Voltar

Qual a influência da fala na escrita?

A fala está presente na civilização desde os tempos mais remotos, provavelmente mais de um milhão de anos. Diferentemente da escrita, onde os primeiros registros são dos sumérios, na Mesopotâmia, por volta de 3.200 aC. Desde então, a ideia da escrita se espalhou pelo mundo e diferentes sistemas de escrita evoluíram em diferentes partes do mundo.

Em todos os lugares do mundo, os seres humanos possuem a habilidade de fala. Porém, a escrita não está ao alcance de todo mundo, é necessário o processo de alfabetização para que uma pessoa passe a ter a habilidade de escrita, e sabemos que ainda há muitas pessoas não alfabetizadas. 

Mas como a fala pode ter uma influência na escrita? Veja mais neste artigo. 

O que é a fala?

A fala é como dizemos sons e palavras, ela é a expressão de pensamentos e sentimentos humanos por meio de sons articulados que saem de nossas bocas e narizes (com a ajuda de nossos nervos cranianos, pulmões, cordas vocais, gargantas, palatos moles, dentes, músculos faciais e do pescoço e línguas). A fala é uma forma de expressarmos a linguagem.

 A fala inclui:

Articulação

Como fazemos os sons da fala usando a boca, os lábios e a língua. Por exemplo, precisamos ser capazes de dizer o som “r” para dizer “coelho” em vez de “wabbit”.

Voz

Como usamos nossas pregas vocais e respiração para fazer sons. Nossa voz pode ser alta ou baixa ou aguda ou grave. Podemos prejudicar nossa voz falando demais, gritando ou tossindo muito.

Fluência

Este é o ritmo da nossa fala. Às vezes, repetimos sons ou pausamos enquanto conversamos. Pessoas que fazem isso com frequência podem gaguejar.

A escrita não é um processo natural 

Aprender a falar é um processo mais natural, que é feito por meio de estímulos daqueles que convivem com a criança. É normal vermos mães e pais ensinando palavras novas aos seus filhos quando eles são pequenos e comemorando suas primeiras palavras. 

A escrita é o contrário, não é um processo natural que possa ser aprendido somente no convívio com outras pessoas que possuem a habilidade de escrever. É necessário realizar o processo de alfabetização, para que a criança ou o adulto não alfabetizado, desenvolva então a sua habilidade de escrita. 

Porém, não podemos negar que há uma influência da fala na escrita. 

Como a fala influencia na escrita

Quando escrevemos, é mais comum utilizarmos de uma gramática correta e uma forma mais estruturada. Organizamos a escrita em frases e parágrafos e não é comum a utilização de contrações de palavras ou gírias. Além de tudo isso, também utilizamos sinais gráficos de pontuação, tais como vírgulas, interrogações e exclamações. 

No entanto, sabemos que existe a influência da fala na escrita, e isso quebra alguns desses pontos, tais como a questão de uma gramática correta, que pode sofrer essa influência na escrita e acabar sendo utilizando um modo mais informal, típico da fala.

Já ao utilizarmos da fala, temos uma maneira muito menos formal e menos estruturada, além de nem sempre usamos frases completas ou uma gramática tão correta. O vocabulário que usamos é mais familiar e pode incluir gírias, pois falamos de forma espontânea, sem preparação, por isso temos que inventar o que falamos à medida que avançamos. 

Isso significa que muitas vezes nos repetimos ou mudamos de assunto, sem muito policiamento disso.  Porém, quando falamos, estão presentes outros aspectos que não estão presentes na escrita, como a expressão facial ou o tom de voz e isso significa que podemos nos comunicar em vários níveis, não apenas com palavras.

Porém isso pode ocorrer também na escrita, mostrando assim mais influência da fala. A repetição de assuntos dentro de textos, o uso de um vocabulário mais informal e espontâneo, traz para a escrita questões que são consideradas pertencentes a fala. 

É preciso sempre verificar se a influência na escrita está prejudicando a criança, e realizar intervenções escolares para ajudar. 

Referência:

NOBRE, L. L. FÁVERO. T. O. Influência da linguagem oral na escrita. Porto Alegre, RS. Trabalho de Conclusão de Curso. Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS; 2011.

Você também pode se interessar...

7 respostas em “Qual a influência da fala na escrita?”

Amei, muito interessante e importante para que possamos nos alertar na forma da própria fala na alfabetização.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *