Skip to content Skip to footer

Como estimular o raciocínio lógico infantil?

As crianças impõem desafios aos pais, educadores e médicos. Tudo isso surge como uma demanda dos pequenos. O raciocínio lógico infantil é uma dessas tarefas que nós, adultos, precisamos lidar. Mas a pergunta que fica é como fazer para estimularmos esse importante passo na vida deles, inclusive na educação infantil?

Brincadeiras: excelente motivação para o raciocínio lógico infantil

Se existe algo que uma criança adora fazer é brincar. Elas não abrem mão de interagir com outros pequenos ou podem até mesmo se divertir sozinha. O importante, no entanto, é que existem muitas brincadeiras que podem trabalhar sobre o raciocínio lógico infantil.
Para se ter uma ideia, o fato de a criança estar inserida naquele meio, naquela missão de participar da brincadeira, já a coloca dentro da lógica da atividade. Junto a isso, temos o fato de muitos brinquedos serem voltados justamente para esse fim. Veja algumas das opções que podem estimular as crianças.
– Jogos de sequência lógica: essa brincadeira é constituída por figuras que procuram representar a ordem de uma cena, por exemplo. O jogo tem por objetivo estimular que as crianças consigam colocar as figuras na sequência exata para que façam sentido ao que foi proposto;
– Tabuleiros: nos casos das crianças mais crescidas, há brincadeiras que envolvem itens como números e operações matemáticas. Jogos de tabuleiro são ótimos para desenvolver o raciocínio lógico e a estratégia das crianças;
– Quebra-cabeças: essa brincadeira é ideal, pois é uma atividade extremamente rica para o cérebro. O fato de induzir a criança a montar as peças apresenta um motivo e tanto para que o raciocínio lógico do pequeno consiga ser trabalhado de maneira bastante satisfatória. Os quebra-cabeças de hoje estão muito mais interativos, pois apostam em cores mais vivas para estimular as crianças;
– Jogos digitais: é preciso acompanhar as mudanças e hoje em dia os jogos digitais estão com tudo. Os pequenos podem contar com uma infinidade de jogos, que exercem uma grande influência sobre as crianças;
Lego: os famosos brinquedos ‘Lego’ também são excelentes para estimular o raciocínio lógico infantil, pois os encaixes induzem as crianças a criarem figuras (ou construções) a partir da interação delas durante a brincadeira;
– Atividades realizadas dentro de sala de aula: nada melhor que um ambiente educacional que promova o raciocínio lógico infantil. Quando se tem um acompanhamento que instigue a curiosidade do pequeno, os exercícios podem significar muito na incipiente vida escolar da criança. Vale lembrar que todas as opções acima (exceto jogos digitais) podem ser dadas em sala de aula.

Converse com a escola de seu filho

Como pais, vocês podem conversar com os profissionais de pedagogia e psicopedagogia da escola de seu filho. A proposição de atividades que estimulem o raciocínio lógico infantil é importante.

Não deixe de estimular a criança no ambiente doméstico

Com as atividades citadas acima, fica muito mais fácil trabalhar e desenvolver o raciocínio da criança com brincadeiras que podem ser feitas em casa. Mas lembre-se que tudo isso deve ser feito respeitando a idade da criança.

7 Comments

  • Jucelio Neiva
    Posted 28/01/2017 at 9:16 am

    Parabéns!
    Sou orientador social e trabalho com crianças e adolescentes. Cada dia mais, meu aprendizado se torna maior, sobretudo, pq trabalho com jovens de muita vulnerabilidade.

  • Antônia C. Santos
    Posted 29/01/2017 at 11:08 pm

    Boa noite, saber que estou realizando um trabalho correto e tendo parâmetros para melhorar ajuda muito. Vou aproveitar as informações deste artigo para aperfeiçoar o trabalho em sala. Obrigada por informações tão preciosas utilizando jogos.Parabéns!

  • Antônia C. Santos
    Posted 29/01/2017 at 11:09 pm

    Saber que estou realizando um trabalho correto e tendo parâmetros para melhorar ajuda muito. Vou aproveitar as informações deste artigo para aperfeiçoar o trabalho em sala.
    Obrigada por informações tão preciosas utilizando jogos.Parabéns!

  • Maryze Maia Palladino
    Posted 02/02/2017 at 3:06 pm

    Mais um texto maravilhoso,esclarecedor. Obrigada!!

  • Maria Ivanilde Rocha Rodrigues
    Posted 07/11/2018 at 11:57 am

    Sou pedagoga , trabalho como professora de AEE, no município de Araçatuba – SP. faço atendimento educacional especializado em sala de recurso em duas EMEB CRISTIANO OLSEN E ERMELINDA GERALDA SOGA

  • Luciana
    Posted 20/04/2019 at 4:47 pm

    Muito bom o artigo, como sou acadêmica, geralmente encontro seus artigos em minhas pesquisas, porém, não tenho como citá-los.
    Gostaria de deixar uma dica:
    Seria possível colocar o nome de quem escreveu e o ano da publicação, pois na área acadêmica ajudaria muito ter essas informações, para podermos referenciar?
    Obrigada

    • NeuroSaber Responde
      Posted 07/06/2019 at 12:24 pm

      Luciana, nossos artigos são elaborados pela nossa equipe NeuroSaber.

Leave a comment

0.0/5