Skip to content Skip to footer

Neurodesenvolvimento Infantil e suas implicações na escola

Neurodesenvolvimento Infantil e suas implicações na escola

A fase da infância é de suma importância na vida das crianças, pois representa um período intenso e crucial para neurodesenvolvimento e o desenvolvimento cognitivo, emocional e social.

Durante esse período, o neurodesenvolvimento é crucial. É por meio desse processo que a criança adquire habilidades fundamentais para sua aprendizagem e adaptação ao ambiente escolar, como linguagem, coordenação motora, atenção e memória.

Neste texto, abordaremos a relevância do neurodesenvolvimento para o contexto escolar e os indicadores que apontam quando é essencial procurar assistência de um especialista.

Qual a importância do neurodesenvolvimento?

O neurodesenvolvimento pode ser definido como o conjunto de habilidades no qual o pequeno passa a interagir com o meio que o rodeia. No entanto, esse contato se dá de forma dinâmica e será determinado pela idade, a maturidade, os estímulos presentes no ambiente de convivência e os fatores biológicos.

Para ficar mais claro o poder que esse grupo de competências representa, basta elencar aqui quais são os aspectos que fazem parte desse conjunto:


– As habilidades sensoriais (a visão e a audição);
– A manipulação;
– A comunicação e a linguagem;
– Os comportamentos;
– Os afetos;
– As emoções;
– A motricidade global;
– As competências cognitivas não verbais e verbais.

Quais são as implicações na escola?

O neurodesenvolvimento é crucial para o sucesso escolar, influenciando diretamente a capacidade de aprendizagem e interação social da criança. Estudos mostram que as vias neurais sensoriais, que processam estímulos como movimentos, núcleos, sons e afetividade, são essenciais para o desenvolvimento cerebral nos primeiros anos de vida.

Além disso, fornecer estimulação sensorial adequada durante os primeiros anos da infância estabelece a base para o desenvolvimento cognitivo e emocional. Crianças com neurodesenvolvimento saudável tendem a ter uma experiência escolar positiva, engajando-se ativamente em atividades educativas e sociais.

No entanto, questões de neurodesenvolvimento podem levar a dificuldades significativas na escola e exigir apoio especializado. Fatores como habilidades psicomotoras, visão, capacidade de linguagem, capacidade auditiva, capacidade de interação social e comportamento são críticos para o desempenho acadêmico.

Portanto, a identificação e intervenção precoce nestes casos são cruciais para garantir que as crianças recebam a assistência necessária para atingirem seu pleno potencial.

Existe uma idade única para aprimorar o neurodesenvolvimento?

Na verdade, é preciso ressaltar que a idade de aquisição de determinadas competências psicomotoras, atitudes comportamentais e outros fatores intimamente ligados ao neurodesenvolvimento apresentam uma enorme variação. 

Portanto, o limite do que é considerado normal ou certo nem sempre é tão simples de estabelecer, principalmente no que diz respeito ao comportamento.

Quais são os problemas mais frequentes no neurodesenvolvimento?

– Os déficits de cognição;
– As perturbações sensoriais, evidenciando a surdez ou a cegueira;
– As deficiências motoras, com destaque para a paralisia cerebral;
– Afetam as habilidades da comunicação, tal como a perturbação específica da linguagem;
– Alterações de comportamento (a perturbação de hiperatividade com déficit de atenção);
– As perturbações ligadas à aprendizagem escolar, como a discalculia e a dislexia;
– As perturbações ocasionadas pelo Transtorno do Espectro Autista (TEA).

Quando consultar um especialista?

Na verdade, se a criança não apresentar algum sinal de atraso e demonstrar desempenho regular nas atividades pedagógicas e na interação social, os pais não devem se preocupar tanto em procurar ajuda. No entanto, qualquer indicativo que seja o contrário das situações citadas acima, a consulta com um profissional deve ser feita com base no relato dos educadores acerca do desempenho e da experiência do pequeno na escola.

Em resumo, o neurodesenvolvimento é crucial para o sucesso acadêmico e social das crianças, e por isso, identificar precocemente os sinais de distúrbios de aprendizagem permite intervenções adequadas, melhorando significativamente o desenvolvimento da criança. Ou seja, a intervenção precoce e o acompanhamento especializado são fundamentais para garantir que todas as crianças tenham a oportunidade de alcançar seu pleno potencial.


 
Referências:


 
 https://g1.globo.com/sp/sorocaba-jundiai/especial-publicitario/colegio-uirapuru/grandes-historias-no-colegio-uirapuru/noticia/2022/10/31/a-importancia-do-estimulo-no-crescimento-e-desenvolvimento-infantil.ghtml

9 Comments

  • Elizabeth Moreira Rocha dos Reis
    Posted 04/08/2019 at 7:22 pm

    Muito esclarecedor, obrigada!

    • Suporte Neurosaber
      Posted 05/08/2019 at 7:50 pm

      Olá Elizabeth ,agradecemos pelo carinho!
      Equipe Neurosaber

    • Onilza
      Posted 31/10/2022 at 12:36 am

      texto curto de fácil entendimento

  • bruna
    Posted 23/06/2020 at 12:41 am

    o Transtorno do Desenvolvimento da Coordenação não está ligada a esses trasntornos do neurodesenvolvimento?

  • Bernarda Meti.
    Posted 07/01/2022 at 7:57 pm

    Gostei bastante do artigo.Deu para mim ilucidar acerca do neurodesenvolvimento infantil.
    Fiquei com uma duvida e gostaria de saber.
    Se a criança tem dificuldade na interação socu o que fazer.?

    • Webster
      Posted 12/01/2022 at 1:11 pm

      Olá, Bernarda

      Em nossos canais temos muitos conteúdos que vão te ajudar a entender melhor. Confira nosso canal no Youtube e todos os nossos artigos aqui no Blog e continue sempre de olho em nossas redes sociais!

      Webster,
      Equipe NeuroSaber 💙

  • Jandira Guilherme Sant Anna
    Posted 02/03/2023 at 6:38 pm

    Passei por isso há 58 anos atrás e só agora lendo estes relatos descobri o porque tanto sofri para tirar meu diploma da 1 série? E hoje aos 64 anos de vida vivida como se estivesse chegado até aqui por milagre. Com as sequelas que se seguiram e jamais me abandonou. Me sinto uma vitoriosa por conseguir viver num ninho vazio que não encontro nada nada para preenchê-lo.

Leave a comment