Skip to content Skip to footer

Adderall para o TDAH: o que você deve saber?

Os medicamentos utilizados em distúrbios do neurodesenvolvimento podem trazer o efeito esperado pelas pessoas que precisam do tratamento de tais substâncias. Dentre os remédios conhecidos pelas pessoas e comprovado cientificamente acerca de sua eficácia, o Adderall figura como um dos mais lembrados para auxiliar na intervenção do Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH). Adderall e TDAH representam uma associação que tem muita significância.

O que é o Adderall?

O remédio é um estimulante que age no sistema nervoso central e é usado tanto para TDAH como para a narcolepsia. Isso se deve ao fato de a substância ser a soma de outros ingredientes importantes, como a anfetamina e a dextroanfetamina. Vale ressaltar que este composto foi aprovado pela Food and Drug Administration (FDA) em 1996.

Quais são os benefícios trazidos pelo Adderall em pacientes com TDAH?

O Adderall, quando prescrito por um especialista, tem a premissa de melhorar a concentração das pessoas e de reduzir comportamentos impulsivos em pacientes com TDAH.

TDAH em crianças e adultos: qual a eficácia do Adderall?

Como todos nós sabemos, o TDAH não é um transtorno restrito às crianças e aos adolescentes. Embora haja tratamentos indispensáveis para o controle dos sintomas, o TDAH pode seguir para a vida adulta. O medicamento, então, atua como um importante aliado na diminuição de características relacionadas ao distúrbio em si.

Como o Adderall funciona para os adultos?

O remédio tem uma função interessante para pessoas que convivem com o TDAH. A substância é responsável por agir no desenvolvimento e pessoal; além disso, ele ajuda o indivíduo a discernir determinadas situações, impulsiona a memória e a aumenta a habilidade de desempenho em tarefas com certo grau de complexidade.
– Sobre as doses na população adulta
A dose do Adderall, em pacientes adultos, varia de 10 a 20 mg por dia. Deve-se ressaltar que essa dosagem é a inicial. Ao longo do tratamento, o médico indica um aumento gradativo de acordo com a necessidade do paciente. A quantidade máxima diária é de 40 a 60 mg.

Como o Adderall funciona para crianças com TDAH?

Estudos revelam que o medicamento tem o poder de melhorar em até 80% os sintomas dos pequenos que convivem com TDAH. Tudo isso, pouco tempo depois de iniciado o tratamento.
– Sobre as doses na população infantil
Para crianças que estão incluídas na faixa etária de 3 a 5 anos, as doses geralmente começam em 2,5 mg diários. No entanto, para os pequenos a partir dos 6 anos de idade para cima, o começo das dosagens ficam em 5 mg (uma ou duas vezes por dia). A dose aumenta gradativamente, chegando ao máximo de 40 mg por dia. A primeira dosagem é dada logo quando a criança acorda.

Quem não pode tomar?

Adultos:
– Pessoas com doenças, cardíacas avançadas, pressão alta, hipertiroidismo, glaucoma, ansiedade severa, entre outros.
Crianças:
– Pequenos com anomalias cardíacas, extremamente agitadas, ansiosas, entre outros.

Efeitos colaterais do Adderall

Dentre os efeitos estão a perda de apetite, dores de cabeça, boca seca, perda de peso, diarreia, redução de crescimento em crianças, insônia, nervosismo e apatia.
Estudos apontam que esses sintomas diminuem até desaparecerem à medida que o organismo for se adaptando ao medicamento. De qualquer maneira, somente especialistas são profissionais indicados para receitá-lo.
 
Dr Clay Brites

23 Comments

  • Isabel
    Posted 10/09/2018 at 2:06 pm

    Qual a diferença entre esse medicamento e o concerta para crianças?

    • NeuroSaber
      Posted 12/09/2018 at 10:30 am

      Olá Isabel
      Acesse nossos canais, temos muitas informações importantes lá que podem ter respostas a todas as suas dúvidas. Vale a pena conferir!!!
      http://www.neurosaber.com.br
      http://www.neurosaber.com.br/artigos
      http://www.neurosaber.com.br/videos
      Canal Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCghJZXv-Cg90zgdeTZCt_-A
      FanPage : Neurosaber

      • Fernanda
        Posted 17/03/2021 at 11:32 pm

        Boa noite,

        Gostaria de e saber se voltou a importação do Adderal no Brasil ou se a Anvisa aprovou, pois sei que a Anvisa vetou entre 2011 e 2012 parece.
        Necessito demais dessa medicação, pois fiz uso do Venvanse de 2013
        a 2018, onde medicamento se manteve estável, por 6 anos ininterruptos, vindo perder totalmente sua eficácia, em meados de 2019, porém, de forma abrupta.
        Sabemos que a tolerância (que o laboratório diz não ocorrer nessa medicação), ocorre de forma gradativa.
        Depois, com a falta da medicação no mercado nacional, por qse 3 meses, com seu retorno, o efeito foi zero.
        Então, eu e outros pacientes que faziam uso da medicação, estamos sentindo de forma crítica sua ineficácia.
        Por isso necessito saber da aprovação da Anvisa do Adderal ou o que fazer para obter seu uso, caso não esteja sendo comercializada no Brasil.
        Obrigada,

        Fernanda

    • Maria Domingues
      Posted 18/09/2018 at 1:53 pm

      Eu não encontrei no site da Neuro Saber um comparativo sobre os medicamentos. Achei nesse site. E parece coerente. Interessante mesmo é conversar com o Neuro que atende a criança. 😉
      http://melhoramentocognitivo.blogspot.com/2018/04/take-your-pills-esclarecendo-sobre.html

      • NeuroSaber
        Posted 18/09/2018 at 2:34 pm

        Olá Maria
        sim correto é seguir as orientações do médico que está acompanhando pessoalmente .

  • Mas. Do carmo
    Posted 10/09/2018 at 3:39 pm

    Gostei muito. Valeu!!!

  • Adenil Gabriel
    Posted 10/09/2018 at 7:36 pm

    Muito interessante saber sobre esse transtorno que seres humanos apresentam mesmo para que saibamos lhe dar com o problema.
    Sou professora e tenho crianças precisando de tratamento.

  • Luciana
    Posted 18/10/2018 at 9:30 pm

    Boa noite
    Moro em uma cidade de interior no Tocantins, estou encontrando dificuldades em que os professores saibam como trabalhar com meu filho de 11 anos que tem TDAH. Ele usava a ritalina e devido a falta no mercado tem dois meses que ele está sem o medicamento nesse período notei que ele estaenos ansioso se multilando menos. Agora eles reclamam que ele não participa da aula não escreve nada no caderno. O que devo fazer me ajude!

    • NeuroSaber
      Posted 19/10/2018 at 2:00 pm

      Olá Luciana , tente conversa com equipe pedagógica ou a diretora sobre assunto e também importante que escola tenha sua participação para desenvolvimento do aluno .

  • Josefa Cristina Andrade de Souza
    Posted 12/07/2019 at 8:45 am

    Bom dia! Tenho dificuldade de aprender desde criança, parece que tenho um bloqueio, deficit ou dislexia. Esse remédio seria bom pra mim ou qual especialidade preciso procurar. Hoje tenho 48 anos e sofro muito com isso. Por favor me ajude!
    Meu filho me chama de demente e as pessoas me chamam de burra e incompetente, sofro muito com isso, choro bastante, pq vejo q realmente sou diferente das pessoas inteligentes. Dedé já agradeço

    • NeuroSaber Responde
      Posted 12/07/2019 at 1:59 pm

      É preciso uma avaliação médica, o Neurologista poderá indicar ou não o medicamento.

  • Patricia
    Posted 27/09/2019 at 5:30 pm

    Estou com dificuldades em presta atenção nas aulas, tenho dores de cabeça, e não consigo lembra das explicações, e está cada vez pior. Será que devo tomar essa medição?

    • Suporte Neurosaber
      Posted 28/09/2019 at 4:21 pm

      Olá Patricia,procure um Neurologista para fazer uma avaliação obrigada pelo contato e confiança.

  • Lorrana C N Andrade
    Posted 23/10/2020 at 12:56 am

    Olá,Boa noite. O neuro do meu filho (8 anos) passou imipramina para o tratamento do tdah. Vi que não é um medicamento indicado para crianças, o que fazer?

  • Daruza
    Posted 06/11/2020 at 9:40 pm

    A neuro da minha filha que tem tdah e tem 8 anos, tbm passou imipramina, estou com dúvidas se devo mandar fazer ou não! Vcs podem me ajudar

    • NeuroSaber
      Posted 12/11/2020 at 10:47 am

      Olá Daruza,
      Orientamos que siga a prescrição da receita feita pelo médico que está acompanhando sua filha.
      Casos de dúvida faça uma segunda avaliação com outro especialista.
      Atenciosamente,
      Equipe NeuroSaber

  • ELZA CLARO
    Posted 25/11/2020 at 2:55 pm

    BOA TARDE
    TIVE UM AVC EM FEV/2020E ATE AGR NAO CONSEGUI VOLTAR AS ATIVIDADES DO DIA DIA COMO ANDAR E ATIVIDADES DE CASA, EU POSSO TOMAR ADERALL?

    • NeuroSaber
      Posted 25/11/2020 at 8:55 pm

      Olá Elza,
      Primeiramente obrigada pela confiança!
      Nesses casos orientamos buscar um especialista pessoalmente para lhe dar melhores informações e orientação assertivas sobre o caso.
      De qualquer forma,temos conteúdos no youtube.com/neurosabervideos e Artigos em nosso Blog: http://www.neurosaber.com.br/artigos que podem te ajudar em muitas questões.
      Atenciosamente,
      Equipe NeuroSaber

  • Renata
    Posted 04/12/2020 at 12:23 am

    Tenho TDAH eu já tive como efeito colateral tomando Venvanse há 5 anos atrás um surto psicótico. Esse é um dos efeitos colaterais desse remédio?

    • NeuroSaber
      Posted 04/12/2020 at 8:22 pm

      Olá Renata,
      Orientamos que veja na bula do remédio os efeitos colaterais.
      Faça o relato para o médico que prescreveu a receita.
      Atenciosamente,
      Equipe NeuroSaber

  • Diego
    Posted 27/09/2021 at 5:24 pm

    Apesar dos contras a respeito dos medicamentos que nos ajudam a ter uma vida melhor, prefiro correr os riscos do que voltar a ser uma pessoa “burra” por não conseguir controlar meus pensamentos.

  • Brandon Lask
    Posted 21/12/2021 at 11:32 pm

    Buy Adderall without prescription
    Securely order Adderall online without fear of getting scammed or caught
    Buy real Adderall online http://www.medicine-purchase.com

Leave a comment

0.0/5