Voltar

Quais são os transtornos que podem acompanhar o TEA?

É muito comum no Transtorno do Espectro Autista a presença de comorbidades, saiba mais.

Como o próprio nome diz, existem diferentes níveis de gravidade dentro do espectro autista. Da mesma forma, algumas condições podem estar associadas ao TEA e é muito importante diagnosticá-las quanto antes para realizar as intervenções mais adequadas. 

Muitas vezes, esses transtornos associados causam mais prejuízos ao desenvolvimento do que o próprio autismo. Essas condições podem agravar as características do autismo ou interferir no diagnóstico de TEA, portanto, é importante entender como elas interagem.

As comorbidades mais comuns encontradas no autismo são: TDAH — Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade; distúrbios do sono, transtorno de ansiedade, enxaquecas, deficiência intelectual, epilepsia, Transtorno Opositivo Desafiador, entre outros. Saiba mais, neste artigo. 

Transtornos no TEA

Os transtornos associados ao autismo geralmente se enquadram em quatro grupos: 

  1. problemas médicos, como epilepsia, gastrointestinais ou distúrbios do sono; 
  2. transtornos do neurodesenvolvimento, como deficiência intelectual ou atraso de linguagem; 
  3. transtornos psiquiátricos, como Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH), transtorno obsessivo-compulsivo ou depressão; 
  4. condições genéticas, incluindo síndrome do X frágil e complexo de esclerose tuberosa.

Muitas vezes, é difícil detectar a presença dessas comorbidades, pois seus sintomas se confundem com os do autismo. Além disso, devido às dificuldades de comunicação, as pessoas com TEA não conseguem expressar muito bem o que estão sentindo, seja física ou emocionalmente.

Diagnóstico dos transtornos associados no TEA

Como disse acima, algumas características do autismo, como as dificuldades sociais e sensibilidades sensoriais, se sobrepõem ao transtorno associado. Uma pessoa com autismo e esquizofrenia, por exemplo, tem problemas para entender as pistas sociais — uma característica comum a ambas condições.

Quando isso acontece, o diagnóstico é mais difícil e o médico pode entender que existe apenas o autismo e não identificar o transtorno. É muito difícil descobrir a raiz de um comportamento e frequentemente as características das condições associadas se confundem.

Da mesma forma, o TDAH pode estar presente no TEA e seus sintomas serem confundidos com os do autismo. O diagnóstico de TEA pode ser ainda mais complicado em pessoas com deficiência intelectual ou atrasos graves de linguagem.

Efeitos e tratamento dos transtornos no TEA

Quase todas as condições que acompanham o TEA afetam o bem-estar e a qualidade de vida da pessoa com autismo. Além disso, alguns transtornos têm consequências mais graves do que o próprio TEA.

Por isso, compreender essas condições, ajuda a identificá-las, o que melhora a qualidade de vida das pessoas autistas. Isso porque o diagnóstico precoce favorece o tratamento e contribui para os melhores resultados.

As causas dos problemas de humor, depressão, impulsividade ainda não são totalmente conhecidas, mas à medida que pudermos compreender suas raízes neurológicas, poderemos desenvolver melhores tratamentos médicos.

O tratamento de um transtorno relacionado também pode ajudar a amenizar alguns traços do autismo. O tratamento precoce das convulsões, por exemplo, pode diminuir os problemas cognitivos e comportamentais das crianças.

Da mesma forma, tratar os problemas de sono ou gastrointestinais também traz benefícios comportamentais. Isso porque a quantidade e a qualidade do sono podem afetar o humor e a gravidade de comportamentos repetitivos, por exemplo.

Comorbidades mais comuns no autismo

Transtorno de ansiedade

A ansiedade é considerada um sintoma do TEA, mas quando a sua gravidade é comprometedora, trata-se de uma comorbidade.

Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade — TDAH

O TDAH é o transtorno psiquiátrico mais comum no autismo. Algumas pesquisas afirmam que suas origens genéticas são semelhantes e quase sempre ocorrem associados, no caso do autismo.

Transtorno Opositor Desafiador — TOD

Os sintomas do TOD são agressividade e desobediência extremas, em casa e na escola. O TOD compromete ainda mais a interação social da criança, pois agrava o comportamento agressivo que pode estar presente no autismo.

Deficiência Intelectual

A DI é muito comum no autismo e interfere na aprendizagem da criança, o que exige a adaptação curricular na escola.

Distúrbios do sono

Segundo estudos, cerca de 70% das crianças com autismo têm distúrbio de sono, que afetam a qualidade e a quantidade de sono, gerando um cansaço extremo durante o dia.

Transtorno Obsessivo Compulsivo — TOC

O principal sintoma de TOC é a compulsão e/ou obsessão. Ele se manifesta em pensamentos e comportamentos repetitivos e na impulsividade.

Transtorno de Fobia Específica

Ainda que pouco conhecido, é um dos transtornos mais comum no TEA. As crianças podem ter fobia de sons, por isso pode ser confundido com a hipersensibilidade comum no autismo.

Esses foram alguns dos transtornos no TEA mais comuns, mas outras condições podem estar presentes, como a epilepsia. É muito importante investigar os sintomas e cada indivíduo e contar com uma equipe multidisciplinar de profissionais da saúde para realizar os tratamentos mais adequados.

Se restou alguma dúvida, deixe nos comentários.

Referências:

GARCIA, Aline Helen Corrêa; VIVEIROS, Milena Martins; SCHWARTZMAN, José Salomão  e  BRUNONI, Décio. Transtornos do espectro do autismo: avaliação e comorbidades em alunos de Barueri, São Paulo. Psicol. teor. prat. [online]. 2016, vol.18, n.1 [citado  2020-08-11], pp. 166-177 . Disponível em: <http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-36872016000100013&lng=pt&nrm=iso>. ISSN 1516-3687.

OLIVEIRA, Karina Griesi-Oliveira, Andréa Laurato Sertié. Tanstornos do espectro autista: um guia atualizado para aconselhamento genético Autism spectrum disorders: an updated guide for genetic counseling. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/eins/v15n2/pt_1679-4508-eins-15-02-0233.pdf

Você também pode se interessar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *