Voltar

Qual o impacto do autismo no desenvolvimento infantil?

O Autismo acomete as habilidades comportamentais, cognitivas, comunicativas e sociais,  impactando o processo de desenvolvimento infantil. Leia este artigo para entender mais!

Por isso, o diagnóstico de TEA – Transtorno do Espectro Autista -, se feito precocemente (até os 3 anos de idade), traz inúmeras vantagens para a criança, seus pais e profissionais que fazem parte de seu meio. Ao receber o diagnóstico, é possível dar início às intervenções que irão atenuar os impactos do autismo no desenvolvimento infantil.

O que é autismo?

O nome “autismo” vem do grego “autós”, que significa “de si mesmo”. Portanto, o Transtorno do Espectro Autista é o nome dado para a condição que engloba déficit nas habilidades de comunicação social (verbal e não verbal) e comportamentais (movimentos repetitivos, hiperfoco ou interesse restrito).

O termo Espectro demonstra que o transtorno não possui um padrão de sintomas dentro do desenvolvimento infantil. Existem vários subtipos com variados níveis de comprometimento intelectual e comportamental. Por isso, nenhuma criança autista é igual a outra.

Autismo – Primeiros Sinais

Ainda no primeiro ano de vida da criança, é possível notar os primeiros sinais que podem apontar para a suspeita de autismo. Um bebê com pouco contato visual e que demonstra pouca ou nenhuma reação a estímulos feitos por outras pessoas, por exemplo.

Depois disso, ao falarem, podem repetir palavras soltas e demoram muito mais para adicionarem novas palavras ao vocabulário do que outras crianças na mesma faixa etária.

Após a suspeita, é importante chegar ao diagnóstico o quanto antes, garantindo que a criança receba as intervenções necessárias para atenuar as características autísticas que possam prejudicar seu desenvolvimento. 

Impactos do autismo no desenvolvimento infantil

Comunicação e Interação Social

No caso de crianças com autismo, a comunicação e interação social são os aspectos mais impactados em seu desenvolvimento. Elas não demonstram reação quando chamam seus nomes, não cumprimentam e não se despedem e não demonstram interesse em interagir com as pessoas ao seu redor, por exemplo. 

Portanto, essas características exigem uma nova forma de interação social que pode ser facilitada pelo acompanhamento com psicólogos e fonoaudiólogos.

Essa dificuldade pode afetar o desenvolvimento de habilidades de linguagem e comunicação de crianças com autismo. Prejudicando o aprendizado e consequentemente, requerendo um planejamento pedagógico inclusivo e especializado para se adaptar às suas necessidades de aprendizagem.

Compreensão

As crianças com autismo têm dificuldade de ver as coisas pela perspectiva de outras pessoas. Podem não entender e ter dificuldade em entender o comportamento dos outros e isso ser razão de ansiedade para as crianças.

Ver as coisas a partir da perspectiva de outras pessoas é uma habilidade social muito importante. Portanto, essa inabilidade social é um dos maiores impactos do autismo no desenvolvimento da criança. Ela pode apresentar dificuldade em interpretar as emoções das outras pessoas, quando estão tristes ou chateadas, por exemplo.

Controle e regulação

Dificuldades em manter a atenção, organização, gerenciamento de tempo, memória e controle emocional são muito comuns em crianças dentro do espectro. 

Essas dificuldades afetam o aprendizado e desenvolvimento dessa criança, como por exemplo durante a resolução de um problema matemático. Ela pode conhecer todos os passos a seguir, mas não consegue chegar à solução.

Isso porque a dificuldade em organizar as informações e reunir suas ideias evita que ela consiga chegar ao fim do exercício. 

Visão do todo

Crianças com autismo podem apresentar dificuldades em enxergar um quadro mais amplo. Por isso, podem ficar perdidos em detalhes e apresentarem dificuldades ao reunir informações e ver a situação como um todo. 

Essa dificuldade afeta o desenvolvimento e o aprendizado dessas crianças. Como por exemplo, ao ouvir ou ler uma fábula, ela pode se lembrar de todos os detalhes que compunham a narrativa mas esquecer sobre a moral da história. Em casos de livros ilustrados, ela pode focar em detalhes secundários e ignorar a presença dos personagens principais.

Intervenções para diminuir os impactos do autismo no desenvolvimento infantil

Aqui estão algumas intervenções que podem diminuir os impactos do TEA no desenvolvimento de seu filho, aluno ou paciente! Dê uma olhada:

  • Medidas de inclusão

A elaboração de políticas específicas para inclusão do autismo é primordial para assegurar um processo de ensino e aprendizagem bem sucedido. Portanto, com a capacitação, treinamento e um trabalho integrado e multidisciplinar dos profissionais, a criança é capaz de atingir todo o seu potencial!

  • Auxílio profissional adequado

Profissionais capacitados são essenciais para a obtenção de melhores resultados no desenvolvimento infantil, atenuando os impactos do autismo. Por isso, psicólogos, fonoaudiólogos, enfermeiros, psiquiatras e terapeutas ocupacionais são essenciais para a complementação das intervenções pedagógicas!

  • Exercícios físicos

Além de combater o sedentarismo, a prática de atividades físicas em crianças com autismo apresenta um papel significativo para o estímulo de habilidades sociais. Por meio das funções terapêuticas, a criança ainda aprende disciplina e respeito, valores essenciais dentro da interação social e que contribuem para um desenvolvimento infantil saudável.

Em conclusão, percebemos que o autismo pode trazer muitos desafios ao desenvolvimento infantil. Mas estes desafios podem ser administrados e atenuados com o diagnóstico precoce, intervenções feitas por profissionais com experiência em autismo. 

Por isso, fique atenta aos primeiros sintomas e não hesite em procurar uma opinião profissional.

E aí, você sabia sobre esses impactos do autismo no desenvolvimento infantil? Comente aqui embaixo.

Você também pode se interessar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *