Voltar

O que é Síndrome de Asperger e como deve ser seu tratamento?

A Síndrome de Asperger pode ser melhor definida como um transtorno neurobiológico que está incluído dentro dos Transtornos de Neurodesenvolvimento. Provavelmente, algum de vocês já deve ter notado algumas semelhanças com o autismo. Isso se deve ao fato de o Asperger ser um dos perfis que compõem o Transtorno do Espectro Autista (TEA). O uso do termo ‘espectro’ significa variação.

Existe uma causa para a ocorrência da síndrome?

A comunidade científica ainda realiza diversos estudos para encontrar respostas acerca das supostas causas da Síndrome de Asperger. Acredita-se que o fator genético seja um dos responsáveis pela modificação neuropsicológica da criança. Especialistas chamam a atenção para que não haja equívocos, como a associação do distúrbio com a educação dada pelos pais ao pequeno.

Como identificar os sintomas?

A partir dos primeiros anos de vida, a criança começa a demonstrar alguns sinais de pouca interação social, problemas na comunicação e comportamento. Importante lembrar que não existe cura, mas tratamento. Veja mais detalhes sobre os três itens a seguir:

– Interação social

As pessoas que não conhecem a criança podem considerá-la distante e até mal-educada, mas tudo isso não passa de uma impressão equivocada. Na verdade, o paciente de Asperger tem dificuldade de expressar a emoção que sente, além de nem sempre entender o sentimento de seu interlocutor.

Outras características:

– Comportar-se de maneira inapropriada;

– Procurar um local mais afastado para ficar;

– ‘Fugir’ do afeto de outras pessoas;

 

– Comunicação

Um dos sintomas mais evidentes da Síndrome de Asperger é a comunicação limitada. O limite não se dá pela capacidade de falar, como em outros casos do TEA, mas pelo uso adequado da palavra. A criança não compreende o sentido conotativo (figurado) das expressões. Ela entende somente o sentido literal. Por exemplo: “Aquele senhor deve estar morto de cansado”. É aconselhável que os adultos fujam de expressões que podem confundir o pequeno. Afinal de contas, ele pensará que a pessoa realmente ‘morreu’.

* Interessante notar que o paciente com Asperger apresenta boas habilidades linguísticas, o que deve ser bem trabalhado com especialistas.

 

Outras características:

– Dificuldade com gestos e tons de voz;

– Dificuldade para compreender piadas e ironias;

– Podem repetir o que alguém acabou de falar (ecolalia).

 

– Comportamento

O aspecto comportamental da criança diagnosticada com Asperger é marcado por três características centrais:

– Apego a rotinas (repetição diária de todas as tarefas: alimentação, horários, rotas);

– Interesse determinado em alguma atividade (prática de esporte, estudo, artes, entre outros); – Pouca ou muita sensibilidade sensorial (toque, cheiro, gosto, sons, dor, etc.).

Diagnóstico

Uma equipe multidisciplinar é responsável por diagnosticar a Síndrome de Asperger: neuropediatra, psiquiatra, psicólogo, fonoaudiólogo e pediatra. Geralmente, a média de idade  que uma criança recebe o diagnóstico é de 6 a 8 anos.

Famosos

Quando diagnosticada precocemente, a criança pode ter uma vida absolutamente normal. Algumas personalidades têm a Síndrome de Asperger e são brilhantes no que fazem: Lionel Messi (jogador), Tim Burton e Steven Spielberg (cineastas) e Michael Phelps (nadador).

Já pensou aprender profundamente sobre o Autismo para melhorar seus atendimentos clínicos, entender melhor seu filho e saber por que seu aluno apresenta determinado comportamento e como trabalhar o processo de inclusão? Em um curso online completo o Dr. Clay Brites te ensina tudo sobre TEA com fundamentação científica e de forma prática e simplificada.

 

Você também pode se interessar...

5 respostas em “O que é Síndrome de Asperger e como deve ser seu tratamento?”

Gostaria de saber se o Autismo é genético?e se for tanto pode ser só a genética do pai ou da mãe.

Eu gostaria desse curso, meu neto tem autismo,hj mora no Japão foi diagnosticado lá aos 3. Anos e meio, aqui no Brasil diziam ser normal.Ele está reagindo muito bem teve muito progresso a escola é. Ótima e gratuita. Mas irão voltar e eu como avó quero estar atenta a tudo. .Obrigado!

Olá bom dia!! Sou professora e estudante de psicopedagogia clínica, gostaria de saber se vocês têm um eBook sobre Asperger pra me ajudar na clareza da diferença entre o autismo.
Grata Karoline

Muito importante esta matéria… Só para reforçar, também há mais um famoso que possui essa síndrome porém possui uma mente brilhante! Elon Musk, que numa entrevista no programa Saturday Night Live confirmou ter esta síndrome. Espero que este caso sirva para que todos nós saibamos que aqueles que possuem esta síndrome são seres humanos e podem crescer na vida como qualquer um ser humano.

Ótima matéria!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *