Voltar

Como diferenciar deficiência intelectual de atraso cognitivo?

Deficiência intelectual e atraso cognitivo são conceitos diferentes, mas ambos são usados para definir uma pessoa com limitações no funcionamento mental e em habilidades sociais, de comunicação e autocuidado. 

Essas limitações fazem com que a criança aprenda e se desenvolva mais lentamente. Isso quer dizer que as crianças com deficiência intelectual ou atraso cognitivo podem demorar mais para aprender a falar, andar e realizar cuidados pessoais, como vestir-se ou comer. Da mesma forma, podem ter mais dificuldades na aprendizagem. 

Elas são capazes de aprender, porém de uma forma mais lenta que as crianças neuro típicas. Na maioria dos casos, as crianças com deficiências cognitivas, apresentam atrasos no desenvolvimento. Saiba mais, neste artigo.

Deficiência intelectual e atraso cognitivo

O atraso cognitivo é um termo usado para se referir a qualquer deficiência que afete os processos mentais, como Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH), dislexia, autismo, lesão cerebral, dificuldades de aprendizagem, entre outras.

A deficiência intelectual (DI) é um termo usado quando uma pessoa tem limitações no funcionamento e nas habilidades cognitivas, de comunicação, sociais e de autocuidado. Essas limitações fazem com que a criança se desenvolva e aprenda mais lentamente ou de maneira diferente do que uma criança com desenvolvimento típico. 

A deficiência intelectual pode surgir a qualquer momento do desenvolvimento e até mesmo antes do nascimento. A deficiência intelectual é considerada um atraso cognitivo. De acordo com a Associação Americana de Deficiências Intelectuais e de Desenvolvimento, para uma pessoa ser diagnosticada com deficiência intelectual, precisa atender a três critérios:

  1. QI abaixo de 70-75.
  2. Apresentar limitações significativas em duas ou mais áreas adaptativas (habilidades necessárias para viver, trabalhar e se divertir, como comunicação ou autocuidado).
  3. Manifestar a condição antes dos 18 anos.

Qual a causa da deficiência intelectual?

A deficiência intelectual — anteriormente conhecida como retardo mental — pode ser causada por lesão, doença ou um problema no cérebro. Para muitas crianças, a causa da deficiência intelectual é desconhecida.

Algumas causas de deficiência intelectual podem ocorrer antes do nascimento, como a Síndrome de Down, síndrome do álcool fetal, Síndrome do X frágil, defeitos congênitos e infecções. Algumas acontecem durante o nascimento ou no primeiro ano de vida.

Outras causas de deficiência intelectual podem ocorrer quando a criança for mais velha, como traumatismo craniano grave, infecções ou derrame.

As causas mais comuns de deficiência intelectual são:

Condições genéticas

Às vezes, a deficiência intelectual é causada por genes anormais herdados dos pais, erros na combinação dos genes ou outros motivos. Exemplos de condições genéticas são a síndrome de Down, a síndrome do X frágil e a fenilcetonúria (PKU).

Complicações durante a gravidez

Uma deficiência intelectual pode ocorrer quando o bebê não se desenvolve adequadamente durante a gravidez. Por exemplo, pode haver um problema com a forma como as células do bebê se dividem. Uma mulher que bebe álcool na gestação ou contrai uma infecção como a rubéola também pode ter um bebê com deficiência intelectual.

Problemas durante o parto

Se houver complicações durante o trabalho de parto e nascimento, como falta de oxigênio para o bebê, ele pode apresentar deficiência intelectual.

Doenças ou exposição tóxica

Doenças como tosse convulsa, sarampo ou meningite podem causar deficiência intelectual. A DI também pode ser causada ​​por desnutrição extrema, falta de atendimento médico adequado ou exposição a venenos como chumbo ou mercúrio.

Sabemos que a deficiência intelectual não é contagiosa — ninguém pega deficiência intelectual de outra pessoa. Também sabemos que não é uma doença mental, como depressão ou outros transtornos. 

Por isso, não há cura para a deficiência intelectual. No entanto, as crianças com DI podem aprender a fazer muitas coisas, apenas precisam de mais tempo ou de aprender de forma diferente do que as outras crianças.

Sinais de Deficiência Intelectual

Os pais de crianças com DI podem observar alguns sinais precocemente em seus filhos. Quanto antes for realizado o diagnóstico, melhores e mais eficazes serão as intervenções e tratamentos.

Quatro sinais clínicos podem ser percebidos com facilidade nos primeiros anos de vida da criança, são eles:

  1. Dependência extrema: incapacidade de resolver problemas e situações cotidianas sem a mediação de um adulto.
  2. Dificuldade de abstrair: dificuldade em usar a imaginação para aprender algo novo e encontrar soluções para problemas de forma criativa.
  3. Atraso no desenvolvimento: atrasos no desenvolvimento motor, na linguagem e dificuldades nas interações sociais.
  4. Dificuldade de generalização: incapacidade de usar conhecimentos adquiridos para outros objetivos e aprendizados.

Esses sinais podem ser percebidos pelos pais antes mesmo das crianças completarem dois anos. Após essa idade, outros podem surgir, como:

  • Falta de interesse em ir para a escola ou realizar as tarefas em casa;
  • Dificuldade de interagir com os pares de idade ou desconhecidos;
  • Dificuldade no desenvolvimento da fala, na identificação de letras e na adaptação a ambientes novos.

Diante qualquer sinal de atraso cognitivo ou deficiência intelectual, procure um especialista. Se restou alguma dúvida, deixe nos comentários.

Referências:

DORNELAS, Lílian de Fátima, Neuza Maria de Castro Duarte e Lívia de Castro Magalhães.

Atraso do desenvolvimento neuropsicomotor: mapa conceitual, definições, usos e limitações do termo. https://www.scielo.br/pdf/rpp/v33n1/pt_0103-0582-rpp-33-01-00088.pdf

MOREIRA, Lília Maria de Azevedo. Deficiência intelectual conceitos e causas. http://books.scielo.org/id/7z56d/pdf/moreira-9788523211578-06.pdf

Você também pode se interessar...

19 respostas em “Como diferenciar deficiência intelectual de atraso cognitivo?”

A criança quando esquece o que aprende ou tem uns start de memória, asssociado a dificuldade de associar o som a letra, e o planejamento de tarefas é deficiência intelectual, sera que meu raciocínio está correto.

exatamente o meu filho, ele veio de um lar adotivo e sua mae biologica era alcolatra eu agora vivo na Espanha e na escola estão investigando para fechar um diagnostico dele mas eu acho tudo muito lento, fazem exames, ficam 1 ano fazendo tests em aula nao vejo o intelecto dele desenvolver, mas tem outras coisas que ele maneja muito bem como celular, controle remoto da tv, anda de patinete eletrico muto bem e joga futebol bem tambem. Por isso eu fico confusa se é falta de interesse, tudo que ele coloca interesse sai bem, por outro lado coloca blusa ao contrario nao consegue amarrar um tenis e ja vai fazer 10 anos, nada de conhecer letras e numeros, aprende mas esquece, as vezes esquece minutos depois, se frusta muito, eu parei de tentar ajudar porque vi que estava prejudicando ele

o seu caso é idêntico ao meu.minha filha nasceu de parto cesariana e foi tudo bem conosco até os 4 anos de sua vida. Após esse período ela começou a apresentar sintomas de déficit do cognitivo. durante 15 anos mais ou menos fiz de tudo p que ela tivesse algum avanço na área pedagógico. ela fez terapias diversas como: fono’ Terapia ocupacional.psicologa durante 12 anos +_. levei a especialistas fora de minha cidade. neurologista. psiquiatra…até que uma orofessora do grupo me falou algo que me fez refletir. Ela disse me baseada em suas experiências que o indivíduo c defocit cognitivo se não conseguir se alfabetizar antes dos18 anos nso consegue mais.
Fiquei muito triste ao saber este fato. pois ela
sabia dancar mas teve dificuldade p comecar a andar . era uma criança alegre nao sabia ler mas copiava tudo oque via escrito e tem ate hoje uma letra linda. aos 12 anos ainda nao sabia expressar seus sentimentos.tinha dificuldade p colocar o sapatos c cadarco. nao sabia pentear os cabelos. entaoenão sabia reproduzir uma história que ouvisse.
Então resolvi aceita lá como ela era e a respeitar seus limites sem força lá a nada.
Hoje ela tem 34 anos. ainda é uma criança alegre . hj ela sabe se expressar contar uma história nem tanto(faz muita confusão ). mas diz qdo está triste ou alegre. não sabe ler mas entende tudo o que conversamos. sabe tomar banho doninha e fazer sua higiene íntima 90 % sozinha.
sabe se comportar a mesa completa c todos os talheres. dança balet sapateado e dança de salão.porem não reconhece dinheiro. nso anda sozinha fora sãs proximidades de nosa residência
mas reconhece o trajeto por onde passamos . Sabe ler placas de trânsito. é muito mais coisas. mas infelizmente não aprendeu a ler. O que eu te aconselho é que ame muito o seu filho e acompanhe ele na suas pequenas evolução incentivando o a conquistar mais porém aceitando c alegria o pouco que ele conseguir.
eu amo minha filha hoje ela é a minha companheira
seu pai faleceu meus filhos casaram. hj eu tenho Parkinson e quem me saudades é ela.me traz água ou remédio que ensinei a ela identificar. as vezes me ajuda eu a me vestir . Enfim hj entendo que ela foi um presente de Deus na minha vida.
te desejo muita sabedoria fé em Deus e muito amor em seu coração.
um bj c carinho a vc e seu filho. DEUS OS ABENÇOE.

Olá minha filha tem muita dificuldade nos estudos se é interagir com outras pessoas anda nas pontas dos pés têm puberdade precose.

Meu filho tem DI e ele tem 7 anos e tá no segundo ano minha pergunta e posso por escola normal e conversar com a administração e professora pra ver se tem como fazer umas adpitacoes na aulas (Tipo) nós exercícios dele

Olá, Albeilda

Sabemos como isso é delicado. É interessante que você converse com a diretoria da escola.
Diga sobre sua proposta e veja as melhores condições. 😊

Agradecemos sua mensagem.

André,
Equipe NeuroSaber 💙

A minha filha tem 16 anos! Ela desde pequena tem dificuldades em fazer amizades, na escola aprende a matéria mas esquece com muita facilidade, quando está com pessoas da idade dela não consegue interagir, mas com pessoas mais adultas ela já consegue interagir com facilidade! Com muita dificuldade conseguimos fazer com que ela conseguisse chegar até ao 11 ano de escolaridade! Eu moro em Moçambique – África!

Olá Filu, tudo bem?

Agradecemos a confiança em nosso trabalho. É importante sempre procurar o auxilio de um profissional, pois cada caso necessita de um olhar específico. No mais, temos conteúdos disponíveis em nosso site e canal do Youtube acerca da temática.

Sol,
Equipe NeuroSaber 💙

Meu filho tem 10 anos ,mas não consegui aprender e o que aprende ele esquece ,tem facilidade com crianças de menor idade que ele ,e tem a mente muito infantil só pensar em brinquedo .

Olá Van, tudo bem?

Primeiramente agradecemos pela confiança! Nesses casos orientamos buscar um especialista pessoalmente para lhe dar melhores informações e orientação assertivas sobre o caso. De qualquer forma, temos conteúdos no youtube.com/neurosabervideos e Artigos em nosso Blog: http://www.neurosaber.com.br/artigos que podem te ajudar em muitas questões.

Sol,
Equipe NeuroSaber 💙

Meu filho teve meningite bacteriana aos 5 meses de vida, com isso a sequela foi cognitiva e coordenação motora fina. Hoje aos 23 anos não sai sozinho, não consegue se relacionar com jovens da idade dele, tem interesse em garotas, mas devido seu grau de maturidade não consegue. Foi alfabetizado , mas não tem raciocínio lógico.

Olá GLORIA, tudo bem?

Compreendo a sua situação e entendo que não seja fácil, recomendamos que seu filho faça um acompanhamento, para que possa melhorar a qualidade de vida. Em nossos canais temos muitos conteúdos que vão te ajudar a entender melhor. Confira nosso canal no Youtube e nosso Blog e continue sempre de olho em nossas redes sociais! 💙

Sol,
Equipe NeuroSaber 💙

Olá! Eu sou Cláudia Tavares, caboverdiana e trabalho na área da Educação Inclusiva.
Realmente considero esta uma questão muito pertinente e desde já obrigada por estas dicas maravilhosas.
Mas no entanto gostaria de saber mais sobre essas diferenças pq realmente deixa muita confusão estes dois termos:
Deficiência Intelectual e Atraso Cognitivo.
Obgda ❤

Eu fiquei 3 dias com bolsa rompida dentro da minha mãe, teve complicações no meu nascimento faltou oxigênio e batimentos muito baixinhos, fiquei internada quase um mês na maternidade! Eu descobrir eu tenho Tdah, deficiência intelectual leve e foi uma luta.

minha filha tem 12 anos, tem muita dificuldade na escola principalmente na interação com outros alunos, sempre foi muito dependente dos pais e das irmãs mais velhas, aos 3 anos conhecia todo o alfabeto, se alfabetizou aos 6 anos, hj está no 7º ano, tem muita dificuldade em matemática, quando lê uma história tem dificuldade em interpretá-la, também se esquece o que teve de conteúdo na escola, é bastante dispersa na sala, está em investigação para um diagnóstico no instituto da criança do HC São Paulo,tem muitas habilidades com video games, montar videos no instagram ou tiktok, os médicos me disseram que parece que o problema dele é um déficit cognitivo.
ela faz tudo sozinha, só não consegue pentear os cabelos, nem sabe amarrar o cadarço do tênis.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *