Skip to content Skip to footer

A Ecolalia em crianças com Transtorno do Espectro Autista

Você sabe o que é ecolalia? É a repetição de palavras e sons. A ecolalia pode ser um sintoma de vários distúrbios, como demência, lesão cerebral e esquizofrenia, mas é mais comum no autismo.

Nas crianças com autismo, a ecolalia pode ser uma das primeiras maneiras de usar a fala para se comunicar. Embora possa ser descrito como um sintoma de autismo, também pode ser um ponto de partida para o tratamento com um fonoaudiólogo.

Em alguns casos, a ecolalia não tem um significado comunicativo; pode ser uma forma para a criança com autismo se acalmar, da mesma forma que agita as mãos ou o corpo. Saiba mais, neste artigo.

Ecolalia no Desenvolvimento Infantil

A ecolalia faz parte do desenvolvimento infantil: quando as crianças aprendem a falar, elas imitam os sons que ouvem. No entanto, com o tempo, começam a usar a linguagem para comunicar seus desejos, necessidades e ideias, sem precisar usar esse recurso.

Por volta dos 3 anos, a maioria das crianças se comunica selecionando palavras ou frases elaboradas, usando suas próprias vozes e entonações. Aos 4 ou 5 anos, são capazes de fazer e responder perguntas, manter conversas e usar a linguagem para se comunicar com outras pessoas.

Ecolalia no autismo

Muitas crianças com autismo usam palavras ditas na mesma ordem e no mesmo tom, como aquelas que ouviram em um programa de TV, de seu professor, ou de alguma outra fonte.

A ecolalia no autismo pode ter vários propósitos, que podem mudar com o tempo. 

Algumas crianças com autismo imitam a fala sem entender o significado por trás desses sons. Elas podem usar a ecolalia como uma saída sensorial — uma maneira de se acalmar quando estão ansiosas ou para lidar com desafios sensoriais. Nesse caso, a ecolalia é uma forma de auto estimulação.

Outras crianças com autismo usam frases prontas para comunicar ideias quando é muito difícil para elas formularem seus próprios padrões de fala.

Para muitas crianças com autismo, a ecolalia é um primeiro passo em direção a formas mais típicas de comunicação verbal. Por exemplo, podem repetir a frase de um professor (“diga obrigado”), exatamente da maneira que ele diz, em vez de dizer “obrigado”.

Frases memorizadas também podem ser uma ferramenta para conversas internas. Por exemplo, uma criança pode falar consigo mesma usando frases que ouviu dos pais, professores ou na televisão.

Ecolalia Imediata e Tardia

Às vezes, a ecolalia é imediata. Por exemplo, a mãe diz “João, você quer beber alguma coisa?” e João responde “Você quer uma bebida”. Nesse caso, ele pode estar respondendo à pergunta da mãe e querer uma bebida. 

Já a ecolalia tardia ocorre quando a criança com autismo assiste a desenho na TV, por exemplo, e, mais tarde canta um trecho da música tema.

As crianças com autismo podem ter memórias auditivas extraordinárias e, em alguns casos, recitam partes de seus filmes favoritos, com entonação e acentos. Às vezes, pode usar as palavras ecoadas para um propósito; outras, são apenas sons repetidos.

Ecolalia Funcional e Não Funcional

Para algumas crianças com autismo, a ecolalia é simplesmente a reiteração de sons sem sentido. Esse eco não funcional de palavras reais em ordem lógica pode confundir os pais, pois parece que ela está usando uma linguagem significativa, quando isso não é verdade.

Uma criança pode ser capaz de recitar um episódio do Bob Esponja, mas não ter compreensão de quem são os personagens, o que estão dizendo ou o que a história significa. Nesse caso, a reiteração de sons memorizados tem um efeito calmante.

A ecolalia funcional é o uso apropriado de frases memorizadas para um propósito real. Por exemplo, uma criança ouve uma frase na TV como “tem leite?” e depois, quando estiver com sede, pode dizer “tem leite?” exatamente no mesmo tom e sotaque do anúncio na TV.

Neste caso, a criança está usando a frase memorizada e repetida de maneira funcional. Ela está pedindo uma bebida e seu pedido pode ser compreendido. 

Tratamento para ecolalia

Sabemos que repetir palavras e frases pode parecer incomum e estranho para algumas pessoas, mas a ecolalia tem uma função valiosa e positiva no autismo. Por isso, não é indicado tentar acabar com ela.

Quando a ecolalia é funcional, é uma ferramenta para comunicar desejos e necessidades, verbalmente. Com a ajuda de um fonoaudiólogo, a criança com autismo pode desenvolver novas habilidades de comunicação, mesmo quando a ecolalia é menos funcional.

Por exemplo, uma criança pode memorizar partes inteiras de seu vídeo favorito e recitá-las indefinidamente. O propósito pode ser se acalmar ou reduzir a ansiedade, mas a repetição também pode indicar um verdadeiro fascínio pelo vídeo.

Em ambos os casos, a fonoaudiologia pode ajudar a criança com autismo a usar suas habilidades de linguagem de forma cada vez mais apropriada.

A longo prazo, a fala ecolálica se tornará mais típica e funcional. Mesmo que a criança com autismo nunca desenvolva as habilidades típicas de comunicação, usar palavras para se acalmar é melhor que um comportamento agressivo.

Restou alguma dúvida sobre a ecolalia no autismo? Deixe nos comentários.

Referências:

MERGL, Marina  and  AZONI, Cíntia Alves Salgado. Tipo de ecolalia em crianças com Transtorno do Espectro Autista. Rev. CEFAC [online]. 2015, vol.17, n.6 [cited  2020-10-15], pp.2072-2080. ISSN 1982-0216.  https://doi.org/10.1590/1982-021620151763015

MERGL, Marina; Azoni, Cíntia Alves Salgado.Tipo de ecolalia em crianças com Transtorno do Espectro Autista / Echolalia’s types in children with Autism Spectrum Disorder. Disponível em: https://pesquisa.bvsalud.org/portal/resource/pt/lil-770085

26 Comments

  • Maria da Conceição Lopes
    Posted 05/05/2021 at 8:43 pm

    Olá,meu filho tem 14 anos e desde os 5 anos descobrir o autismo.
    Ele não aceita algumas manias qua eu sem querer acabo fazendo.
    Algumas vezes eu nem faço e ele diz que eu fiz,não aguento mais e acabo ficando nervosa.
    O que fazer?? Preciso de ajuda para saber lidar.
    Eu amos meu filho❤️

  • Paulo Estrela
    Posted 04/07/2021 at 11:43 am

    Em casos de autismo leve, com o tempo a ecolalia some?

    • NeuroSaber
      Posted 05/07/2021 at 8:23 pm

      Olá Paulo,
      Acesse nossos canais, temos muitas informações importantes lá que podem ter respostas para suas dúvidas. Vale a pena conferir!!!
      YouTube: https://youtube.com/neurosabervideos
      Facebook: NeuroSaber
      Instagram: @neurosaberoficial
      TELEGRAM NEUROSABER https://t.me/joinchat/Rie71UDhpRQwZTBh
      Artigos em nosso Blog: http://www.neurosaber.com.br/artigos
      Conheça também nossos Programas, cursos e NeuroPalestras: https://lp.neurosaber.com.br/neurosaber-cursos/

      • Bianca
        Posted 29/11/2022 at 2:23 am

        Olá boa noite ,meu filho tem 3 aninhos ,as vezes quando ele quer algo tipo ir na praça ele não sabe espera e fica o tempo todo quero ir na praça e mesmo que estivermos no carro indo ele fica o tempo todo falando e mesmo eu falando estamos indo ele fica repetindo ,ele é uma criança bem inteligente, quando estamos em algum lugar que está muito barulho ele não gosta e se tiver crianças grandes e que grita ele chora demora adaptar com outras crianças e quando estamos na rua parece não escutar sempre que falo algo ele não obedece,ele não dorme muito bem desde pequenino , mas a pediatra nunca falou nada ,ele não tem problema com fala ,ele fala de tudoo comunica super bem com todos as vezes acho que é pq foi na pandemia pq não saiamos e não convivíamos com outras pessoas então agora que estamos saindo mais ,e ano que vem ele vai para escola ,mas ama carinho e gosta de da também abraça todo mundo ,

        • Solange
          Posted 29/11/2022 at 5:16 pm

          Olá Bianca, tudo bem?

