Skip to content Skip to footer

5 ESTRATÉGIAS DE REGULAÇÃO EMOCIONAL INFANTIL

5 ESTRATÉGIAS DE REGULAÇÃO EMOCIONAL INFANTIL

5 estratégias de regulação emocional infantil – Antes de mais nada, existem crianças que possuem problemas ou dificuldades em lidar com suas emoções. Por conta disso, as estratégias de regulação emocional são muito importantes.

Ou seja, a regulação emocional ajuda não só o público infantil a controlar e lidar com as suas reações emocionais. Mas como também qualquer pessoa que enfrenta problemas dessa natureza.

Por esse motivo, estratégias que promovem a regulação emocional podem e devem ser aplicadas desde cedo. Tendo em vista que, quando as crianças desenvolvem essas habilidades são capazes de gerir mais facilmente os impactos emocionais e os desafios da vida. 

O QUE É AUTORREGULAÇÃO EMOCIONAL?

Sendo assim, a autorregulação emocional trata-se de uma habilidade relacionada com a inteligência emocional. Ou seja, é saber administrar as emoções e os comportamentos frente a situações complicadas.

Portanto, conheça 5 estratégias que podem ser usadas com o seu filho com o intuito de promover as habilidades necessárias para sua regulação emocional.

5 ESTRATÉGIAS DE REGULAÇÃO EMOCIONAL

1. Entendendo as emoções

Sem dúvida, a primeira coisa a ser feita é nomear e compreender os sentimentos e emoções. Pois, para conseguir controlar e lidar com uma emoção, é preciso conhecê-la.

Ou seja, as crianças que sabem reconhecer e expressar o que estão sentindo em determinado momento são mais aptas a administrar esses sentimentos. Dessa forma, quando os responsáveis ficam cientes dos problemas emocionais delas. Pode oferecer a ajuda e orientação que elas precisam.

Por conseguinte, condutas que auxiliam os pequenos podem ser trabalhadas desde cedo. Uma vez que tem o objetivo de promover uma boa comunicação e expressão emocional por parte deles.

Pois entender como eles se sentem é importante para que os pais saibam como agir. Para isto, os pais devem conversar com seus filhos, dar abertura para que eles digam como se sentem. Também dar nome aos sentimentos e emoções e conhecer as causas para diminuir ou solucionar esse problema. 

2. Parar e pensar

Nesse caso, você pode mostrar para a criança que em certas situações devemos agir como se estivéssemos assistindo a um filme… Por exemplo: pausamos para fazer algo e depois continuamos.

Com certeza, isso pode ser aplicada no cotidiano. Já que ela precisa entender que em diversas situações devemos apertar um botão de “pausa” interno. E depois reagir ou tomar alguma atitude em decorrência de uma emoção. 

Por consequência, essa estratégia pode evitar que o infante se desenvolva como uma pessoa impulsiva. Isto é, que age e toma suas decisões sem planejar. Ou até mesmo sem pensar nas consequências de tal ação. Além disso, birras e comportamentos desafiadores diminuem quando ele aprende a parar e pensar. 

Portanto, é imprescindível estabelecer um espaço entre emoção e reação, permitindo que o seu filho tenha noção do que fazer em seguida. Nesse contexto, pode ser usada alguma estratégia para considerar o sentimento.

3.      Observe o corpo

O nosso corpo sinaliza e transmite indícios do que estamos sentindo e isso pode ser percebido com as sensações físicas. Mas como? Quando muitas vezes são externalizadas através de nossos sentimentos. Por isso, é importante que seu filho aumente a conexão com seu próprio corpo. Pois conhecer a si próprio é indispensável. 

Desse modo, faz-se necessário que o infante pratique a autoconsciência. Com o objetivo de melhorar a compreensão de como as emoções afetam o nosso corpo.

Já que mente e corpo estão conectados. Isso pode ser feito pelo simples ato de observar como nosso corpo reage. Por exemplo, quando estamos com raiva, ou com medo, ou felizes.

Ou seja, os pais podem estimular a percepção dos seus filhos com esse tipo de atividade. Também favorecendo assim o autocontrole.

4.      Usar técnicas de relaxamento

Por outro lado, sentir fortes emoções que interferem diretamente em nosso bem-estar. Também algumas estratégias de enfrentamento podem ser realizadas. Por exemplo, das técnicas de relaxamento.

Algumas delas são bem simples e funcionais, como a respiração profunda, que ajuda a diminuir a frequência cardíaca da criança.

Ou a música, que também pode acalmar e relaxar em momentos de tensão; e o exercício físico. Pois tal prática faz com que ela gaste energia e favorece o relaxamento, entre outras coisas. 

5.      Cuidados pessoais

Por exemplo, os cuidados pessoais são os atos feitos por nós mesmos diariamente para promover saúde e equilíbrio. Portanto, ao cuidar de si, física e mentalmente, o indivíduo torna-se mais preparado para manejar as emoções. 

Vale reforçar que as crianças aprendem muito com os pais. Porque estes são seus primeiros modelos de cidadãos. Então, é importante que os pais sejam exemplos, realizando práticas de autocuidado e saúde mental.

Você pode pedir que seu filho faça uma lista de atividades. Ou coisas que o deixam feliz, para que em momentos de lazer essas atividades sejam priorizadas. Saber o que traz alegria para o seu filho é tão importante quanto o que causa sentimentos negativos. Pois assim é possível ofertar a ele práticas de autocuidado e saúde mental.


REFERÊNCIAS

CURVELLO, Roberta Pereira; MENDES, Deise Maria Leal Fernandes. Estratégias de regulação emocional de pais: uma revisão da literatura. Psicol. clin.,  Rio de Janeiro ,  v. 32, n. 2, p. 231-250, ago.  2020. Disponível em http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-56652020000200003&lng=pt&nrm=iso. Acesso em 09 out.  2022.  http://dx.doi.org/10.33208/PC1980-5438v0032n02A02.

SOUZA, J. B. de.; FERREIRA, J. C.; SOUZA, J. C. P. de. The importance of validating children’s emotions. Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 10, p. e479101018940, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i10.18940. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/18940. Acesso em: 9 out. 2022.

5 Emotional Self-Regulation Skills for Kids. Mightier, 2022. Disponível em: https://be.mightier.com/articles/emotional-regulation-skills-for-kids/. Acesso em: 09 out. 2022.

6 Comments

  • Anazilda Bernardes dos santos
    Posted 29/10/2022 at 3:58 pm

    👍👏🧡Essa Neuro Saber me cativa dia após dia.
    Com artigos necessários de fácil entendimento e leitura agradável.
    Obrigada Neuro Saber

    • Solange
      Posted 31/10/2022 at 3:43 pm

      Olá Anazilda, tudo bem?

      Obrigada pelo carinho! Continue sempre acompanhando!

      Sol,
      Equipe NeuroSaber 💙

  • Edineia dos Santos Pego
    Posted 30/10/2022 at 6:05 pm

    Excelente Estratégias de regulação emocional, precisamos estar atentos as nossas crianças…. Muito bom, obrigada.

    • Solange
      Posted 01/11/2022 at 3:42 pm

      Olá Edineia, tudo bem?

      Temos muitos conteúdos legais em nosso canal no Youtube e no nosso Blog, continue nos acompanhando.😄

      Sol,
      Equipe NeuroSaber 💙

  • Maria Deusa Lopes da Silva
    Posted 02/11/2022 at 12:59 am

    amei esse artigo! muito bom mesmo e bem direto.

    obrigada.

    • Solange
      Posted 04/11/2022 at 3:31 pm

      Olá Maria, tudo bem?

      Legal, que pudemos te auxiliar aqui. Fica ligada nas nossas redes sociais pra ver muito conteúdo útil e didático! 😉

      Sol,
      Equipe NeuroSaber 💙

Leave a comment

0.0/5

x

Estou aqui para ajudar 🤗

Me chame quando precisar 😊