Voltar

Como estimular a leitura na Alfabetização remota

Em tempos de pandemia e com os estudos remotos, a alfabetização em casa promove muitos desafios. Veja, neste artigo, como estimular a leitura em casa.

Através da leitura, as crianças aprendem a nomear os objetos, as cores, os números e as letras. Além disso, desenvolvem importantes habilidades para a alfabetização, como a memória, a imaginação, o vocabulário e a atenção.

Os pais podem estimular a leitura em casa lendo para seus filhos, cantando, lendo receitas e placas na rua, assim como através de brincadeiras e jogos. A alfabetização remota exige mais esforço dos pais para manter as crianças estimuladas, o que pode ser otimizado através de um ambiente rico em literatura em casa.

Ler livros e contar histórias para as crianças desde que são pequenas, promove o desenvolvimento de habilidades essenciais para a alfabetização. Por isso, na educação remota é importante manter o hábito da leitura em casa. 

A alfabetização em casa

Com a pandemia do coronavírus e as aulas presenciais suspensas, as crianças têm aulas online, com atividades que promovem a continuidade da aprendizagem. Na alfabetização, o processo se torna mais desafiador, já que é um processo complexo o aprendizado da leitura e da escrita.

Os professores promovem a alfabetização com tarefas, jogos e brincadeiras, e os pais acompanham seus filhos na execução das mesmas. No entanto, nas ações cotidianas, mesmo sem saber, podem estimular a aprendizagem da leitura e da escrita.

Atividades de culinária, por exemplo, são uma oportunidade de estimular a leitura, através das receitas, por exemplo. Passeios de carro pela cidade podem ficar mais divertidos com brincadeiras de leituras de placas ou nomeação de objetos que passam pelo cenário. 

Como estimular a leitura na alfabetização remota

Como vimos, os pais podem estimular a leitura com simples ações que fazem parte da rotina familiar. A alfabetização em casa é um processo cujo foco está no desenvolvimento das habilidades de leitura e escrita.

Para facilitar esse processo, é importante criar uma rotina de estudos para as crianças com um tempo destinado à leitura, mesmo que com acompanhamento dos pais. Da mesma forma, é importante incentivar as crianças a escrever todos os dias.

A alfabetização em casa traz muitos desafios, pois os pais têm que trabalhar e outros afazeres, e não podem acompanhar seus filhos em todas as atividades. Por isso, ajudá-los na organização das tarefas e incentivar a autonomia é fundamental.

Outro fator importante, é reduzir a ansiedade comum nessa época de alfabetização. É normal que os pais criem expectativas, mas devem entender que o cenário atual propõe novos desafios, e respeitar o tempo do seu filho é fundamental.

Muitos pais ficam inseguros com a alfabetização em casa e podem se sentir despreparados para ajudar seus filhos a ler e escrever. É importante lembrar que essa é uma tarefa do professor, da escola, e que cabe aos pais estimular a aprendizagem.

É importante também conversar com as crianças, pois assim os pais se aproximam de seus filhos e estimulam o desenvolvimento da linguagem. Aprender a se expressar através das palavras faz parte do processo de alfabetização.

Outra forma de estimular a leitura em casa é pedir às crianças para contarem histórias inventadas. Elas adoram essa brincadeira, que estimula a imaginação e desenvolve a linguagem. 

Jogos que envolvem palavras, ajudam a desenvolver a consciência fonêmica, ou seja, a percepção de que as palavras são formadas por partes que formam sons. Essa é uma habilidade essencial para a alfabetização.

Os pais podem ensinar os nomes das letras e seus sons para os seus filhos através de jogos, livros e brinquedos que estimulam essa habilidade. Pedir para as crianças ler os livros mesmo que com erros, é uma ótima forma de estimular a leitura na alfabetização remota.

Além da leitura, a escrita também deve ser incentivada e os pais podem fazer isso de diversas formas. Peça ao seu filho ajuda para escrever bilhetes, cartas e cartões de aniversários para amigos e parentes, usando diversos materiais como giz de cera, lápis, tinta, etc.

É importante que os pais façam perguntas aos seus filhos após as atividades de leitura e escrita. Você pode pedir para ele recontar uma história, ou dizer o que gostou em cada personagem, ou mesmo explicar o que entendeu.

Essa interação, ajuda na compreensão do que foi lido, uma habilidade importante no processo de alfabetização. A leitura, em suas diversas formas, deve ser uma atividade cotidiana em fase de alfabetização remota. 

Enquanto aprendem a ler e escrever, as crianças compreendem a função da escrita e da leitura e como ela está presente em nossas vidas. Ao tornar essa atividade prazerosa e rotineira, os pais estimulam o aprendizado de seus filhos.

Agora que você já sabe um pouco mais sobre como estimular a leitura na alfabetização remota, compartilhe este artigo em suas redes e ajude outros pais!

Referências:

ALBUQUERQUE, ELIANA BORGES C. DE  and  FERREIRA, ANDREA TEREZA BRITO. ARTIGO – PRÁTICAS DE ENSINO DA LEITURA E DA ESCRITA NA EDUCAÇÃO INFANTIL NO BRASIL E NA FRANÇA E OS CONHECIMENTOS DAS CRIANÇAS SOBRE A ESCRITA ALFABÉTICA. Educ. rev. [online]. 2020, vol.36 [cited  2021-04-05], e159401.

MILITÃO, Giselda Morais de Alencar. ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO: AS PRÁTICAS DE LEITURA COMO RECURSO PARA A ALFABETIZAÇÃO.

Você também pode se interessar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *