Voltar

Como ajudar alunos com dificuldade de leitura?

Como você ajudaria um aluno com dificuldade de leitura? Sentaria perto dele para ler junto? Usaria alguma técnica inovadora para incentivar ou o advertiria para fazer o que fosse correto? Nenhuma das alternativas anteriores, pois o que está em jogo não é uma simples rebeldia ou preguiça de executar tal habilidade. Muito pelo contrário, a criança simplesmente não sabe ler.
Para que se tenha a dimensão da seriedade do assunto, muitas mães e pais ficam desesperados porque os filhos não conseguem desenvolver essa competência. Estamos falando de alunos com 8,9 e até 10anos. Pode ocorrer o fato deles não saberem nem mesmo juntar ou reconhecer as letras e os seus sons.

Afinal, o que fazer?

Primeiro, é importante ressaltar que cada caso pode ter uma motivação para que isso aconteça. Os responsáveis pela criança precisam partir de um ponto que os levem ao que realmente importa. Vejamos a seguir.

Exame de vista e audição

Será que seu filho/aluno está enxergando e escutando bem? Para que se saiba, nada melhor que tirar a dúvida por meio de exames que possam informar com assertividade a situação do pequeno em relação a esses detalhes que, se não tratados, podem realmente influenciar na dificuldade de leitura manifestada.

O poder do processo de estimulação

Supondo que não haja problemas de visão e audição, que tudo esteja completamente normal; qual a próxima medida a ser tomada para investigar o motivo da dificuldade? Analisar como foi o processo de estimulação para a alfabetização dessa criança.
Nesse trabalho é necessário pesquisar se o pequeno foi alfabetizado de maneira adequada. Isso inclui, dentre outros vários quesitos, mostrar e treinar o som das letras, o resultado da junção.
É comum que alguns pais e mães falem à professora que o filho sabe reconhecer as letras e que por isso não teria motivos para a dificuldade de leitura. Porém, o detalhe é mais complexo, uma vez que para um indivíduo saber, ele deve estar sob uma elaboração cognitiva completa.
Esse conjunto permite que a criança saiba o som e a sequência que as letras representam quando formam sílabas e, consequentemente, as palavras. O processo de alfabetização é o resultado dessas etapas.
Então, nunca se esqueçam: saber letra não é pré-requisito para dominar a leitura e a escrita. É um passo importante, mas não fundamental para que o pequeno alcance o estado pleno de tais habilidades.

Estimulação de habilidades de consciência fonológica  

Outra maneira de se investigar o motivo da dificuldade de leitura do aluno é procurar saber como foi a estimulação de habilidade de consciência fonológica, discriminação auditiva, etc.
Vale lembrar que a faixa dos 6 e 7 anos é a ideal para que as crianças consigam ser alfabetizadas de forma regular. Passando dessa fase, eles podem sim encontrar mais dificuldades para aprender a ler e a escrever.

E se for algum distúrbio de aprendizagem ou deficiência intelectual?

Nesses casos, é fundamental que o aluno já venha de um acompanhamento profissional ou tenha encaminhamento que proporcione as condições para o seu desenvolvimento. Existe a possibilidade de haver também ocorrência de um distúrbio ou transtorno. Em todos eles, a presença de uma equipe variada de especialistas tende a contribuir bastante para a situação.
Psicopedagogo, fonoaudiólogo, psicólogo, médico neuropediatra, entre outros. Esses especialistas têm muito a contribuir por meio de uma bateria de testes e exames a fim de ver o porquê essa criança está passando pela dificuldade de leitura e escrita.

Aviso importante

É imprescindível que escola e responsáveis pela criança procurem ajuda em tempo hábil. Não deixem para quando o estudante estiver com 9, 10, 11 e 12 anos. Tais habilidades precisam ser trabalhadas na infância e no prazo correto.
Referência
PROBLEMAS de leitura e processo de alfabetização. [Arapongas]: Neurosaber. 1 vídeo (4 min.). Publicado por Neurosaber. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=ElOZ70rhcwI&t=8s. Acesso em: 20 jan. 2020.
 

Você também pode se interessar...

2 respostas em “Como ajudar alunos com dificuldade de leitura?”

Olá ótima matéria, muito esclarecedora.
Gostaria de saber que técnicas posso usar com um aluno de 5 anos que não reconhece nenhuma letra, por enquanto não contamos com nenhuma ajuda de nenhum profissional, gostaria de saber o que eu poderia fazer para ajudá-lo. Obrigada

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *