Voltar

Estratégias para aumentar a autonomia da criança com autismo

Estimular a autonomia no autismo é muito importante para que as crianças com TEA desenvolvam habilidades para realizar atividades diárias. 

Escrevemos este artigo a partir de uma lista criada por um membro da Autism Speaks com informações sobre como ajudar as crianças com autismo a aumentar a autonomia em casa, na escola e nos ambientes que frequenta.

Quanto antes estimularmos o desenvolvimento dessas habilidades, mais ajudamos as crianças com TEA a adquirir as ferramentas necessárias para que possam ser mais independentes ao longo da vida. Confira!

Estratégias para desenvolver a autonomia no autismo

Fortalecer a Comunicação

Se a criança com autismo tem dificuldades com a fala, um passo importante para aumentar a autonomia é fortalecer sua capacidade de comunicação, desenvolvendo habilidades e fornecendo ferramentas para ajudá-la a expressar preferências, desejos e sentimentos. 

Forneça uma programação visual

Fornecer uma programação visual para a criança com autismo ajuda na transição de uma atividade para outra. Reveja cada item da programação com ela e, em seguida, lembre-a de verificar a programação antes de cada transição. 

Com o tempo, ela será capaz de completar as tarefas com mais independência, ser capaz de tomar decisões e buscar as atividades que lhe interessam. 

Desenvolver habilidades de autocuidado

Escovar os dentes, pentear o cabelo e outras atividades da vida diária (AVDs) são habilidades importantes para a vida devemos estimulá-las o mais cedo possível. Inclua essas tarefas na programação visual para que a criança se acostume a entendê-las como parte da sua rotina diária.

Ensine a criança a pedir uma pausa

Ensine a criança com autismo a desenvolver uma maneira de pedir uma pausa, entendendo em que ambiente ela costuma ir quando se sente sobrecarregada. Uma dica é oferecer fones de ouvido, nesse ambiente, para ajudar a regular a entrada sensorial. Embora possa parecer algo simples, saber como pedir uma pausa ajuda a criança a recuperar o controle sobre si mesma e sobre o ambiente.

Estimule a participação em tarefas domésticas

Estimular as crianças a participarem das tarefas domésticas ensina a desenvolver responsabilidade. O envolvimento nas rotinas familiares e a estimulação dessas habilidades são importantes para aumentar a autonomia no autismo.

Se a criança tiver dificuldade para entender como completar uma tarefa inteira, considere o uso de uma análise de tarefa — um método que envolve a divisão de grandes tarefas em etapas menores. Modele as etapas e forneça as instruções adequadas. 

Pratique habilidades financeiras

Aprender a usar o dinheiro é uma habilidade muito importante que ajuda a criança com autismo a se tornar independente. Não importa quais habilidades ela já tenha desenvolvido, existem muitas maneiras de começar a aprender habilidades financeiras. 

Na escola, adicione habilidades financeiras no planejamento pedagógico. Em outros ambientes, como em uma loja ou supermercado, peça à criança para entregar o dinheiro ao caixa. Passo a passo, ensine cada parte desse processo para que a criança com autismo comece a usar essas habilidades em diferentes ambientes.

Ensine habilidades de segurança

A segurança é uma grande preocupação para muitas famílias, especialmente à medida que as crianças se tornam mais independentes. Ensinar e praticar a andar nas ruas, por exemplo, inclui ensinar a identificar sinais de pedestres, de trânsito e outros marcadores de segurança importantes. 

Quando ela for capaz de se locomover sozinha, mesmo pequenas distâncias, faça um cartão de identificação com seu nome, uma breve explicação de seu diagnóstico e um telefone de contato.

Estimule habilidades de lazer

Ser capaz de se envolver em atividades de lazer e recreação de forma independente é muito útil para a criança com autismo. Muitas têm interesses especiais em um ou dois assuntos; introduzir esses interesses em atividades recreativas adequadas à idade pode ser muito eficaz. 

Se possível, estimule a participação da criança com autismo em esportes coletivos, aulas de natação, artes marciais, grupos de música, dentre outras atividades em grupo. 

Ensine autocuidado durante a adolescência

A entrada na adolescência e o início da puberdade trazem muitas mudanças para o adolescente com autismo. Este é um momento importante para introduzir muitas habilidades de higiene e autocuidado. 

Ajudar os adolescentes a adquirir o hábito de cuidar de si mesmos os preparará para a vida e permitirá que se tornem mais independentes ao se aproximarem da idade adulta. Recursos visuais podem ser úteis para ajudar na rotina de higiene pessoal. 

Faça uma lista de verificação de atividades para ajudar a criança com autismo a controlar o que precisa fazer e coloque no banheiro. Inclua itens como banho, lavar o rosto, passar desodorante e escovar o cabelo. Para ajudar na organização, monte um “kit” de higiene pessoal com tudo o que a criança precisa em um só lugar.

Trabalhar habilidades vocacionais

A partir dos 14 anos, algumas habilidades vocacionais já podem e devem ser incluídas no plano pedagógico do aluno com autismo. Faça uma lista dos seus pontos fortes, habilidades e interesses e use-os para entender quais atividades profissionais podem ser consideradas.

As estratégias para aumentar a autonomia no autismo devem, portanto, considerar as habilidades de comunicação, autocuidado, interesses e metas para o futuro.

Se você tiver mais dicas e orientações, deixe nos comentários e contribua com a discussão!

Referências:

MAPELLI, Lina Domenica et al. Child with autistic spectrum disorder: care from the family. Esc. Anna Nery [online]. 2018, vol.22, n.4 [cited  2020-12-01], e20180116.

RODRIGUES, Patricia Maria da Silva et al. Self-care of a child with autism spectrum by means of Social Stories. Esc. Anna Nery [online]. 2017, vol.21, n.1 [cited  2020-12-01], e20170022.

Você também pode se interessar...

3 respostas em “Estratégias para aumentar a autonomia da criança com autismo”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *