Voltar

Autismo e fala: o que é Ecolalia e como o fonoaudiólogo pode ajudar?

O Transtorno do Espectro Autista (TEA) pode se manifestar nos indivíduos de maneiras variadas. No entanto, podemos considerar que o aspecto comportamental é o mais afetado dentre todos aqueles que convivem com o transtorno.

Muitos não sabem, mas a fala está intrinsecamente ligada ao comportamento. Na esteira dessa habilidade está o que os especialistas chamam de ecolalia (ato de repetir palavras), como sendo uma característica relativamente presente na vida de uma criança com autismo.

O que é Ecolalia?

Ecolalia é um distúrbio de desenvolvimento da fala e da linguagem. A criança fica repetindo o que acabou de dizer ou então o que o interlocutor acabara de expressar através da comunicação verbal.

Quais são as principais consequências?

A ecolalia faz com que o pequeno não consiga se comunicar direito, além de atrapalhar na reciprocidade que ele criança terá que desempenhar no contato social; além disso, ela interfere nas dificuldades de entrar em contatos sociais com diferentes contextos que a vida social exige; entre outros.

Qual o papel da fonoaudiologia nesse processo?

Considerando que cada pessoa com autismo demonstra uma particularidade, dentro das variações reconhecidas do TEA, o primeiro passo dos terapeutas é identificar o que será tratado. Portanto, isto significa que a intervenção a ser proposta pelos fonoaudiólogos deve se pautar na individualidade do pequeno.

No caso da ecolalia, os especialistas trabalham de maneira que as formas pré-simbólicas conversacionais (como o grito, por exemplo) sejam diminuídas ou eliminadas. Os exercícios em questão visam ao desenvolvimento de mecanismos conversacionais de comunicação.

Importante ressaltar que para aquelas pessoas cuja fala (verbal) é uma habilidade existente, a intervenção passa a ser direcionada no desenvolvimento da compreensão e expressão verbal. Tudo isso é feito para motivar a autonomia e a independência da criança na hora de se comunicar.

Terapias reconhecidas

Vale ressaltar que os fonoaudiólogos também podem encontrar bases terapêuticas, programas ou ciências reconhecidas pela comunidade médica como a ABA (Análise do Comportamento Aplicada), TEACHH (Programa de Autismo) e o PECS (Picture Exchange Communication System).

A importância do auxílio multidisciplinar

Para contribuir ainda mais nesta etapa, especialistas da área da fonoaudiologia podem contar com o auxílio de analistas comportamentais para que o resultado seja completamente satisfatório.

Ambiente doméstico para ajudar a criança

Como vocês viram, a ecolalia é um problema de linguagem que precisa ter uma intervenção. Tal tratamento também deve ser adequadamente conduzido pelos pais em casa.

Deve-se afirmar que o primeiro ponto é não reforçar o que a criança acabara de repetir. Oriente o pequeno a fazer alguma atividade social ou lúdica, que o faça esquecer o vocábulo repetido;

O segundo ponto é sempre apresentar palavras novas para que a criança aumente consideravelmente o seu vocabulário. Isso é excelente para seu desenvolvimento, além de estimular a memorização.

Quando o baixinho pede algo para você e ele fica repetindo os mesmos pedidos, faça como no primeiro pedido e passe a dizer a ele que já fez o que fora solicitado e proponha uma nova atividade. Por meio desses caminhos, vocês estarão ajudando a diversificar a variedade de palavras.

 

 

Veja mais neste vídeo:

 

 

Você também pode se interessar...

10 respostas em “Autismo e fala: o que é Ecolalia e como o fonoaudiólogo pode ajudar?”

O meu filho fala toda hora em peixe. Estamos no meio de uma conversa e ele fala peixe. Como pode tirar essa palavra dele?

Olá Jesana,
Orientamos que busque uma segunda avaliação com especialista em autismo ou Neurologista Infantil.De qualquer forma, temos conteúdos no youtube.com/neurosabervideos e também em nosso blog que podem te ajudar em muitas questões.

A minha filha já passou pela fase de repetir palavras ela é autista agora ela fica pedindo mamãe faz a água, faz o leite, faz o passarinho não sei o que fazer as vezes é irritante será que isso passa

Oi boa tarde meu filho de 4 anos começou a poucos meses 2 meses a repetir tudo que gosta de assistir no celular na tv começou agora a repetir muitas vezes os comerciais de super mercado de banco o que ele gosta ele repeti aí tirei os app do celular e coloquei atividades pra fazer no Cel ou até mesmo comigo aí deu uma parada de repetir mais agora repetir quase todas as fala de um
desenhoo que ele gosta peço para ele parar ele parar mais é só ver outras pessoas começa a falar e repetir sem parar já estamos marcado para psicóloga vou ver o que ela vai me dizer

Exatamente o mesmo comportamento do meu filho autista de 3 anos.
Também gostaria de obter alguma dica para quebrar essa “mania”

Meu sobrinho tem 4 anos e está repetindo a própria frase. Ela fala uma frase e depois a repete em voz baixa…
Exemplo: Rebeca vem brincar comigo e depois repete sem sair o som…

Sou professora de uma criança de 2 anos ele tem bastante ecolalia. Devo chamar a mãe para conversar e pedir que ela procure um especialista?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *