Skip to content Skip to footer

Atuação do Fonoaudiólogo no processo de aprendizagem

O papel do profissional de fonoaudiologia vai além de trabalhar com a entonação de voz de uma pessoa. A importância reside em outros vários aspectos, que abrangem todos os caminhos que lidam com a fala, a audição e a escrita. O processo de aprendizagem é uma etapa de profunda relevância na vida de um indivíduo, sendo que a infância é a fase mais determinante e decisiva.
É muito comum, no entanto, que crianças apresentem algum sinal que necessite de um acompanhamento profissional. Mas para se chegar a esse quadro, é preciso que pais e professores possam notar as dificuldades (que relacionam a fluência da fala e a capacidade da audição) mostradas pelo pequeno.
A partir da comunicação pais-educadores, é aconselhável que as partes cheguem ao consenso de que o fonoaudiólogo terá toda a metodologia indicada e ofereça a solução tão desejada em prol da criança.

Como é o trabalho do fonoaudiólogo no processo de aprendizagem?

A resposta da pergunta que norteia este artigo não é difícil, mas requer um espaço para que o passo-a-passo seja devidamente exposto. Vale adiantar, no entanto, que a função exercida pelo fonoaudiólogo é completamente multidisciplinar, sendo que ele é responsável por dar as coordenadas aos demais especialistas (principalmente por estar por dentro da demanda do paciente).
O fono é responsável por traçar, junto com as diretrizes da equipe pedagógica, exercícios que trabalhem a oralidade. Sendo assim, o profissional utiliza materiais gráficos para estimular a leitura e, assim, analisar os problemas apresentados pela criança.
Outro fator importante é a associação das funções do fonoaudiólogo ao planejamento escolar, sendo que a comunicação do estudante é um detalhe primordial de todo o processo pedagógico. Contudo, esses profissionais não pertencem à área pedagógica, mas representam uma importante parceria na proposição de soluções que visem dar à criança melhores resultados em sua linguagem.
O fonoaudiólogo procura exercer suas atividades por meio de técnicas que envolvem o aspecto lúdico, como textos próprios para a infância e até jogos que estimulem a fala do pequeno. Vale ressaltar que o profissional de fono também pode utilizar exercícios que ajam diretamente na musculatura que estejam ligados à fala e à audição.
Quando o fonoaudiólogo estabelece uma determinada comunicação com a escola, o trabalho tende a ficar completo. Isso acontece, pois, junto com a equipe pedagógica, ambas as partes podem desempenhar metodologias que compreendam aspectos importantes no processo de aprendizagem, como a alfabetização. Cada um em sua devida área de atuação.
Em casos mais extremos, é de grande relevância que o profissional conte também a ajuda de psicólogos para ajudar na identificação dos problemas que afligem a criança. Esses episódios podem envolver gagueira, bloqueio de comunicação ou qualquer outra alteração na fala.
Há que se ressaltar outras funções que o profissional de fonoaudiologia também exerce junto a escolas:

  • Promover análises no contexto escolar para proporcionar sondagens na escrita em grupo e observar estratégias junto aos professores;
  • Atuar no processo de inclusão escolar de alunos que apresentem necessidades pedagógicas especiais;
  • Ajudar na elaboração de técnicas que ofereçam ao estudante uma experiência satisfatória diante do medo de se comunicar de forma efetiva.

27 Comments

  • Geracina Silva de Freitas
    Posted 06/05/2017 at 2:15 pm

    Cada vez mais me apaixono pelos artigos sobre os problemas que afetam crianças e adolescentes até a fase adulta que o Dr. Clay e a Luciana Brites nos disponibiliza! Obrigada por compartilhar conosco o conhecimento de vocês! Deus vos abençoe! Abraços!

    • NeuroSaber
      Posted 27/09/2017 at 5:11 pm

      Obrigada pelo carinho, continue nos acompanhando!

  • Margarete
    Posted 06/05/2017 at 3:23 pm

    Que legal essa matéria, pois justamente essa semana vou ter um encontro com uma psicóloga, uma psicopedagoga e a fonoaudióloga do meu aluno autista para conhecer o trabalho multidisciplinar que elas realizam e quando li achei em esclarecedor. Margarete

    • NeuroSaber
      Posted 27/09/2017 at 5:11 pm

      Obrigada pelo carinho, continue nos acompanhando!

  • Dorcas Marinho
    Posted 06/05/2017 at 8:09 pm

    Provavelmente o transtorno é quando a criança é atendida pelo professor e o mesmo procura utilizar todos os recursos necessários e não obtém os resultados esperados no meu ponto de vista é transtorno. E a dificuldade de aprendizagem é algo que precisa ser trabalhado procurando usar meios e recursos metodológicos para fazer um trabalho detalhado pensando no aprendizado da criança.

  • Joana Fontes
    Posted 06/05/2017 at 9:06 pm

    O fono é responsável por traçar, junto com as diretrizes da equipe pedagógica, exercícios que trabalhem a oralidade – O fonoaudiólogo é responsável não só pela oralidade, ele é responsável tanto pela linguagem oral quanto a linguagem escrita. É o Fonoaudiólogo o profissional responsável por trabalhar com Distúrbios de aprendizagem, leitura e escrita e também com alfabetização.

  • Carla São Paulo
    Posted 17/05/2017 at 2:38 am

    Quando se faz o processamento auditivo central e da alterado. Como faz?

    • NeuroSaber
      Posted 27/09/2017 at 5:08 pm

      Precisa do respaldo médico! Ele pode orientar corretamente.

  • ADRIANA
    Posted 26/05/2017 at 9:48 pm

    EU AMO TUDO O QUE TENHO APRENDIDO NAS DICAS QUE VOCÊS TEM MANDADO, TEM SIDO DE GRANDE VALOR E MUDOU MUITO MINHA VIDA COM MÃE E EDUCADORA . QUE DEUS EM SUA INFINITA BONDADE DE A VOCÊS A CADA DIA GRAÇA E SABEDORIA PARA DESVENDAR OS MISTÉRIOS DO CELEBRO QUE DEUS OS ABENÇÕE

    • NeuroSaber
      Posted 27/09/2017 at 2:40 pm

      Obrigada pelo carinho, continue nos acompanhando!

  • Oléia Stochero
    Posted 12/06/2017 at 3:53 pm

    parabéns!!! ótimo trabalho realizado com grande aprendizagem.

    • Oléia Stochero
      Posted 12/06/2017 at 4:10 pm

      parabéns!!! ótimo trabalho realizado com grande aprendizagem.

      • NeuroSaber
        Posted 27/09/2017 at 1:45 pm

        Obrigada pelo carinho, continue nos acompanhando!

    • NeuroSaber
      Posted 27/09/2017 at 1:52 pm

      Obrigada pelo carinho, continue nos acompanhando!

  • marivane
    Posted 23/01/2018 at 1:04 pm

    meu filho tem TDAH e tem dificuldade na escrita.Um fonoaudiologia pode me ajudar nesse caso da mal escrita ?

    • NeuroSaber Responde
      Posted 24/01/2018 at 4:05 pm

      Sim pode!

  • Zolani Almeida
    Posted 24/03/2018 at 8:38 pm

    Ola gosto muito dos artigos de vcs. Queria saber quais exames são necessários para se detectar alterações no processamento auditivo central?

    • NeuroSaber Responde
      Posted 29/03/2018 at 1:58 pm

      O fonoaudiólogo é o profissional habilitado para esse exame.

  • Cristiane Silva Abreu Dart
    Posted 12/09/2018 at 2:57 pm

    Gostaria de receber posts e artigos recentes sobre fonoaudiologia e neuroaprendizagem

    • Adriana Matias
      Posted 14/09/2018 at 9:54 am

      Olá Cristiane
      enviado como sugestão para setor responsável .

  • Eliane Araujo Silva -A.E.E. - São Paulo
    Posted 17/09/2018 at 11:18 am

    Olá, sou professora de A.E.E. e tenho aluno surdo,com implante coclear e prótese auditiva (fica mais tempo sem o equipamento do que com,devido aos danos causados pela falta de cuidado) no 7o Ano do E.F. que ainda não concluiu a alfabetização devido às dificuldades de assimilar o “som” das palavras,bem como letras/sílabas. É acompanhado por fono mas não consigo perceber progresso no avanço de aprendizagem. Como posso ajudá-lo?!Como é o trabalho de “alfabetização” do fono ,é possivel realizar um projeto conjunto com o fono ? Grata, Eliane

    • Adriana Matias
      Posted 17/09/2018 at 11:52 am

      Olá Eliane por questões de lei não fazermos esse tipo de orientação sem avaliar a criança ideal é que converse com fono e veja qual melhor forma de intervenção que você possa trabalhar juntas para um resultado melhor no desenvolvimento dele .

  • Grazielle de Sena Madureira
    Posted 23/10/2020 at 1:03 am

    Parab~ens equipe da Neuro Saber. Cada dia vocês me surpreendem mais e mais!
    Minha área, Fonoaudiologia, sendo abordado um tema tão comum no meio escolar entre nossas crianças!
    Obrigada por repassarem conhecimento de forma tão clara!

    • NeuroSaber
      Posted 26/10/2020 at 9:25 pm

      Olá Grazielle,
      Que bom! Ficamos felizes em sempre poder auxiliá-los!

  • FERNANDO WILLIAM
    Posted 30/10/2020 at 11:30 pm

    Gostei de mais do assunto abordado.
    Sou estudante de Fono.

    • NeuroSaber
      Posted 02/11/2020 at 1:03 pm

      Olá Fernando,
      Para nós é um prazer poder contribuir para auxiliar você nessa questão!:)

  • Trackback: Educação especial com ênfase em deficiência intelectual e autismo. – Ato Instituto Educacional

Leave a comment

0.0/5