Voltar

COMO A EDUCAÇÃO BASEADA EM EVIDÊNCIAS PODE AJUDAR NA INCLUSÃO ESCOLAR?

O uso de métodos e abordagens pedagógicas que possuem sua eficácia comprovada cientificamente como aliada na inclusão escolar.

O termo ‘baseado em evidências’ significa o uso e a aplicação de pesquisas científicas, implementando as evidências na prática e na avaliação de resultados (SILVA, 2014).

POR QUE É NECESSÁRIO USAR A EDUCAÇÃO BASEADA EM EVIDÊNCIAS E COMO ELA AJUDA NA INCLUSÃO?

Aprender é um processo complexo e muitas crianças não conseguem aprender no ritmo das outras. Em uma situação como essa, o princípio básico é oferecer habilidades e capacidades adequadas para todas as crianças a partir das evidências. Para ensinar letras e números, bem como a formação da leitura e da escrita, é preciso que haja a ativação adequada de várias áreas do cérebro. E é justamente por isso que usar a educação baseada em evidências é tão importante, visto que ela traz práticas que ativam a maioria dessas áreas cerebrais.

5 RAZÕES PELAS QUAIS A EDUCAÇÃO BASEADA EM EVIDÊNCIAS AJUDA NA INCLUSÃO ESCOLAR

1-  Quando se entende o funcionamento de um cérebro típico é muito mais fácil de entender as dificuldades que aparecem

Existe um padrão referente ao processo típico de desenvolvimento, então, com as evidências, fica definido o passo a passo que é necessário seguir para observar uma dificuldade a mais ou uma situação em que será preciso utilizar caminhos diferentes em comparação ao modelo comumente usado para crianças típicas. Além disso, a educação baseada em evidências também contribui com a verificação da eficácia da resposta da criança ao modelo escolhido.

Ademais, esse fator é fundamental, pois ele possibilita o mapeamento do processo de aprendizagem da criança. Quando se trabalha com crianças que apresentam algum tipo de transtorno, é preciso fazer algumas adaptações a partir da educação baseada em evidências, o que tornará mais fácil a identificação e a promoção de práticas inclusivas.

2-  As crianças não podem perder tempo

O tempo para aquisição e desenvolvimento de certas habilidades ocorre na infância. Por isso, é imprescindível entender sobre o desenvolvimento infantil e oferecer a estimulação certa na época certa e da maneira adequada.

Ademais, sabemos que algumas crianças absorvem melhor as informações visualmente, enquanto outras vão aprender mais facilmente auditivamente, mas nem sempre elas terão facilidade com estratégias que envolvem outros estímulos: entradas sensoriais, motoras, sensitivas, entre outras. Essas diversas entradas, associadas com a motivação de determinados modelos de educação, podem fazer com que a criança consiga dar conta do processo pedagógico. É preciso conhecer de que forma a criança aprende melhor.

3-  Evitar as lacunas de aprendizagem

Quando as crianças atingem uma certa faixa etária ou um determinado grau de escolaridade, mas estão com um nível muito abaixo do desejado, significa dizer que ocorreu uma lacuna de aprendizagem em seu processo de desenvolvimento. Logo, é indispensável que os profissionais e responsáveis estejam atentos para identificar qual caminho precocemente deverá ser introduzido no processo de aprendizagem da criança, com o objetivo de resolver as lacunas existentes.

A educação baseada em evidências pode ser responsável por promover uma intercomunicação entre todos os profissionais e responsáveis que estão conduzindo a criança. Portanto, esse tipo de educação une família, escola e profissionais de saúde em prol de um bem comum: o desenvolvimento e a inclusão da criança. Uma vez que todos estão cientes de como é o processo, todos irão ajudar aquela criança com o mesmo objetivo.

4-  Clareza no processo

A educação baseada em evidências esclarece o conteúdo, de modo a proporcionar uma maior segurança para a tomada de decisões e a escolha de quais condutas podem ser aplicadas diante de cada contexto.

A dúvida em diversas situações não é positiva, muitas vezes faz com que sejam escolhidas decisões equivocadas, algo que não é benéfico para a criança, e é por isso que o tempo é um fator importante e não deve ser desperdiçado. Então, quando existe o devido esclarecimento do assunto, as decisões são assertivas, e com a educação baseada em evidências será possível ter clareza para saber como agir em cada situação, principalmente com as crianças que precisam da inclusão escolar.

5-  A educação baseada em evidências é boa para todas as crianças

Pelo fato de ser positiva para crianças atípicas que precisam de adaptação em seu processo de aprendizagem, também será positiva para crianças típicas, pois o profissional ou responsável que aplicar esse tipo de educação também conhecerá o processo padrão para esse aprendizado.

Além disso, muitas crianças que possuem algum transtorno do neurodesenvolvimento são diagnosticadas tardiamente, por esse motivo sofrem muito na escola. Dessa forma, é necessário que elas não percam o estímulo em aprender e a frequentar a escola. Portanto, uma educação baseada em evidências aplicada desde cedo é responsável por sanar diversos problemas e promover o aprendizado mais eficaz e positivo para todas as crianças.

REFERÊNCIAS

NOGUEIRA RANGEL, M. L.; CASTIONI, R. POLÍTICAS EDUCACIONAIS BASEADAS EM EVIDÊNCIAS: A UNIVERSALIZAÇÃO DO ACESSO À INTERNET. Revista Nova Paideia – Revista Interdisciplinar em Educação e Pesquisa, [S. l.], v. 4, n. 3, p. 572 – 586, 2022. DOI: 10.36732/riep.vi.186. Disponível em: http://ojs.novapaideia.org/index.php/RIEP/article/view/186. Acesso em: 20 jun. 2022.

SILVA, M. C. A prática educativa baseada em evidências: contribuições na formação de docentes interdisciplinares. Revista Interdisciplinaridade, n. 5, p. 25-30, 2014. Disponível em: https://revistas.pucsp.br/interdisciplinaridade/article/view/20744. Acesso em: 20 jun. 2022

Você também pode se interessar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *