Skip to content Skip to footer

Desperte Habilidades Matemáticas na Primeira Infância

Desperte habilidades matemáticas na primeira infância. As habilidades matemáticas são indispensáveis, da mesma forma que outras.

Assim como as noções linguísticas, sociais e físicas, as habilidades matemáticas são indispensáveis para o desenvolvimento infantil.

Da mesma forma que usamos a matemática no cotidiano, as crianças podem aprender as habilidades matemáticas no dia a dia, antes da fase escolar.

Neste texto, vamos entender a importância do aprendizado da matemática, e aprender como aplicar essa habilidade.

Entenda a importância da Habilidade Matemática:

Essas habilidades são importantes e funcionam como uma preparação para a escola. O que não significa que você ensinará operações difíceis ou conteúdos teóricos para a criança.

Ao contrário, o despertar dessas habilidades na primeira infância deve ser feito levando em consideração a idade e as aptidões de cada um.

Durante a fase pré-escolar, a maioria das crianças tem uma compreensão em relação à adição, e também a subtração por meio de atividades diárias e por meio de brincadeiras.

Um exemplo disso, é quando uma criança tem dois bonecos e percebe que, ao dividir um boneco com o amigo, ela fica com apenas uma.

Além disso, ela pode adquirir outras noções iniciais. Como ocorre ao contar os passos ou descrever formas de objetos.

Portanto, as atividades cotidianas, informais, dão um impulso inicial. Sendo assim, a criança aprende os conteúdos matemáticos na escola.

HABILIDADES MATEMÁTICAS PARA A ESCOLA

Algumas habilidades podem servir como pré-requisito no momento em que a criança precisará aprender conteúdos mais avançado. Nesse contexto, existem algumas noções que você pode abordar na fase pré-escolar, tais como:

 – Sentido do número: é a capacidade de reconhecer e comparar quantidades sem realizar uma contagem. Como quando a criança identifica em qual saquinho há mais balas.

 – Representação: Aplicar as ideias matemáticas na realidade para quando a criança brincar de desenhar com um amigo e percebe que serão necessários dois lápis. Já que será um lápis para ela mesma e o outro para seu amigo;

 – Sentido espacial: diz respeito ao conhecimento relacionado a tamanho, formas, espaço, direção e posição. Um exemplo disso é quando a criança sabe que determinado objeto está em cima ou embaixo da mesa;

– Medição: utilizar as medidas relacionadas a peso, altura, tempo, entre outros. Dessa forma, as crianças podem ser estimuladas a perceber a passagem do tempo em dias, horas e minutos, por exemplo.

Além disso, elas também podem desenvolver noções de medição ao realizar alguma receita culinária, utilizando mililitros ou gramas para medir os ingredientes.

 – Estimativa: é a habilidade de estimar ou dar um palpite sobre a quantidade, ou o tamanho de algo, a partir da compreensão do significado das palavras mais, menos, maior e menor.

FEssas estimulações podem ser difíceis para crianças mais novas, portanto, deve ser feito de forma simplificada por meio de exemplos do cotidiano.

5 FORMAS DE DESPERTAR AS HABILIDADES MATEMÁTICAS PRECOCEMENTE

Existem crianças que podem ter mais facilidade para desenvolver as habilidades e outras que terão mais dificuldade, e por isso é necessário que as características individuais de cada criança sejam respeitadas.

Aqui estão algumas ações que vão ajudar nesse processo:

 – Classificar as formas: brincar com as formas, nomeando cada uma delas, contando seus lados e descrevendo cores. Isso pode ser feito através de atividades lúdicas, como pedir para a criança apontar para o círculo ou dizer para ela encontrar o bloco verde;

 – Contar e classificar: estimular a contagem e classificação com base na cor e tamanho. A exemplo disso, você pode separar alguns cestos e pedir para que a criança separe os brinquedos em cada cesto de acordo com sua cor.

 – Noções de tamanho: estimular a observação dos tamanhos dos objetos, que pode ser feita por meio de comparação entre eles, por exemplo: “o caderno vermelho é maior do que o azul”.

Além disso, também é possível estimular essas noções através de perguntas, como: “qual você acha que é maior: o lápis ou o caderno?”; “o meu quarto é menor que o seu?”;

 – Sair de casa: Caminhar em outros ambientes com a criança, essa pode ser considerada uma alternativa para trabalhar algumas noções matemáticas, por exemplo: apontar qual é a maior pedra encontrada no caminho; contar quantas árvores podem ser vistas durante um passeio.

– Longo ou curto: estimular a comparação a partir da noção de longo ou curto. Você pode fazer isso brincando com objetos, por exemplo: pedaços de tecidos ou fitas, comparando roupas ou até mesmo tamanho de cabelo.

Em resumo, ensinar habilidades matemáticas na primeira infância trará benefícios para a sua criança. Porém, é preciso que você respeite os limites da criança e molde ações com base nas limitações dela.


REFERÊNCIAS:

BIOLCATTI, C. F.; SOARES, L. M. A MATEMÁTICA COMO POSSIBILIDADES PARA O ENSINO DESENVOLVENTE NA PRIMEIRA INFÂNCIA. In: Encontro de Iniciação Científica e Tecnológica, VI, Araraquara, 2021. Disponível em: https://arq.ifsp.edu.br/eventos/index.php/enict/6EnICT/paper/view/561. Acesso em: 13 jul. 2022.

Help Your Child Develop Early Math Skills. Zero to Three, 2022. Disponível em: https://www.zerotothree.org/resources/299-help-your-child-develop-early-math-skills. Acesso em: 13 jul. 2022.

Leave a comment