Voltar

Como lidar com as alterações de humor no TEA

É um mito que crianças com autismo têm poucas ou nenhuma emoção. Nada poderia estar mais longe da verdade. Crianças com autismo podem ter alterações de humor ou expressar suas emoções de maneiras diferentes, mas elas têm tantos sentimentos quanto qualquer outra pessoa.

Em alguns casos, crianças com autismo podem ser ainda mais emocionais do que alguns de seus colegas típicos. Eles podem ter problemas para expressar seus sentimentos e podem precisar de ajuda para expressá-los.

Para saber mais como lidar com as alterações de humor no TEA, continue lendo o artigo. 

As alterações de humor 

O autismo é um transtorno do desenvolvimento que envolve problemas de socialização, comunicação e comportamentos ritualísticos e repetitivos. 

Pessoas com autismo são mais propensas com alterações de humor do que indivíduos neurotípicos. Quando o autismo e a depressão ocorrem, é referido como distúrbios comórbidos .

Crianças com autismo, mesmo as com alto funcionamento, ficam extremamente frustradas ou com raiva, muitas vezes agem mal. Quando o fazem, podem se comportar de maneiras que surpreendem ou chocam as pessoas ao seu redor. Por exemplo, eles podem:

  • Desmoronar como uma criança muito mais nova, com lágrimas e gritos
  • Fugir de uma situação difícil, às vezes se colocando em perigo
  • Torne-se agressivo ou abusivo
  • Reaja exageradamente à situação e não consiga se acalmar
  • Ser incapaz de processar informações lógicas que, em outra situação, os ajudariam a se acalmar
  • Fique muito chateado para ouvir sugestões calmantes

1. Coloque a segurança em primeiro lugar 

Tente segurar fisicamente a criança com suavidade, a menos que ele seja um daqueles jovens que não gostam de tocar. 

Cada criança reage às mudanças de humor de maneira diferente. Alguns vão gostar de ser abraçados, outros vão querer ser deixados sozinhos.

2. Não se trata de você

Por mais difícil que seja no calor do momento, não leve para o lado pessoal os sentimentos fortes da criança. 

Declarações como “Eu te odeio” não são na verdade uma declaração pessoal. O que a criança está realmente dizendo é “Odeio perder o controle das minhas emoções”.

3. Use a distração 

Assim que perceber que a criança está exibindo sinais de que seu humor está para piorar, tente distraí-la. 

Para ser eficaz, a distração deve ser do interesse dele, como por exemplo, sugerir “vamos dar um passeio” ou “vamos jogar algo”. 

4. Perceba a mudança de humor em sua fase inicial 

Diminua o processo dizendo: “OK, precisamos de um minuto para pensar sobre isso.”

Se você sente que ele está se preparando para uma alteração severa de humor, você pode desacelerar as coisas dando algum feedback como por exemplo: “Vejo que você está começando a ficar chateado. Podemos conversar sobre isso primeiro?”. 

5. Finja que você é um espelho

Reflita o estado emocional da criança. 

Você poderia dizer algo como: “Vejo como você está aborrecido. Pode me dizer o que o fez se sentir assim?” 

A criança provavelmente nunca saberá “porque” fica chateado. E se você perguntar, ele provavelmente dirá: “Eu não sei!!”.

Crianças com autismo quando são orientadas para o gerenciamento responsável da emoção têm mais probabilidade de compreender e gerenciar mudanças de humor imprevisíveis de maneira direta e não agressiva e de evitar o estresse que muitas vezes as acompanha. 

Você pode superar alguns obstáculos na compreensão e no gerenciamento de graves oscilações de humor, adotando algumas das técnicas parentais listadas acima.

Caso você tenha mais alguma dúvida sobre o assunto, pode deixar nos comentários.

E para você entender mais sobre o autismo, veja esse vídeo com o Dr. Clay:

Referências 

Middletown Center for Autism. How to Handle Mood Swings. Disponível em <https://teenage-resource.middletownautism.com/teenage-issues-and-strategies/relationships-and-sexuality/relationships/how-to-handle-mood-swings/> Acesso em 13 out 2021. 

Você também pode se interessar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *