Voltar

Faça em casa: Brinquedos para o estímulo da coordenação motora fina

Estimular a coordenação motora fina pode parecer algo complicado pelo nome, não é mesmo? Mas a realidade é que isso pode ser feito em casa, com o uso de materiais simples e que estão ao nosso alcance.

Além de permitir que você explore a criatividade junto com a criança, essas atividades podem ser um momento prazeroso de interação entre vocês. 

Neste artigo, iremos ensinar brinquedos e maneiras de estimular a coordenação motora fina de seu pequeno aí em casa! Continue lendo para aprender como!

O que são habilidades motoras finas?

A motricidade fina envolve o uso da musculatura menor das mãos.

Essa musculatura é responsável por atividades como o uso de lápis, tesoura, empilhamento de peças de encaixe, fechamento de botões e abertura de lancheiras, por exemplo.

Quando bem desenvolvida, a coordenação motora fina permite um maior sucesso e velocidade no desempenho das tarefas realizadas pela criança.

Por que as habilidades motoras finas são importantes?

As habilidades motoras finas são essenciais para o desempenho das habilidades cotidianas descritas acima, bem como das habilidades acadêmicas. 

Sem a capacidade de concluir essas tarefas diárias, a autoestima de uma criança pode ser prejudicada, seu desempenho acadêmico fica comprometido e suas opções de lazer são muito limitadas.

Eles também são incapazes de desenvolver a independência adequada em habilidades cotidianas, como se vestir e se alimentar, o que pode desencadear implicações sociais não apenas dentro da família, mas também nas relações com seus colegas.

Como perceber dificuldades nas habilidades de coordenação motora fina?

É muito importante identificar se a criança possui alguma dificuldade com essas habilidades. Nestes casos, é importante procurar um profissional especializado para investigar as razões por trás deste comportamento e realizar um diagnóstico, se necessário.

Abaixo estão alguns sinais de que a criança pode precisar de ajuda para desenvolver sua coordenação motora fina:

  • A criança evita ou apresenta desinteresse em realizar atividades que exigem o uso dos dedos;
  • Prefere a atividade física do que realizar tarefas que fazem o uso da coordenação motora fina;
  • Interesse em atividades “passivas” como por exemplo, assistir desenhos no tablet;
  • Ausência de interesse em habilidades com lápis ou tesoura;
  • Não persistir diante de um desafio como por exemplo pedir aos pais para consertar um problema sem tentar fisicamente consertá-lo sozinhos;
  • Esperar que os pais os vistam ou escovem seus dentes, em vez de tentarem sozinhos.

Brinquedos para fazer em casa

Agora que você já sabe sobre a importância da coordenação motora fina, vamos aprender como estimular essas habilidades com materiais que já temos em casa ou que são fáceis de encontrar. 

Pincéis

Pintar é uma ótima opção para desenvolver a coordenação motora fina! Neste caso, você pode realizar essa atividade pedindo para que a criança utilize o próprio dedinho, ou melhor ainda, utilize um pincel para colorir algo. Desta forma, ela consegue fortalecer seus músculos das mãos enquanto segura o pincel. 

As tintas podem ser feitas com temperos que você já tem em casa como açafrão, canela, ou colorau. Misture com um pouquinho de água e deixe a criatividade guiar a brincadeira.

Esponjas 

Pegue duas tigelas e utilize uma esponja limpa e nova. Deixe uma tigela cheia de água e a outra vazia. Agora, instrua a criança a molhar a esponja no recipiente com água e espremê-la no outro, que está vazio.

Essa brincadeira simples pode ser feita principalmente na hora do banho ou em dias de calor, e ainda fortalece os músculos das mãos e antebraços.

Grãos

Selecione grãos com um formato diferente (feijão e grão-de-bico, por exemplo) e coloque-os misturados em uma tigela.

Agora peça para que a criança realize a separação dos dois, colocando-os em recipientes diferentes.

Participe da brincadeira para deixar tudo mais divertido!

Quebra-cabeças

Aqui você pode utilizar algum quebra-cabeça que já possui em casa, ou imprimir alguma figura simples e recortar em pedaços regulares e grandes.

Agora embaralhe as peças e peça para que a criança organize as figuras e complete a imagem.

Tarefas cotidianas

Aproveite para estimular a autonomia da criança incentivando que ela realize algumas atividades normais em seu dia a dia.

Dobrar um guardanapo, lavar as mãozinhas, e tirar as próprias meias são exemplos que podem te ajudar a começar.

Portanto, concluímos que uma criança com baixa coordenação motora fina ou músculos fracos nos dedos e nas mãos terá muita dificuldade quando chegar a hora de aprender a escrever.

Com o uso de atividades lúdicas e brinquedos simples conseguimos preparar as crianças para a vida escolar. Tudo isso estimulando que elas desenvolvam suas habilidades motoras finas.

Gostou do artigo e quer aprender mais algumas atividades práticas? Então preste atenção nesta live da Luciana Brites. No vídeo, você irá aprender novas atividades e entender um pouco mais sobre o assunto. Clique no play!

Referências:

Kid Sense Child Development. n.d. Fine Motor Skills | Fine Motor Skills Activities | Kid Sense Child Development. [online] Disponível em: <https://childdevelopment.com.au/areas-of-concern/fine-motor-skills/> [Acesso em 1 Setembro 2021].

Você também pode se interessar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *