Skip to content Skip to footer

Como fazer a transição da letra bastão para a cursiva

O processo de alfabetização começa com o ensino da leitura, depois vem a escrita. Entenda, neste artigo, como fazer a transição da letra bastão (de forma) para a letra cursiva.

Para uma criança aprender a ler, ela depende, primeiramente, dos olhos, de um processamento visual. Da mesma forma, para aprender a escrever, ela vai precisar de habilidades específicas, como a coordenação de áreas cognitivas.

Primeiro, a criança aprende a decodificar a letra, para poder ler. Em seguida, aprende a escrever o que lê, sendo esse um processo um pouco mais complexo de aprendizagem.

Aprender a escrever é um processo formal que ocorre por volta dos 6, 7 anos, ainda que habilidades importantes possam ser estimuladas desde muito cedo.

O processo de aprendizagem da escrita

Em primeiro lugar, é importante frisar que as habilidades essenciais para aprender a escrever podem ser trabalhadas desde quando as crianças são pequenas. O movimento de pinça, por exemplo, começa a se desenvolver por volta dos 9 meses, e ele é importante para que ela adquira força para segurar objetos, como o lápis.

Da mesma forma, durante os três primeiros anos da criança, ela explora o mundo com as mãos, com atividades como massinha, por exemplo. O movimento das mãos se desenvolve e vai se refinando, o que podemos ver quando as linhas e traços em seus desenhos começam a ficar melhor definidos.

Aos 5 anos, as crianças podem aperfeiçoar os movimentos das mãos trabalhando com pontilhados. Por volta dos 6, 7 anos, elas podem, então, aprender movimentos mais complexos, como a letra cursiva.

As crianças são alfabetizadas com a letra bastão (de forma), porque é mais fácil de visualizar a letra e aprender a decodificá-las. No entanto, quando essa aprendizagem já está consolidada, podem aprender a letra cursiva.

Dicas para ajudar no desenvolvimento do processo de escrita

Estimular a aprendizagem do esquema corporal; do equilíbrio e da postura, da força e do tônus muscular, trabalhar com os olhos, atividades como massinha.

Transição da letra bastão para a letra cursiva

No primeiro período da alfabetização, as crianças aprendem a usar a letra bastão (de forma). Apenas em um segundo momento, como mencionado, é que elas aprendem a letra cursiva.

Primeiro, as crianças aprendem a formar palavras usando a letra bastão, para então aprenderem a letra cursiva, que será usada daí em diante na escola. A letra bastão é melhor compreendida pelas crianças, elas aprendem mais fácil com elas, por serem simples, com linhas retas.

O ideal é ensinar a letra cursiva depois que a criança já está alfabetizada, para que ela possa se dedicar ao desenho da letra sem ter que se preocupar em construir palavras.

Vantagens da letra cursiva

Vivemos em um mundo cercado de tecnologia e, muitas vezes, surge a dúvida se é importante ensinar a letra cursiva ou não. No entanto, estudos mostram que a alfabetização com letra cursiva aumenta o percentual cognitivo das crianças, se comparadas com aqueles que aprendem a digitação.

As crianças que aprendem a letra cursiva têm uma ortografia melhor, com menos erros, já que desenvolveram a memória motora ao aprender a escrever a palavra. O processo de construção da escrita começa com o ensino da letra bastão e deve ser seguido do ensino da letra cursiva.

Por que começar com a letra bastão?

Diante da importância da letra cursiva para o desenvolvimento infantil, muitos se perguntam porque não começar por ela, mas sim pela letra bastão. A resposta para essa pergunta é o processo de construção das hipóteses da escrita.

Quando as crianças começam a ser alfabetizadas, precisam pensar as letras necessárias para formar uma palavra. A letra bastão tem traços simples e é ideal para esse começo. A letra cursiva é emendada uma na outra, o que dificulta separá-las visualmente quando se está aprendendo a ler.

Dessa forma, o ideal é ensinar a letra cursiva quando a criança já desenvolveu a lógica do sistema de escrita. Essa organização é importante para que ela possa aprender a letra cursiva.

Como fica o ensino da escrita no autismo?

Os transtornos do neurodesenvolvimento, como o autismo, englobam dificuldades de coordenação motora, o que pode afetar a escrita. Para organizar os movimentos, as crianças precisam de um mecanismo chamado auto regulação, que pode estar prejudicado no autismo.

No entanto, a criança com autismo deve ser estimulada a aprender a letra cursiva e, caso ela tenha muita dificuldade, é recomendada então, a letra bastão. Como qualquer outra criança, ela terá habilidades e dificuldades específicas, que devem ser reconhecidas pelo professor, para saber quais são suas necessidades de aprendizagem.

Se você tem mais dicas sobre a transição da letra bastão para letra cursiva, deixe nos comentários e contribua com a discussão!

Referências:
MONTEIRO, Carolina. ORIENTAÇÕES SOBRE O ensino da escrita Na Revista do Ensino/RS: repercussões da obra de Orminda Marques (1930-1960). Hist. Educ. [online]. 2016, vol.20, n.48 [cited  2020-12-29], pp.235-257.

26 Comments

  • Maria Lindalva de Moura Marques
    Posted 09/01/2021 at 2:32 pm

    Obrigada pelo material,muito bem elaborado e fácil de entender!
    Gratidão.

  • conceição Lacerda Alkmim Fonoaudióloga
    Posted 09/01/2021 at 5:12 pm

    Excelentes orientações para a escrita do autista e obrigada

  • Mayra Dias
    Posted 10/01/2021 at 3:51 am

    Nesse processo de transição da escrita da letra bastão para a cursiva vejo um misto de mistério e magia, as crianças ficam ansiosas para escrever logo com a cursiva, não é mesmo? Portanto em sala de aula e até mesmo nas reuniões de pais gosto também de argumentar quanto a importância da letra bastão e só depois a letra cursiva: a criança consegue “contar” as letras ou sinais gráficos ao escrever uma palavra com a letra bastão, o que poderia dificultar caso a criança faça o uso logo da cursiva; outro argumento importante é quanto a leitura dos livros literários e didáticos, se a criança aprender primeiramente a letra bastão, poderá vir a ser um facilitador! Espero ter colaborado!
    Grande abraço, Mayra Dias

  • MITIE DA COSTA RESENDE
    Posted 10/01/2021 at 10:24 pm

    OTIMO , EXCELENTE CONNTEÚDO

  • Onofra da Silva dos Anjos
    Posted 11/01/2021 at 6:17 pm

    Ótimo excelente conteúdo, é isso mesmo, a letra bastão é bem visível seus traços, que facilita a aprendizagem na faze da alfabetização seja de criança ou de adulto.

  • Evani
    Posted 12/01/2021 at 5:27 pm

    Amei! Com certeza contribuiu bastante e tirou-me algumas dúvidas.Parabéns!

  • Rosilene
    Posted 13/01/2021 at 6:11 pm

    Verdade ! A letra em bastão é considerada fácil pra cê compreendida o que facilita a aprendizagem. Parabéns o conteúdo é muito bom.

  • Rosa
    Posted 14/01/2021 at 10:33 am

    Consegui melhorar a compreensão da milha filha referente a letra cursiva com uma atividades lúdica, fiz a letra no Eva preto, coloque pequenos traços branco, cole no quadrado de Eva verde, apresentei p ela como sendo uma pista p seus carrinhos e consegui ensinar a coordenação de Letras q ela tinha difículdade, acredite ela incorporou e não esqueceu mais.

    • Elvira Santos
      Posted 02/07/2021 at 10:14 pm

      Poxa tem como passar essa atividade pra nós.Otimo gostaria de ver e aprender fazer.

    • Fernanda
      Posted 18/08/2021 at 1:56 am

      tem como me.passar.eu filho de 9 anos não consegue de jeito algum fazer a letra cursiva.

      • CRISTIANE REGINA DE ANGELIS MORAIS SANTOS
        Posted 15/09/2021 at 1:40 am

        Esse vídeo pode te ajudar 😉

    • Maria Marques da costa
      Posted 23/08/2021 at 6:34 pm

      Oi Rosa, por favor tem como você passar essa atividade para mim pois tenho uma criança com dificuldades em desenvolver a escrita da letra cursiva

    • Clara
      Posted 16/03/2022 at 10:25 am

      Amei a dica

  • Irneide Aparecida G. da Silva
    Posted 14/01/2021 at 12:46 pm

    Excelente artigo

  • elisagelatina Rodrigues
    Posted 18/01/2021 at 2:49 pm

    conteúdo bem explicado

  • KARLA REGINA GOMES DOS SANTOS
    Posted 07/04/2021 at 3:02 pm

    Boa tarde, sou mãe de um menino autista. Ele está com 9 anos e de forma alguma escreve com a letra cursiva. Não consigo trabalhar isso com ele, pois ele é muito impaciente (talvez pelo fato dele escrever com letra bastão ele termina as atividades escolares mais rápido). Queria saber se tem como trabalhar essas duas questões (impaciência e letra cursiva) ao mesmo tempo.

  • Regina
    Posted 25/04/2021 at 12:04 pm

    O artigo apresenta informações importantes, mas não corresponde ao conteúdo do título.

  • Ingridy Isabel Moraes
    Posted 25/04/2021 at 2:44 pm

    Trabalho em uma escola montessoriana, que através de materiais e estratégias comprovadas cientificamente, alfabetizam diretamente na letra cursiva. Trago esta questão não somente porque o traçado da letra bastão é mais fácil ou não, mas porque a letra bastão é sobreposição das formas geométricas, sendo mais fácil a abstração para a criança. No entanto não podemos deixar de observar que nas hipóteses da escrita infantil, na primeira hipótese pré-silábica a criança já tenta representar as palavras em formato de “emes” semelhantes a letra cursiva. Na minha concepção não podemos afirmar o que seria mais fácil para a criança no início do processo, pois vai depender do ambiente e professor preparado, ou seja dos recursos pedagógicos que o professor proporciona a criança e do conhecimento que o professor tem sobre alfabetização. Sem mencionar, que a consciência fonética, nomenclatura e movimento das letras que é essencial neste processo.
    Parabéns pelo Artigo.

  • Thaís Aparecida Silva
    Posted 29/05/2021 at 8:03 am

    Adorei o texto. Muito bem elaborado.

  • Kate Gladstone
    Posted 13/06/2021 at 12:53 am

    Este artigo afirma: “… estudos mostram que a alfabetização com letra cursiva aumenta o percentual cognitivo das crianças, se comparadas com aqueles que aprendem a digitação. … [Etc.] ” Você poderia fornecer links para os estudos que mostram isso?

    • SIMONE SILVEIRA DE ALBARNAES
      Posted 01/09/2022 at 1:40 pm

      Também gostaria!

  • valdemir l s jr
    Posted 10/09/2021 at 12:41 am

    Boa noite,

    Eu gostaria muito de saber de onde vieram as pesquisas sobre a cognição da criança no que se refere à trabalho com escrita bastão x escrita cursiva.

    Obrigado.

  • Ana Maria Corvino
    Posted 21/03/2022 at 7:24 pm

    O artigo me esclareceu o porquê mas não o como. Quero saber pois meu neto já sabe ler mas o professor da escola depois de 2 anos de pandemia quer que ele aprenda a cursiva está bem difícil. Quais são as possibilidades para o como ensinar a cursiva? Ele tem pouco foco…

  • Margarida
    Posted 23/02/2023 at 3:38 pm

    Tenho uma dúvida, pq é ensinado a letra de imprensa, entre a bastão e a cursiva?

Leave a comment

0.0/5