Voltar

O que é TDAH combinado e TDAH desatento?

Existem três tipos de Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH). O desatento, caracterizado por problemas que regulam a atenção; o hiperativo, caracterizado por comportamento impulsivo e hiperativo e o combinado, que ocorre quando a desatenção e a hiperatividade / impulsividade estão presentes.

Os diferentes tipos de TDAH eram chamados de subtipos até a quinta edição do Manual Diagnóstico e Estatístico dos Transtornos Mentais (DSM-V), publicada em 2013, quando o termo “subtipo” foi substituído por “tipo”. Uma mesma pessoa pode ser diagnosticada com déficit de atenção e hiperatividade, ou seja como TDAH combinado.

Da mesma forma, outra pessoa pode ser diagnosticada como TDAH desatento, pois apresenta sintomas de desatenção ou distração, que levam a dificuldades em organização e concentração.

Hoje, vamos falar sobre esses dois tipos, o que é o TDAH combinado e TDAH desatento.

Diagnóstico de TDAH 

Todos os tipos de TDAH são diagnosticados da mesma maneira. Uma avaliação detalhada é realizada por um profissional clínico experiente, que reúne informações com a família e escola, além de analisar o histórico médico e familiar da criança.

A avaliação pode incluir triagem intelectual, teste de memória, atenção e entrevistas com os pais e professores. Ao final, o profissional determinará se os critérios para TDAH descritos no DSM-V foram atendidos, podendo ser do tipo desatento, hiperativo ou combinado.

TDAH combinado

O DSM-V lista 18 sintomas de TDAH, sendo nove de desatenção e nove de hiperatividade-impulsividade. Para realizar um diagnóstico de TDAH combinado, as seguintes condições devem ser atendidas:

  • Crianças de até 16 anos devem apresentar seis ou mais sintomas de cada tipo.
  • Pessoas com 17 anos ou mais devem apresentar cinco ou mais sintomas de cada tipo.
  • Os sintomas devem estar presentes há pelo menos seis meses.
  • Vários sintomas de desatenção ou de hiperatividade precisam estar presentes antes dos 12 anos (mesmo que não diagnosticados).
  • Os sintomas devem ser perceptíveis em mais de um ambiente, como na escola e em casa.
  • Os sintomas precisam afetar a capacidade da pessoa de realizar o seu potencial.
  • Os sintomas não devem ser explicados por outro transtorno mental, como transtorno de humor ou de ansiedade.

Sintomas de desatenção

  • Comete erros que parecem descuidos, seja na escola ou em casa, devido a dificuldade de prestar atenção aos detalhes.
  • Tem dificuldade em manter a atenção na leitura ou em atividades divertidas.
  • Não parece ouvir durante as conversas, parecendo distraído internamente, pensando em outras coisas.
  • Dificuldade em seguir instruções e terminar uma tarefa devido a desvios de atenção ou perda de foco.
  • Evita tarefas que envolvam esforço mental por longos períodos, como trabalhos escolares.
  • Perde itens com frequência, como livros, carteira, chaves, óculos e celular.
  • Se distrai facilmente com eventos externos.
  • Esquece de fazer atividades cotidianas, como tarefas domésticas ou dar recados.

Sintomas de Hiperatividade

  • Dificuldade em permanecer fisicamente quieto, move pés e mãos com frequência.
  • Dificuldade em ficar sentado, se levanta e se movimenta, mesmo em situações em que sentar-se é esperado, como em sala de aula.
  • Pratica atividades físicas em horários inadequados.
  • Raramente participa de hobbies ou brincadeiras em silêncio.
  • Tem muita energia e está sempre em movimento.
  • Fala continuamente, o que pode resultar em problemas na escola.
  • Responde às perguntas antes que elas tenham sido totalmente feitas e interrompe os outros enquanto eles estão falando.
  • Dificuldade em esperar sua vez, seja em um jogo ou durante uma conversa.
  • Se intromete nas atividades e conversas de outras pessoas.

TDAH desatento

O tipo TDAH desatento não é o que a maioria das pessoas imagina quando pensa em alguém hiperativo. Os que são diagnosticados TDAH desatento geralmente são menos inquietos e ativos do que os do tipo TDAH hiperativo.

Sintomas TDAH desatento:

  • Dificuldade em perceber detalhes e se distrai facilmente.
  • Dificuldade em se concentrar nas tarefas.
  • Fica entediado rapidamente.
  • Dificuldade em aprender ou organizar novas informações.
  • Dificuldade em fazer a lição de casa ou perde itens necessários para fazer a tarefa.
  • Fica confuso facilmente ou sonha acordado com frequência.
  • Parece não ouvir quando alguém fala com ele.
  • Dificuldade em seguir instruções.
  • Processa informações mais lentamente do que seus pares de idade.

A criança precisa demonstrar pelo menos seis dos nove sintomas de desatenção para ser diagnosticado TDAH desatento. Além disso, os sintomas devem ser graves o suficiente para impedi-la de concluir as tarefas e atividades diárias.

Tratamento para o TDAH

O tratamento para o TDAH, seja do tipo combinado ou desatento, pode incluir medicamentos e terapia comportamental. Os pais de crianças diagnosticadas podem usar estratégias de intervenção para ajudá-las a aprender habilidades organizacionais e a cumprir uma programação previsível, ganhando recompensas por metas comportamentais.

Além disso, consultar um terapeuta é muito importante para tratar as dificuldades emocionais devido a problemas de desatenção. A terapia comportamental ajuda as pessoas com TDAH a desenvolver habilidades importantes para o aprendizado, tanto na escola como em casa. 

Se restou alguma dúvida sobre TDAH combinado ou TDAH desatento, deixe nos comentários.

Referências:

ROHDE, Luis Augusto; BARBOSA, Genário; TRAMONTINA, Silzá  and  POLANCZYK, Guilherme. Transtorno de déficit de atenção/hiperatividade. Rev. Bras. Psiquiatr. [online]. 2000, vol.22, suppl.2 [cited  2021-01-04], pp.07-11.

HORA, Ana Flávia et al. A prevalência do transtorno do déficit de atenção e hiperatividade (tdah): uma revisão de literatura. Psicologia [online]. 2015, vol.29, n.2 [citado  2021-01-04], pp.47-62.

Você também pode se interessar...

14 respostas em “O que é TDAH combinado e TDAH desatento?”

Na verdade é bem evidente. Meu filho foi diagnosticado antes dos dois anos. O comportamento dele realmente difere de todas as outras crianças que já tivemos na família.
Numa festinha de aniversário também fica evidente.
Talvez numa criança em que se manifeste o déficit de atenção seja mais difícil. Mas quando trata-se da hiperatividade é fácil.

Uma ótima introdução para um assunto tão complexo, Que venha maiores informações e sugestões de como atender com maior eficiência uma comunidade com tanta necessidade de atendimento responsável que proporcione uma inclusão verídica na sala de aula e na própria sociedade

Na verdade é bem evidente. Meu filho foi diagnosticado antes dos dois anos. O comportamento dele realmente difere de todas as outras crianças que já tivemos na família.
Numa festinha de aniversário também fica evidente.
Talvez numa criança em que se manifeste o déficit de atenção seja mais difícil. Mas quando trata-se da hiperatividade é fácil.

Boa tarde!
Meu filho foi diagnosticado com Hiperatividade pelo neuro.
Os professores dizem que ele não tem perda acadêmica.
Apesar dele estar fazendo o tratamento com o neuro seria indicado ele consultar com outro especialista em conjunto?

Olá Lais
Primeiramente obrigada pela confiança!
Acesse nossos canais, temos muitas informações importantes lá que podem ter respostas para suas dúvidas. Vale a pena conferir!!!
YouTube: https://youtube.com/neurosabervideos
Facebook: NeuroSaber
Instagram: @neurosaberoficial
Artigos em nosso Blog: http://www.neurosaber.com.br/artigos
Conheça também nossos Programas, cursos e NeuroPalestras: https://lp.neurosaber.com.br/neurosaber-cursos/
Atenciosamente,
Equipe NeuroSaber

Boa noite. Fui identificada por meu filho que recentemente me disse que eu era portadora dessa sindrome. Ele é ou tem Asperger. A formação acadêmica dele é na area da saúde. Jamais imginei isto para mim. Sempre tive muito sucesso em TUDO e acredite, sem nenhum esforço. Fui uma criança tao pobre que nos alimentávamos do que plantávamos. E veja, tenho mestrado em Ciências Politicas por uma das melhores instituiões academicas do Brasil.. Nao sei se ainda voces lerão este comentário porque ha dias a reportagem foi exposta/ mas, lé e gosstei muito do texto; e aí minha pergunta: quando o portador da DTHA descobre ou se identifica bem mais velho, , que é o meu caso ,há ainda o que tratar ou algo a ser abordado? ou tudo está perdido…obrigada pela atenção na leitura do meu comentario

Olá Lígia,
Primeiramente obrigada pela confiança!
Nesses casos orientamos buscar um especialista pessoalmente para lhe dar melhores informações e orientação assertivas sobre o caso.
De qualquer forma, temos conteúdos no youtube.com/neurosabervideos e Artigos em nosso Blog: http://www.neurosaber.com.br/artigos que podem te ajudar em muitas questões.

Meu filho foi diagnosticado com TDAH desatento, mas só o vejo em 3 dos nove sintomas de desatenção. Ele é muito tímido e reservado. Troca de letras e lentidão em escrever (achei que fosse disgrafia). Coisa que não foi descrita! Gostaria de saber que tipo de profissional devo buscar e qual linha esse profissional deva trabalhar?

Olá Eliane,
Acesse nossos canais, temos muitas informações importantes lá que podem ter respostas para suas dúvidas. Vale a pena conferir!!!
YouTube: https://youtube.com/neurosabervideos
Facebook: NeuroSaber
Instagram: @neurosaberoficial
TELEGRAM NEUROSABER https://t.me/joinchat/Rie71UDhpRQwZTBh
Artigos em nosso Blog: http://www.neurosaber.com.br/artigos
Conheça também nossos Programas, cursos e NeuroPalestras: https://lp.neurosaber.com.br/neurosaber-cursos/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *