Skip to content Skip to footer

Pesquisas mostram o porque do aumento dos casos de Diagnóstico de TEA

Pesquisadores da Universidade da Pensilvânia estão conseguindo estabelecer uma relação entre o aumento dos casos de TEA com a melhora da precisão nos critérios Diagnósticos.
Segundo os casos de autismo não aumentaram, o que aconteceu foi que uma população que antes eram diagnósticadas como Deficientes Intelectuais e com transtornos Psiquiátricos, conseguiram ser classificadas também dentro dos critérios do TEA.
Segundo uns dos pesquisadores “A alta taxa de co-ocorrência de outras deficiências intelectuais com o autismo, que levam à reclassificação do diagnóstico, é certamente devido a fatores genéticos compartilhados em muitas desordens do desenvolvimento neurológico”, afirmou o pesquisador Santhosh Girirajan, professor assistente de bioquímica e biologia molecular e antropologia da Penn State University.
Clique aqui e veja a matéria completa.
E você o que acha comente aqui no nosso blog!!!

5 Comments

  • Trackback: 5 passos para o Diagnóstico do Autismo - Blog | NeuroSaber
  • joselita
    Posted 18/09/2016 at 12:51 am

    Parabéns todos os temas temas publicados são de grande importância

  • luis claudio schuenck
    Posted 23/10/2017 at 6:41 pm

    muito rico o material,com esse material aprendemos a conhecer melhor as crianças e como tratar um diagnostico de uma criança.exelente gostei e vou aprender muito mais saber lidar com as situaçoes encontradas do diaa dia. obrigadp

  • Angelo Eugenio da Silva
    Posted 15/03/2021 at 12:37 am

    Não sendo estudante da área, pesso desculpas se parecer prepotente ao dizer que nunca havia visto tantos casos de autismo como nos últimos 5 anos. Na minha infancia, adolecência e até os 30, não convivi com crianças apresentando tal quadro. Hoje a todo , a frequência com conhecemos que uma é muito grande. Das que conheço 4 tem menos que 8 anos.

    Com todo respeito à pesquisa, acho difícil acreditar na conclusão.

    • Daiane parodes ribeiro
      Posted 23/08/2021 at 10:46 am

      Verdade! Também acho!

Leave a comment

0.0/5