Voltar

TDAH: Tudo o que você precisa saber sobre Déficit de Atenção

O Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) é algo que deve ser sempre trazido ao conhecimento de mais pessoas, mesmo com o aumento na divulgação por meio da mídia e das redes sociais. Ainda há muita desinformação e desconhecimento acerca do TDAH. Sendo assim, confiram os principais pontos que falam sobre essa condição que impacta a vida dos pacientes e de seus familiares.

O que é TDAH?

O Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) é um quadro de origem neurobiológica. Embora haja intervenções voltadas para os casos apresentados, devemos ressaltar que não existe cura. O TDAH acompanha o indivíduo por toda a sua vida. Além disso, o transtorno tem causa genética, o que mostra a necessidade de um acompanhamento precoce que proporcione bem-estar ao pequeno desde cedo.

Os sintomas do Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade

O TDAH é caracterizado por determinados sinais, a saber: desatenção e impulsividade. No entanto, dentro desses grupos existem tópicos que precisam ser relembrados.
– TDAH desatento:
Esta categoria é marcada por aspectos que são conhecidos por grande parte das pessoas, sendo que a desatenção é um dos pontos mais lembrados. Entretanto, há muito mais pontos que devem ser levados em conta, tais como: a percepção de passagem de tempo, a dispersão em tarefas que exigem grande concentração, a distração, entre outros.
Vale salientar que no dia a dia as características são muito mais comuns que se pode imaginar. Veja quais são elas:

  • Dificuldade para se obter concentração durante as aulas; ou em contato com livros e palestras (geralmente, as pessoas que convivem com o TDAH do tipo desatento não terminam a leitura de um livro; ou só quando o assunto desperta total interesse).
  • A pessoa se distrai com qualquer estímulo externo (barulho, objetos, imagens).
  • Dificuldade de se organizar, tanto objetos de seu cotidiano como a própria noção de tempo.
  • Distração em conversas.

– TDAH hiperativo:
Este tipo do Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) é caracterizado por comportamentos que deixam a pessoa mais agitada. Quando alguém convive com tal tipologia, é relativamente comum que ela também cause agitação entre os demais.
Além do que já foi citado acima, podemos afirmar que existem outras características que podemos trazer ao artigo: a inquietação, a impaciência em ouvir uma pessoa e para muitas coisas que necessitam de tempo; e mais:

  • Gosto por falar de forma excessiva (muitas vezes sem algo objetivo, sem um foco);
  • Temperamento explosivo, tendência a vícios (bebidas, drogas e jogos).
  • Intolerância a erros (cometidos tanto pela pessoa quanto por outros).
  • No campo da sexualidade, a pessoa pode ser instável, sendo que haverá períodos de grande desejo sexual e, por outro lado, fases de pouca libido.

– TDAH misto
Aqui, temos a junção do tipo desatento e hiperativo. A criança pode manifestar as características que abarcam tanto um quanto o outro.

Afinal, quais são as causas do Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade?

É importante explicar que os pesquisadores dedicados ao estudo do TDAH procuram seguir algumas linhas cuja busca por evidências é bem fundamentada em investigações. Sendo assim, o TDAH pode ter causas na hereditariedade e até mesmo no uso de substâncias nocivas durante a gestação, como álcool e nicotina. Sofrimento fetal e deficiência hormonal também podem ser responsáveis por esse quadro.

Tratamentos

As intervenções para os casos de Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade são multidisciplinares, uma vez que a criança deve ser levada ao médico, mas também ao psicólogo. Durante a fase escolar, o acompanhamento psicológico é necessário juntamente com o psicopedagógico.
 
Blog_neurosaber_-_Dr_Clay_Brites TDAH: Tudo o que você precisa saber sobre Déficit de Atenção
 

Você também pode se interessar...

64 respostas em “TDAH: Tudo o que você precisa saber sobre Déficit de Atenção”

Amei este artigo, muito bom. Bem assim, conforme fazia a leitura me veio a memória situações semelhantes. Obrigado por estes artigos ajudam muito quem convivê TDAH Sempre buscou informações para entender melhor.

Muito bom pra mim faço Educação Especial e inclusiva a neuropsicopedagogia institucional e Clínica. Muito obga

Meu filho tem 7 a, e temos o diagnóstico de tdah, ele é muito desatento na escola, na igreja e nas coisas q não o interessam. O que nos surpreende é a facilidade de gravar nomes, coisas de desenhos, filmes q ele gosta, a criatividade na montagem de brinquedos com peças minúsculas, mas na escola se confundir entre letras e números.
Como a escola pode ajudar/ conduzir?

Olá Thamara , já levou o laudo para escola em escrito ?
é importante que escola tenha conhecimento sobre o que é TDAH e a medidas que precisa ser tomadas para que aluno tenha um bom desenvolvimento durante ano letivo .

Vc já subiu falar sobre altas habilidades?Talvez seu filho tenha superdotação. Procure um psicólogo com essa especialidade em altas habilidades/superdotação.

Vc já ouviu falar em altas habilidades? Procure saber. E provável que seu filho tenha a inteligência acima da média e precise de acompanhamento psicológico especializado em altas habilidades. Talvez o que parece TDAH pode ser superdotação

Vc já subiu falar em altas habilidades? Procure saber sobre o assunto porque muitas vezes a criança não tem tdah e sim altas habilidades. Em alguns casos a criança pode ter dupla excepcionalidade tdah/ altas habilidades mas tem que investigar. A superdotacao não e um transtorno mas uma característica e nao precisa médicar. Talvez a agitação da criança pode ser sinal de muita curiosidade e vontade de aprender. Fique atentos pais e procurem mais informações sobre altas habilidades/superdotacao.

Meu filho está com nove fala bastante imagina um monte de cousas produz cria na mente dele está com dificuldade em aprender a ler e agitado mas natematica ele e muito bom faz tudo de cabeca …esta aguardandi neuroligista para diagnostico de tdah mas acho que pissa ser altas habilidades ja que o outro mais velho ja faz acompanhanento .obrigada fico mais aliviada

O meu filho tem 8 anos.
Já detectei com 6 anos indo pro 1 ano,foi uma benção depois de ter iriado o tratamento ,mas mesmo com o tratamento é puxado lidar com toda essa desatenção e a falta de noção do tempo,o meu pra gravar idade,datas de aniversário,o ano dos fatos acontecidos é impressionante de ver,lembra data que eu nem faço ideia,fui à loja e prescisava compra um tênis pro meu esposo,eu não lembrava o número,pois ele sabia o número ,a idade de cada um da família

Lendo esses comentarios observo que preciso levar ao meu filho também por algumas semelhanças. Ele tem facilidades iguais de aprender coisas q julgo difíceis para idade dele, mas dificuldade para aprender coisas simples tipo: as cores, as letras.
Coloquei no reforço por nao estar acompanhando as atividades, mas no relatório da escola dos professores falam muito de falta de concentração nas atividades.

Muito bom saber , mais pois infelizmente não temos noção do que é essa doença, só ainda não é claro como ajudar quais profissionais pode ajudar .ter uma criança assim ,tem hora que dá desespero, obrigado por ajudar c essa matéria.grata Neurosaber….

Olá Helena , já fez uma avaliação com neuropediatra ?
após uma avaliação o médico irá orientar qual especialista procurar e as interversões ideias para caso .

Minha filha tem 21 anos e mora com o pai . Me contou ser diagnósticada com TDAH . Não faz tratamento. Não trabalha , não estuda , mente , só usa de desculpa pra tudo, pouco higiene. Não sei oque fazer preciso de ajuda

Sou psicopedagoga e me enquadro em algumas destas características, assim como uma das minhas filhas. Tenho aprendido muito com a Neurosaber e o autoconhecimento é fundamental para usarmos mecanismos que possam nos auxiliar.

Muito interessante, uma coisa que acho que deve-se falar também que o açúcar ingerido na criança ela.fica ainda mais agitada do que é normalmente. Cada estudo é de grande valia para ajudar nossos pequenos

Tenho 60 anos, sempre fui hiperativa e desatenta, vivia sendo mandada para fora da sala de aula, não conseguia copiar a matéria, porque me distraia olhando para o teto, as janelas e os passarinhos. Apesar disso tudo tirava boas notas, mas sofria bullying até por parte de professores, que me chamavam de pateta e coisas do gênero . Só fui diagnosticada na vida adulta, depois da faculdade, por uma neuropediatra maravilhosa. Descobri que as vantagens superam as dificuldades, como o hiperfoco que é para mim uma espécie de prêmio.

Também já passei dos 60 e me identifiquei com sua resposta. Sempre tive os problemas que você citou mas nunca atinei com as causas. Gostaria de saber mais sobre a TDAH. Você poderia me ajudar com indicações? Autorizo fornecer meu email a ISIS

Isis estou com 53 anos, meus filhos estão dizendo que tenho TDAH, e agora estou lendo sobre o assunto. Já esqueci minha bolsa na lixeira da rua da casa de minha mãe. Perdi chaves varias vezes. Cheguei ao ponto de deixar a chave de minha casa com a vizinha pra poder entrar em casa. Seu comentário me ajudou porque tenho o superfoco. Neurosaber me ajuda…

Tenho um filho de 9 anos ele é muito desatento na escola e em tudo que vai fazer, é agressivo as vezes dar murro nas paredes e as vezes bate a cabeça na parede, levei ele no neuro e passou um exame EEG em vigília recebir o exame agora mais ñ mostrei ainda pro neuro que passou o exame, eu lendo o exame aparentemente não deu nada, so que ele desse jeito fico sem saber o que fazer, ele toma o respiridona que o psiquiatra passou. Não sei que fazer o retorno dele é em setembro no neuro

Me identifiquei com quase todas as características, nunca tive um diagnóstico que declare o TDAH, na fase adulta também é possível ser diagnosticado? Qual a especialidade exata devo buscar para sanar essa dúvida?

Olá Daniel,
Procure um Neurologista para uma avaliação.
Acesse nossos canais, temos muitas informações importantes lá que podem ter respostas para suas dúvidas. Vale a pena conferir!!!
YouTube: https://youtube.com/neurosabervideos
Facebook: NeuroSaber
Instagram: @neurosaberoficial
TELEGRAM NEUROSABER https://t.me/joinchat/Rie71UDhpRQwZTBh
Artigos em nosso Blog: http://www.neurosaber.com.br/artigos
Conheça também nossos Programas, cursos e NeuroPalestras: https://lp.neurosaber.com.br/neurosaber-cursos/
Atenciosamente,
Equipe NeuroSaber

O psiquiatra. Eu fui aos 53 anos, comecei a me medicar e a fazer terapia. Indico a todas e todos. Foi um divisor de águas em minha vida.

Boa noite! Tenho um filho de 5 anos que também possue as mesmas características, inclusive não escreve aprendeu não gosta sempre que pega no lápis deixa cair no chão, olha para o teto , parades e outros afins. Enfim, hoje com o diagnóstico ele faz as terapias multidisciplinares. E estou seguindo os conselhos da neuropsicóloga em trabalhar a escrita com ele através da digitação e tem né dado bons resultados, só que a escola não vêem isso com bons olhos e eu não sei mais o que fazer ele já consegue realizar leituras de frases e palavras pequenas , ama livro infantis, mas partiu pra escrita nada.. Então vou continuar alfabetizando com o notebook mesmo

Meu filho, foi ao neuropsiquiatra aos 21 anos . Diagnóstico TDAH, desatenção, problema com horário, muito quieto, não interage com a família. Sendo que foi aos 7/8anos à psicóloga, sem diagnóstico. Gostaria de saber como ajudar?

Meu filho tem 9 anos, e desde seus 3 ou 4 anos eu achava ele imaturo para a idade, qdo começou a ir pra escola as desconfianças só aumentaram, então por conta própria comecei a levar para médicos, psicóloga, neuro, psicopedagoga, enfim hje com 9 anos uma médica pisiquiatra me disse que pode ter TDAH, ainda não fechou o diagnóstico, mas com tudo que venho lendo e as consultas, acredito que ele tenha. O TDAH desatento.

Tenho 28 anos, fui diagnostica com TDAH.
Sofro com isso até hoje, as vezes sinto que não sirvo para nada.
Até hoje tenho dificuldade na escrita e interpretação de texto.
O que me ajudou muito foi o corretor automático no celular e computador, mas ao mesmo tempo isso vira um vicio como por exemplo, se eu for escrever em um papel tenho muitas duvidas e fico dependente daquela ferramenta.
Minha leitura é lenta e muito ruim, odeio livros porque não consigo interpretar certas coisas, perco tempo relendo a mesma frase varias vezes para entender e isso me irrita muito.
Já tomei ritalina, deixa mais atenta porém não resolve todos os problemas.
Gostaria de saber se existe algum teste para descobrir qual seria minha habilidade?
Meu maior problema com isso na fase adulta é arrumar um emprego com todas essas dificuldades.

Olá, Évyla

Antes de tudo, agradecemos pela confiança em nosso trabalho!
Entendo as dificuldades que você enfrenta até hoje. Nesses casos orientamos buscar um especialista pessoalmente para lhe dar melhores informações e orientação assertivas sobre o caso. De qualquer forma, temos conteúdos no youtube.com/neurosabervideos e Artigos em nosso Blog: http://www.neurosaber.com.br/artigos que podem te ajudar em muitas questões.

Webster,
Equipe NeuroSaber💙

Olá, Nilton

Que bom! Ficamos felizes em sempre poder auxiliá-los! Continue nos acompanhando para ver mais conteúdos como esse 🥰

Webster, Equipe NeuroSaber 💙

Tenho um filho de 8 anos que sempre foi uma criança passiva… gosta muito de assistir desenhos e as vezes parece se desconectar do mundo real. Na escola se dispersa facilmente… tem muita criatividade em criar coisas relacionadas aos personagens que gosta… quando fica fascinado por algum personagem gosta de pesquisar todas as curiosidades sobre o tal personagem… um exemplo disso foi quando estava focado no Michael Jackson sabia tudo sobre… a doença de pele… porque fez tantas cirurgias no nariz e mudou a sua fisionomia… e tudo porque ele tem a curiosidade e quer saber… o mesmo foi com o chaves, sonic… e agora homem aranha… e com isso na escola quer falar sempre desses assuntos… e ao mesmo se dispersa no momento de atenção as atividades… e agora tem apresentação certa dificuldades nas provas com a questão da interpretação… sempre usas frases eu não sei… eu não consigo e fica inseguro

Olá, Juliana

Primeiramente agradecemos pela confiança! Nesses casos orientamos buscar um especialista pessoalmente para lhe dar melhores informações e orientação assertivas sobre o caso. De qualquer forma, temos conteúdos no youtube.com/neurosabervideos e Artigos em nosso Blog: http://www.neurosaber.com.br/artigos que podem te ajudar em muitas questões.

Webster,
Equipe NeuroSaber 💙

Olá bom dia ! Eu tenho um filho de 10 anos eu percebi que meu filho e TDAH quando ele conclui o seu 2 ano do ensino fundamental ao iniciar o 3 ano aí sim vi as suas dificuldade porque a professora já não era a mesma em seguida veio a pandemia as aulas online eu estive acompanhado ele e realmente a professora não tinha paciência então ficou mais difícil pra ele, ele mim pedia pra trocar ele de escola , chorava ficava muito nervozo , não se concentrava ,se destraia , ficava enquieto ,fala que a pró só ajudava outros alunos então não foi fácil pra mim ter que lhe dá com esse trastorno, passarei ele neurologista fiz um exame mapeamento celebral passou pra ele tomar ritalina, durante 2 meses teve melhoras sim mas ,vejo que seu comportamento está mudando novamente , agitação , não da atenção o que nos falamos ,se distrai facilmente ,faz. As coisas a mil por hora , não para pra raciocinar.entao eu gostaria de saber o que posso estar fazendo .se continuo com a medicação ou passo no neurologista novamente

Olá Leda, tudo bem?

Primeiramente agradecemos pela confiança! Nesses casos orientamos buscar um especialista pessoalmente para lhe dar melhores informações e orientação assertivas sobre o caso. De qualquer forma, temos conteúdos no youtube.com/neurosabervideos e Artigos em nosso Blog: http://www.neurosaber.com.br/artigos que podem te ajudar em muitas questões.

Sol,
Equipe NeuroSaber 💙

Olá Elizabete, tudo bem?

Primeiramente agradecemos pela confiança! Nesses casos orientamos buscar um especialista pessoalmente para lhe dar melhores informações e orientação assertivas sobre o caso. De qualquer forma, temos conteúdos no youtube.com/neurosabervideos e Artigos em nosso Blog: http://www.neurosaber.com.br/artigos que podem te ajudar em muitas questões.

Sol,
Equipe NeuroSaber 💙

Olá, tudo bem?

Procure um UBS (Unidades Básicas de Saúde)do seu bairro, para mais informações de como solicitar um encaminhamento com o especialista(Neurologista).

Sol,
Equipe NeuroSaber 💙

Tenho 66 anos sempre fui hiperativa, simplesmente não consigo ficar parada, por exemplo, vendo televisão, exceto filmes que eu gosto. Quando converso com alguém quero falar o tempo todo e só final percebo que não deixei a pessoa falar e nem fiz algum comentário que era necessário quando a pessoa falou. Simplesmente pulo essa parte. Ultimamente com a idade, tenho sidi demasiadamente distraída. Estou fazendo algo e já pensando em mais dez coisas só mesmo tempo. Minha cabeça não para nenhum segundo e até tenho dificuldade de dormir pq não desligo. Agora com a idade os esquecimentos e distrações tenho medo de estar com alzimer RS. Mas percebi que minha distração e esquecimento é causado por sempre estar fazendo algo mas pensando no que vou fazer a seguir. Será tdha? Adoro trabalho manuais, sou perfeccionista, saído passar meus conhecimentos , sou alegre e onde quer que eu vá logo estou tagarelando com alguém rs

Olá Ricardina, tudo bem?

Esse comportamento pode ser por muitos motivos diferentes. Nesses casos orientamos buscar um especialista pessoalmente para lhe dar melhores informações e orientação assertivas sobre o caso. Temos muitos conteúdos que podem te ajudar a entender melhor isso. Acesse youtube.com/neurosabervideos e também em nosso blog que podem te ajudar.

Sol,
Equipe NeuroSaber 💙

Meu noivo sofre desse transtorno. O pior é que tenho conhecimento do caso mas às vezes perco a paciência e cobro coisas, que muitas vezes deixá-o irritado. Conviver com pessoas assim é difícil mas quando penso em chegarmos a um ponto final do nosso relacionamento, fico louco. O amo muito e não quero jamais perde-lo. Ele tem dificuldade em tomar certas atitudes, promete e muitas vezes não cumpre e isto me irrita também. Me aconselhe o que devo fazer. Quer ser feliz com ele e ajudá-lo a ter dias melhores ao meu lado. Temos uma certa diferença de idade, nos amamos e quero ter uma vida com ele.

Olá Manoel, tudo bem?

Primeiramente agradecemos pela confiança! Compreendo a sua situação e entendo que não seja fácil, a informação técnica e de qualidade é a melhor forma de lidar com esse tipo de situação, por isso nesses casos orientamos buscar um especialista pessoalmente para lhe dar melhores informações e orientação assertivas sobre o caso. Temos conteúdos disponíveis em nosso site e canal do Youtube acerca da temática, vale a pena conferir: https://youtube.com/neurosabervideos

Sol,
Equipe NeuroSaber 💙

Minha filha tem 17 anos e ela sair do ar por alguns minutos. Agente conversa e como se ela tivesse em outro lugar. Depois volta como se nda tivesse acontecido. Estou preocupada

Olá Bruna, tudo bem?

Primeiramente agradecemos pela confiança! Nesses casos orientamos buscar um especialista pessoalmente para lhe dar melhores informações e orientação assertivas sobre o caso. De qualquer forma, temos conteúdos no youtube.com/neurosabervideos e Artigos em nosso Blog: http://www.neurosaber.com.br/artigos que podem te ajudar em muitas questões.

Sol,
Equipe NeuroSaber 💙

Olá gostei muito da informação. Meu marido tem déficit de atenção e tem todas essas características citadas no texto. Agora com idade avançada acredito que seja mais difícil fazer acompanhamento com um médico, pois já está com 65 anos foi alcoólatra por muitos anos, hoje fazem 5 anos que largou o vício da bebida e agr bem abstinência por falta do álcool no organismo. E a situação é muito difícil. Ele se torna cada dia mais desatento e com todos os sintomas aí citados cada vez mais frequente. Mais venho aqui agradecer a informação sobre esse fato.

Olá Helena,

Primeiramente agradecemos pela confiança! Mesmo que com idade mais avançada orientamos buscar um especialista pessoalmente para lhe dar melhores informações e orientação assertivas sobre o caso. De qualquer forma, temos conteúdos no youtube.com/neurosabervideos e Artigos em nosso Blog: http://www.neurosaber.com.br/artigos que podem te ajudar em muitas questões.

Sol,
Equipe NeuroSaber 💙

Olá Carmen, tudo bem?

Primeiramente agradecemos pela confiança! Nesses casos orientamos buscar um especialista (neuropediatra) pessoalmente para lhe dar melhores informações e orientação assertivas sobre o caso. De qualquer forma, temos conteúdos no youtube.com/neurosabervideos e Artigos em nosso Blog: http://www.neurosaber.com.br/artigos que podem te ajudar em muitas questões.

Sol,
Equipe NeuroSaber 💙

Olá Crislaine, tudo bem?

O diagnóstico e acompanhamento requerem avaliação interdisciplinar com o envolvimento de especialistas nas áreas de psicopedagogia, neuropsicologia e neuropediatria.

Sol,
Equipe NeuroSaber 💙

Meu filho tem 7 anos, todos os professores ao longo dos anos nas 3 escolas que ele passou sempre disseram que ele era muito inteligente, porém sempre muito agitado. A princípio quando a professora disse que era bom avançá-lo de turma com 5 anos, eu pensava que normalmente ele ficava ocioso porque terminava rápido as atividades para brincar e conversar. Mas ao longo do maternal, jardim 1, 2 primeiro ano ele sempre teve muitas anotações na agenda e sempre voltava com as tarefas de sala incompletas. Na matemática sempre foi nota 10, mas nas outras principalmente atividades que exigiam leitura e escrita era um verdadeiro caos. Hoje a situação está muito pior, a única vez que fez todas as atividades foi quando a professora criou um quadro de incentivos onde ele não aceitava estar atrás dos colegas. Percebi que quando ele perdeu o interesse voltou a não realizar as atividades na sala. Ele perde os materiais, se perde nos pensamentos, brinca com os materiais ou roupa. Mas tem interesse em montar cubo mágico, fazer origâmis difíceis, montar briquendos que exigem raciocínio ou que exijam algum tipo de estratégia ou raciocínio lógico. Me vejo tentando inovar ou criar meios que sejam novidades para prender a atenção dele. Porém, todos os dias vejo recados na agenda, que ele não conseguiu se concentrar na aula e realizar as atividades. Mas o que me intriga é que quando o oi está junto, ele lê um texto grande e responde corretamente às atividades que envolvem interpretação de texto ou cálculos matemáticos. Mas todos os itens listados aqui nesse texto descreve meu filho e isso me preocupa.

Olá Lorena, tudo bem?

Compreendo a sua situação e entendo que não seja fácil, a informação técnica e de qualidade seguida do diagnóstico de um profissional responsável é a melhor forma de lidar com esse tipo de situação. Temos conteúdos disponíveis em nosso site e canal do Youtube acerca da temática, vale a pena conferir: https://youtube.com/neurosabervideos

Sol,
Equipe NeuroSaber 💙

Olá Luciano, tudo bem?

Primeiramente agradecemos pela confiança! É importante buscar um especialista (neurologista) pessoalmente para lhe dar melhores informações e orientação assertivas sobre o caso. De qualquer forma, temos conteúdos no youtube.com/neurosabervideos e Artigos em nosso Blog: http://www.neurosaber.com.br/artigos que podem te ajudar em muitas questões.

Sol,
Equipe NeuroSaber 💙

Eu tenho tdah misto eu não sabia de quase nada sobre só que era um problema com minha atenção nossa eu estou chocada sério eu nem sabia que era uma deficiência não sabia que tem tratamento agora eu sei deve ser por isso que sempre entro em problemas sem perceber

Olá Lais, tudo bem?

Primeiramente agradecemos pela confiança! É importante buscar um especialista (neurologista) pessoalmente para lhe dar melhores informações e orientação assertivas sobre o caso. De qualquer forma, temos conteúdos no youtube.com/neurosabervideos e Artigos em nosso Blog: http://www.neurosaber.com.br/artigos que podem te ajudar em muitas questões.

Sol,
Equipe NeuroSaber 💙

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *