isso. A matemática está em toda parte nas experiências diárias.

Habilidades de pré-leitura

Antes que as crianças aprendam a ler, elas precisam desenvolver habilidades de pré-leitura. Duas das habilidades mais importantes são a percepção visual e auditiva. O cérebro deve ser capaz de interpretar corretamente o que ouve e vê a fim de formar letras, reconhecê-las e combinar os sons em palavras significativas.

Essas habilidades podem ser desenvolvidas através de atividades lúdicas, como jogos de memória, de rima, etc. 

Agora que você já entendeu a importância do brincar na educação infantil, compartilhe este artigo em suas redes sociais e ajude outros profissionais!

Referências:
LOPES, Ana Claudia Fernandes Lopes. Emily Francisco Leandro. Viviane Apª Bernardes de Arruda. Anilde Tombolato Tavares da Silva. A IMPORTÂNCIA DO BRINCAR NA EDUCAÇÃO INFANTIL. Disponível em: https://educere.bruc.com.br/arquivo/pdf2017/23967_12541.pdf

Você também pode se interessar...

1 resposta em “A Importância do Brincar na Educação Infantil”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *