Voltar

Como trabalhar a aprendizagem da escrita na Educação Infantil?

Trabalhar a aprendizagem da escrita na educação infantil nada mais é do que inserir a criança nessa forma de linguagem. Saiba mais, neste artigo.

As crianças pequenas estão inseridas no mundo da linguagem desde que nascem. Em suas experiências cotidianas descobrem que a escrita faz parte de seu contexto e, gradualmente, compreendem sua funcionalidade.

Ensinar boas práticas de escrita para as crianças faz parte do processo de alfabetização. No entanto, na Educação Infantil, isso significa inseri-las no mundo da linguagem escrita, proporcionando vivências e experiências que possibilitem o contato com a leitura e a escrita.

É importante saber que não se trata de colocá-las para fazer atividades que não fazem sentido para elas, mas sim propiciar momentos de leitura e incentivar a escrita de forma significativa, como escrever seu nome em seus desenhos, ajudar a professora a escrever um bilhete para seus pais, dentre outras práticas. Entenda melhor.

Como praticar a escrita na educação infantil

Segundo a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), as crianças manifestam curiosidade em relação à escrita desde muito pequenas. Ouvir a leitura de histórias, observar textos, palavras e letras ao seu redor, faz com que ela construa uma concepção da língua escrita.

Dessa forma, praticar a escrita na Educação Infantil significa imergir a criança na cultura escrita, deixar brotar sua curiosidade e proporcionar experiências com a literatura infantil. O professor, como mediador entre o texto e a criança, ajuda o aluno a desenvolver o gosto pela leitura enquanto estimula sua imaginação e amplia seu conhecimento de mundo.

A partir desse contato, as crianças constroem hipóteses sobre a escrita. Inicialmente, surgem rabiscos e garatujas em seus desenhos, em forma de escrita espontânea. 

Por isso, é importante oferecer às crianças oportunidades de vivenciar a escrita em leituras e atividades onde o professor pode pedir ajuda para os alunos para anotar uma receita feita pela turma, escrever um bilhete para os pais, dentre outras.

Da mesma forma, conversar com os alunos sobre as histórias que leram juntos, pedir para que eles expressem o que sentiram, o que lembram da história, também são ações importantes para a aprendizagem da escrita. Isso porque compreender o contexto, elaborar seus pensamentos e expressá-los em palavras, são habilidades importantes na alfabetização.

Como desenvolver boas práticas de escrita nas crianças

Alfabetizar significa muito mais do que compreender os signos e símbolos da língua escrita, mas aborda todo o processo de contato com situações de leitura e de escrita. Diante disso, o processo de alfabetização se inicia na Educação Infantil na medida em que oferecemos às crianças a oportunidade de ter experiências que envolvam o universo da escrita e da leitura.

Aprender a ler e escrever é importante para conhecer o mundo que as cerca e interagir com ele. Não se espera que, na Educação Infantil, a criança compreenda a relação entre fonemas e grafemas, mas que possa escutar histórias e elaborar narrativas a partir de uma leitura feita pela professora ou por ela mesma com um livro de imagens, por exemplo.

Assim, as crianças formulam hipóteses à medida que criam histórias e inventam sentidos, tornando-se protagonistas do seu processo de aprendizagem da linguagem escrita. Na Educação Infantil o foco não é desenvolver competências para a escrita somente, mas oferecer à criança o contato com textos, envolvendo-a no mundo da linguagem escrita.

Tudo isso, tendo em vista a importância do lúdico nessa fase. Dessa forma, trabalhar a escrita na educação infantil não significa exclusivamente alfabetizar, mas proporcionar às crianças o contato com a escrita através de leitura, contação de história e a vivência de práticas de leitura e escrita.

Dessa forma, elas poderão desenvolver a percepção entre o falar e o escrever, o que é importante para que consigam compreender o contexto do que leem, quando forem alfabetizadas. 

Alfabetização e letramento

Sabemos que alfabetização e letramento caminham juntos, por isso praticar a leitura de textos, contação de histórias e toda experiência semelhante na Educação Infantil é tão importante. 

A criança vivencia a escrita desde pequena, ao ver seus pais escrevendo um bilhete, lendo um livro ou lhe contando uma história, e começa a perceber o uso social da escrita, isso é letramento. 

Dessa forma, sua curiosidade é desperta pelas letras e pelos símbolos que vê, o que é fundamental para a alfabetização. Na Educação Infantil, devemos explorar essa curiosidade, de forma que letramento e alfabetização caminhem juntos.

Se restou alguma dúvida, deixe nos comentários.

Referências:

CARVALHO, Andréa Pinheiro Tomaz. Um olhar sobre a criança e seu direito ao acesso à linguagem escrita na educação infantil. Disponível em: https://rbeducacaobasica.com.br/um-olhar-sobre-a-crianca-e-seu-direito-ao-acesso-a-linguagem-escrita-na-educacao-infantil/

BAPTISTA, Mônica Correia. Apropriação da linguagem escrita na Educação Infantil. Disponível em: http://www.ceale.fae.ufmg.br/app/webroot/glossarioceale/verbetes/apropriacao-da-linguagem-escrita-na-educacao-infantil

Você também pode se interessar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *