Skip to content Skip to footer

Método ABA para tratamento de autismo

O autismo é algo cuja característica não deve ser generalizada, pois cada paciente apresenta uma peculiaridade. Aliás, a comunidade médica prefere se referir ao distúrbio como Transtorno do Espectro Autista (TEA), em função da variação que ela pode apresentar. O significado disso é uma série de intervenções existentes e reconhecidas pelos especialistas. Uma delas é a ABA (Applied Behavior Analysis ou Análise Aplicada do Comportamento, em tradução livre).

Como podemos definir a ABA?

A ABA pode ser definida como um método completamente baseado na observação e investigação. Vale reforçar que sua aplicação é dinâmica. Muitos médicos estão optando pela ABA, pelo fato de o tratamento mostrar uma tendência em descobrir novos princípios comportamentais, o que contribui de forma efetiva para o desenvolvimento de estudos.

Benefícios para a vida

Quantos aos pacientes, é interessante dizer que o método exerce influência na aprendizagem deles. Seu benefício não está somente na vida familiar da criança, mas em todos os outros aspectos, como na escola, na interação social. Tudo isso devido ao avanço na comunicação e ao desenvolvimento comportamental do pequeno.

A ABA propõe intervenções pontuais e que trazem para a vida do autista e de sua família os progressos tão necessários para o cotidiano. Todos nós sabemos que a criança com autismo pode ser independente (casos de Asperger) ou depender de forma integral de alguém para executar funções simples, como escovar os dentes, tomar banho, vestir roupas, etc.

O que todos desejam: autonomia de crianças e jovens

O método vem justamente para trabalhar essas questões que envolvem o desenvolvimento do pequeno. Outra premissa da ABA é induzir as crianças ao aprendizado de conhecimentos complexos. A palavra mais esperada por especialistas, que aplicam a ABA em seus pacientes, é a autonomia. Nada mais desejado para profissionais e pais de autistas.

O importante de se tratar a criança e o adolescente com TEA está na possibilidade deles conseguirem desempenhar funções do dia a dia. Sabia que autistas trabalham, estudam, exercem atividades diversas e têm vida social? Sim, isso pode acontecer, principalmente com aqueles pacientes que são levados por seus pais, quando ainda são bem novos.

A ABA tem ganhado cada vez mais um lugar de destaque devido à eficácia oferecida aos pequenos e aos resultados mostrados. Portanto, procure auxílio médico o quanto antes e veja a diferença que o método pode exercer na vida de seu filho.

O método ABA não é algo novo

Diferente do que muitos pensam, a ABA não é uma técnica recente. Ela está presente na comunidade médica há, pelo menos, 50 anos. O que ocorreu foi um reconhecimento no poder de desenvolvimento que o método proporciona, não só aos pacientes, mas a seus familiares também.

Tratamento ABA além do TEA

Não são somente os autistas que encontram na ABA a solução para intervenções eficazes, a técnica é indicada também para casos de distúrbios e síndromes que causam um relativo impacto na cognição da pessoa.

 

Já pensou aprender profundamente sobre o Autismo para melhorar seus atendimentos clínicos, entender melhor seu filho e saber por que seu aluno apresenta determinado comportamento e como trabalhar o processo de inclusão? Em um curso online completo o Dr. Clay Brites te ensina tudo sobre TEA com fundamentação científica e de forma prática e simplificada.

 

 

 

 

 

 

15 Comments

  • Maria Célia dornbach
    Posted 28/01/2018 at 7:15 am

    Ola Dr Clay. Sou avó de autista de 21 meses. Autismo leve a moderado. Maior obstáculo é a fala. Criança calma, gosta de ser o centro das atenções da família, tudo que faz espera elogios. Quando diagnosticado, fiz tudo pra entender e ajudar a não deixar ele entrar na terceira linha do círculo( como referiu o Neuropediatra). Estava tendo sucesso até que os pais decidiram pelo método ABA. Ele teve uma regressão drástica, a seção era uma tortura, ele saia da sala com os cotovelos roxo de tanto se debater, 2 horas de choro. Só queria ficar no mundo dele, parou de tentar falar algumas palavrinhas, contava até 10 em português e inglês, parou. Olhar triste e muito nervoso, voltou a bater com a cabeça. Pedi pra mãe parar com ABA, então conseguimos trazer de volta o nosso neto que estava aprofundando no mundo só dele. Tenho muito testemunho pra dar a respeito, mas toma muito tempo aqui. Só sei que ABA não aplica a todos, temos que tomar muito cuidado quando escolher uma terapia pra autista, cada um é um caso.

    • Daniela
      Posted 19/06/2021 at 1:53 pm

      Agradeço o seu relato! Espero que seu neto esteja bem…

    • Edna Lima
      Posted 15/07/2021 at 3:31 pm

      Olá Maria. Obg por compartilhar sua experiência. Fiquei na dúvida sobre o que seria entrar nesta terceira linha do círculo no autismo. O que seria? A neuro do meu filho não me explicou isto. Desde já lhe agradeço. Meu pequeno está iniciando o tratamento com o ABA. Vou observa-lo para ver se ele dá certo com ele.

  • sergio jose de castro
    Posted 28/01/2018 at 10:22 am

    Excelente traabalho

  • Caroline Travi
    Posted 03/05/2018 at 11:13 am

    Ola, gostaria de saber se vcs tem um curso online sobre o método ABA. Se Sim, como funciona.

  • ELAINE
    Posted 14/08/2018 at 3:34 pm

    SOU PSICÓLOGA, E GOSTARIA DE SABER COMO TRABALHAM COM O AUTISTA

  • Silviane
    Posted 16/09/2018 at 2:21 am

    Quanto custa o curso?

  • Maria José loschi de Oliveira Clarim
    Posted 04/10/2018 at 1:29 am

    Quero aprender td sobre TEA

  • Maria Rosa
    Posted 08/10/2018 at 12:59 am

    Gostei do método, quero saber mais

  • Alessandra
    Posted 15/02/2019 at 4:00 pm

    Como faço para conseguir o curso?

  • ALINE
    Posted 29/08/2021 at 11:20 pm

    Mas ABA não é método!! É uma ciência!

  • Sílvia Migueis
    Posted 20/04/2022 at 3:08 pm

    Boa tarde! Sou Neuropsicopedagoga e gostaria de mais informações sobre o curso ABA

  • Itala Oliveira
    Posted 03/05/2022 at 11:19 pm

    Boa noite! Estou desesperada! Meu filho de 9 anos tem TEA e não tem se comportado na escola, não sei como proceder! Preciso de ajuda

    • Solange
      Posted 04/05/2022 at 4:41 pm

      Olá Itala, tudo bem?

      Primeiramente agradecemos pela confiança! Nesses casos orientamos buscar um especialista pessoalmente para lhe dar melhores informações e orientação assertivas sobre o caso. De qualquer forma, temos conteúdos no youtube.com/neurosabervideos e Artigos em nosso Blog: http://www.neurosaber.com.br/artigos que podem te ajudar em muitas questões.

      Sol,
      Equipe NeuroSaber 💙

Leave a comment

0.0/5