Voltar

Como identificar a deficiência intelectual?

A deficiência intelectual (DI) é caracterizada por prejuízos importantes na capacidade cognitiva, o que causa dificuldades na aprendizagem e na aquisição de habilidades necessárias para o dia-a-dia. 

Isso não significa que as pessoas com deficiência intelectual sejam incapazes de aprender, mas que elas aprendem em um tempo e de uma forma diferente das crianças neurotípicas.

Além disso, existem vários graus de DI, que variam de leve a profunda. As dificuldades com as habilidades cognitivas presentes na deficiência intelectual afetam o funcionamento em duas áreas:

  • funcionamento intelectual (aprendizagem, resolução de problemas, julgamento);
  • funcionamento adaptativo (atividades da vida diária, como comunicação e vida independente).

Veja, neste artigo, como identificar a deficiência intelectual nas crianças.

Como é o diagnóstico de deficiência intelectual

Acredita-se que a deficiência intelectual afete cerca de 1% da população. Destes, 85% têm deficiência intelectual leve. Isso significa que terão mais dificuldades para aprender novas informações ou habilidades. No entanto, com o apoio adequado, é possível aumentar a autonomia das pessoas com DI e sua qualidade de vida.

Para medir os comportamentos adaptativos de uma criança, um especialista observa as suas habilidades. O médico fará uma avaliação que inclui: entrevistas com pais, cuidadores e profissionais que atendam a criança; observações da criança e testes que avaliam diversas habilidades.

Para realizar o diagnóstico, o especialista observa como a criança se alimenta, se veste, como se comunica e compreende os outros; como interage com a família, amigos, etc. O processo de avaliação pode incluir visitas a especialistas, como psicólogos, fonoaudiólogos, neurologista, fisioterapeuta, entre outros.

Para fechar um diagnóstico de DI, o médico precisa considerar os resultados dos testes, das entrevistas e das observações da criança.

Outras condições, como perda de audição, transtornos de aprendizagem, neurológicos e problemas emocionais também podem causar atraso no desenvolvimento. Por isso, é importante que o médico descarte essas condições antes de fechar o diagnóstico de DI.

A partir disso, família, escola e profissionais especializados irão desenvolver um plano de tratamento para a criança, considerando suas demandas e o nível de gravidade da deficiência.

Quais são os sinais de deficiência intelectual nas crianças

Muitos sinais de deficiência intelectual podem aparecer na primeira infância, mas também podem não ser percebidos até a idade escolar, dependendo da gravidade. 

Os sinais mais comuns de deficiência intelectual são:

  • Atrasos para rolar, sentar, engatinhar e andar.
  • Atrasos ou dificuldades na fala.
  • Dificuldade para ir ao banheiro, se vestir e se alimentar.
  • Memória prejudicada.
  • Incapacidade de conectar ações com consequências.
  • Comportamentos impulsivos e agressivos (acessos de raiva).
  • Dificuldade para resolver problemas e com o pensamento lógico, em geral.

As crianças com deficiência intelectual grave ou profunda, podem ter outros problemas de saúde, como convulsões, transtornos do humor, autismo, deficiências motoras, problemas de visão ou de audição.

Quais são os níveis de deficiência intelectual

A DI é dividida em quatro níveis:

  1. Deficiência intelectual leve — a criança demora para aprender a falar, mas se comunica bem quando aprende; consegue ter independência no autocuidado; pode ter dificuldades na leitura e escrita; imaturidade social.
  2. Deficiência intelectual moderada — dificuldade na compreensão, na linguagem e na comunicação; pode aprender habilidades básicas de leitura e escrita; geralmente não consegue viver sozinha; mas adquire certa autonomia para sair só e participar de atividades sociais.
  3. Deficiência intelectual grave — deficiência motora perceptível; dano grave ou desenvolvimento anormal de sistema nervoso central.
  4. Deficiência intelectual profunda — incapacidade de compreender e cumprir solicitações ou instruções; possível imobilidade; incontinência; comunicação não verbal muito básica; incapacidade de cuidar de suas próprias necessidades de forma autônoma; necessidade de ajuda e supervisão constantes.

Quais as causas da deficiência intelectual

Especialistas não conseguem sempre identificar uma causa específica de DI, mas as causas podem incluir: infecção ou exposição a álcool, drogas ou outras toxinas na gravidez; privação de oxigênio ou parto prematuro; doenças hereditárias, síndrome de Down; contaminação por chumbo ou mercúrio; desnutrição grave ou outros problemas alimentares; doenças na primeira infância, como sarampo ou meningite e lesão cerebral.

Qual é o tratamento para deficiência intelectual

A criança com deficiência intelectual precisa de acompanhamento contínuo para ajudá-la a lidar com a sua condição. O principal objetivo do tratamento é ajudá-la a atingir o seu potencial na aprendizagem; nas habilidades sociais e no autocuidado.

O tratamento pode incluir terapia comportamental, terapia ocupacional, fonoaudiologia, psicopedagogia e, em alguns casos, medicação. O mais importante é conhecer as características de cada criança, que são únicas, para traçar as melhores estratégias de intervenção.

Dessa forma, o diagnóstico precoce é muito favorável para conseguir os melhores resultados do tratamento. Por isso, é importante conhecer os sinais que permitem identificar a deficiência intelectual nas crianças pequenas.

Se você gostou deste artigo, compartilhe-o em suas redes sociais e ajude outras pessoas!

Referências:

DIAS, Sueli de Souza  and  OLIVEIRA, Maria Cláudia Santos Lopes de. Deficiência intelectual na perspectiva histórico-cultural: contribuições ao estudo do desenvolvimento adulto. Rev. bras. educ. espec. [online]. 2013, vol.19, n.2 [cited  2021-01-05], pp.169-182.

Committee to Evaluate the Supplemental Security Income Disability Program for Children with Mental Disorders; Board on the Health of Select Populations; Board on Children, Youth, and Families; Institute of Medicine; Division of Behavioral and Social Sciences and Education; The National Academies of Sciences, Engineering, and Medicine; Boat TF, Wu JT, editors. Mental Disorders and Disabilities Among Low-Income Children. Washington (DC): National Academies Press (US); 2015 Oct 28. 9, Clinical Characteristics of Intellectual Disabilities.

Você também pode se interessar...

10 respostas em “Como identificar a deficiência intelectual?”

Gostei muito do esclarecimentos sobre DI,me ajudou a tirar muitas dúvidas,a respeito do assunto. É sempre bom ter o posicionamento de quem realmente conhece do assunto.

É um assunto bem complexo que exige muito conhecimento de causa .Este artigo é maravilhoso abre as janelas do entendimento.

É esclarecedor : São assuntos de grande importância para todos nós. É um assunto que deve ser tratado com coidado pois alguma situação parece com a dislexia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *