Skip to content Skip to footer

Dicas para melhorar a compreensão em crianças com Hiperlexia

Vocês já viram em outra ocasião alguns detalhes da Hiperlexia e como isso afeta as crianças. No artigo mencionado, há informações importantes para que pais e responsáveis possam avaliar se o pequeno apresenta algum traço característico, sendo que o principal deles é a habilidade precoce de leitura.
Entretanto, o que parece um relevante passo na vida escolar pode ser, na verdade, um motivo para procurar auxílio profissional. Se de um lado a criança consegue ler uma frase inteira aos dois anos de idade (fase em que os bebês normais não contam com tal domínio); do outro, ela encontrará grandes dificuldades em desenvolver a linguagem oral e até se relacionar com os colegas de sala.
Portanto, as intervenções são imprescindíveis na vida do paciente, uma vez que quanto mais cedo começar o tratamento, mais chances o pequeno terá na socialização ao seu redor. Mas é verdade que sempre surgem dúvidas acerca de qual metodologia utilizar para se trabalhar no caso apresentado pela criança.
Considerando que a Hiperlexia pode estar associada ao Transtorno de Espectro do Autismo (TEA), é preciso reconhecer que um tratamento usado em uma criança pode ser completamente diferente em outra. Aliás, a Hiperlexia pode vir em diferentes condições entre os pacientes com o mesmo distúrbio.

Veja abaixo as principais dicas para melhorar a compreensão em crianças com Hiperlexia.

  • Procurar uma equipe que ofereça intervenções multidisciplinares, pois desta forma haverá muitas chances de os profissionais trabalharem os pontos que precisam ser desenvolvidos, tanto na vida escolar quanto familiar;
  • Dentro do tratamento citado acima é importante mencionar a presença de fonoaudiólogos, tamanho o desafio que os pequenos encontram com a linguagem oral em detrimento das palavras impressas. É relevante que eles consigam dominar a oralidade;
  • Na escola*, uma atitude que pode servir para ajudar a criança com Hiperlexia é integrá-la à turma regular, ou seja, com os alunos que conseguem desenvolver a habilidade da fala dentro dos limites da faixa etária em questão.
  • * Lembrando que tanto o pequeno que tenha Hiperlexia quanto seus colegas devem tirar um proveito em comum com essa convivência: o respeito pela diversidade encontrada em uma sala de aula. Além disso, outra vantagem que pode vir através dessa troca de informações é a flexibilidade a que os alunos estarão inseridos.
  • Dentro de casa existem muitas possibilidades. Uma delas é o exercício diário que pais, babá ou algum outro familiar pode aplicar à criança. Alguma atividade dada pela fonoaudióloga pode ser explorada no ambiente doméstico, como em brincadeiras, para citar apenas um exemplo;
  • Outro atrativo para as crianças são os dispositivos eletrônicos, uma vez que o pequeno com a Hiperlexia tem um estímulo visual bastante aguçado. Nesse caso, os tablets contam com jogos educativos que tendem a atrair a atenção da criança e, junto com ela, você terá chances de trabalhar os pontos que mais necessitam ser desenvolvidos.

Há que se lembrar, no entanto, que tudo isso só pode ser feito se o paciente contar com uma intervenção profissional.

22 Comments

  • Maria Preciocina Lins
    Posted 03/09/2017 at 5:29 am

    Olá! Meu nome é Maria Lins. E vcs foram um dos melhores presentes que me aconteceu esse ano, pois sou professora e seus artigos estão me ajudando muito com meus alunos. Estou aprendendo a ver meus alunos com outros olhos. Através do estudo dos artigos publicados eu posso identificar possíveis transtornos que antes não sabia

    • NeuroSaber
      Posted 27/09/2017 at 9:30 am

      Obrigada pelo carinho, continue nos acompanhando!

  • Lia Mirian
    Posted 03/01/2018 at 7:10 am

    Hiperlexia pode ser confundido com superdotação ?
    Por ter desenvolvimentos precoces?
    Se possível me auxilie nessas informações por favor!

    • NeuroSaber Responde
      Posted 03/01/2018 at 4:43 pm

      Não, são condições diferentes.

  • Sara
    Posted 19/01/2018 at 7:29 pm

    Meu filho tem 3 anos de idade, escreve números, o alfabeto, algumas palavras (em inglês e português), sabe as cores e diferencia até por ex, verde escuro de verde musgo, e faz desenhos bem evoluídos para a idade dele, aprendeu sozinho. Mas interage mais com adultos e crianças maiores, agora que está começando a interagir com crianças da idade dele …. e esta falando mais frases agora, depois de terapias com fono e psico …
    A professora acha que ele tem altas habilidades, o psicólogo suspeita de hiperlexia, e a fono supõe que ele tenha um pequeno atraso de linguagem …. Se possível me dê sua opinião … altas habilidades, hiperlexia ou autismo? Muito obrigada

    • NeuroSaber Responde
      Posted 23/01/2018 at 8:22 am

      Sara,
      Sem uma avaliação clinica não é possível te responder.

  • Amanda Caluf Bezerra
    Posted 20/03/2018 at 8:29 pm

    Gostaria que você me tirasse uma dúvida, qual profissional que faz esse diagnóstico??
    É o Psicólogo ou o Neuropediatra???
    Obrigada

    • NeuroSaber Responde
      Posted 22/03/2018 at 11:18 am

      Neurologista, e quando necessário encaminha para equipe multidisciplinar.

  • Geniza
    Posted 01/05/2018 at 10:23 am

    Sou geniza, sou funcionária de escola , por necessidade fiz este concurso. Estudei pedagogia e me especializei em neuropsicopedagogia , leio muito os artigos de vcs ,vou me aposentar em julho e quero montar uma clínica para ajudar crianças com dificuldades de aprendizagem, quero continuar estudando e recebendo seus artigos.

  • Letícia
    Posted 17/08/2018 at 4:29 pm

    Olá! Descobri a pouco tempo,que meu filho tem hiperlexia,ele tem 11 anos,e nunca foi dito nada sobre isso,eu sempre falei com a neuro dele,acho que ela focava mais em socialização.E eu sem saber… Não tinha como ajudar mais.
    E através de conversas com outras mães e minhas pesquisas,perguntei a ela,e ela disse que sim.
    O que quero saber,é,como ajuda-ló hoje? Ele está no 4 ano,e tem dificuldades em algumas áreas,esse ano principalmente.Sempre percebi,que ele lia tudo,mas quando tinha palavras que eel nunca tinha visto,ele gaguejava,mas daqui a pouco saia a palavra,ele começou a ler,com uns 2 anos,quando dei um gibi na mão dele,de lá para cá,compramos muitos gibis e livros.
    Ele soltava as palavras que lia,mais não tinha dialogo,depois que completou 5 anos,e que começou a falar. O que posso ajuda agora? Vejo dificuldades de interpretação

    • Adriana Matias
      Posted 17/08/2018 at 4:45 pm

      Olá Letícia
      por motivo de lei não podemos fazer nenhuma orientação ou atendimento online para todas suas dúvidas procure um profissional pessoalmente para que possa ter um diagnóstico assertivo e de forma responsável .

  • Janeide dos Santos Barbosa
    Posted 07/04/2021 at 2:02 pm

    Olá bom dia, trabalho em uma escola particular e temos uma criança que tem 4 anos de idade, ler desde os dois anos fluentemente, porém não tem uma boa coordenação motora desenvolvida de acordo com a idade dela, tem comunicação oral, porém a linguagem pouco compreensiva.
    Suspeito de hiperlexia, encaminho para Neuropsicologia ou neurologista, ou pediatra

    • NeuroSaber
      Posted 07/04/2021 at 7:38 pm

      Olá Janeide,
      Encaminhar primeiramente ao pediatra caso for necessário vai indicar o especialista ideal para caso da criança e fonoaudióloga para avaliar a questão da linguagem.
      Atenciosamente,
      Equipe NeuroSaber

      • Rosa
        Posted 07/08/2022 at 1:17 pm

        Bom dia me chamo Rosa sou psicopedagoga. Em minhas intervenções possuo uma certa dificuldade em avaliar está questão da hiperlexia …vcs teriam algum curso para me indicar?

        • Solange
          Posted 08/08/2022 at 7:10 pm

          Olá Rosa, tudo bem?

          Nos alegramos em saber que se interessa por nossos Cursos. Neste momento não temos cursos com esse tema, mas colocamos na nossa pauta.
          Deixo abaixo o link dos Cursos, alguns estão disponíveis, outros em lista de espera.
          Todas as informações sobre temas, conteúdos, carga horária, valores e certificação você vai encontrar ao acessar: https://institutoneurosaber.com.br/artigos/cursos/

          Sol,
          Equipe NeuroSaber 💙

  • Cristiane clem
    Posted 18/06/2021 at 11:53 am

    Tenho um sobrinho que vai fazer 6 anos em agosto ele está lendo e quando pergunta a ele a soma de números ele as cores em inglês ele responde td certinho, sendo que no ano que ele entrou para escola veio a pandemia e com isso não teve tempo de aprender isso td, até pq minha sobrinha acabou que tirou ele. Foi desde ano pra cá que ele começou a ler . Ele gosta muito de assistir TV e ficar no celular, sempre quando alguém chama a atenção dele sempre vem com palavras difíceis de se falar no dia a dia pra uma criança de 5 anos. Acho estranho que ele não pode ver a mãe dele ou pessoas que mora na mesma casa com ele ela , bate grita pra pessoa parar pôs não gosta de ver ninguém dançando, quando não está assistindo TV ele está em uma agitação não para quieto . Se puderem me auxiliar agradeço

  • Trackback: Hiperlexia X Autismo: qual a relação? - Instituto NeuroSaber
  • Marivone Lima de Santana Almeida
    Posted 10/04/2022 at 4:05 am

    Muito bem elaborado esse texto…..o especialista falou que meu sobrinho é TEA. Ele tem quatro anos e é hiperlexo, faz contas, entende e identifica notas musicais e lê livros desde o dois anos e meio. Esse texto me ajudou bastante. Obrigada!

    • Solange
      Posted 11/04/2022 at 5:26 pm

      Olá Marivone, tudo bem?

      Obrigada pelo carinho! Continue sempre acompanhando para ver muito conteúdo útil e didático!

      Sol,
      Equipe NeuroSaber 💙

  • Veronica Soós
    Posted 21/04/2022 at 11:35 pm

    Por favor, estou com uma dúvida, e gostaria de auxílio se possível!
    Temos uma criança de 4 anos que se encaixa exatamente como descrito, no entanto ele é surdo, que faz uso do implante coclear, ou seja, um surdo ouvinte. As questões de comunicação e tudo que está escrito, pode ser uma hiperlexia ou apenas coincidência?
    Me oriente como devo prosseguir e quem procurar, já que ele faz acompanhamento com a fono e a pediatra descartou possível autismo mesmo apresentando alguns comportamentos!

    • Solange
      Posted 22/04/2022 at 3:05 pm

      Olá Veronica, tudo bem?

      Sem avaliação não podemos dar uma orientação precisa sobre o caso. É importante buscar um neuropediatra para lhe dar melhores informações e orientação para uma intervenção. De qualquer forma, temos conteúdos no youtube.com/neurosabervideos e também em nosso blog que podem te ajudar em muitas questões.

      Sol,
      Equipe NeuroSaber 💙

Leave a comment

0.0/5