Voltar

Como identificar os primeiros sinais de autismo

O diagnóstico precoce de autismo favorece o tratamento e o desenvolvimento da criança. Veja, neste artigo, como identificar os primeiros sinais.

O espectro do autismo engloba diferentes sintomas e níveis de gravidade dos mesmos. No entanto, os primeiros sinais surgem na primeira infância, como atrasos na fala e dificuldades na interação com outras pessoas.

Os sinais e sintomas do autismo variam muito — algumas crianças têm apenas dificuldades leves, enquanto outras têm prejuízos mais severos. No entanto, as características comuns no autismo são: dificuldades na comunicação verbal, não verbal e na interação social, comportamentos restritos e/ou repetitivos.

O diagnóstico e a intervenção precoce ajudam muito no desenvolvimento de habilidades fundamentais. Dessa forma, é preciso conhecer os sinais que podem ser percebidos ainda nos primeiros anos de vida. Saiba como, neste artigo.

Suspeita de autismo: como identificar os primeiros sinais 

Os pais das crianças são as melhores pessoas para identificar sinais que levantam suspeita de autismo. Isso porque conhecem seus filhos melhor do que ninguém e podem observar  seus comportamentos diariamente.

O autismo envolve uma variedade de atrasos no desenvolvimento, por isso é importante observar se o seu filho está atingindo os principais marcos sociais, emocionais e cognitivos. Embora os atrasos no desenvolvimento não necessariamente sejam sinais de autismo, eles podem sim ser um motivo para ficar em alerta.

Cada criança se desenvolve em um ritmo diferente, então não precisa entrar em pânico se seu filho demorar um pouco para falar ou andar. No entanto, diante um atraso significativo, procure o pediatra. 

Sinais e sintomas de autismo 

Quanto antes for diagnosticado o autismo, mais eficazes serão o tratamento e as intervenções. Embora seja difícil fechar o diagnóstico antes dos 2 anos, os primeiros sinais geralmente surgem entre os 12 e 18 meses. 

Os primeiros sinais de autismo envolvem a ausência de comportamentos típicos e podem ser difíceis de detectar. Em alguns casos, os primeiros sintomas são interpretados como características do bebê, uma vez que ele pode parecer quieto, independente e pouco exigente. 

No entanto, é preciso levantar suspeitas de autismo em bebês que não respondem a abraços, não estendem a mão para serem pegos no colo, nem olham para suas mães enquanto estão mamando.

Primeiros sinais de autismo em crianças até 2 anos:

  • pouco ou nenhum contato visual;
  • não responde quando a chamam pelo nome;
  • não segue com o olhar quando apontam para um objeto;
  • não aponta nem usa outros gestos para se comunicar, como dar tchau;
  • não fala nem balbucia;
  • não responde a um carinho;
  • não imita movimentos e expressões faciais;
  • não brinca com outras pessoas, inclusive crianças;
  • não consegue decifrar os sentimentos de outra pessoa e parece não se importar.

À medida que as crianças crescem, os sinais de autismo tornam-se mais diversos. Geralmente aparecem em prejuízos nas habilidades sociais, dificuldades na fala, linguagem, comunicação não verbal e comportamento inflexível.

Sinais de dificuldades sociais

  • aparente desinteresse por outras pessoas ou pelo que acontece ao seu redor;
  • inabilidade para fazer amizades;
  • não gosta de ser tocado;
  • não participa de brincadeiras de “faz-de-conta” ou em grupo;
  • tem dificuldade para entender e expressar sentimentos;
  • não parece ouvir quando os outros falam com ele;
  • não compartilha interesses com outras pessoas (desenhos, brinquedos).

Sinais de dificuldades de fala e na linguagem

  • fala em um tom de voz atípico ou com um ritmo estranho (por exemplo, termina cada frase como se estivesse fazendo uma pergunta);
  • repete as mesmas palavras ou frases, muitas vezes sem intenção comunicativa;
  • responde a uma pergunta repetindo-a, em vez de respondê-la;
  • usa a linguagem incorretamente (erros gramaticais, palavras erradas) ou refere-se a si mesmo na terceira pessoa;
  • tem dificuldade em comunicar necessidades ou desejos;
  • não entende instruções, declarações ou perguntas simples;
  • leva o que é dito muito literalmente (não entende ironia e sarcasmo)

Sinais de dificuldades de comunicação não verbal

  • evita contato visual;
  • usa expressões faciais que não correspondem ao que está dizendo;
  • não capta as expressões faciais, o tom de voz e os gestos das outras pessoas;
  • faz poucos gestos (como apontar);
  • reage de forma incomum a imagens, cheiros, texturas e sons. Pode ser sensível a ruídos altos.
  • pode não responder às pessoas que entram e saem do ambiente, bem como aos esforços de outras pessoas para atrair a sua atenção;
  • postura atípica, falta de jeito ou maneiras excêntricas de se mover (por exemplo, andar exclusivamente na ponta dos pés);

Sinais de inflexibilidade

  • segue uma rotina rígida (por exemplo, insiste em seguir um caminho específico para a escola);
  • tem dificuldade para se adaptar a quaisquer mudanças na programação ou ambiente (por exemplo, tem um acesso de raiva se a mobília for reorganizada ou se for dormir em um horário diferente do normal);
  • usa objetos como  brinquedos, como chaves, interruptores de luz ou elásticos;
  • interesse restrito, muitas vezes envolvendo números ou símbolos (por exemplo, memorizar e recitar fatos sobre mapas, horários de trens ou estatísticas esportivas);
  • passa longos períodos observando objetos em movimento, como um ventilador de teto, ou focando em uma parte específica de um objeto, como as rodas de um carrinho de brinquedo;
  • repete as mesmas ações ou movimentos indefinidamente, como agitar as mãos, balançar ou girar (conhecido como comportamento auto-estimulante, ainda que alguns pesquisadores e médicos acreditam que esses comportamentos podem acalmar crianças com autismo mais do que estimulá-las.

Se restou alguma dúvida sobre como identificar os primeiros sinais de autismo, deixe nos comentários.

Você também pode se interessar...

42 respostas em “Como identificar os primeiros sinais de autismo”

Olá estava lendo o artigo sobre o autismo, pois tenho um filho de dois anos e seis meses, e observando deu comportamento no dia a dia ,vejo que ele gosta de brincar com as mãos repetindo várias vezes ,passar a mão sobre os ossos dos dedos ,com as mãos fechadas, gosta de girar repetidamente, e fica irritado grita muito forte ,e outra hora ele é calmo , então tenho dúvidas quanto a seu comportamento, minha irmã já me perguntou se levei ele em neuro pediatra, mas por outro lado ele é muito inteligente, falar tudo,canta , é muito carinhoso ,e horas agitado então resolvi levá-lo ao médico esse mês de novembro ,pois quero tirar minha dúvida sobre seu comportamento antes que ele frenguente a escolinha. Abraço
Att : Simone Melo

Olá Simone,
Primeiramente obrigada pela confiança!
Nesses casos orientamos buscar um especialista pessoalmente para lhe dar melhores informações e orientação assertivas sobre o caso.
De qualquer forma,temos conteúdos no youtube.com/neurosabervideos e Artigos em nosso Blog: http://www.neurosaber.com.br/artigos que podem te ajudar em muitas questões.
Atenciosamente,
Equipe NeuroSaber

Olá muito esclarecedor parabéns o muito obrigado .tenho um bebê de um ano e nove meses , venho observando algumas coisas diferentes nele de outras crianças da idade dele tem hora que dá umas crises de birra se joga no chão do nada , não gosta de carinho dorme sozinho muito da vezes chamo ele dez vezes pra ele me olha não gosta de brincar com brinquedos .
Os brinquedos deles são minhas panelas e potes
Bate muito as portas dos armários 😔 na próxima consulta na pediatra dele já vou pedir o encaminhamento pra um outro profissional

Meu nome é Nayane tenho um filho de 2 anos e 4 meses ele é muito agressivo e fica beliscando as pessoas isso pode ser um grau de autismo

Olá,meu filho tem 2 anos e 9 meses,eu tbm identifico algumas coisas no meu mais também tenho muitas dúvidas principalmente porque acontece umas coisas estranhas ele tem uns surtos de como se fosse um pânico como se visse algo,
que passa alguns segundos e logo vai embora e volta tudo ao normal já levei ele num neuro ele me falou que era terror noturno mais como pode ser terror noturno se ele sente acordado ,mais ele é muito carinhoso adora brincar de fazer corsegas ama cantar.
Vou marcar com um outro neuro para ter uma segunda avalição pois estou muito preocupada pois esses sintomas acontecem des de bb.

Olá, você foi ao médico? Minha filha começou com essas crises com 2 anos. Agora mesmo acabou de ter uma por isso vim ler esse artigo. Já fui em neuro e monte de lugar e não achei essa resposta. Estou lutando faz 4 meses pra tender entender tudo isso

Bom dia, muito esclarecedor e nos orienta a ficar atentos a sinais aparentes.
Muito obrigada.
Obs.pesquisa por sobrinho com 3 anos pouco social e fala poucas palavras.

Oie, Maria em nossos portais temos conteúdos que podem explicar e te orientar sobre isso! Mas indicamos que você tenha um acompanhamento médico.

Maradja,
Equipe NeuroSaber 💙

O meu tem 2 anos.. Vai passar no ame de Carapicuíba no neurologista ele não fala nada nem Oi nem da tchau. As vezes Fica girando e girando super esperto liga TV porém assisti só o que quer sabe o que quer,bate na cabeça não se incomoda com som alto porém se o local for fechado e tiver com muita gente começa a ficar nervoso chora que sair do local, chamo ele o dia todo e ele não me olha não atende como se não tivesse ouvindo…. Os brinquedo sempre em ordem mesma direção sabe o caminho do parquinho mas tem que ir por um único locar e outras mania. Meu coração de mãe diz que ele tem algo porém a gente não quer nwh

Olá, Mônica

O diagnóstico e acompanhamento requerem avaliação interdisciplinar com o envolvimento de especialistas nas áreas de psicopedagogia, neuropsicologia e neuropediatria. Temos muitos conteúdos que podem te ajudar a entender melhor isso. Acesse youtube.com/neurosabervideos e também em nosso blog que podem te ajudar.

Webster ,
Equipe NeuroSaber 💙

Meu filho tem 1 e 10 mês ele não fala só fala mamãe papai e da Tetê tchau e fica muito chorando não dormi a noite a noite toda acordando e tem vezes que ela da tipo um crise de. Raiva se morde date a cabeça e fica chorando muito não tem nada que acalma quando ele ta assim tem medo de barulho de fogos de artifício e bateria e chora muito com ouvi partilho de fogos de artifício bombas mim responde ai por favor

Olá Daiane, tudo bem?

Sem avaliação não podemos dar uma orientação precisa sobre o caso. É importante buscar um especialista para lhe dar melhores informações e orientação para uma intervenção. De qualquer forma, temos conteúdos no youtube.com/neurosabervideos e também em nosso blog que podem te ajudar em muitas questões.

Sol,
Equipe NeuroSaber 💙

Oi boa noite meu Bebê tem 1.5 meses eu percebi que ele só que correr com as mãos pra trás e quando estar com raiva ele se joga no chão as vezes ele ficam mexendo com os cilios e quando pega algo ele avista bem o objetivo sim eu tenho medo de ele ser autista mas meu Coração dói só de pensa nisso 😔

Olá Kedima, tudo bem?

Sem avaliação não podemos dar uma orientação precisa sobre o caso. É importante buscar um especialista para lhe dar melhores informações e orientação para uma intervenção. De qualquer forma, temos conteúdos no youtube.com/neurosabervideos e também em nosso blog que podem te ajudar em muitas questões.

Sol,
Equipe NeuroSaber 💙

Boa tarde!
Meu neto tem 01 ano e sete meses, com carrinhos ele fica só rodando as rodinhas, fazendo esse movimento com os dedinhos. Quando está no tapete (tatame) com brinquedo, ele empurra para que o brinquedo saia do tatame, quando consegue colocar o brinquedo no piso fica batendo com a mãozinha para o brinquedo rodar, mesmo não sendo um brinquedo giratório. Não fala ainda, faz apenas um som repetitivo que significa a ele pedir a chupeta. Estou muito preocupada que seja sinais de autismo. Ele tb pega nossa mão quando quer algo, ou para pegar algo que caiu e ele não consegue pegar, coloca nossa mão em cima do que ele quer e fica quieto parado esperando, até mesmo para abrir uma porta, ele tb faz dessa forma, pega minha mão e coloca na porta e em seguida solta minha mão.

Olá Selma, tudo bem?

Primeiramente agradecemos pela confiança! Nesses casos orientamos buscar um especialista pessoalmente para lhe dar melhores informações e orientação assertivas sobre o caso. De qualquer forma, temos conteúdos no youtube.com/neurosabervideos e Artigos em nosso Blog: http://www.neurosaber.com.br/artigos que podem te ajudar em muitas questões.

Sol,
Equipe NeuroSaber 💙

Meu filho quando tinha dois anos tbm ficava girando a roda do carro, mais depois que ele foi crescendo ele não fez mais isso, hj ele tem 3 anos e 5 meses

Olá, ajudem uma mamãe aflita 🥺
Meu bebê tem 7 meses, com uns 5,6 meses mais ou menos ele começou ficar rodando os pés, semlre que ficava muito tenso, ansioso, sentado no carrinho, ou no colo de alguém, depois começou a querer fazer o mesmo com as mãos, e assim persiste, já procurei médico mas ele não me deixou as coisas claras, alguém me diz se é normal por favor 🙏🏼

Olá Daniele, tudo bem?

Sem avaliação não podemos dar uma orientação precisa sobre o caso. É importante buscar um especialista para lhe dar melhores informações e orientação para uma intervenção. De qualquer forma, temos conteúdos no youtube.com/neurosabervideos e também em nosso blog que podem te ajudar em muitas questões.

Sol,
Equipe NeuroSaber 💙

Conheci uma criança de quase 2 anos . Percebi alguns comportamento estranho nela . Muita agitada pra dormi , abre e fecha a boca repetindo frequentemente, tem a mania das pessoas pega ela no colo e ela leva a mão na nuca da pessoa e segura forte no cabelo e puxa ! Não anda totalmente na ponta do pé, mais anta tipo saltando nada absurdo! Morde as crianças que pega ela no colo . É o tempo todo abrindo os braços pra abraçar as crianças e até os adultos. Devesse fica atenta ?

Olá Verônica, tudo bem?

Sem avaliação não podemos dar uma orientação precisa sobre o caso. É importante buscar um especialista para lhe dar melhores informações e orientação para uma intervenção. De qualquer forma, temos conteúdos no youtube.com/neurosabervideos e também em nosso blog que podem te ajudar em muitas questões.

Sol,
Equipe NeuroSaber 💙

Bom dia tenho um bebê de 10meses estou preocupada pois ele fica fazendo movimentos com a cabeça quando vai expressar alegria ou insatisfação .
Mais já chama mãe e papai.
Da chau
Devo mim preocupar com esse comportamento.

Olá Edna, tudo bem?

Primeiramente agradecemos pela confiança! Nesses casos orientamos buscar um especialista pessoalmente para lhe dar melhores informações e orientação assertivas sobre o caso. De qualquer forma, temos conteúdos no youtube.com/neurosabervideos e Artigos em nosso Blog: http://www.neurosaber.com.br/artigos que podem te ajudar em muitas questões.

Sol,
Equipe NeuroSaber 💙

Meu filho tem 3 anos tem boa comunicação
Se adaptar com outras crianças única coisa que ele tem é movimentos repetitivos com as mão pés e agr faz uns barulhos com a boca
E tem uma memória incrível com número e letras e jogos de combinacao fui em 2 médicos e descartaram autismo mais os movimentos com a mão aumentaram!

Bom dia! Tenho um sobrinho de 1 ano e 10 meses. Ele não responde quando o chamam pelo nome, faz movimentos repetitivos com a mão, abre e fecha os dedos. Ainda não fala, emite gritos. Não atende a chamados e se irrita quando não é compreendido. Não faz contato visual, não interagindo com as pessoas. Gosta de caminhar e mexer em coisas que chamam sua atenção.
Como ajudá- lá? Devemos pensar na hipótese de altismo?

Bom dia lendo todas as características do autismo percebo que minha filha não se enquadra em nenhum exceto pelo atraso na fala. Ela fala porém fala pouco tem 2 anos e 6 meses ainda não frequenta a escola e tbm não sai muito de casa o contato direto que ela tem é comigo e com o pai porém existe pessoas (minoria) que insiste em dizer que ela tem autismo. E essas pessoas não tem contato direto com ela. Ja expliquei e sempre procuro aqui na internet algum sinal de alerta. Porém essas pessoas não entendem o que ela faz são birras que na idade dela é normal e as pessoas ja olham com olhar de que algo não está normal com ela pelo simples fato de comparar ela com outras crianças. Escgotada!

Olá Jailma, tudo bem?

Sabemos que não é fácil, mas como você disse somente um profissional da área poderá dar um diagnóstico. Estarei colocando o link das nossas redes abaixo, tenho certeza que encontrará muito conteúdo que irá te ajudar nessa linda jornada:

YouTube: https://youtube.com/neurosabervideos
Blog: https://institutoneurosaber.com.br/artigos/neurosaber/
Instagram:@neurosaberoficial
Facebook: Neurosaber

Sol,
Equipe NeuroSaber 💙

Olá Amanda, tudo bem?

Se o pai está tendo dificuldade em acreditar que seu filho possa ter autismo, pode ser útil abordar essa questão de maneira gentil e cuidadosa. Primeiro, é importante lembrar que o autismo é uma condição que afeta muitas crianças e que ter um filho com autismo não é culpa de ninguém.

Uma boa maneira de ajudar o pai a entender o autismo é fornecer informações precisas e confiáveis sobre a condição. Você pode compartilhar artigos ou recursos online que expliquem os sintomas e características comuns do autismo, como dificuldades na comunicação, na interação social e em habilidades sensoriais.

Outra estratégia útil pode ser sugerir que o pai observe mais de perto o comportamento do filho e veja se ele exibe alguns dos sintomas ou comportamentos comuns do autismo. É importante lembrar que o autismo é uma condição complexa e que cada criança é única, portanto, os sintomas podem variar de uma criança para outra.

Por fim, é importante lembrar que o diagnóstico precoce do autismo pode ser crucial para garantir que a criança receba o apoio e tratamento apropriados. Se o pai ainda tem dúvidas, pode ser útil sugerir que ele consulte um profissional de saúde qualificado, como um médico ou um psicólogo infantil, para uma avaliação mais detalhada do filho.

Vamos juntos! Um NeuroAbraço 💙 !!!!!

Bom dia!
Tive a suspeita do meu filho ser autista quando ele tinha 3 anos. Procurei profissionais que fizeram testes e disseram que ele não se enquadra no TEA, que era muito inteligente pra idade dele. Mas, até hoje tenho suspeitas. Hoje ele tem 6 anos.
Vocês apresentaram dificuldades em algumas áreas (social, fala e linguagem, comunicação não verbal, inflexibilidade). Uma criança autista tem de apresentar sintomas em todas elas ou pode só em algumas?
Vejo nele dificuldade na fala, é lenta e em forma de perguntas, e também corre de forma diferente, com o punho dobrado para dentro, fazendo um arco com o braço. Acho estranho.

O Transtorno do Espectro do Autismo (TEA) é uma condição neurológica complexa e diversificada, e os sintomas podem variar de pessoa para pessoa. Embora haja certos padrões de comportamento associados ao autismo, nem todas as pessoas apresentam os mesmos sintomas ou na mesma intensidade.

As áreas que você mencionou, como socialização, fala e linguagem, comunicação não verbal e inflexibilidade, são geralmente afetadas em indivíduos com autismo, mas cada pessoa pode exibir características diferentes. Algumas crianças podem ter dificuldades apenas em algumas dessas áreas, enquanto outras podem apresentar desafios em várias delas.

A fala lenta e em forma de perguntas pode ser um indicativo de dificuldades na linguagem expressiva ou pragmática, que são comuns em crianças autistas. No entanto, é importante considerar que várias outras condições e fatores podem contribuir para essas características, e apenas um profissional de saúde qualificado pode fazer um diagnóstico preciso.

Se você ainda suspeita que seu filho possa estar no espectro do autismo, é recomendável buscar uma segunda opinião de profissionais especializados em desenvolvimento infantil, como psicólogos ou neuropediatras. Eles poderão realizar uma avaliação mais abrangente, considerando várias áreas de desenvolvimento, histórico e comportamentos observados.

Lembre-se de que cada criança é única e pode ter seu próprio ritmo de desenvolvimento. Se você tiver preocupações, é importante buscar apoio profissional para avaliar e entender as necessidades específicas do seu filho.

Rebecca – Equipe NeuroSaber. 💙

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *