Skip to content Skip to footer

Consciência Fonológica: por que ela é essencial para a alfabetização?

Consciência fonológica é um tema muito importante por vários motivos. Você sabe o que isso significa? Sabia que se a criança não tiver um bom desempenho nesse aspecto, ela terá dificuldades para se alfabetizar? Por isso é muito válido que todos fiquem por dentro.

Afinal de contas, o que é consciência fonológica?

Consciência fonológica é a habilidade que nós temos em manipular os sons de nossa língua. É a capacidade de percebermos que uma palavra pode começar ou terminar com o mesmo som. Além disso, é quando sabemos que existem também termos grandes e pequenos; e que há frases (e uma segmentação nessas orações).

A consciência fonológica e a alfabetização: qual a relação?

Importante dizer que a consciência fonológica antevê qualquer método de alfabetização. Esse aspecto é relevante, pois muita gente pensa que para a criança aprender a ler e a escrever, basta apenas ensinar as letras soltas (A, B, C…).
Entretanto, o som da letra não é garantia de aprendizado. As crianças podem apresentar dificuldades. Elas tendem a mostrar problemas na hora de juntar as letras. Há casos cujos pais ou professores pensam que dando as letras, as crianças já aprendem a ler e escrever sozinhas. Mas não é assim. A letra é somente um dos aspectos que a criança aprende.

O aprendizado das sílabas contribui para a consciência fonológica?

Nós temos várias habilidades, entre elas a de segmentação de frases em palavras ou de palavras em sílabas. A sílaba representa uma dessas primeiras habilidades. Na sala de aula, esse aspecto pode ser útil. Vejam no exemplo abaixo:
– O educador pega uma categoria de palavras e trabalha com as crianças. Suponhamos que esse grupo seja referente a animais. O professor pergunta a elas que bicho é esse. Os pequenos então responderão falando de maneira silábica.
Lembre-se: da esquerda para a direita a fim de trabalhar a direcionalidade de escrita. A partir desse exercício, a criança vai lendo e falando os pedacinhos das sílabas até fixar as palavras que acabara de pronunciar.

Com que idade essa consciência pode vir?

A partir dos 3 ou 4 anos a criança já pode ter essa consciência. O mais legal é que o ambiente escolar permite que se trabalhe com categorias de brinquedos, cores, corpo humano, entre outros. Não trabalhem batendo palma, mas com algo concreto.

Estudantes com TEA e outros transtornos também podem ser beneficiados?

Sim. Alunos com autismo leve (Transtorno do Espectro Autista – TEA), dislexia, deficiência intelectual leve, e que apresentam facilidade para alfabetizar, conseguem aprender com essa técnica. Comece somente com sílabas.

E o uso de rimas?

A habilidade de rima é importante porque ela trabalha com o uso do som. O que está em jogo aqui é a sonoridade. Na falta de vocabulário da criança, faça jogo de memória de rima, usando o pareamento de palavras que rimam, além de fazer várias categorias e juntá-las. Em adolescentes e adultos alfabetizados, as rimas ajudam a melhorar a fluidez da leitura e a percepção do som.
Já pensou aprender profundamente as Técnicas Psicomotoras que podem otimizar o Desenvolvimento Infantil de uma maneira Lúdica, Encantadora e Eficaz? Em um curso online completo a Lu Brites te ensina tudo sobre Psicomotricidade com fundamentação científica e de forma prática e simplificada.

27 Comments

  • Suelena Gonçalves dos santos
    Posted 28/05/2018 at 8:19 pm

    Excelente esse conteúdo, muito bem explicado, na verdade trabalhar a consciência cronológica faz toda a diferença.

  • Kevia Cristina
    Posted 29/05/2018 at 12:01 pm

    Muito interessante a leitura sobre consciência fonológica.

  • Márcia
    Posted 29/05/2018 at 1:29 pm

    Esse assunto é muito interessante !

  • Aparecida de Andrade Gomes Chevrand
    Posted 29/05/2018 at 4:15 pm

    Gostei muito desta informação.

  • Jovin
    Posted 29/05/2018 at 4:33 pm

    Participo e já fiz 3 cursos. Muito proveitoso

  • Célia da Fonseca Simão da Silva
    Posted 29/05/2018 at 7:33 pm

    E muito bom fazer e ver o resultado com as criancas. Att.

  • Eliana de Fátima Silva Costa
    Posted 29/05/2018 at 11:13 pm

    Amei essa publicação. Quando trabalhava com o método fônico. As crianças passavam por tudo isso e aprendiam a ler rapidinho.

    • Maria Salete Lima
      Posted 19/03/2023 at 7:42 pm

      Muito esclarecedor.

  • Nunno
    Posted 31/05/2018 at 7:04 am

    Ótima explanação.
    Fico feliz em ver que existem mais acesso a informação sobre educação especializada, direcionada e focada no desenvolvimento da criança. Há 10 anos atrás tudo isso era uma grande incógnita e desbravar esse campo era missão de poucos. Obrigado pelo apoio de sempre, Lu.

  • nildr
    Posted 15/06/2018 at 2:32 pm

    Sou estudante de psicopedagogia as explicaçoes de vcs e bem clara,tenho aprendido muito.

  • Silvia Maria Rezende de Castro
    Posted 20/02/2019 at 10:58 pm

    Otimo este conteúdo!
    Quando trabalhamo as sílabas tenho o hábito de bater palmas e na leitura do conteúdo via uma citação que diz que não se deve bater. Dê um exemplo de algo concreto?
    Obrigada!

    • Suporte Neurosaber
      Posted 21/02/2019 at 11:49 am

      Silvia , anotado sugestão para ser abordado futuramente .

  • Fátima Cavalcanti Carrera
    Posted 04/06/2019 at 10:20 pm

    Gostei do texto. Trabalho há 15 anos com a CF e o método fônico e admito que consigo alfabetizar crianças de 4 anos na Educação Infantil.
    Com relação às palmas, eu as utilizo e tem funcionado perfeitamente.

    • NeuroSaber Responde
      Posted 07/06/2019 at 11:38 am

      Obrigada pelo carinho.

  • SOLANGE CRISTINA DE OLIVEIRA ABRANCHES
    Posted 02/09/2019 at 2:18 pm

    Solange Cristina, fis o curso de consciência fonológica com o sistema PEPI e foi maravilhoso!(Neuro Saber)

  • Elaine Pimenta
    Posted 24/03/2020 at 7:09 pm

    Amo a importância da CF e utilizo bastante em minha prática diária.
    Mas confesso que só comecei à entender de fato com a Lu e com o Clay.
    Meu artigo da Pós em Psicopedagogia terá esse tema e me basearei na Neuro saber.

    • Suporte Neurosaber
      Posted 25/03/2020 at 10:47 am

      Olá Elaine, Que bom! Ficamos felizes em sempre poder auxiliá-los!

  • Sandra
    Posted 31/01/2021 at 3:12 pm

    Importantíssimo e muito clara explicação.

  • JOAO FRANCISCO DE CAMPOS
    Posted 04/03/2021 at 10:51 pm

    Sou adulto alfabetizado na década de 1950,sempre tive dificuldade em acentuar as palavras. É possível na minha terceira idade aprender acentuar as silabas pelo método da consciência fonológica, que só ouvi falar agora?

  • Aparecida Abreu dos santos Batista
    Posted 25/08/2021 at 7:33 pm

    Nossa estou encantada com com a professora Luciana Brittes . A fórmula que ela passa o conteúdo e fascinante . Vale a pena investir .

  • Eliete de Paulal
    Posted 25/08/2021 at 7:52 pm

    Muito bom o texto, simples e exclarecedor. Gostaria de receber textos sobre neuro ciência na educação infantil. Obrigada.

  • Sílvia Regina
    Posted 25/08/2021 at 8:17 pm

    Estou amando, já consigo desenvolver atividades com os meus alunos, só das explicações dadas, por isso que quero muito adquirir todo o material, eu só falo nisso, consciência fonológica, kkk . Muito bom demais.

  • Marth Beatriz Silva Oliveira
    Posted 25/08/2021 at 8:38 pm

    Preciso salvar este artigo!!!

  • Alessandra Aparecida Cardoso Pinto
    Posted 25/08/2021 at 8:48 pm

    Muito interessante….informações bem relevantes!

  • Valdene de Freitas Amâncio
    Posted 26/08/2021 at 7:48 pm

    Excelente esse artigo, estou compreendendo muito bem.

  • Adeilma dos Santos
    Posted 26/08/2021 at 8:29 pm

    Muito bom, gostaria de salvar esse texto é de fundamental importância p nossas abordagem. Gratidão

Leave a comment

0.0/5