Voltar

Autismo, TOD e TDAH: como reconhecer os transtornos?

O transtorno Opositivo desafiador — TOD — é caracterizado por comportamento agressivo e desafiador. No entanto, para realizar o diagnóstico, a criança deve exibir esse padrão de comportamento por pelo menos seis meses.

Algumas crianças com Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) apresentam sintomas semelhantes ao TOD, sendo que muitas delas podem manifestar ambos os transtornos.

Para dificultar um pouco mais, muitos sintomas de autismo se assemelham aos do TOD e TDAH, que também podem ocorrer em comorbidade no espectro. Veja, neste artigo, como reconhecer cada um desses transtornos.

Autismo e TOD

O DSM-V — Manual Diagnóstico e Estatístico dos Transtornos Mentais — define o TOD como um padrão de humor raivoso / irritável, comportamento argumentativo / desafiador ou vingativo que dura pelo menos seis meses.

No entanto, esses sintomas podem ocorrer nas crianças com autismo, principalmente raiva, irritabilidade e comportamento desafiador. Além disso, as dificuldades de socialização e comunicação presentes no autismo dificultam a compreensão do que está causando esses comportamentos.

Dessa forma, é muito importante conhecer os sintomas do TOD, para reconhecê-los nas crianças, tenham elas autismo ou não.

Sintomas do TOD

O TOD apresenta um padrão de comportamento hostil e desafiador que dura pelo menos 6 meses, durante o qual quatro (ou mais) dos seguintes sintomas estão presentes:

  1. perde a paciência com facilidade;
  2. discute com adultos com frequência;
  3. desafia ou se recusa a cumprir as solicitações ou regras dos adultos;
  4. irrita deliberadamente as pessoas;
  5. culpa os outros por seus erros ou mau comportamento;
  6. costuma ser melindroso ou facilmente incomodado pelos outros;
  7. fica frequentemente zangado e ressentido;
  8. é rancoroso ou vingativo.

O diagnóstico de TOD ocorre apenas se o distúrbio de comportamento causar prejuízo clinicamente significativo no funcionamento social, acadêmico ou ocupacional. Os comportamentos desafiadores não ocorrem exclusivamente durante o curso de um episódio neurótico, delirante ou devido a um transtorno de humor.

Caso a criança seja diagnosticada com TOD, os pais devem buscar reforçar os aspectos positivos, elogiando seus filhos quando demonstrarem flexibilidade ou cooperação. É importante também reconhecer as pequenas conquistas.

Também é fundamental estabelecer limites razoáveis ​​e apropriados para a idade da criança. Às vezes, medicamentos são usados no tratamento do TOD, o que será avaliado pelo médico da criança com os pais. 

A principal diferença entre os comportamentos no TOD e no autismo é o que os está causando.  As crianças com TOD são desafiadoras e argumentativas por causa da oposição à autoridade. Por outro lado, as crianças com TEA tendem a mostrar irritabilidade como uma resposta a uma situação frustrante ou de acordo com alguma razão que pode não ser óbvia.

Autismo e TDAH

Já o TDAH, que também faz parte dos Transtornos de Comportamento Disruptivo, tem como principais sintomas: dificuldade de concentração, inquietação e hiperatividade. A agressividade, comum no TOD e que pode estar presente no autismo, não é uma característica típica de TDAH.

Assim como ocorre com o TOD e o autismo, o TDAH também pode ocorrer em comorbidade no espectro. Vale lembrar que uma característica marcante do TDAH é a impulsividade, enquanto o mesmo não ocorre no autismo.

Uma criança com TEA pode ser capaz de manter o foco e a concentração, tarefa quase impossível para uma criança com TDAH. Além disso, os comportamentos desafiadores, que podem estar presentes em ambos transtornos, também ocorrem por motivos distintos.

A criança com autismo muitas vezes infringe regras por desconhecê-las, enquanto no TDAH isso ocorre pela impulsividade.

TOD e TDAH

Algumas crianças têm um padrão de comportamento perturbador, o que pode ser passageiro, mas também um sinal de TDAH ou TOD.

As crianças com TDAH distraem-se facilmente, são desorganizadas e podem ter dificuldade em ficar paradas. Já as crianças com TOD costumam ser descritas como raivosas, desafiadoras ou vingativas.

No entanto, alguns sintomas desafiadores podem estar relacionados à impulsividade do TDAH, ainda que este não seja um sintoma típico do transtorno. Uma criança com TOD que apresenta um humor raivoso ou irritável pode ser agressiva.

É importante observar que traços de TOD e TDAH também podem ocorrer nas dificuldades de aprendizagem e outros transtornos de conduta. O profissional de saúde deve ter muito cuidado ao avaliar os sintomas gerais antes de fazer um diagnóstico.

Quando o TDAH e o TOD ocorrem juntos, a criança apresenta sintomas de ambos os transtornos comportamentais, que devem estar presentes por pelo menos 6 meses para que o diagnóstico seja feito.

Quando essas condições ocorrem juntas, os tratamentos podem envolver medicamentos para reduzir a hiperatividade e a desatenção, bem como terapia para tratar o comportamento desafiador.

Agora que você já sabe um pouco mais como reconhecer os transtornos: autismo, TOD e TDAH, compartilhe este artigo em suas redes e ajude outras pessoas.

Referências:

Eugenio Horacio GrevetCarlos Alberto Iglesias SalgadoGregory ZeniPaulo Belmonte-de-Abreu. Transtorno de oposição e desafio e transtorno de conduta: os desfechos no TDAH em adultos.

Milena Pereira Pondé. Camila Marinho Novaes. Mirella Fiuza Losapio. Freqüência de sintomas de transtorno de déficit de atenção e hiperatividade em crianças autistas.

Você também pode se interessar...

1 resposta em “Autismo, TOD e TDAH: como reconhecer os transtornos?”

Um conteúdo completo e necessário para professor identificar em seus alunos, as características de TOD, TEA, TDAH, e assim atender com eficiência junto a família e profissionais especializados. Excelente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *