Skip to content Skip to footer

Desenvolvimento infantil: Identifique os sinais

Desenvolvimento infantil: saiba identificar sinais de alerta.

 A primeira infância é uma fase crucial no desenvolvimento infantil, marcada por um intenso processo de aprendizagem em várias áreas: cognitiva, motora, de linguagem e socioemocional.

Desde o nascimento, os bebês estão em um constante estado de desenvolvimento, e acompanhar esses progressos é fundamental para garantir seu crescimento saudável.

Neste artigo, vamos explorar o desenvolvimento infantil e entender quais são os sinais de alerta.

Acompanhando o desenvolvimento infantil

À medida que os dias passam, os sinais de que seu filho está aprendendo a viver aqui fora vão ficando cada vez mais claros.

Além disso, para ajudar nesse acompanhamento, são usados os marcos do desenvolvimento, parâmetros criados por especialistas para avaliar se este está ocorrendo como o esperado. 

Portanto, por regra, até os 3 anos de idade, são adquiridas habilidades vitais que irão determinar o futuro da criança. Porém, ainda que cada criança se desenvolva no seu próprio ritmo, existe um período em que é esperado que certas habilidades sejam adquiridas. 

Quando ligar o sinal de alerta? 

Vale destacar que cada marco é cumprido dentro de uma margem de tempo (por exemplo, o que é esperado aos 3 meses pode ocorrer apenas aos 4 meses). Porém, levar um pouco de tempo para cumprir um ou outro marco não significa, necessariamente, que a criança terá algum transtorno.

No entanto, é preciso muito cuidado com conselhos como “é o tempo dele” ou “cada criança tem seu ritmo”. Ou seja, a demora para atingir determinado marco não deve nunca ser negligenciada para que não se adie o início de recursos terapêuticos fundamentais para remediar um quadro real de atraso de desenvolvimento.

O papel dos cuidadores na observação atenta

Os cuidadores, incluindo pais e educadores, desempenham um papel fundamental na observação do desenvolvimento infantil. Ou seja, podem auxiliar a identificar os sinais de desenvolvimento infantil.

Além disso, identificar possíveis atrasos e dificuldades de aprendizagem o mais cedo possível aumenta as chances de aplicar intervenções eficazes.

Portanto, é especialmente importante para crianças diagnosticadas com transtornos de neurodesenvolvimento, como o Transtorno do Espectro Autista (TEA) ou o Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH), para que possam se desenvolver plenamente dentro de suas capacidades.

SAIBA MAIS: A importância do neurodesenvolvimento infantil de 1 a 3 anos 

Sinais de Alerta no Desenvolvimento infantil

Listamos alguns dos principais sinais de alerta no desenvolvimento motor e da linguagem de crianças de 0 a 3 anos para ajudar os pais a identificar momentos críticos para procurar um especialista:

Desenvolvimento Motor:

  • 4 meses: Não sustenta o pescoço.
  • 6 meses: Não rola.
  • 9 meses: Não senta sem apoio ou não se locomove.
  • 12 meses: Não engatinha ou não se sustenta em pé com apoio.
  • 18 meses: Não anda sem apoio.
  • 2 anos: Não corre ou não sobe escadas com apoio.
  • 3 anos: Não pula ou não chuta uma bola.

Desenvolvimento da Linguagem:

  • 6 meses: Não vocaliza sons ou não sorri em resposta a estímulos.
  • 9 meses: Não sustenta o olhar ou não demonstra alegria.
  • 12 meses: Não responde ao próprio nome com gestos, olhares ou sorrisos.
  • 18 meses: Não aponta ou não fala pelo menos 5 palavras.
  • 2 anos: Não forma pequenas frases ou os pais não compreendem a fala da criança.
  • 3 anos: Não forma frases com pelo menos 3 palavras ou sua fala não é compreensível por estranhos.

Observar atentamente o desenvolvimento infantil e estar atento aos sinais de alerta é crucial para garantir intervenções precoces e adequadas. Se a criança apresentar regressão ou estagnação em qualquer fase do desenvolvimento, é essencial consultar um pediatra ou neuropediatra para esclarecer dúvidas e tomar as medidas necessárias.


REFERÊNCIAS:

Black MM, Walker SP, Fernald LCH, et al. Early childhood development coming of age: science through the life course. Lancet. 2017;389(10064):77-90

Rodrigues OMPR. Escalas de desenvolvimento infantil e o uso com bebês. Educ Rev. 2012;43:81-100.SANTOS, Márcia Elena Andrade; QUINTAO, Nayara Torres  and  ALMEIDA, Renata Xavier de. Avaliação dos marcos do desenvolvimento infantil segundo a estratégia da atenção integrada às doenças prevalentes na infância. Esc. Anna Nery [online]. 2010, vol.14, n.3 [cited  2021-03-29], pp.591-598

Leave a comment