Skip to content Skip to footer

Desenvolvimento Cognitivo: percepções, reações e competências

O desenvolvimento cognitivo infantil é a peça-chave para dar à criança todas as condições de uma vida saudável e independente. Imagina o seu filho no ambiente escolar. Por mais que ele dependa de auxílio dos educadores e dos ajudantes de turma para algumas tarefas, é inegável que seu pequeno saberá lidar com algumas situações, por exemplo: integrar-se a uma brincadeira junto dos demais coleguinhas.
A cognição de uma pessoa favorece essa e outras assimilações, a partir do momento em que tal aspecto é responsável não só pelo papel social a que a criança está sujeita, mas a outros pontos tão cruciais quanto.

Que áreas são influenciadas pelo desenvolvimento cognitivo infantil?

Além de contribuir para a construção da noção do ‘ser-estar social’ do pequeno, é importante elencar as demais contribuições que são provenientes do desenvolvimento cognitivo da criança.
Quando a cognição de seu filho está em formação, o amadurecimento dessas faculdades também está em franca evolução. O conjunto de habilidades provenientes do desenvolvimento é responsável pelos seguintes aspectos: coordenação motora, linguagem, psicomotricidade e adaptação.
Tendo por base todos esses eixos, percebe-se que algum sinal de atraso pode significar uma preocupação bastante pertinente, pois influenciam diretamente na autonomia da criança diante de seus desafios.

A importância da cognição na vida das pessoas

Ao longo de nossos artigos, você deve ter lido algo a respeito da cognição, certo? Mas você sabe o significado desta palavra? Explicaremos novamente. Cognição é a habilidade de processar informações com o intuito de proporcionar ao indivíduo a capacidade de perceber, compreender, integrar-se e responder aos vários estímulos presentes no ambiente. Isso permite à pessoa a pensar e avaliar alguma atividade social ou tarefa.
Interessante notar que esse processamento ocorre no cérebro, induzindo a ativação ou trabalho de determinadas partes cerebrais. Para que tudo corra bem, é necessário que essas regiões estejam íntegras e acompanhem a idade da criança e sejam responsáveis por uma conexão que favoreça os estímulos percebidos pelo pequeno. Isso influencia todo o processo de aprendizagem e a capacidade adaptativa.

O que pode ser feito diante de algum problema apresentado?

Quando se percebe algum atraso no desenvolvimento cognitivo de uma criança, a primeira providência a ser tomada é procurar auxílio especializado, cujas intervenções procuram favorecer ao máximo o aperfeiçoamento das competências do pequeno.
Além disso, a importância de se atentar quanto a algum atraso nessas habilidades está no poder que um tratamento pode oferecer à criança antes mesmo de sua inserção na vida escolar.

Qual o papel do desenvolvimento cognitivo na alfabetização?

É importante salientar que quando os aspectos referentes à cognição são trabalhados, simultaneamente à idade escolar dos pequenos, o rendimento dos alunos tende a ser aprimorado, sobretudo em leitura e escrita. Isso se deve ao fato de habilidades ligadas à consciência fonológica e espacialidade serem estimuladas desde então.
Contudo, é preciso que se que tenha o acompanhamento de um profissional que possa auxiliar na condução de alguma intervenção, caso seja necessária. Por meio dessas terapias, a criança terá a chance de apresentar um rendimento satisfatório em seu desenvolvimento.
 
Já pensou aprender profundamente as Técnicas Psicomotoras que podem otimizar o Desenvolvimento Infantil de uma maneira Lúdica, Encantadora e Eficaz? Em um curso online completo a Lu Brites te ensina tudo sobre Psicomotricidade com fundamentação científica e de forma prática e simplificada.

8 Comments

  • Janaina
    Posted 31/03/2018 at 6:03 am

    Ótimo artigo, muito explicativo e exclarecedor .

  • Rozalha
    Posted 17/10/2018 at 4:41 pm

    muito bem explicado, tenho uma filha com problema cognitivo hoje ela tem 25 anos. quando recebi a noticia que ela tinha um pequeno problema ,não poderia imaginar com iria lidar com problema.ao passar do tempo fui aprendendo como lidar com a situação. nos primeiro anos de vida dela tinha esperança que ela teria melhoras ficava na espera que ela iria regredir,mais não,ela veio andar com 2 anos e alguns dias,teve acompanhamento com todos os especialista da areia,não foi nada fáscio .hoje ela esta em uma escola especial ,não fala, mais consigo lhe da com a situação,ela e minha amiguinha que amo muito ,hoje somos companheira,tenho um filho de 14 anos veio depois dela,amo meus filhos de uma maneira igual,sei que minha filha e muito feliz e amado por todos nos,

    • Adriana Matias
      Posted 17/10/2018 at 5:08 pm

      Olá Rozalha , Para nós é um prazer poder contribuir para auxiliar você nessa questão! 🙂

  • Felipe Passos
    Posted 25/08/2019 at 12:05 pm

    Olá, excelente artigo, teria a possibilidade de dividir com a gente a referência bibliográfica do material postado? Grato.

    • Suporte Neurosaber
      Posted 26/08/2019 at 7:33 pm

      OLÁ FELIPE ENVIADO COMO SUGESTÃO PARA PRÓXIMOS ARTIGOS.

  • José Ricardo de andrade Silva
    Posted 11/09/2020 at 2:34 pm

    Olá! Desejo a referência deste artigo, não tenho como citar em meu trabalho, sem o auto do artigo. Abraço.

    • NeuroSaber
      Posted 11/09/2020 at 8:10 pm

      Olá José,somente os artigos mais recentes foram disponibilizados referências.

  • Trackback: Como desenvolver atividades lúdicas para o desenvolvimento infantil? - Instituto NeuroSaber

Leave a comment

0.0/5