Skip to content Skip to footer

Apoio do pai é importante para mães de crianças autistas

Apoio do pai é importante para mães de crianças autistas

Apoio do pai é importante para mães de crianças autistas – Como resultado, estudos mostram que quando a mãe recebe apoio do pai, o ambiente melhora por ter maiores recursos emocionais.

Antes de mais nada, a notícia de uma criança com autismo na família pode desestruturar toda a organização familiar. Sendo assim, pesquisadores resolveram estudar o impacto das relações familiares.

Dessa forma, estudos acham que o engajamento paterno junto ao bebê  é importante para a saúde mental da mãe quando  a criança tem autismo.

Em entrevista ao Maternal and Child Health Journal , os pesquisadores mostraram associações entre o estilo de cuidado do pai quando um bebê tinha 9 meses. Comparado ao aparecimento de sintomas maternos de depressão quando seu filho chegou aos 4 anos.  

Apoio do pai é importante para mães de crianças autistas

Estes seguiram os pais de 3.500 crianças, incluindo crianças com TEA e 650 crianças com outros transtornos de desenvolvimento.  Eles constataram que mães de crianças com TEA relataram muito menos sintomas de depressão quando seu filho tinha 4 anos…

No contexto onde os pais se envolveram muito mais nos cuidados e tiveram uma conduta mais ativa na condução compartilhada desta criança.

Por exemplo, acalmar o bebê ou levá-lo junto da mãe ao médico.  Por outro lado, os pesquisadores não viram diferenças significativas no comportamento da mãe nos casos onde a criança era típica. Ou em caso de outros transtornos do desenvolvimento.

Apoio do pai é importante para mães de crianças autistas

O envolvimento do pai nos cuidados de uma criança com TEA pode ser especialmente fundamental quando comparado com outras condições. Pois pesquisas prévias tem evidenciado que mães de autistas tem maior risco de estresse elevado, depressão e ansiedade do que outras mães.

A pesquisa traz implicações muito importantes mostrando como a mãe, sozinha, não tem plenas condições emocionais de dar conta de suprir as necessidades de seu filho com TEA.  

Mais apoio de familiares

Ou seja, o casal, unido, teria maiores recursos emocionais de acordo com a pesquisa citada neste artigo. Além do mais, a pesquisa reflete, indiretamente, que o envolvimento de mais familiares (avós, tios, madrinhas, primos, etc.) tem papel significativo.

Sendo assim, quanto mais apoio aquela mãe tiver do seu parceiro ou de outro familiar teria mais estabilização de um ambiente mais confortável para a mãe ao ser confrontada com o desafio de conduzir seu filho com TEA

Fonte: Entrevista Maternal and Child Health Journal sobre TEA. 

7 Comments

  • josenilza de oliveira reis
    Posted 22/10/2015 at 2:19 pm

    Realmente td que esta escrito ai aconteceu.Se nao tivesse meu marido comigo nao saberia q fazer.msm assim tive um surto de cansaço emocional tremendo…..Mas Deus e meu esposo eminha familia me apoiaram mt e fundamental.

  • Renata
    Posted 14/11/2015 at 7:04 pm

    Gostei do artigo, era o tipo de informação que buscava.

  • Vivian Moreno Castillo
    Posted 14/06/2016 at 9:32 am

    Gostei muito do artigo, acredito que sim a presença do pai é de fundamental importância para o equilíbrio da mãe, porem isso em se levando em conta uma situação normal de pai dedicado responsável, pois no caso de um pai que não aceita o comportamento do filho e fica criando conflitos querendo que o filho seja igual a todos e além disso bebe e não tem trabalho regular, nesse caso acaba sobrecarregando a mãe e tira o foco dela do filho fazendo com que ela tenha tantos problemas que não consiga da a atenção que o filho necessita.

    • [email protected]
      Posted 06/01/2017 at 10:29 pm

      Vivian com certeza o meio familiar realmente é muito importante para o desenvolvimento de qualquer criança neurotipica ou não.

  • Antônia Edna de Sousa
    Posted 29/04/2017 at 6:39 pm

    Muito verdadeiro esse atrigo. Penso que o apoio do núcleo familiar num mesmo sentido favorável ao que a criança tem necessidade no momento ou etapa de desenvolvimento será sempre o ideal para o sucesso dessa criança.

  • RAFAEL UMBELINO NUNES DE MELO
    Posted 13/02/2018 at 1:12 pm

    Ótimo artigo. Estou tentando fundamentar um pedido de remoção de Ilhéus para Recife por motivo de saúde ( meu filho autista de 3 anos) , na região não tem tratamento especializado que meu filho necessita, sou servidor técnico do MPF , e a administração demonstra aceitar minha remoção apenas p Salvador, no entanto o meu núcleo familiar se encontra em Recife. Alguém teria mais material especializado do mesmo teor do artigo acima?

    • ADAILTON BARBOSA FERNANDES
      Posted 22/06/2023 at 12:02 am

      Oi. Pede para o Neuro do seu filho constar no laudo q este meio família é essencial para seu filho e muito mais para você.

Leave a comment

0.0/5