Voltar

Crianças com TDAH podem apresentar traços autistas

Seu filho foi diagnosticado com Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) e apresenta algum traço de autismo? Sabia que isso pode acontecer? Entenda que tal condição é bastante possível. O importante é saber identificar quando esses casos ocorrem para providenciar uma intervenção que seja eficaz para a diminuição de determinados comportamentos.

Casos de TDAH com autismo são novidades na comunidade médica?

Não. Embora as pautas acerca desses temas ainda estejam em evolução, muitas pesquisas foram feitas ao longo das últimas décadas do século 21. A partir dos anos 2000, os estudos ganharam maior respaldo de cientistas que investigam o neurodesenvolvimento e assuntos semelhantes.

O que a ciência diz?

A relação TDAH-Autismo já foi catalogada pelos especialistas. Existem tratamentos que reduzem bastante os tiques e outras repetições comportamentais. No entanto, não estamos falando aqui de uma pessoa que tenha o Transtorno do Espectro Autista (TEA) pleno e o TDAH, mas apenas alguns traços. Explicaremos o porquê:

 

– Quando uma criança com TDAH apresenta somente traços autistas (e não o autismo como um todo) e é devidamente medicada, além de submetida a terapias de cognição e comportamento, ela tem chances reais de perder boa parte das estereotipias ao longo do tempo.

– Por outro lado, se o pequeno for diagnosticado com TEA (Transtorno do Espectro Autista) essa melhora não ocorre. É importante que os pais estejam cientes disso: discernir os traços (pequenas características) da síndrome plena. Vale lembrar que a intervenção é ideal para todos os casos e apenas os médicos podem oferecê-la.

 

O que mais as pesquisas revelam?

Um levantamento divulgado no 26º Congresso Europeu de Neuropsicofarmacologia mostrou o seguinte:

– aumento no número de crianças com TDAH e que apresentavam traços de autismo (em comparação aos pacientes sem o transtorno de déficit de atenção, mas apenas o TEA);

– a pesquisa apontou que o conjunto de pacientes com características de autismo e TEA, simultaneamente, tende a manifestar maior déficit neuropsicológico, psicopatológico, interpessoal e desregulação emocional;

– Uma em cada cinco crianças, com TDAH, tem características que são relativamente comuns em pessoas com autismo;

– Pacientes com TDAH e traços autistas são mais propensos a se envolver em brigas, além de serem rejeitas por seus pares;

– Enquanto alunos, os pequenos que convivem com essas características têm maior possibilidade de ter problemas na escola;

 

Existe alguma herança genética?

Muitas pesquisas sugerem que a relação entre os traços de autismo e o TDAH pode ser resultado de uma ligação genética.

 

Quais são os principais traços de autismo (dentro do TDAH)?

Geralmente, as características mais comuns são aqueles que influenciam na interação social da criança; além disso, as repetições e as estereotipias são bastante perceptíveis. Contudo, é arriscado generalizá-los, uma vez que uma pessoa pode manifestar sinais diferentes de outra.

 

O que fazer?

Procurar auxílio médico especializado, pois só os profissionais da área são habilitados para analisar os casos e apresentarem as intervenções necessárias para o tratamento de seu filho.

 

 

Você também pode se interessar...

10 respostas em “Crianças com TDAH podem apresentar traços autistas”

Meu filho foi diagnostica com tdah aos 6anos ,só que leva tudo ao pé da letra e as vezes tem um comportamento exagerado e rígido em certas ocasiões,a professora dele no ano passado questionou se seria apenas tdah por que ele era diferente dos outros tdah,nesse ano aos 8 anos passei em outro psiquiatra que me informou que poderia ser tea (autismo)mas que deveria passar por toda uma avaliação novamente com a neuropsicologa ,sempre acreditei que havia algo mais ,só que o pessoal do caps sempre me dizia que era coisa da minha cabeça…sempre confie em seu instinto de mãe !!!

O meu filho foi diagnosticado com tdha só que já tem dois anos que faço tratamento com o neurologista e a psicóloga é não tenho visto melhoras pelo contrário parece que está regredindo. Ele tem 11 anos e visivelmente vc percebe que ele é muito infantil. Não sei mais o que fazer.

Tenho gêmeos com diagnóstico de autismo eles têm 4 anos sou sozinha pra tudo e um pouco sem paciência o q poderia fazer pra ajudar eles melhor

Meu filho tem 2 anos não gosta de beijo e braço e inquieto agressivo só brinca com outras crianças se eu participar da brincadeira ele pode ser autista ? ele usa muito a imaginação exemplo pega a iciclele ele sabe q é uma bicicleta mas faz de conta q é um cavalo

Olá Viviane,
Primeiramente obrigada pela confiança!
Nesses casos orientamos buscar um especialista pessoalmente para lhe dar melhores informações e orientação assertivas sobre o caso.
De qualquer forma,temos conteúdos no youtube.com/neurosabervideos e Artigos em nosso Blog: http://www.neurosaber.com.br/artigos que podem te ajudar em muitas questões.
Atenciosamente,
Equipe NeuroSaber

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *