Skip to content Skip to footer

13 Comments

  • Andréia
    Posted 04/10/2020 at 7:55 pm

    Esclarecedor. Aprendendo cada vez mais!

  • Dirce Santana Porto
    Posted 12/03/2021 at 11:18 pm

    Trabalho com uma criança autista de 5 anos, e em alguns momentos ele grita bastante. As vezes ele está brincando e grita. Como posso ajudá-lo. Sou auxiliar da professora da sala e fico somente com ele.
    Desde já agradeço

  • Alessandra Beluco
    Posted 06/07/2021 at 11:47 pm

    A matéria fala da ecolalia normalmente aos 2-3anos.E quando tudo vai bem e a ecolalia retorna, agora, aos 8 anos de idade? Aguardo.Obrigada!

  • Lucivânia Pinheiro de Sousa
    Posted 22/12/2022 at 7:46 pm

    A minha filha, com autismo precisa se tratamento para controlar, ecolalia muita repetições, trânsito nome dela é, Brenda Pinheiro, ela tem idade 12 anos, e estuda no motiva, muito obg toda equipe

    • Solange
      Posted 09/01/2023 at 12:55 pm

      Olá Lucivânia, tudo bem?

      Primeiramente agradecemos pela confiança! Nesses casos orientamos buscar um especialista pessoalmente para lhe dar melhores informações e orientação assertivas sobre o caso. De qualquer forma, temos conteúdos no youtube.com/neurosabervideos e Artigos em nosso Blog: http://www.neurosaber.com.br/artigos que podem te ajudar em muitas questões.

      Sol,
      Equipe NeuroSaber 💙

  • Luana Moreira
    Posted 18/01/2023 at 12:42 pm

    Meu filho tem 3 anos e meio, se comunica muito bem, mas agora começou a ter um pouco de ecolalia, misturada com a comunicação, ele tem diálogos, fala frases de 10 palavras, estou bem confusa!

    • Solange
      Posted 19/01/2023 at 3:20 pm

      Olá Luana, tudo bem?

      Nesses caso orientamos que procure um profissional da área para que possa avaliar e te passar melhores informações e orientação assertivas sobre o caso. De qualquer forma, temos conteúdos no youtube.com/neurosabervideos e Artigos em nosso Blog: http://www.neurosaber.com.br/artigos que podem te ajudar em muitas questões.

      Sol,
      Equipe NeuroSaber 💙

  • Wanderlena Santos
    Posted 07/03/2023 at 2:29 pm

    Bom dia, poderia me enviar dicas, de como controlar o tom de fala? Pois tenho uma paciência que fala muuuuuuito alto.

    • Camilla
      Posted 08/03/2023 at 7:45 pm

      Claro, aqui estão algumas dicas para ajudá-la orientando ela a controlar o tom de sua fala:

      Peça pra ela praticar a respiração profunda: Quando você se sente estressado ou ansioso, sua respiração pode ficar superficial e rápida, o que pode contribuir para o aumento do tom de sua voz. Pratique a respiração profunda, inspirando pelo nariz e expirando pela boca lentamente, para ajudar a acalmar seu corpo e mente.

      Conscientize-se do seu tom: Tente prestar mais atenção à forma como você fala. Se perceber que está falando alto, pare e respire fundo antes de continuar a falar. Fique atento ao tom de sua voz durante as conversas e faça ajustes quando necessário.

      Fale devagar: Quando você fala muito rápido, pode acabar aumentando o tom de sua voz sem perceber. Tente falar mais devagar e com mais calma, especialmente em momentos de conflito ou estresse.

      Pratique a empatia: Tente colocar-se no lugar da outra pessoa e entender como ela se sente. Fale com gentileza e procure ser respeitoso com as opiniões e sentimentos do outro.

      Use pausas e enfatize as palavras-chave: Em vez de falar em um tom alto o tempo todo, tente fazer pausas e enfatizar as palavras-chave de sua fala. Isso pode ajudar a manter a atenção do ouvinte e a transmitir sua mensagem de forma clara e assertiva.

      Evite a reatividade: Quando você reage rapidamente a uma situação, pode acabar falando alto sem perceber. Tente se controlar e esperar um momento antes de responder a algo que possa te deixar irritado ou ansioso.

      Lembre-se de que controlar o tom de sua fala pode levar tempo e prática, mas com persistência e dedicação, você podera instrui-la a aprender a se comunicar de forma mais eficaz e tranquila.

  • Paula Soares
    Posted 21/06/2023 at 7:20 am

    Minha filha tem 4 anos, e a maior parte do tempo ela fala ecolalia, não tem diagnóstico ainda, ela só se comunica nas necessidades básicas como comer, beber, ainda está difícil no processo do desfralde, atende sempre que chamamos, as vezes olha nos olhos, as vezes não. O que me deixa preocupada é a ecolalia, pois não tem outro meio de comunicação , futuramente ela vai se comunicar ou será assim sempre? Estamos tentando os atendimentos com os profissionais mas o plano ta difícil.

    • Jhulli
      Posted 04/07/2023 at 1:49 pm

      Olá Paula, tudo bem? É importante consultar profissionais especializados, como pediatras, fonoaudiólogos e psicólogos infantis, para uma avaliação adequada e orientações personalizadas.

      Um diagnóstico preciso requer avaliação profissional, que levará em consideração uma variedade de fatores, como a história de desenvolvimento da criança, comportamentos observados e outras características.

      Os profissionais especializados poderão oferecer uma avaliação aprofundada e recomendar intervenções adequadas para o caso da sua filha. Existem terapias e abordagens específicas, como a terapia da fala e a terapia ocupacional, que podem auxiliar no desenvolvimento da comunicação e habilidades sociais da criança. Além disso, quanto mais cedo for feito um diagnóstico e iniciada a intervenção adequada, melhores são as chances de progresso e adaptação.

      Espero que encontre a ajuda que precisa!

      Jhulli, Equipe NeuroSaber 💙

Leave a comment

0.0/5