Skip to content Skip to footer

O papel dos gestores escolares na promoção da educação baseada em evidências científicas

O papel dos gestores escolares na promoção da educação baseada em evidências científicas

Os gestores escolares possuem uma grande responsabilidade na formação de cidadãos capacitados e conscientes.

No entanto, o Brasil enfrenta diversos desafios no campo educacional, como a desigualdade social e a baixa qualidade do ensino. 

Diante desse cenário, precisamos discutir o papel dos gestores escolares na promoção da educação baseada em evidências científicas, através de soluções efetivas e com objetivo de melhorar o sistema educacional como um todo.

Dificuldades da educação no Brasil:

O Brasil enfrenta desafios significativos em seu sistema educacional. Segundo o Sistema de Avaliação da Educação Básica (SAEB), a proporção de alunos com defasagens de língua portuguesa aumentou de 15,5% em 2019 para 33,8% em 2021.

Esses dados apontam que cerca de um milhão de brasileiros entre 4 e 17 anos não frequentaram a escola em 2022.  

Além disso, a desigualdade social é um obstáculo significativo, com grandes disparidades entre as regiões do país e entre escolas públicas e privadas.

Portanto, diante desses dados alarmantes, precisamos focar em resultados a partir de evidências científicas.

O papel dos gestores escolares:

Os gestores escolares desempenham um papel crucial na transformação do cenário educacional do país. Ao promover a educação baseada em evidências científicas, eles podem contribuir para a tomada de decisões mais eficientes e embasadas, direcionando os recursos disponíveis para as estratégias comprovadamente eficazes.

Os gestores têm o poder de incentivar a implementação de práticas pedagógicas embasadas em pesquisas científicas, as quais têm demonstrado melhores resultados na aprendizagem dos estudantes. 

Portanto, para alcançar resultados eles devem promover formação continuada para as equipes escolares, buscar parcerias com instituições de ensino superior, centros de pesquisa e outros atores relevantes para trazer evidências científicas para o contexto da escola. Dessa forma, é possível desenvolver um currículo mais sólido e eficiente, identificar abordagens pedagógicas que funcionam e fornecer formação adequada para os professores.

Case de Sucesso da NeuroSaber: PercepSom

Em 2023, a NeuroSaber, em parceria com a Secretaria de Estado da Educação de Mato Grosso, tem ofertado formação continuada de professores para a rede pública de ensino, visando a contribuir para melhoria da aprendizagem dos alunos e dos índices educacionais. 

Professores do ensino fundamental I têm participado de encontros de formação teórico-práticos, que buscam aproximar a evidência científica da sala de aula, trazendo teorias atualizadas, a abordagem da neurociência para a educação, bem como estratégias pedagógicas com eficácia comprovada. 

Junto à formação, a rede tem usado com os alunos o Programa de Estimulação da Consciência Fonológica PercepSom, que é um programa estruturado, com sequências didáticas e monitoramento de aprendizagem dos estudantes.

O PercepSom faz parte do programa de recomposição de aprendizagem, que visa ao desenvolvimento das habilidades fundamentais para a alfabetização. Outras redes também já têm trazido evidências científicas para o debate e atuação de professores de diferentes segmentos de ensino.

A Secretaria Municipal de Ensino de Perdigão – MG, por exemplo, tem ofertado formação continuada e material estruturado para a Educação Infantil e Alfabetização aos professores da rede. Com uso dos programas da NeuroSaber, como o Programa Leitura, Escrita, Interpretação e Aprendizagem – Proleia, Perdigão tem aproximado a ciência da sala de aula, tornando possível a atuação docente mais eficaz e contribuindo para a melhoria da aprendizagem dos alunos.    

Gestores escolares: Benefícios para a gestão pública

Com o uso da educação baseada em evidências científicas, os gestores escolares trazem uma série de benefícios para a gestão pública. Dessa forma, ao direcionar recursos para práticas comprovadamente eficazes, há um uso mais eficiente dos investimentos, evitando desperdício e direcionando os esforços para iniciativas que trarão resultados positivos. 

Portanto, isso contribui para a melhoria da qualidade do ensino e para a formação de estudantes mais preparados.

Além disso, a educação baseada em evidências científicas permite que os gestores escolares tenham uma visão mais clara dos problemas enfrentados pela escola e pelos estudantes. 

Com dados concretos em mãos, é possível identificar lacunas no aprendizado, desenvolver estratégias de intervenção específicas e monitorar o progresso ao longo do tempo. Isso auxilia na formulação de políticas públicas mais efetivas e na tomada de decisões informadas para promover a equidade e a melhoria contínua da educação.

Em suma, os gestores escolares desempenham um papel fundamental na promoção da educação baseada em evidências científicas no Brasil. 

Ao adotar práticas pedagógicas embasadas em pesquisas, eles podem direcionar recursos e esforços de forma mais eficiente, buscando a melhoria da qualidade do ensino e reduzindo as desigualdades educacionais. 

A promoção da educação baseada em evidências científicas não apenas beneficia a gestão pública, mas também impacta diretamente a vida dos estudantes, contribuindo para um futuro melhor para todos.

4 Comments

Leave a comment

0.0/5

x

Estou aqui para ajudar 🤗

Me chame quando precisar 😊