Skip to content Skip to footer

Quais orientações para lidar com a deficiência intelectual em casa?

Criar um filho com deficiência intelectual pode parecer uma tarefa árdua para os pais. No entanto, mesmo com muitos desafios, o mais importante é dar amor e as orientações necessárias. O primeiro passo é aprender a aceitá-lo como ele é. 

Com o apoio e preparação adequados, essa tarefa se torna menos difícil do que parece. Pensando nisso, escrevemos este artigo para fornecer orientações aos pais de crianças com deficiência intelectual. 

Aprenda como administrar comportamentos difíceis, lidar com seu estresse e viver uma vida longa e gratificante com seu filho!

Orientações para pais de crianças com deficiência intelectual

Compreenda a doença

Ao compreender o espectro da deficiência intelectual da criança, os pais sabem o que esperar e o que precisa ser feito para a educação e o futuro do seu filho.

Os pais de crianças com deficiência intelectual (DI) precisam lidar com o estresse diário de ver seus filhos tendo dificuldades até mesmo nas tarefas cotidianas. É uma condição que dura a vida toda, o que pode levar os pais a sentirem tristeza, ressentimento, decepção e frustração. 

É preciso cuidar para que esses sentimentos não levem à culpa, desesperança ou depressão. Apesar deles, é preciso lembrar do profundo amor e desejo de ver seu filho atingir seu potencial máximo e da esperança de que ele se torne independente.

O que é deficiência intelectual?

O Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais (DSM-V) publicado pela American Psychiatric Association define DI como uma condição de desenvolvimento que começa na infância e é caracterizada por déficits significativos no funcionamento intelectual e no comportamento adaptativo.

O diagnóstico de DI deve ser realizado por um psiquiatra, pediatra ou psicólogo clínico, considerando três critérios principais:

  1. Déficits no funcionamento intelectual confirmados por avaliação clínica e testes de inteligência padronizados individualizados (por exemplo, raciocínio, resolução de problemas, planejamento, pensamento abstrato, julgamento, aprendizagem acadêmica e aprendizagem com a experiência).
  2. Déficits no funcionamento adaptativo (capacidade de navegar pelas demandas ou desafios da vida cotidiana de forma eficaz) que não é normal para a idade de desenvolvimento de uma criança.
  3. O início desses déficits durante a infância.

A DI não é um transtorno mental, ainda que exista o risco de haver um transtorno em comorbidade, como dificuldades de aprendizagem, paralisia cerebral, epilepsia, esquizofrenia, depressão e Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade.

Causas e sintomas de Deficiência Intelectual

A deficiência intelectual pode ser causada por qualquer condição que prejudique o desenvolvimento do cérebro antes ou durante o nascimento, ou na infância. As causas mais comuns são:

  • Condições genéticas — síndrome de Down ou síndrome do X frágil.
  • Problemas de gravidez — uso de álcool ou drogas, desnutrição ou pré-eclâmpsia.
  • Problemas no parto — privação de oxigênio, parto prematuro ou baixo peso ao nascer.
  • Doença ou lesão — infecções como meningite, traumatismo craniano, exposição a substâncias tóxicas como chumbo e negligência ou abuso grave.

Os sinais de DI podem aparecer durante a infância ou não serem perceptíveis até a criança atingir a idade escolar. Os sintomas mais comuns incluem:

  • Desenvolvimento lento da linguagem.
  • Atraso para sentar, engatinhar ou andar.
  • Dificuldade na memória.
  • Incapacidade de conectar ações com consequências.
  • Problemas comportamentais, como acessos de raiva.
  • Dificuldade em resolver problemas ou pensamento lógico.

Como cuidar do seu filho com DI

Não existe cura para a DI, mas, como todos os pais, vocês podem orientar seus filhos e ensinar-lhes as habilidades e o conhecimento que eles precisam para viver com independência. Confira nossas orientações!

Esqueça o que os outros dizem

O estigma pode aumentar o sofrimento psicológico e reduzir a qualidade de vida do seu filho. Por isso, é importante incentivar a socialização da criança, apoiando-a e a capacitando para interagir socialmente.

Envolva-se ativamente

A família deve participar das decisões sobre quais as intervenções adequadas para a criança. Quanto mais se envolvem ativamente, menos desamparadas se sentem. Quanto maior o envolvimento dos pais, melhor o desenvolvimento das crianças.

Peça ajuda

Não tenha medo de pedir o apoio dos seus familiares. Alguns pais têm vergonha de pedir ajuda, pois temem ser rejeitados ou que as pessoas não entendam a situação. No entanto, uma rede de apoio familiar oferece um suporte fundamental para os pais.

Comece o tratamento precocemente

A intervenção precoce ajuda a maximizar o potencial da criança, pois as experiências iniciais desempenham um papel crítico no desenvolvimento. 

Reserve um tempo para você

Cuidar de uma criança com DI é trabalhoso, por isso é muito importante não negligenciar suas próprias necessidades. Descanse; coma bem; reserve um tempo para você e peça ajuda.

Como qualquer outra criança, as crianças com DI se desenvolvem e aprendem em ritmos e de maneiras diferentes. O importante é que você seja paciente e apoie seu filho, para que ele aprimore suas capacidades adaptativas e atinja seu pleno potencial. 

Se você gostou das nossas orientações, compartilhe este artigo e ajude outros pais de crianças com deficiência intelectual!

Referências:

CERQUEIRA, Mércia Mascarenhas Fernandes; ALVES, Rafanielly de Oliveira  and  AGUIAR, Maria Geralda Gomes. Experiências vividas por mães de crianças com deficiência intelectual nos itinerários terapêuticos. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2016, vol.21, n.10 [cited  2021-03-22], pp.3223-3232.

BRANCO, Ana Paula Silva Cantarelli. Ana Paula Camilo Ciantelli. Interações Familiares e Deficiência Intelectual: Uma Revisão de Literatura.

25 Comments

  • Joicemara
    Posted 26/03/2021 at 9:22 pm

    Amei, o artigo maravilhoso, aprendi muito.

  • Fabiana Márcia vitorio farias
    Posted 27/03/2021 at 2:03 pm

    Muito obrigado pela ajuda sou mãe de um autista, por fator genético tanto do pai quanto meu. Desde a infância lidando com transtornos de ansiedade e agora entendo o que faltou p nós lidarmos com isso, estou mais focada e prestativa as dificuldades que meu irá passar.

    • NeuroSaber
      Posted 27/03/2021 at 6:11 pm

      Olá Fabiana,
      Para nós é um prazer poder contribuir para auxiliar você nessa questão!:)

  • Claudia Rosania Semeghini Feitosa
    Posted 27/03/2021 at 2:16 pm

    Excelente artigo.
    Agora, como ajudar um adolescente DI a encontrar seu campo de atuação profissional?

    • NeuroSaber
      Posted 27/03/2021 at 6:14 pm

      Olá Claudia,
      Ainda não temos um conteúdo sobre este tema,
      Mas vamos colocar em nossa pauta abordar sobre este assunto também.
      Obrigada pelo contato!

      • Rosa Maria Pereira Teodósio
        Posted 28/03/2021 at 5:35 pm

        Excelente conteúdo, estou aprendendo muito e melhor, a ser mais observadora .

    • Talita
      Posted 20/07/2021 at 2:50 am

      Não sei se te ajuda mas eu tentaria observar quais assuntos ele mais gosta, matérias que tem mais interesse e fazer uma pré seleção das profissões.

  • Sandra Régia de Medeiros Teixeira
    Posted 27/03/2021 at 7:35 pm

    Muito bom esse artigo! Aprendi muito!
    Obrigada

  • Mayara França
    Posted 30/08/2021 at 9:17 am

    Tenho uma filha diagnosticada com autismo e recentemente também com DI e isso pra mim ainda é um mundo novo e é através de conteúdo como esse que tem ajudado a mim e a Meu esposo a lida com nossa filha parabéns a toda equipe envolvida

    • Regilda silva
      Posted 03/01/2023 at 11:05 pm

      Queria escrever tudo que está acontecendo com minha mas e confuso até pra escrever só sei que fico muito perdida ninguém entende 😔😔

  • Trackback: A alfabetização de crianças com Deficiência Intelectual - Instituto NeuroSaber
    • Angelita maba
      Posted 07/02/2022 at 9:14 am

      Eu tenho um filho com deficiência mental moderada mais o pradrasteo dele nao quei saber meu filho ja tem dessenove anos meu marido nao quei ele em casa e nwm quei que eu de comida pois diz que nao quei nada com a vida eu estou me separando por isso ta cada vez mais difisel meu filho ate aruma servico mIs nao consegue ficar ja ate chora e diz pra mim mãe eu nao consigo aguentar em serviço nemum so eu entendo ele mais meu mardo não

      • Solange
        Posted 07/02/2022 at 6:37 pm

        Olá Angelita, tudo bem?

        Compreendo a sua situação e entendo que não seja fácil, a informação técnica e de qualidade seguida do diagnóstico de um profissional responsável é a melhor forma de lidar com esse tipo de situação. Temos conteúdos disponíveis em nosso site e canal do Youtube acerca da temática, vale a pena conferir: https://youtube.com/neurosabervideos

        Solange,
        Equipe NeuroSaber 💙

      • Eliana campos
        Posted 24/04/2023 at 10:27 am

        Eu te entendo,pois eu passo pela mesma situação é tão difícil pra mim ouvir dizer que meu filho é vagabundo só quer saber de vida boa quando eu sei que não é nada disso!

  • Weilla Cristina Maria da Silva Santos
    Posted 07/05/2022 at 1:24 am

    Ameiii o artigo, descobrir vai fazer um mês que meu filhote tem esse déficit e amo mais ainda, pois sempre deixei ele muito a vontade para aprender e descobrir coisas novas, na realidade, quando descobrir até achei que era mentira. Mais em meio a tudo isso encontro meu ponto de paz ! Meu Jesus, meus filhos, meu lar ….

    • Solange
      Posted 09/05/2022 at 1:06 pm

      Olá Weilla, tudo bem?

      Acompanhar nosso trabalho com certeza irá ajudar. A informação técnica e de qualidade seguida do diagnóstico de um profissional responsável é a melhor forma de lidar com qualquer tipo de situação.

      Sol,
      Equipe NeuroSaber 💙

  • Jaqueline
    Posted 05/07/2022 at 3:03 am

    Meu filho tem DI tem10 anos.preciso de orientação pra o dia a dia em casa

    • Solange
      Posted 05/07/2022 at 12:03 pm

      Olá Jaqueline, tudo bem?

      Temos várias aulas sobre Deficiência Intelectual em nosso canal no Youtube que podem clarear muitas dúvidas e enriquecer seus conhecimentos. Vale a pena conferir!!!

      Sol,
      Equipe NeuroSaber 💙

  • Isabel Rodrigues
    Posted 16/02/2023 at 1:28 pm

    Olá tenho uma filha .com deficiência intelectual ela tem 13 anos ela é excluída na escola ninguém gosta dela ela sofre muito eu tbm.ja fui lá conversamos muito mais não tem geito estou desesperada ela sofre muito bulin me ajudem

    • Solange
      Posted 16/02/2023 at 5:20 pm

      Olá Isabel, tudo bem?

      Orientamos que busque auxilio de um psicólogo infantil para que ele possa auxiliar no tratamento dos prejuízos psicológicos que a sua filha está enfrentando.

      Sol,
      Equipe NeuroSaber 💙

  • Lilia Barbosa de Souza
    Posted 03/03/2023 at 8:03 pm

    Passo por isso tbm, dói muito, e uma sensação de impotência tremenda. O desespero bate, mas tento sempre ler algo q sempre aprendo um pouquinho a cada dia, ele faz acompanhamento com psicóloga, psicopedagoga, fono, e ainda falta a TO e psicomotricidade, o duro é que ainda trabalho, mas Deus vai dando força pra continuar.

    • Solange
      Posted 05/03/2023 at 5:40 pm

      Olá Lilia, tudo bem?

      Compreendo a sua situação e entendo que não seja fácil, a informação técnica e de qualidade seguida do diagnóstico de um profissional responsável é a melhor forma de lidar com esse tipo de situação. Temos conteúdos disponíveis em nosso site e canal do Youtube acerca da temática, vale a pena conferir: https://youtube.com/neurosabervideos

      Sol,
      Equipe NeuroSaber 💙

  • Juliana Goncalves Menezes
    Posted 24/03/2023 at 2:48 am

    Eu tenho uma filha com DI eu mim sinto incapaz, temo pelo futuro dela ,ela faz fono pispedago, pisicolo pra mim e muito difícil tudo isso pois moramos em um bairro distante, muito difícil fica indo nas terapias cada dia mais estou mim sentindo incapaz ,não tenho vontade mais de nada

    • Cassiane Araújo
      Posted 25/03/2023 at 4:31 pm

      Sou madrasta de um princesa d 14 anos estou em buscar d mas conhecimento, p ajuda-lá no seu desenvolvimento

  • Maria Eleni Pereira dos Santos
    Posted 01/04/2023 at 11:38 pm

    eu até hj não tinha o entendimento do que era e significava DI..lendo acima foi que tive mais conhecimento,preciso muito de ajuda de colo lidar com meu filho,ele tem 6 anos ,nao sabia também que nao tinha cura cura,mais vounpedir forças para DEUS,para continuar sobrevivendo com essa deficiência dele…pois tem dias que fico sem paciência até com8go mesmo….preciso de mais acompanhamento psicológico fico muito grata se alguém me ajudar…

    • Solange
      Posted 04/04/2023 at 1:24 pm

      Olá Maria, tudo bem?

      Compreendemos que lidar com a deficiência intelectual de um filho pode ser um grande desafio e que pode ser difícil encontrar o suporte e a ajuda necessários. É importante buscar ajuda de profissionais capacitados, como psicólogos e outros profissionais de saúde, que possam ajudar a entender e lidar com a situação.

      O primeiro passo é buscar informações e recursos disponíveis para famílias de crianças com deficiência intelectual. Existem organizações e associações que oferecem suporte e recursos para famílias.

      Além disso, é importante buscar acompanhamento psicológico tanto para a criança quanto para a família. Um psicólogo pode ajudar a entender e lidar com as emoções envolvidas no processo, oferecer suporte e estratégias para lidar com as dificuldades e ajudar a família a desenvolver habilidades para cuidar da criança.

      Lembre-se de que você não está sozinha e há muitas pessoas que podem ajudar. Não hesite em buscar ajuda e apoio, e não se culpe por ter dias em que se sente sem paciência. Cuidar de uma criança com deficiência intelectual pode ser desafiador, mas também pode ser gratificante e trazer muita alegria e aprendizado.

      Sol,
      Equipe NeuroSaber 💙

Leave a comment

0.0/5