Skip to content Skip to footer

Atividades sensoriais para crianças com autismo

As atividades sensoriais são benéficas para todas as crianças, mas principalmente para as crianças com autismo. 

As crianças com TEA — Transtorno do Espectro Autista — têm necessidades e comportamentos únicos, mas também características em comum, como dificuldades de comunicação e no processamento de informações sensoriais.

A sensibilidade aos estímulos do ambiente pode ser com sons altos, luzes que piscam, movimentos, cheiros e texturas. Essas necessidades sensoriais fazem com que muitos ambientes causem angústia nas crianças com autismo. 

Pensando nisso, escrevemos este artigo com dicas de atividades sensoriais. Confira!

Benefícios das atividades sensoriais para crianças com autismo

Alguns dos benefícios das atividades sensoriais para as crianças com autismo são:

  • estimulam o desenvolvimento das vias neurais e melhoram o processamento sensorial;
  • melhoram as habilidades sociais, como comunicação e cooperação;
  • desenvolvem a coordenação motora;
  • acalmam as crianças quando elas estão agitadas.

As atividades sensoriais estimulam os sentidos — tato, olfato, paladar, visão e audição — e são benéficas para todas as crianças, principalmente para aquelas com autismo.

Veja agora algumas opções de atividades sensoriais para fazer em casa ou na escola.

Instrumentos musicais caseiros

Criar instrumentos musicais é uma atividade divertida e as crianças adoram! Você pode encher garrafas de plástico com arroz ou feijão para fazer chocalhos, usar colheres de madeira e potes de plástico para fazer tambores e tampas de garrafa ou conchas para fazer sinos.

Pintura com pegadas

Para esta atividade, você precisa de um rolo de papel e algumas bandejas com tinta. A ideia é criar pinturas livres usando os pés — as crianças pisam nas bandejas e passeiam pelo rolo de papel.

Jogo de degustação

Neste jogo, as crianças experimentam diferentes tipos de comida com os olhos vendados e, em seguida, tentam adivinhar o que é. A escolha das comidas depende do gosto das crianças, mas este jogo pode ser uma boa forma de introduzir novos sabores e texturas. 

Massinha de farinha 

Em um recipiente grande, misture farinha e água até obter uma consistência massuda. Com a massinha de modelar de farinha vocês podem deixar a criatividade solta para criar diferentes formas! 

Brinquedos congelados

Essa atividade deve ser preparada com um ou dois dias de antecedência. Encha uma caixa de plástico que caiba no freezer com um pouco de água, coloque alguns brinquedos pequenos e congele. Desenforme o bloco de gelo e peça à criança para tirar os brinquedos de lá, usando ferramentas como borrifadores com água morna, martelos de brinquedo, etc.

Caixa de areia

A maioria das crianças adora brincar com areia! Construa uma caixa de areia e insira baldes, moldes, peneiras e pequenos brinquedos para as crianças poderem brincar e usar a imaginação.

Caminhada sensorial

Construa um caminho repleto de texturas diferentes, mas confortáveis como bolas de algodão, areia, penas, folhas secas, água, etc. Peça para as crianças percorrerem a trilha sensorial devagar, parando um pouco para sentir cada textura.

Classificação de formas

Em uma lata grande ou assadeira coloque feijão, arroz ou macarrão e adicione alguns itens pequenos, como botões grandes em vários formatos. Em seguida, peça para a criança pescar esses objetos com pinças ou com os dedos e separá-los de acordo com características em comum, como tamanho ou cor. 

Local de construção

Para começar, você precisa de um recipiente ou caixa rasa de plástico. Em seguida, preencha o terreno do seu canteiro de obras com papel picado, papel de seda amassado e rasgado ou areia. Se tiver caminhão de brinquedo use também. A ideia é brincar de construir prédios, casas ou usar a criatividade para diferentes obras!

As atividades sensoriais são benéficas para todas as crianças, mas para as crianças com autismo elas são ainda mais indicadas, pois ajudam a desenvolver o processamento sensorial. 

Por isso é muito importante que elas façam parte do planejamento pedagógico na Educação Infantil e também que os pais possam realizá-las em casa com seus filhos. 

Além disso, as atividades sensoriais estimulam a interação social e a comunicação, habilidades muito importantes e que devem ser estimuladas em crianças com autismo. 

Buscamos dar dicas de atividades sensoriais que podem ser desenvolvidas individualmente ou em grupo. No entanto, muitas brincadeiras que fazem parte da infância, também estimulam o desenvolvimento sensorial, como quebra-cabeças por exemplo.

O importante é criar um espaço onde a criança se sinta confortável para experimentar essas atividades sensoriais.

Se você tem mais dicas de atividades sensoriais para crianças com autismo, deixe nos comentários e contribua com a discussão!

Referências:

MATTOS, Jací Carnicelli. Alterações sensoriais no Transtorno do Espectro Autista (TEA): implicações no desenvolvimento e na aprendizagem. Rev. psicopedag. [online]. 2019, vol.36, n.109 [citado  2021-06-28], pp. 87-95 .

VISCONTI, Annio PosarPaola Visconti. Alterações sensoriais em crianças com transtorno do espectro do autismo.

9 Comments

  • Leda
    Posted 03/07/2021 at 10:34 pm

    Maravilhosas sugestões 😘 livros de texturas são também um grande atrativo. Vendar os olhos e apresentar texturas para sentir e adivinhar quais tem a mesma textura. Ex. Deixar a criança de olhos vendados tocar em uma textura áspera e outra lisa e apresentar três outras para que ela adivinhe qual é a semelhante. Além da sensação,
    a memória tbem estará envolvida.

    • Maradja
      Posted 04/11/2021 at 12:03 pm

      Legal, né? Fica ligada em nossas redes e por aqui pra ver muito conteúdo útil e didático! 😉

  • Trackback: Andar na ponta dos pés é sinal de autismo? - Instituto NeuroSaber
  • Deise Conceição Barreto Riscado
    Posted 06/04/2023 at 8:59 am

    Deixo aqui o meu agradecimento a Sra. Lu Brites, e, ao saudoso Dr. Clay Brites, pela contribuição relevante prestada na formação de profissionais da Educação e Saúde.
    Sou Pp. Clínica e Institucional, meu foco é na Educação Especial/ Inclusão. Trabalho em Intuição Pública, Projetos Sociais.
    Dede já agradeço por mais essa oportunidade que o Instituto do Saber está oferecendo.

    • Livia
      Posted 06/04/2023 at 5:00 pm

      Boa tarde Deise,

      Agradecemos o carinho e confiança em nosso trabalho! 💙

  • Ester
    Posted 15/04/2023 at 11:41 pm

    Adorei atividades estou muito feliz com meu interesse, estou todos dias estudando algumas conhecimento sobre autismo, hoje senti realizada com várias atividades, tantas atividades diferenciadas vão ajudar meus alunos autismo dar suporte duas maravilhosas sugestão!! Obrigada

    • Solange
      Posted 17/04/2023 at 7:32 pm

      Olá Ester, tudo bem?

      Ficamos felizes em saber que as atividades estão sendo úteis para você e seus alunos com autismo. É importante lembrar que cada pessoa com autismo é única e pode ter necessidades e preferências diferentes em relação às atividades e ao aprendizado.

      É ótimo que você esteja se dedicando a estudar sobre o autismo e buscar maneiras de apoiar seus alunos. Isso mostra um compromisso com a educação inclusiva e com o bem-estar de seus alunos.

      Lembre-se de que o suporte e a adaptação das atividades às necessidades de cada aluno com autismo são fundamentais. Se possível, trabalhe em colaboração com os pais e outros profissionais de saúde e educação para garantir que você esteja oferecendo o melhor suporte possível aos seus alunos.

      Continue com seu empenho e dedicação, e boa sorte em suas atividades e em seu trabalho com os alunos com autismo!

      Sol,
      Equipe NeuroSaber 💙

  • Alvani Santiago
    Posted 17/06/2023 at 3:42 pm

    Meu neto coloca tudo na boca. Mesmo essas texturas como areia, algodão, massa de modelar. A comida ele só come se for seca, nada molhado. Tem 8 anos e 11 meses.

    • Jhulli
      Posted 04/07/2023 at 2:11 pm

      Olá, tudo bem?

      É importante buscar orientação de um profissional de saúde, como um pediatra ou um psicólogo infantil, para uma avaliação mais aprofundada do comportamento do seu neto. Eles poderão fazer uma análise individualizada do caso, considerando o histórico médico e comportamental dele, além de realizar um acompanhamento adequado.

      Além disso, é importante garantir a segurança do seu neto, removendo objetos potencialmente perigosos do seu alcance, como pequenos brinquedos ou objetos pontiagudos que possam ser engolidos ou causar asfixia.

      Jhulli, Equipe NeuroSaber 💙 

Leave a comment

0.0/5

x

Estou aqui para ajudar 🤗

Me chame quando precisar 😊