Voltar

Quais os principais sintomas do TOD — Transtorno Opositivo Desafiador?

O Transtorno Opositivo Desafiador — TOD — é descrito no DSM, como parte dos Transtornos de Comportamento Disruptivo, cujas características são comportamentos desafiantes, negativistas e desobedientes, principalmente diante figuras de autoridade. Fazem parte desse grupo também o TDAH — Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade — e o Transtorno de Conduta.

É preciso considerar a hipótese de TOD quando os sintomas causam prejuízos significativos na vida do sujeito. Isso porque os comportamentos presentes no transtorno restringem a vida social da pessoa, devido às manifestações constantes de raiva, teimosia, hostilidades e insubordinação.

Toda criança e adolescente pode apresentar comportamentos dessa ordem em alguma fase da vida. Por isso, o diagnóstico de TOD é feito quando os sintomas persistem por mais de seis meses e ocorrem em diversos ambientes. Saiba mais, neste artigo.

Como é feito o diagnóstico de TOD? 

Para realizar o diagnóstico de TOD, é necessário descartar a presença de outros transtornos psicóticos, afetivos, transtorno de conduta ou personalidade anti social (maiores de 18 anos). 

O diagnóstico é feito através da observação do comportamento e sintomas da criança, por um médico especialista. É importante também avaliar sinais de depressão, ansiedade e perturbação do sono. Isso porque essas condições podem causar sintomas semelhantes aos do TOD, como irritabilidade e desobediência.

O TDAH também apresenta sintomas semelhantes e deve ser avaliado se existe uma comorbidade, visto que é muito comum que os dois transtornos estejam associados.

Para diagnosticar o TOD, é preciso verificar a presença de pelo menos quatro dos seguintes sintomas:

  • irritabilidade e acessos de raiva constantes;
  • discute com adultos ou figuras de autoridade;
  • desafia regras;
  • faz coisas deliberadamente para aborrecer a terceiros;
  • culpa os outros pelos seus próprios erros;
  • se sente ofendido com facilidade;
  • tem respostas coléricas quando contrariado;
  • é rancoroso e vingativo quando desafiado ou contrariado.

Quais as causas do TOD – Transtorno Opositivo Desafiador?

As causas do TOD não são conhecidas, mas segundo evidências, fatores genéticos e neurofisiológicos podem influenciar o desenvolvimento do transtorno. Assim como um ambiente familiar conturbado e ambíguo, no que se refere a educação dada pelos pais, pode contribuir para o surgimento do TOD.

Quais os principais sintomas do TOD?

Os sintomas do TOD costumam se manifestar na pré-escola, embora possam aparecer mais tarde, na adolescência. Como mencionado, os principais sintomas do transtorno incluem os seguintes comportamentos:

  • agressividade;
  • irritabilidade;
  • desafia regras e instruções;
  • discute com adultos frequentemente;
  • desobediência;
  • agitação;
  • incomoda os outros deliberadamente;
  • culpa terceiros pelos seus erros;
  • pode ser cruel e vingativo.

Como podemos ver, os comportamentos presentes no TOD prejudicam as habilidades sociais das crianças e podem fazê-las sentir-se mal e culpadas. Dessa forma, é muito importante buscar ajuda com médico, psicólogo e psicopedagogo para receber as orientações e tratamento adequados.

Como é o tratamento do TOD?

O tratamento do TOD visa modificar esses comportamentos que causam prejuízos na vida social e acadêmica das crianças e adolescentes. Na maioria das vezes, isso é feito através de técnicas de controle do comportamento e uma abordagem disciplinar com reforço dos comportamento desejados. 

Pais e professores podem receber orientações dos profissionais que trabalham com as crianças para que saibam como agir em casa e na escola, a fim de ajudar as crianças a modificar esses comportamentos.

Como distinguir os sinais de TOD do comportamento “desafiador” que as crianças podem apresentar?

O diagnóstico de TOD pode ser difícil, já que a maioria das crianças exibe alguns dos sintomas ocasionalmente (especialmente quando estão cansadas, com fome ou chateadas).

No entanto, uma criança com Transtorno Opositivo Desafiador irá exibir esses sintomas com mais frequência do que outras crianças, demonstrar problemas comportamentais por um período de pelo menos seis meses, ter problemas na escola e para fazer amizades como resultado direto do comportamento, além de ter seu funcionamento geral comprometido por seus comportamentos desafiadores.

Como ajudar a criança a superar esse comportamento?

Para superar o comportamento de oposição, a criança precisa perceber que seu comportamento é impróprio. A terapia com um profissional especializado, ajuda a encontrar o que pode estar causando esses comportamentos indesejados, assim como ensina novos comportamentos mais saudáveis e apropriados.

Uma criança com TOD tem mais risco de desenvolver outros transtornos na vida adulta?

A probabilidade de uma criança com TOD ter maiores dificuldades no final da adolescência e na idade adulta depende dos tratamentos e das circunstâncias ambientais. Geralmente, elas correm maior risco de ter depressão e abuso de substâncias, principalmente quando o TOD na infância for acompanhado por outros transtornos, como TDAH, depressão e  dificuldades de aprendizagem. 

Em alguns casos, o diagnóstico de TOD pode se agravar até desenvolver um transtorno de conduta, que é um quadro mais grave de transtorno de comportamento. As pessoas com transtorno de conduta tendem a apresentar comportamento de violação da lei; destruição de propriedade e até crueldade com animais e pessoas.

É claro que uma criança com diagnóstico de TOD não irá fatalmente desenvolver o transtorno de conduta. No entanto, é importante acompanhar de perto o comportamento das crianças e buscar um tratamento adequado e eficaz.

Restou alguma dúvida sobre os sintomas do TOD? Deixe nos comentários.

Referências:

GREVET, Eugenio Horacio; SALGADO, Carlos Alberto Iglesias; ZENI, Gregory  and  BELMONTE-DE-ABREU, Paulo. Transtorno de oposição e desafio e transtorno de conduta: os desfechos no TDAH em adultos. J. bras. psiquiatr. [online]. 2007, vol.56, suppl.1 [cited  2020-10-23], pp.34-38.

Você também pode se interessar...

2 respostas em “Quais os principais sintomas do TOD — Transtorno Opositivo Desafiador?”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *