Voltar

Crianças com TDAH podem ter outros transtornos associados?

Crianças com Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade — TDAH — apresentam comprometimentos funcionais na vida acadêmica e social e também estão propensas a comorbidades psiquiátricas. 
É muito comum que o TDAH esteja associado a outros distúrbios. Crianças com TDAH podem apresentar transtornos de conduta, de aprendizagem, depressão e ansiedade. 
A comorbidade apresenta desafios extras para a criança, pais, educadores e profissionais, pois altera o prognóstico e as formas de tratamento. Dessa forma, é muito importante analisar se existem outros distúrbios em crianças com TDAH. 
Conheça os transtornos mais comuns que podem estar associados ao TDAH.

Transtornos no TDAH

Os transtornos mais comuns observados em crianças e jovens com TDAH são os transtornos disruptivos — Transtorno Opositivo Desafiador e Transtorno de Conduta — Transtornos de Aprendizagem, Ansiedade e Depressão. Entenda melhor cada um deles.

Transtorno Opositivo Desafiador

O comportamento desafiador só se torna um problema quando ele é persistente. O que quero dizer é que, em algum momento, toda criança vai resistir, fazer uma birra ou ser agressiva. Somente quando esse comportamento persiste, a ponto de atrapalhar as relações da criança em casa e na escola é que se deve investigar mais a fundo. 
O TOD — Transtorno Opositivo Desafiador — é um dos distúrbios mais comuns em crianças com TDAH. Geralmente, os sintomas aparecem antes dos 8 anos, mas podem surgir só na adolescência. As crianças com TOD desafiam os familiares ou pessoas próximas, sendo que esses comportamentos ocorrem com mais frequência do que em outras crianças da mesma idade.
Comportamentos típicos do TOD:

  • perder a paciência com facilidade;
  • discutir com adultos ou recusar-se a cumprir as regras;
  • ficar com raiva, ressentir-se ou querer brigar com alguém sem motivo aparente;
  • se irritar facilmente com os outros;
  • culpar outras pessoas por seus próprios erros ou mau comportamento.

Transtorno de conduta

O Transtorno de Conduta pode se manifestar como um padrão comportamental de agressão e violações graves de regras e normas sociais em casa, na escola ou em outros ambientes. As crianças também têm mais probabilidade de se machucar e ter dificuldades em se relacionar com os colegas. A presença do TDAH aumenta as chances do surgimento do transtorno de conduta nas crianças.  
Comportamentos observados em crianças com Transtorno de Conduta:

  • quebrar regras importantes;
  • ser agressivo de maneira a causar danos às outras crianças, praticar bullying, brigar ou ser cruel com os animais;
  • mentir e roubar ou danificar objetos de outras pessoas de propósito.

Transtorno de Aprendizagem

Muitas crianças com TDAH manifestam algum Transtorno de Aprendizagem. Vale ressaltar que, além dos sintomas do TDAH, como dificuldades em prestar atenção, permanecer na tarefa ou ser organizado, ele pode impedir a criança de ir bem na escola.
A criança com Transtorno de Aprendizagem tem uma clara dificuldade em uma ou mais áreas do conhecimento, mesmo quando a sua inteligência não é afetada. 
Os Transtornos de Aprendizagem são:

  • Dislexia — dificuldade na leitura.
  • Discalculia — dificuldade em matemática.
  • Disgrafia — dificuldade na escrita.

A combinação de problemas causados ​​pelo TDAH em comorbidade com esses transtornos, pode tornar ainda mais difícil as tarefas na escola. Por isso, o diagnóstico adequado é importante para saber qual a melhor forma de ajudar a criança.

Ansiedade

As crianças têm medos e preocupações, mas quando experimentam esses sentimentos com tamanha intensidade a ponto de interferir na escola, em casa ou em atividades lúdicas, pode se tratar de Transtorno de Ansiedade. Crianças com TDAH são mais propensas a desenvolvê-lo.
Os Transtornos de Ansiedade são:

  • Ansiedade de separação — sentem muito medo quando estão longe da família.
  • Ansiedade social — sentem muito medo da escola e de outros lugares onde encontram pessoas.
  • Ansiedade geral — ficam muito preocupados com o futuro e com as coisas ruins que podem acontecer.

Depressão

Ficar triste faz parte da vida de todas as crianças, em algum momento ou outro, mas quando a tristeza é persistente, pode ser sintoma de depressão. Crianças com TDAH são mais propensas a desenvolver depressão infantil. 
Comportamentos frequentes em crianças deprimidas:

  • sentir-se triste ou sem esperança a maior parte do tempo;
  • não querer fazer coisas divertidas;
  • ter dificuldade em focar;
  • sentir-se inútil.

As crianças com TDAH costumam ter dificuldade em se concentrar em atividades que não são interessantes para elas. No entanto, a depressão dificulta o foco em coisas que normalmente são divertidas. 
Mudanças nos hábitos alimentares e no sono também podem ser sinais de depressão, mas também podem ser efeitos colaterais de medicamentos.

Tratamento dos transtornos no TDAH

Seja qual for o transtorno associado ao TDAH, é muito importante que o tratamento se inicie precocemente, sendo que o mais adequado será aquele que melhor atender às necessidades da criança e da família.
O diagnóstico é feito por um médico especialista e o tratamento é multidisciplinar com psicólogo, psicopedagogos e, se preciso, um acompanhante na escola.
Portanto, se perceber alguns desses sinais na criança com TDAH, procure um especialista para avaliar se existem outros transtornos em comorbidade. 
Este artigo foi útil para você? Compartilhe nas suas redes e ajude outros profissionais a entenderem melhor sobre os transtornos no TDAH.
 
Referencias:
SOUZA, Isabella; SERRA, Maria Antônia; MATTOS, Paulo  and  FRANCO, Vanessa Ayrão. Comorbidade em crianças e adolescentes com transtorno do déficit de atenção: resultados preliminares. Arq. Neuro-Psiquiatr. [online]. 2001, vol.59, n.2B [cited  2020-04-28], pp.401-406. 
POSSA, Marianne de Aguiar; SPANEMBERG, Lucas  and  GUARDIOLA, Ana. Comorbidades do transtorno de déficit de atenção e hiperatividade em crianças escolares. Arq. Neuro-Psiquiatr. [online]. 2005, vol.63, n.2b [cited  2020-04-28], pp.479-483.

Você também pode se interessar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *