Voltar

Como realizar a inclusão de alunos com dificuldade de aprendizagem?

Quem acompanha nossos artigos já deve ter percebido que sempre trazemos assuntos relevantes acerca do desenvolvimento de crianças e adolescentes frente aos desafios escolares. Diante dessa missão que temos (de informar pais, mães, profissionais, especialistas e demais interessados), vemos a necessidade de explicar aos nossos leitores como se dá a inclusão escolar de alunos com dificuldade de aprendizagem.
Antes de falar mais sobre isso, é importante relembrar algumas constatações feitas por pesquisadores. Uma delas, por exemplo, é que haja uma estimativa de que a incidência entre os estudantes brasileiros, convivendo com dificuldade de aprendizagem, varie em torno dos 50%.
Infelizmente, não é surpresa para ninguém o fato dessa taxa ser motivo de muita preocupação, não apenas para os pais e os profissionais ligados à educação, mas também aos próprios estudantes. Sendo assim, vamos mostrar como e o que fazer para proporcionar a inclusão escolar desse público.

Presença de professor auxiliar

É importante frisar a presença de um profissional que esteja apto a fornecer ajuda ao aluno que tende a necessitar do auxílio pedagógico. Embora a criança seja matriculada e regular na turma, a contribuição de um professor que se dedique a acompanhar o pequeno é essencial.
Imaginemos a seguinte situação: eis que um estudante com dificuldade de aprendizagem chegue a uma sala de aula. O restante da classe consegue desempenhar suas funções de maneira autônoma, ou seja, sem que o educador interfira na realização dos exercícios. No caso do aluno que acabara de chegar, a presença de um auxiliar só tende a impulsionar o seu aprendizado.
Vale ressaltar a importância de tanto o professor titular quanto o que auxilia anotarem todos os deveres que contaram com a ajuda e como se deu tal contribuição. Essa anotação é fundamental para que as técnicas adotadas sejam discutidas junto com a coordenação escolar e os pais do pequeno. Tomar nota dos resultados obtidos também é interessante.

Intervenções pedagógicas pontuais

Dentro das dicas para promover a inclusão de alunos com dificuldade de aprendizagem, nós podemos sugerir também as intervenções pedagógicas pontuais. Essa situação funciona sempre que o aluno precisar de auxílio para fazer as atividades. Na verdade, esta etapa é como complemento da fase anterior. Elas se integram no momento em que a criança ou o adolescente está sob a supervisão de um tutor dentro da sala de aula.
É importante que haja esse acompanhamento para providenciar as maneiras mais eficazes de auxiliar o aluno e capacitá-lo ao aprendizado de forma eficiente. Além disso, as anotações mais uma vez se fazem necessárias para ajudar os profissionais a observarem as etapas estabelecidas e os progressos adquiridos.
Monitoria
Diferente do professor auxiliar, a monitoria pode ser realizada em momentos extraclasse, por exemplo: em horários que não coincidam com o horário das aulas. Os monitores podem ajudar o aluno com dificuldade de aprendizagem em questões mais pontuais, especialmente as que foram relatadas pelo próprio estudante ou pelos professores. É uma medida que visa a contribuir muito para o desenvolvimento da criança ou do jovem; e vale muito a pena pensar em tal hipótese.
Reunião entre os pais e a equipe pedagógica
Esse encontro é fundamental para possibilitar a inclusão de alunos com dificuldade de aprendizagem a partir do momento em que os professores, a coordenação pedagógica e os pais da criança participam de uma reunião.
O objetivo é estabelecer uma conversa onde os aspectos da vida familiar do pequeno ou do adolescente vão ser considerados. Há que se ressaltar a seguinte constatação: problemas ocorridos dentro ambiente doméstico tendem a influenciar consideravelmente o desempenho escolar do aluno. Por isso esse encontro é importante.
 

Você também pode se interessar...

3 respostas em “Como realizar a inclusão de alunos com dificuldade de aprendizagem?”

Gostei muito desses artigos falando tirando dúvidas e importante pq nós que temos filhos especiais seja qual for a deficiência e muito bom encontrar ajudar e conhecimentos pra ajudar. Obg

Olá Rosicleide ,
Acesse nossos canais, temos muitas informações importantes lá que podem ter respostas a todas as suas dúvidas. Vale a pena conferir!!!
YouTube Neurosaber: https://www.youtube.com/neurosabervideos
Facebook Neurosaber: https://www.facebook.com/neurosaber
Instagram Neurosaber: https://www.instagram.com/neurosaberoficial
Blog Neurosaber: https://neurosaber.com.br/artigos
Facebook Entendendo Autismo: https://www.facebook.com/entendendoautismo
Instagram Entendendo Autismo: https://www.instagram.com/entendendoautismo
Blog Entendendo Autismo: http://entendendoautismo.com.br/artigos

Foi muito útil,este conteúdo,sou professora de reforço particular e estou no momento com um aluno que foi encaminhado para sétima serie, é não esta alfabetizado,é nem reforço está tendo em sala de aula.Tudo indica que ele é um aluno de inclusão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *