Voltar

Brincadeiras que potencializam o desenvolvimento infantil

As crianças aprendem brincando. As brincadeiras são tão importantes para o desenvolvimento infantil, que o brincar é considerado pela ONU um direito universal da criança. 

A brincadeira permite que a criança desenvolva habilidades básicas, relacionadas ao desenvolvimento motor, cognitivo, social e emocional. Na aprendizagem, ajuda no desenvolvimento da concentração, nas interações sociais, no raciocínio e na coordenação motora.

Brincadeiras simples que fazem parte do cotidiano das crianças, seja em casa ou na escola, potencializam o desenvolvimento infantil. Pais e professores podem pensar em atividades que envolvam jogos e brincadeiras para fazer com seus filhos e alunos. É sobre isso que vamos falar, neste artigo.

A importância das brincadeiras para o desenvolvimento infantil

Antes de dar exemplos de brincadeiras que potencializam o desenvolvimento infantil, vamos entender melhor a sua importância. As brincadeiras devem ser divertidas, agradáveis, sem metas definidas, espontâneas, imaginativas e engajadoras.

No entanto, algumas atividades têm um potencial lúdico e podemos fornecer às crianças espaço, recursos e tempo para elas brincarem. O brincar é o meio pelo qual as crianças aprendem e se desenvolvem, portanto devem ser estimuladas, em casa e na escola, principalmente na primeira infância.

Veja agora, algumas sugestões de brincadeiras!

Brincadeiras que potencializam o desenvolvimento infantil

Massinha

A massinha, além de ser uma brincadeira divertida, ajuda na aprendizagem e preparação para a escrita, pois fortalece os músculos das mãos e dedos. Também estimula o desenvolvimento das habilidades motoras finas e a criatividade. 

Uma dica é fornecer às crianças outros materiais, como contas, palitos e outros para estimular ainda mais o desenvolvimento da coordenação motora fina.

Fantasias

Forneça fantasias, roupas e adereços para as crianças e deixe a imaginação correr solta! As crianças adoram se fantasiar e essa brincadeira estimula a imaginação, possibilita que experimentem papéis do mundo adulto e estimula a interação social. 

Outra habilidade desenvolvida é a do autocuidado, pois as crianças aprendem a se vestir, brincando!

Desenho e pintura

Brincadeiras que envolvem tintas e desenho estimulam a percepção sensorial, o desenvolvimento da auto expressão e habilidades que preparam para a escrita. Além disso, as crianças aprendem sobre cores, misturas e organização (sujar para depois limpar!).

Blocos e quebra-cabeças

Brincar com blocos e quebra-cabeças ajuda no desenvolvimento do pensamento espacial, raciocínio lógico, coordenação e reconhecimento de formas, tamanhos e cores.

Música, dança e canto

O canto e a música ajudam a desenvolver a linguagem e a formar a base das habilidades de alfabetização, bem como os conceitos matemáticos básicos, como a contagem. Além disso, as crianças desenvolvem ritmo, ao mesmo tempo em que aprimoram suas habilidades auditivas. 

A dança ajuda a criança a desenvolver força, coordenação e flexibilidade.

Faz-de-conta

Quase todas as brincadeiras estimulam a imaginação, mas aquelas que são espontâneas, principalmente. Deixar a criança com diferentes objetos estimula o brincar de faz-de-conta, que desenvolve sua imaginação, habilidade fundamental para a aprendizagem.

Além disso, brincar de faz-de-conta aumenta o senso de identidade e a auto-estima, além de ajudar a compreender o mundo ao seu redor.

Correr e pular

As crianças pequenas não param quietas, o movimento faz parte delas. Oferecer desafios seguros e adequados à idade, como pistas com pneus, bambolês, formando circuitos para elas percorrerem correndo e saltando, ajuda a aumentar a autoconfiança, desenvolve a capacidade de assumir riscos e as habilidades motoras.

Jogos sensoriais

Jogos sensoriais são quaisquer atividades lúdicas que envolvam tato, olfato, paladar, visão e audição. Os jogos sensoriais estimulam a curiosidade e a percepção sensorial.

Jogos de tabuleiro 

Os jogos de tabuleiro são divertidos e favorecem a aprendizagem dos números, cores, formas, fonética e ensinam as crianças a compartilhar e esperar a sua vez.

Cozinhar

Brincar de cozinhar, servir e fazer compras são brincadeiras que as crianças adoram. O ato de cozinhar combina elementos de jogo sensorial, conceitos matemáticos e segurança doméstica.

Além disso, brincar de cozinhar, servir e comprar também ensina conceitos matemáticas básicos e favorece a interação social.

Caixa de papelão

Uma simples caixa de papelão é um dos convites mais incríveis para brincar. Será uma casa, um carro, um lar para seus bonecos? Dê às crianças pedaços de tecido, almofadas, lençóis e outros objetos que encontrar em casa e deixe-as explorar seu mundo de imaginação!

Pular corda

Pular corda é uma brincadeira popular e divertida, que desafia a superar os limites do próprio corpo. Além disso, estimula a coordenação motora e a consciência corporal.

As brincadeiras têm um papel muito maior do que propiciar lazer e diversão, elas têm o potencial de contribuir com o desenvolvimento infantil, favorecendo o bem-estar físico e mental das crianças.

As crianças aprendem e se desenvolvem pelo brincar, pois podem vivenciar sensações e ter experiências fundamentais para o desenvolvimento físico, sensorial, cognitivo e emocional.

Se você gostou deste texto, compartilhe-o em suas redes sociais e ajude outros pais e professores!

Referências:

QUEIROZ, Norma Lucia Neris de; MACIEL, Diva Albuquerque  and  BRANCO, Angela Uchôa. Brincadeira e desenvolvimento infantil: um olhar sociocultural construtivista. Paidéia (Ribeirão Preto) [online]. 2006, vol.16, n.34 [cited  2020-10-16], pp.169-179. https://doi.org/10.1590/S0103-863X2006000200005.

CORDAZZO, Scheila Tatiana Duarte  e  VIEIRA, Mauro Luís. A brincadeira e suas implicações nos processos de aprendizagem e de desenvolvimento. Estud. pesqui. psicol. [online]. 2007, vol.7, n.1 [citado  2020-10-16], pp. 0-0 .

Você também pode se interessar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *