Voltar

Dicas práticas para trabalhar a alfabetização infantil em sala de aula

Trabalhar a alfabetização infantil promove uma sólida formação e ajuda as crianças a se tornarem bons leitores.

A alfabetização formal costuma ser iniciada no primeiro ano do ensino fundamental, mas é possível iniciar o processo na educação infantil, estimulando o interesse das crianças pelo mundo das letras.

Os professores podem realizar atividades em sala de aula, na educação infantil, que ajudam as crianças em seu processo de alfabetização. Pensando nisso, escrevemos este artigo com dicas práticas para trabalhar a alfabetização infantil em sala de aula. Confira!

Como trabalhar a alfabetização infantil

Convide o seu aluno a falar com perguntas envolventes

A linguagem oral é um componente chave da alfabetização infantil. Comece o ano letivo com rodas de conversa onde você possa fazer perguntas aos seus alunos, como suas preferências, o que gostam de fazer, etc. 

Além de promover a socialização, você os estimula a desenvolver o raciocínio e a elaborar suas falas. 

Inclua na rotina um tempo para contar histórias

A contação de histórias, sejam verdadeiras ou fictícias, envolve os alunos da educação infantil. Você pode estimulá-los também a contar suas próprias histórias, promovendo o desenvolvimento da linguagem, a compreensão da leitura e a escrita narrativa. 

Planeje leituras interativas em voz alta

Planeje a leitura em voz alta, os comentários e perguntas com antecedência. Assim, você ajuda seus alunos a obterem o máximo dessa experiência. Vale a pena ler alguns livros mais de uma vez para as crianças, pois leituras repetidas em voz alta ajudam a aumentar o vocabulário, orienta as crianças para uma compreensão mais profunda e estrutura o conteúdo.

Promova a interação dos alunos com os livros

É muito importante que as crianças possam interagir com os livros antes de aprender a ler. Crie um cantinho da leitura na sala de aula, com livros, revistas, jornais e almofadas, de forma que fique aconchegante e incentive as crianças a visitarem o espaço pelo menos uma vez ao dia.

Ensine novas palavras 

Fazer uma pausa para dar uma definição rápida e adequada para as crianças de uma palavra no contexto em que é pronunciada, é uma das melhores maneiras de ensinar novas palavras. 

Faça atividades com rimas e aliteração

Os professores da educação infantil costumam fazer atividades de rima e aliteração, pois elas são muito divertidas e importantes! A instrução da consciência fonológica tem como foco a segmentação, a combinação e a manipulação dos sons das palavras e é fundamental para a alfabetização.

Explore os nomes dos alunos

As crianças se interessam por aprender as letras dos seus próprios nomes, especialmente a primeira, assim como a dos colegas. Explore isso e, sempre que possível, crie fichas com os nomes dos alunos para colocar na cadeira, no lugar de guardar o material, etc.

Ofereça oportunidades onde as crianças possam identificar os nomes, ajudando os colegas a se sentar ou a guardar os objetos no local certo, por exemplo.

Envolva os alunos em todo processo de escrita

Mostre aos alunos o objetivo final da escrita — compartilhar seus pensamentos com outras pessoas. Para isso, peça a eles ajuda para escrever bilhetes para os pais, escrever cartazes na sala de aula, cartas para os colegas em aniversário, etc.

Incentive a ortografia inventada

As tentativas das crianças de soletrar palavras são essenciais para o conhecimento do som das letras. A ortografia inventada é uma oportunidade de decompor palavras em sons e reconstruí-las no papel. Além disso, ajuda as crianças a compartilhar suas ideias por escrito, mesmo que inicialmente sejam rabiscos, sem depender de um adulto para escrever.

Apoie o crescimento socioemocional dos alunos

A auto regulação, a auto-estima e a capacidade de lidar com a frustração e ansiedade influenciam a capacidade dos alunos de desenvolver suas habilidades de alfabetização. Apoie o desenvolvimento das habilidades socioemocionais de seus alunos sempre que tiver oportunidade.

Crie placas e cartazes para colocar na escola

Além da sala de aula, é importante que as crianças possam ter experiências com as letras em todo o ambiente escolar. Uma dica é reunir seus alunos em grupos para criar placas divertidas de sinalização, cartazes comemorativos, etc, que possam ser colocados nos corredores e no pátio da escola.

Junte-se aos professores especializados

A alfabetização infantil beneficia o aprendizado das crianças em geral. Os professores de música podem ajudar ensinando as músicas que são usadas ​​em sala de aula. Já os professores de arte podem ensinar os alunos a desenhar, o que os ajuda a desenvolver a escrita.

O mais importante para trabalhar a alfabetização infantil é inserir essas práticas no dia-a-dia em sala de aula de forma lúdica e prazerosa. Dessa forma, as crianças entendem que a leitura e a escrita fazem parte do cotidiano e têm uma função social.

Se restou alguma dúvida ou se você tem mais dicas, deixe nos comentários!

Referências:

DOS SANTOS, Giselle Mendes. O Processo de Alfabetização na Educação Infantil: Percursos de uma Professora-Pesquisadora. http://www.ffp.uerj.br/arquivos/dedu/monografias/GMS.2.2010.pdf

GONTIJO, Arlete Abade de Melo. ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO NA EDUCAÇÃO INFANTIL. http://www.fanap.br/Repositorio/159.pdf

Você também pode se interessar...

5 respostas em “Dicas práticas para trabalhar a alfabetização infantil em sala de aula”

Qualquer experiência que nós Professores possamos ter tanto com alunos quanto com outros Professores é importante, ajuda a desenvolvermos habilidades que beneficiam alunos em sala de aula e nos torna mais aptos no nosso fazer pedagógico.

Os conhecimentos adquiridos, experiências trocadas, são importantes para o crescimento das habilidades docentes. Que sejamos enriquecidos cada vez mais para ajudar nossos alunos o seu desenvolvimento cognitivo e intelectual.

Eu trabalho com crianças de 1º ano e 2º ano. Na minha sala de aula tenho o cantinho da leitura, todos os dias faço uma leitura deleite para incentivar a leitura. Desafios com rimas dos nomes das crianças, depois que elas já gravaram as rimas, troco por nomes de animais, nomes de frutas, utilizo também aliteração.
Minha gratidão por todas as dicas e práticas que o pessoal tem nos proporcionado.

É muito gratificante quando fazemos Contação de Histórias e as nossas crianças pequenininhas ficam prestando atenção a cada gesto, expressão e dizeres, mais gostoso ainda quando elas contam a versão delas é maravilhoso e aqui é prova real com a riqueza de encantar com essas dicas riquíssimas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *