Skip to content Skip to footer

Como é a classificação de cores no Autismo?

Vocês, que acompanham regularmente nossos conteúdos, sabem que a pessoa autista enxerga o mundo de outra maneira, mesmo tendo possibilidade de se integrar ao ambiente que a cerca. Essa percepção tem significado literal, pois é comprovado que as cores exercem influência no comportamento da criança com autismo. Portanto, é muito relevante que vocês saibam sobre o poder que as diferentes nuances proporcionam aos pequenos.

Por falar nisso, a escolha da cor azul, para dar vida ao símbolo do autismo, tem um porquê. Sabe-se que a maioria dos autistas é composta por pessoas do sexo masculino. Sendo assim, o azul é usado como uma alusão aos casos diagnosticados em pacientes homens. Isso, no entanto, não exime crianças do sexo feminino, mas elas apresentam menores incidências. O azul exerce outros benefícios na vida do pequeno autista. Veja mais detalhes no artigo que preparamos para vocês. Boa leitura!

A influência das cores: muito além que se pode imaginar

Muitas pessoas têm a tendência de adotar algumas cores específicas para suas vidas, seja porque elas expressam personalidade ou então por exprimir algum estado de espírito. É sabido que existem cores que alegram e outras que nos deixam mais introspectivos, mais tristes. As cores podem ter bastante influência no astral.

[thrive_lead_lock id=’2767′][/thrive_lead_lock]

 

Falando nisso, vale ressaltar algumas tonalidades que fazem bem tanto para quem não tem autismo como para aqueles que são diagnosticados com o distúrbio. A cor azul retorna com seus outros benefícios. Tradicionalmente, ela está associada à alegria e na influência da verbalização das pessoas. Obviamente que os adeptos da cromoterapia são mais entendidos no assunto.

No autismo, o azul estimula o sentimento de calma e de maior equilíbrio para as pessoas. Nesse caso, o azul auxilia em situações em que a criança, por exemplo, apresenta uma sobrecarga sensorial; algo que precisa ser lidado com sabedoria para o bem-estar do pequeno. Vale ressaltar que isso representa mais leveza no aspecto emocional do autista. Um detalhe que faz toda diferença.

As cores laranja e amarela, por terem uma relativa proximidade, são responsáveis pelo estímulo à socialização da criança. Um dos motivos que levam a isso é o fato de a cor laranja, em especial, ser expansiva e quebrar a monotonia. Outra curiosidade está na influência que os tons alaranjados exercem no bom humor e na criatividade da criança autista, possibilitando-a a uma boa qualidade de vida; sobretudo nas relações com as pessoas.

A cromoterapia é indicada para todos os casos de autismo?

Quando o assunto é autismo fica difícil englobar todos os casos em um.  Isso porque cada pessoa tem uma peculiaridade, e com o autista não é diferente. A cromoterapia já se mostrou muito eficaz nas mais variadas situações.

Em autistas, a cromoterapia pode ser surpreendente. Entretanto, isso só pode ser feito com o acompanhamento do médico de seu filho. O profissional vai avaliar as condições da criança para que, a partir da avaliação, o pequeno seja tratado com o poder que as cores podem ter em sua vida.

 

110 Comments

  • lucicarlos barros
    Posted 17/08/2017 at 4:18 pm

    Estao contibuindo muito para q eu entenda esse transtorno psicologico tenho uma filha de nove anos ainda nao tenho confirmacao mas pelas caracteristicas que ela apresenta sao deautismo.

  • Berenice Aguiar da Silva
    Posted 17/08/2017 at 6:49 pm

    Que coisa boa saber que as cores tem papel fundamental na vida do autista.

    • Andressa Sarmento da costa
      Posted 11/12/2022 at 1:53 am

      Meu filho não gosta de biscoito quebrado , gosta muito da cor verde então para ele tudo é verde , exemplo na mente dele a comida tem que ser verde a água verde e etc.. será que ele pode ter autismo ?

      • Angela
        Posted 22/05/2023 at 12:13 pm

        Meu também gosta muito de verde, mas será que isso tem algum problema?

  • Adriano Tristão
    Posted 17/08/2017 at 6:52 pm

    Acho que no futuro vamos ser todos autistas (no sentido em que não teremos mais iniciativa para socializar e seremos detalhistas).

  • Cilene
    Posted 17/08/2017 at 7:06 pm

    Muito interessante,gostei demais!!!!!!

    • LUCIENE OLIVEIRA LIMA
      Posted 21/10/2021 at 6:39 pm

      Ei gostaria de saber se posso colocar números e letras coloridas na parede do ambiente que meu filho brinca

  • Fabiana
    Posted 17/08/2017 at 7:17 pm

    Meu filho de 10 anos é Asperger é tem preferência por amarelo desde pequeno. Não precisava usar sempre, mas preferia. Hoje já usa cores variadas e até aceitou um jeans “molinho”. Pequenos progressos!

  • Nilce Borba Breyer
    Posted 17/08/2017 at 7:19 pm

    Achei bastante interessante essa abordagem e desconhecia o uso da cromoterapia em casos de autismo. Obrigada.

  • Andressa
    Posted 17/08/2017 at 7:24 pm

    Muito interessante ! Assim posso ajudar melhor um aluno que é autista , quem sabe ele tenha uma qualidade educacional melhor . Obrigada pela artigo !

    • Jane Carvalho
      Posted 03/02/2023 at 11:25 pm

      Meu filho de 2 anos Só se identifica por cor azul, estou fazendo acompanhamento com médicos pra saber se ele é autista, pois grita com medo de liquidificador, barulho de chuva, quando quer algo se hoga no chão, bate com a cabeça na parede, enfim gostaria que vcs me ajudasse

  • Claudenice Muniz
    Posted 17/08/2017 at 7:27 pm

    Gostei muito desta matéria,tenho um filho autista e ele ama a cor azul agora faz sentido porque ele só gosta do lapís azul e na maioria das vezes rejeita outras cores….muito bom abriu a minha mente sobre este aspecto.

  • Terezinha de Jesus Moura
    Posted 17/08/2017 at 7:28 pm

    Achei muito interessante, não tinha conhecimento dessa influência das cores em pessoas com autismo.

  • Raquel Rodrigues machado
    Posted 17/08/2017 at 7:31 pm

    Desculpe-me, Lu. Mas esse artigo não ajudou em nada! Queremos que vocês aprofundem os assuntos relacionados ao autismo. Umas pinceladas não bastam!

  • Maria Luiza Pedrosa
    Posted 17/08/2017 at 7:42 pm

    Baste Enteressante. Foi a proveitoso. Vou aplicar está experiência. Fui professora de autista. Pretendo saber mais.

  • Juliana
    Posted 17/08/2017 at 7:49 pm

    Gostei muito desse artigo. Não sabia dessas informações. Novo aprendizado.

  • Juliana
    Posted 17/08/2017 at 7:58 pm

    Assisti um filme em que o ator interpretava um autista e quando deparava coma cor amarela de entrava em desespero, agitação. Segundo o artigo citado não tem nada em comum , fiquei sem entender, gerando dúvidas.

  • Suely
    Posted 17/08/2017 at 8:03 pm

    Gostei muito do artigo. Obrigada por mais essa contribuição!

  • Maria da Glória Nunes Ponzo
    Posted 17/08/2017 at 8:06 pm

    Muito bom! Como desconhecemos tantas coisa a respeito do autista.

  • Rita Fernandes Ferreira de Almeida
    Posted 17/08/2017 at 8:21 pm

    Informações importantes. Sempre é bom conhecer mais.

  • Tânia Maria Domingues Schimith
    Posted 17/08/2017 at 8:37 pm

    Excelente artigo.
    Tenho um sobrinho que tem autismo, todo conteúdo que estou lendo está sendo muito útil .
    Obrigada .

  • Genilza Maria da Silva
    Posted 17/08/2017 at 8:42 pm

    Amei as dicas,é muito importante para que possamos trabalhar as cores de forma, consciente e adequada,pois trabalhei com um aluno autista que tinha sua cor preferida e isso me chamava muito atenção.

  • Joana Margarida borged
    Posted 17/08/2017 at 8:48 pm

    Autismo está sendo visto e trabalhado graças á sensibilidade q os profissionais estão tendo qto o assunto diversidade. Muito interessante as cores na vida emocional não só dos autistas. Creio q todos nós seres humanos somos influenciados pelos tons e cores.

  • Júlia Canassa
    Posted 17/08/2017 at 9:00 pm

    Uau! Comecei a trabalhar como monitora no Ensino Fundamental, onde monitoro, oriento e dou aula para uma menina e um menino autistas do 4° ano. O menino faz desenhos detalhados de lutas baseados no videogame Sonic e percebi que usa muito azul, amarelo, laranja e vermelho. Todos os monstros possuem cores quentes e os “heróis” do desenho são coloridos com cores frias. Achei sensacional a cromoterapia e a partir de hoje terei um olhar mais atento e profundo nas cores e nos desenhos desse meu aluno.

  • Cleide Borges da Silva
    Posted 17/08/2017 at 9:00 pm

    Vcs são maravilhosos! Depois que encontrei NEUROSABER estou muito mais motivada e confiante no meu trabalho.

    OBRIGADAAAAAA!

  • Ieda Marilene Schmidt Raupp
    Posted 17/08/2017 at 9:11 pm

    Não sabia que as cores exerciam essa influência. Muito bom!

  • Aída Cândida de Jesus
    Posted 17/08/2017 at 9:12 pm

    Valeu a dica. Trabalho com sala multifuncional com vários autistas.

  • Luciana Rodrigues Esmeraldo
    Posted 17/08/2017 at 9:13 pm

    Leio todos os artigos que vocês enviam.
    O número de crianças dentro do espectro autista cada dia aumenta mais. Muito importante á divulgação dos recursos que podem ser utilizados para melhorar o desenvolvimento dessas crianças.
    Parabéns!

  • Rubia
    Posted 17/08/2017 at 9:15 pm

    Meu pequeno adora lápis de cor. Princitamento, o laranja. Outra cor que aprecia é o verde.

  • Patricia vieira batista
    Posted 17/08/2017 at 9:16 pm

    tirei muitas dúvidas estou sempre acompanhando vocês

  • Andrea
    Posted 17/08/2017 at 9:24 pm

    Gosto muito de todas as informações que vocês nos dão. Muito obrigada. Sou professora de AEE.

  • Neide Borges De Brito
    Posted 17/08/2017 at 9:29 pm

    Show.

  • Valquiria
    Posted 17/08/2017 at 9:41 pm

    Amei saber a respeito da importância das cores, na vida dos autistas. Gostaria de receber mais informações a respeito. Trabalho com autista, por isso tenho o interesse, sou fonoaudióloga.

  • Inaldeni Ferreira de Lima
    Posted 17/08/2017 at 9:45 pm

    Gostei muito das informações, só tem a mim ajudar.

  • Eliana Poviliunas
    Posted 17/08/2017 at 9:45 pm

    Muito bom! Adorei.

  • Patrícia Mazzoleni
    Posted 17/08/2017 at 9:57 pm

    Meu filho é autista e tem seis anos e tudo dele tem que ser verde,como:blusas,copos e carrinhos.Será que a cromoterapia vai ajudá-lo.

  • Nena
    Posted 17/08/2017 at 10:10 pm

    Muito interessante a explicação do efeito das cores no autista.

  • Eloide
    Posted 17/08/2017 at 10:24 pm

    Acredito que as cores podem sim influência no comportamento dos autistas. Eu não sou autistas, as cores tem grande influência sobre mim.

  • Edna de Oliveira Furtado
    Posted 17/08/2017 at 10:42 pm

    Estou adorando os artigos. Estou muito interessada em conhecer mais o universo dos autistas. É esses artigos estão me ensinando muito .

  • Maria das Dores Duarte
    Posted 17/08/2017 at 11:20 pm

    Excelente o texto retrata a dificuldade que acontece no acompanhamento a uma criança autista;
    agente de inclusão, está criança troca as cores ,azul por verde ,
    vetmelho por azul.Enfim é a experiência mais gratificante em minha vida.
    A professora da sala e eu estamos iniciando as cores pelo amarelo
    pela facilidade de identificação, pois ela desenha o sol e sabe a cor.
    Agradeço sua dedicação em partilhar sua experiência de vida com tantas pessoas
    Abracos!
    Maria das Dores

  • Lenira Ypsilon
    Posted 17/08/2017 at 11:33 pm

    Interessante!
    Sobre a cor azul, eu sabia, mas sobre a laranja e amarela, foi algo novo para mim.
    Obrigada, Dr. Clay e Luciana Brites! Tem sido bastante enriquecedor o acesso aos materiais disponibilizados por vocês!
    Abraço!

  • Ana Maria Conte Elias
    Posted 17/08/2017 at 11:38 pm

    Tenho neto autista, e acompanho sempre que posso.Achei bem interessante. Qual a especialidade do médico para fazer o acompanhamento com a cromoterapia?

    • Maria Aparecida C.Costa
      Posted 23/08/2017 at 8:03 pm

      Gostaria de saber qual médico nessa área de cromoterapia

  • vera
    Posted 17/08/2017 at 11:42 pm

    Amei o esclarecimento. Obrigada por compartilhar conhecimento!

  • Joeli Elis slomski
    Posted 18/08/2017 at 4:54 am

    Maravilhoso a abordagem deste assunto,pois Ainda a muito o que aprender sobre o tema👏

  • Delvania
    Posted 18/08/2017 at 6:04 am

    Aprendendo mais um pouco com vocês!!!

  • Wiziley
    Posted 18/08/2017 at 7:34 am

    Excelente descoberta! Sempre é bom abrir meu e-mail e econtrar informações iguais a essa.

  • Francisca Preto
    Posted 18/08/2017 at 7:35 am

    Luciana, já tinha ouvido falar nas cores para o autista, mas, não sabia que tinha essa especificação.
    Agradeço deu artigo, fico aguardando mais pormenores sob as cores.
    Abraço Francisca Preto.

  • Valdenice
    Posted 18/08/2017 at 7:36 am

    Ja conhecia nocoes basicas sobre cromoterapia e a influencia que tem nas pessoas, principalmente as mais sensiveis. E a sensibilidade do autista. Mas o texto aprofunda este conhecimento.

  • Belony Bittencourt
    Posted 18/08/2017 at 8:15 am

    Que bom saber disso.Vou testar e observar, tenho um neto com Autismo leve.obrigado

  • Isabela Miranda
    Posted 18/08/2017 at 9:49 am

    com este estudo sobre autismo estou desconstruindo tudo que havia construído sobre os autistas,sobre este mundo que para nós é algo que as vezes não entendemos,mas se olharmos com mais sensibilidade poderemos entender melhor não só o assunto mas a pessoa que tem Autismo.

  • Cristina Castro
    Posted 18/08/2017 at 9:50 am

    Bom saber

  • Juliana Pereira
    Posted 18/08/2017 at 10:21 am

    Que bacana!! Acertei nas cores daa paredes aqui entao… quartinho do pqno todo azul… o meu parede laranja… tb ja observei q meu pqno gosta do azul.. no meio de uma piscina de bolinhas as q chamam atençao sao sempre as azuis.. obrigada por compartilhar mais esse conhecimento!!

  • Elenice dos Santos romeu
    Posted 18/08/2017 at 10:30 am

    muito interessante, Temos um aluninho com autismo e é sempre bom saber mais.

  • Rosa Barros
    Posted 18/08/2017 at 10:36 am

    Faço pesquisa sobre a contribuição da arte nas intervenções psicopedagógicas; e as cores utilizadas nas atividades demonstram essas influencias no desenvolvimento cognitivo das crianças, Agradeço sua contribuição em minha pesquisa. parabéns por mais um assunto interessante!

  • MÁRCIA TERESINHA
    Posted 18/08/2017 at 10:48 am

    O uso de lâmpada azul a noite faz ter um sono tranquilo é indicado para bebês e adulto.
    Façam o teste.
    Não sabia que tinha relação com o autismo.

  • Debora
    Posted 18/08/2017 at 10:55 am

    ~Trabalho com arteterapia com crianças autistas, gostaria de receber mais artigos sobre tema.

  • Vânia Sueli de Oliveira Silva
    Posted 18/08/2017 at 2:34 pm

    Quero aprender mais sobre isso. É muito interessante. As cores acredito eu que influenciam sim. Até pra gente é bom.

  • Jucielia O Sousa Basto
    Posted 18/08/2017 at 3:16 pm

    Já tinha ouvido falar…mas n levava ao pé da letra,confesso q esse artigo me fez querer comhecer melhor,obrigada,Jucielia!

  • Maria Aparecida da Silva
    Posted 18/08/2017 at 7:03 pm

    Boa noite achei muito ingressantes esse classificação de cores do autista .Parabéns.

  • Milva de Oliveira Lino Marcondes
    Posted 18/08/2017 at 7:27 pm

    Que ótimo Lu, muito obrigada por mais esta dica tão importante e, pode acreditar meus conhecimentos estão se ampliando graças á sua ajuda. Parabéns !!

  • celia conceicao assis
    Posted 18/08/2017 at 8:36 pm

    Adorei o artigo, pois ja fui professora e tenho muito interesse por este assunto. Fiquei bem satisfeita de saber a relacao das cores .Grata Célia

  • Adriana Gomes Saraiva
    Posted 18/08/2017 at 8:58 pm

    Amei as informações! Temos alunos autistas na escola. Muito obrigada!

  • Maria José de siqueira Campos
    Posted 18/08/2017 at 8:59 pm

    Artigo muito bom, adoro leitura sobre autismo.

  • Maria Madalena Ferdinando Varea
    Posted 18/08/2017 at 9:09 pm

    Tenho uma neta que está apresentando algumas características de autismo. Foi muito bom ler o artigo. Será de grande valia para procurarmos auxílio com um profissional de possa contribuir com os cuidados que velho necessitar.

  • Diandra Moreira
    Posted 18/08/2017 at 9:38 pm

    Fantástico saber que a cromoterapia é uma terapia que surte efeito para pessoas com TEA. Mais uma possibilidade para auxiliar na busca pela qualidade de vida dessas pessoas.

  • Thati
    Posted 18/08/2017 at 10:17 pm

    Bem interssante. Imagina que poderia ter uma diferença para o autista. Mas nunca li sobre. Leio todos artigos e acompanho os videos. Me faz ter bastante sabedoria para lidar com meus alunos.

  • yara
    Posted 18/08/2017 at 10:31 pm

    INTERESSANTE!!! COMO É BOM TER VCS PARA NÓS AJUDAR
    SEGUIR EM FRENTE COM NOSSAS CRIANÇAS AUTISTA!!!

    ABRAÇOS.

  • Carine
    Posted 18/08/2017 at 10:38 pm

    Eu tenho um filho autismo e nunca tinha ouvido falar da cromoterapia gostaria de saber mais

  • Ana Rosina
    Posted 19/08/2017 at 9:50 am

    A cromoterapia auxilia muito nos casos de desequilíbrio emocional. Com o autismo deve ser muito eficaz também.

  • Ivana
    Posted 19/08/2017 at 12:05 pm

    Muito bom os esclarecimentos,auxilia também na escola nas salas de aula com os cartazes estímulos necessários dependendo do que , e para que o professor quer estimular. Gostaria de saber se encontramos cursos e onde e quais profissionais podem fazer.
    Grata pelas informações.

  • Anelise Woelfer Liebsch
    Posted 19/08/2017 at 4:44 pm

    Muito interessante esse artigo, não sabia dessa relação entre o autismo e as cores. Como sempre ótimas dicas e sugestões para ampliar nosso conhecimento.

  • Katia Adriana Domingues
    Posted 20/08/2017 at 6:57 pm

    Ótimo artigo! Agradeço pela contribuição! Abçs.

  • Vivian
    Posted 20/08/2017 at 9:15 pm

    Nossa Lu, não sabia dessa influência das cores nos autistas. Tenho aluno e busco sempre algo para ajudá- lo. Sempre acompanho o trabalho de vocês e adoro, me ajuda muito. Parabéns pelo trabalho de vocês.

  • Renata
    Posted 21/08/2017 at 5:50 am

    Achei o artigo bem interessante, não sabia que existia influência em autismos.

  • Andréa Cristina Medeiros
    Posted 21/08/2017 at 7:46 pm

    Interessante o artigo. Apesar de ter contato com alunos autista, não sabia da influência das cores no comportamento, estado emocional.

  • BEATRIZ NOBRE
    Posted 22/08/2017 at 3:39 pm

    tenho uma pequena de 8 anos, com alguns traços do autismo. ela vem se mostrando bastante irritada ,se mordendo , adorei a idéia da terapia . obrigada pela informação.

  • Jucelene Gonçalves
    Posted 22/08/2017 at 4:10 pm

    É muito bom saber esses detalhes pois ajuda muito para a convivência da criança autista.gostei

  • Nielzamaia
    Posted 22/08/2017 at 8:43 pm

    Excelente reflexão.terei mais cuidado quanto ao uso das cores corretas para favorecer a melhor intervencao com os pacientes com au tismo
    Obrigada.

  • Nielzamaia
    Posted 22/08/2017 at 8:45 pm

    Excelente reflexão.terei mais cuidado quanto ao uso das cores corretas para favorecer a melhor intervencao com os pacientes com au tismo
    Obrigada.

    Nielzamaia

  • Simone
    Posted 22/08/2017 at 10:02 pm

    Meu filho de 7 anos Asperger e TDAH ama azul…
    E agora entendo porque quando estamos ao ar livre num campo ele se deita e fica algum tempo olhando para o céu.Ele ama ficar meio afastado sozinho contemplando…
    Ele se acalma se renova e vem cheio de reflexões.💙

  • Lourdes Campos
    Posted 23/08/2017 at 6:09 pm

    Amei esse artigo! interessante e de grande relevância pois não sabia sobre essa classificação das cores!

  • Maria Conceição
    Posted 24/08/2017 at 8:54 am

    Parabéns por mais este artigo. Estou sempre aprendendo com vocês NeuroSaber. Por este motivo procuro compartilhar informações.
    Abraço,
    Conceição.

  • Angela Maria Mendes dos Santos
    Posted 24/08/2017 at 2:33 pm

    Eu achei muito interessante.
    Foi muito importante ter conhecimento desse fato.
    Obrigada.

  • Rose
    Posted 24/08/2017 at 11:17 pm

    Parabéns pelo artigo, muito bom. Gostaria de aprofundar-me no assunto, como faço para obtê-lo?

  • Cristiane
    Posted 25/08/2017 at 12:10 am

    Adorei o artigo.
    Sem querer acertei nas cores do quarto do meu filho. O quarto é azul com detalhes amarelo. Acho q é por isso q ele adora o quarto, se deixar passa o dia todo brincando no quarto.

  • Keli Lopes
    Posted 25/08/2017 at 8:31 pm

    Gostei muito dessa informação assim posso orientar os pais dos meus alunos Autista!!. Grata ao Neurosaber.

  • Gercina
    Posted 26/08/2017 at 9:10 am

    Muito bom! Amei! Obrigada por nos ajudar. Gercina

  • Maria das Dores Duarte
    Posted 27/08/2017 at 5:55 pm

    Se possível ,comente a clssificao de cores na Sindrome de Rett.
    Agradeço
    Abraços! Maria das Dores

  • Ângela lima
    Posted 30/08/2017 at 3:51 pm

    Muito feliz em adquirir esse conhecimento!

  • Ana Lucia Silva
    Posted 31/08/2017 at 9:27 am

    MUito boa colocação, pesquisarei mais sobre o assunto

  • Adriana Maria
    Posted 31/08/2017 at 2:53 pm

    Boa tarde. boa informação. tenho um jovem autista e ele ama azul.

  • Joilsa Reis
    Posted 02/09/2017 at 2:28 pm

    Muito bom esse artigo, sempre aprendo mais e mais com vocês, parabéns!!.

  • Cibele Lunetta
    Posted 05/09/2017 at 4:58 am

    Muito interessante!!! O grande problema que temos, ao buscar terapias para o autista é o valor $$$, já que o Estado não oferece nem as terapias convencionais, que dirá, a cromoterapia, ludoterapia, equoterapia, e outras…

  • Sandra Martins de Oliveira
    Posted 09/09/2017 at 11:25 am

    Foi e grande valia o assunto sobre as cores pois despertou me a atenção em relação ao aluno autista,pois só aprendo com você.Muito obrigada.

  • Rivaneide Alves da Silva Cruz
    Posted 12/09/2017 at 9:27 pm

    Boa noite querida Luciana e Dr. Clay Brites! Muito interessante esse artigo, é muito importante entender como as crianças, adolescentes e adultos com algum distúrbio em especial o Autismo interagem e se desenvolvem melhor com ajuda das cores! Com certeza mesmo os que não possuem nenhum distúrbio se sentirão mais calmos e alegres num ambiente aconchegante e que lhes proporcionem boas energias. E se podemos contar com meios alternativos para melhorar a qualidade de vida e também de aprendizagem e desenvolvimento de todos nós! Obrigada e um grande abraço 😍❤❤❤❤❤❤❤

  • Rosalva A G Roveri Roveri
    Posted 30/09/2017 at 8:32 pm

    Muito rico esse artigo sobre as cores!
    Esse assunto me agrada e muito mesmo!!!
    Sou adepta as cores na minha vida pessoal e profissional e o azul realmente é Divino, Celestial!!!
    Abraços!!!

  • Ivone Gomes da Silva
    Posted 27/12/2017 at 9:20 pm

    Meu filho de 3 anos é altista ele é alucinado com as cores Rosa e azul tem algo a ver?

  • Sueli
    Posted 23/03/2018 at 4:17 pm

    Trabalho com uma aluna autista e de vez em qdo ela exclui os lapis de cor mas cores verde e vermelho, outras vezes ela quebra os lápis dessas cores.Ela é autista do grau mais elevado e agressiva, só faz atividades impressas e de colorir, somente, não aceita mais nenhum tipo de atividade ou material de inclusão. Alguém poderia me dizer o por que isso ocorre.

  • Claudia Correia Rodrigues
    Posted 28/03/2018 at 10:32 pm

    O assunto é muito proveitoso e ajuda na prática durante os atendimentos.

  • MARLENE ELEUTÉRIO
    Posted 13/04/2018 at 4:03 pm

    Boa tarde! Sou professora de educação especial e já orientei os pais dos meus alunos em relação as cores e o poder da lâmpada azul em relação ao sono, funciona mesmo !!

  • Jonice María Fernandes de Castro Matos
    Posted 12/09/2018 at 4:41 pm

    Gente é muito interessante eu tenho vários alunos autistas cada um é diferente do outro, a menina gosta de azul, um menino gosta de vermelho outro gosta cores clara meu Deus precisamos buscar conhecimento todos os dias, obrigada pela informação vou colocar em prática

  • Renata
    Posted 25/03/2019 at 5:32 pm

    Parabéns e obrigada por compartilhar 💙

  • AMANDA ROPER DA ROCHA SCHULTZ
    Posted 01/03/2020 at 12:08 am

    Ola, estou fazendo um TCC sobre este tema e estou em busca de saber quais os benefícios da cromoterapia para crianças autistas. Se alguém tiver informações referenciadas eu agradeço.

  • dinha
    Posted 20/05/2020 at 12:07 am

    meu neto e autista ele gosta de amarelo laranja mas tudo se perder o lapis marrin fica em desespero pq?

  • Isabel Da Silva
    Posted 16/06/2020 at 12:43 pm

    O meu Filho é autista ,sempre muito activo, alegre ,muito carinhoso .
    Á 2 semanas pintei minha sala em tons verdes claros e desde entao super calmo
    até se acenta para ver televisao e fica muito tempo quando dantes seria imposivel
    No fundo ainda temos muito para aprender, estar sempre atentos e aprender a lidar com o dia a dia
    para darmos o melhor de nós

  • Luciane Johanson Lelis da Silva
    Posted 10/11/2020 at 12:54 pm

    Muito interessante. Minha filha tem DPAC e deficit de organização, mas a grande benção é que pediu para aprender a tocar violino, e toca, desenha muito, criou personagens e história lançando o livro História de Clãs, confira no face a página História de Clãs. Fui fazer psicopedagogia e criei o Jogo da Calma, com core azul, verde e lilás, também tem pedras naturais que levam ao relaxamento. Apliquei o jogo com crianças de 2 e 3 anos no CEI aonde trabalho, por conta da pandemia dei uma pausa esse ano, mas estou em estudo sobre isso. Em casa deu resultado, o jogo acalma mesmo.

  • Line
    Posted 15/08/2021 at 5:59 pm

    Sou autista e sempre preferi amarelo

  • Ricardo gomes
    Posted 05/08/2022 at 1:03 pm

    bom dia gostei da materia tenho um filho com autismo de 30 anos nossa mas esta muito agressivo so comigo que sou pai ,gostaria de saber o porque disso. quando acordo nossa .

    • Solange
      Posted 05/08/2022 at 1:50 pm

      Agradecemos a sua confiança em compartilhar isso com a gente e pedir ajuda. Nesses casos orientamos buscar um especialista pessoalmente para lhe dar melhores informações e orientação assertivas sobre o caso. De qualquer forma, temos conteúdos no youtube.com/neurosabervideos e Artigos em nosso Blog: http://www.neurosaber.com.br/artigos que podem te ajudar em muitas questões.

      Sol,
      Equipe NeuroSaber 💙

Leave a comment

0.0/5

x

Estou aqui para ajudar 🤗

Me chame quando precisar 😊