          Sem avaliação não podemos dar uma orientação precisa sobre o caso. É importante buscar um especialista (neuropediatra) para lhe dar melhores informações e orientação para uma intervenção. De qualquer forma, temos conteúdos no youtube.com/neurosabervideos e também em nosso blog que podem te ajudar em muitas questões.

          Sol,
          Equipe NeuroSaber 💙

    • sayonara
      Posted 04/10/2021 at 11:00 pm

      Paulo como vc descobriu o autismo leve em seu filho/filha?

  • Trackback: Ecolalia infantil: o que é?
  • Janaína schosler
    Posted 16/10/2022 at 4:00 pm

    MEU filho tem 9,mas ele não é autista ele foi diagnosticado com THDA e muito ansioso e fica repetindo varias vezes eu te amo e não consegue parar .O q poderia estar acontecendo?

    • Solange
      Posted 17/10/2022 at 6:55 pm

      Olá Janaína, tudo bem?

      Esse comportamento pode ser por muitos motivos diferentes. Temos muitos conteúdos que podem te ajudar a entender melhor isso. É importante buscar um especialista para lhe dar melhores informações e orientação para uma intervenção. Acesse youtube.com/neurosabervideos e também em nosso blog que podem te ajudar.

      Sol,
      Equipe NeuroSaber 💙

      • Celma candida
        Posted 26/03/2023 at 10:34 pm

        Meu filho é autista tem 10 anos,ele é alfabetizado,consegue repetir um episódio inteiro do bob esponja em ingles,mas n foca na aula de jeito nenhum.

  • Miguel
    Posted 05/11/2022 at 1:55 am

    Boa noite . Meu filho vai fazer 3 anos e fica repetindo palavrinhas . As vezes irrita a gente. Notei que quando a gente fala a palavra ele para. Mas não sei se devo deixar ele falar……. Várias vezes ou tenho que repetir a palavra. repetindo ele para de falar. É a única coisa que pensamos que possa ser autista. Moramos no interior. Mas vamos levá-lo para fazer exames.

    • Solange
      Posted 07/11/2022 at 1:18 pm

      Olá Miguel, tudo bem?

      Sem avaliação não podemos dar uma orientação precisa sobre o caso. É importante buscar um especialista para lhe dar melhores informações e orientação para uma intervenção. De qualquer forma, temos conteúdos no youtube.com/neurosabervideos e também em nosso blog que podem te ajudar em muitas questões.

      Sol,
      Equipe NeuroSaber 💙

  • Sandra
    Posted 11/11/2022 at 11:19 pm

    Olá! Boa Noite! Sou professora e tenho uma aluna Autista com uma memória auditiva excepcional e quando conto histórias ela memoriza a história inteira e depois repeti por várias vezes. Gostaria de saber como posso fazer para tornar essa Ecolalia funcional?

  • Delfina Afonso
    Posted 18/03/2023 at 3:34 pm

    Delfina
    Eu tenho o meu filho tem 3 anos de idade ele só imita o som da música, não imita também o que as pessoas falam, então eu não acho normal, e dizer que ele gosta muito da música estou a procura de solução.

    • Solange
      Posted 19/03/2023 at 1:22 pm

      Olá Delfina, tudo bem?

      Primeiramente agradecemos pela confiança! Nesses casos orientamos buscar um especialista pessoalmente para lhe dar melhores informações e orientação assertivas sobre o caso. De qualquer forma, temos conteúdos no youtube.com/neurosabervideos e Artigos em nosso Blog: http://www.neurosaber.com.br/artigos que podem te ajudar em muitas questões.

      Sol,
      Equipe NeuroSaber 💙

  • Taína Lopes
    Posted 06/04/2023 at 12:10 am

    Quais especialistas devemos procurar para investigar o aspecto autista.?

    • Livia
      Posted 06/04/2023 at 4:58 pm

      Boa tarde Taína, tudo bem?

      O profissional recomendando é o neurologista ou neuropediatra.

  • Taína Lopes
    Posted 06/04/2023 at 12:11 am

    Quais especialistas devemos procurar para investigar o aspecto autista.? Tenho dúvida se me um filho tem e esse tópico se encaixa no perfil dele.

  • Paola Fernanda da Silva
    Posted 06/05/2023 at 3:05 am

    Oii, meu filho tem 4 anos. Descobrimos o autismo tem 1 ano e 4 meses.
    Ele não repete palavras e sim sons que ele mesmo criou, e esses sons são parecidos com gato quando tá arisco, repete bastante “da da da”, isso várias vezes no dia e antes de dormir principalmente… a expressão “hm” ele usa repetidamente durante o dia. Também faz parte da ecolalia? Pesquisei mas não tive resposta pra repetição de som, apenas de palavras e frases.

    • Solange
      Posted 08/05/2023 at 1:46 am

      Olá Paola, tudo bem?

      Obrigada pela sua pergunta.

      A repetição de sons é um comportamento que pode ocorrer em algumas crianças com autismo, e pode ser uma forma de estereotipia ou de estimulação sensorial. Na ecolalia, a criança repete palavras ou frases que ouviu anteriormente, mas isso não necessariamente significa que ela não possa repetir sons que ela mesma criou.

      É possível que o comportamento do seu filho seja uma forma de estimulação sensorial e, por isso, ele repete esses sons que ele criou. Porém, é importante que você converse com um profissional especializado em autismo para avaliar a situação do seu filho mais detalhadamente e verificar se esse comportamento pode estar interferindo no seu desenvolvimento e aprendizado.

      Além disso, é importante que seu filho receba o acompanhamento adequado de profissionais de saúde e educação, como psicólogos, fonoaudiólogos, terapeutas ocupacionais e pedagogos especializados em autismo, para que possam oferecer intervenções que ajudem a desenvolver suas habilidades e minimizar suas dificuldades.

      Espero ter ajudado! Se tiver mais dúvidas, fique à vontade para perguntar.

      Sol,
      Equipe NeuroSaber 💙

  • Paola Fernanda da Silva
    Posted 06/05/2023 at 3:05 am

    Oii, meu filho tem 4 anos. Descobrimos o autismo tem 1 ano e 4 meses.
    Ele não repete palavras e sim sons que ele mesmo criou, e esses sons são parecidos com gato quando tá arisco, repete bastante “da da da”, isso várias vezes no dia e antes de dormir principalmente… a expressão “hm” ele usa repetidamente durante o dia. Também faz parte da ecolalia? Pesquisei mas não tive resposta pra repetição de som, apenas de palavras e frases.

  • Michele Almeida
    Posted 27/06/2023 at 11:09 pm

    Olá meu filho tem 12 anos e ele fica fazendo som com a boca exemplo: ele fala minha mãe hum hum coloca haha meu café hum hum .

    Ou sem fala nada dos fica emitindo esses sons desde dos 6 anos as vezes tem um tempo que para mais depois volta novamente oque deve ser

    • Jhulli
      Posted 03/07/2023 at 8:03 pm

      Olá Michele, tudo bem?

      É difícil fazer um diagnóstico preciso apenas com base nessas informações, pois existem várias possibilidades que podem estar contribuindo para esse comportamento.

      A recomendação é que você procure ajuda profissional para entender melhor o comportamento do seu filho e receber orientações específicas para o caso dele. Um profissional poderá oferecer um suporte adequado e ajudar você e seu filho a lidarem com essa situação.

      Espero que encontre a ajuda que precisa!

      Jhulli, Equipe NeuroSaber 💙 

Leave a comment

0.0/5