Voltar

Pesquisas mostram o porque do aumento dos casos de Diagnóstico de TEA

Pesquisadores da Universidade da Pensilvânia estão conseguindo estabelecer uma relação entre o aumento dos casos de TEA com a melhora da precisão nos critérios Diagnósticos.
Segundo os casos de autismo não aumentaram, o que aconteceu foi que uma população que antes eram diagnósticadas como Deficientes Intelectuais e com transtornos Psiquiátricos, conseguiram ser classificadas também dentro dos critérios do TEA.
Segundo uns dos pesquisadores “A alta taxa de co-ocorrência de outras deficiências intelectuais com o autismo, que levam à reclassificação do diagnóstico, é certamente devido a fatores genéticos compartilhados em muitas desordens do desenvolvimento neurológico”, afirmou o pesquisador Santhosh Girirajan, professor assistente de bioquímica e biologia molecular e antropologia da Penn State University.
Clique aqui e veja a matéria completa.
E você o que acha comente aqui no nosso blog!!!

Você também pode se interessar...

5 respostas em “Pesquisas mostram o porque do aumento dos casos de Diagnóstico de TEA”

muito rico o material,com esse material aprendemos a conhecer melhor as crianças e como tratar um diagnostico de uma criança.exelente gostei e vou aprender muito mais saber lidar com as situaçoes encontradas do diaa dia. obrigadp

Não sendo estudante da área, pesso desculpas se parecer prepotente ao dizer que nunca havia visto tantos casos de autismo como nos últimos 5 anos. Na minha infancia, adolecência e até os 30, não convivi com crianças apresentando tal quadro. Hoje a todo , a frequência com conhecemos que uma é muito grande. Das que conheço 4 tem menos que 8 anos.

Com todo respeito à pesquisa, acho difícil acreditar na conclusão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *