Voltar

Asperger e Autismo: Qual a diferença?

Muitos pais e profissionais ficam em dúvidas sobre os transtornos de aprendizagem que afetam as crianças. Entretanto, é preciso saber que há diferenças consideráveis entre elas. Vale citar aqui os pontos que diferem o autismo e o asperger.

Entendendo as diferenças

Para começar, é importante dizer que o autismo é um transtorno de desenvolvimento que leva ao comprometimento global da interação social com comportamentos repetitivos e restritos, além de problemas de comunicação social.

Por outro lado, mesmo que o portador da síndrome de asperger também possa apresentar essas características, o que difere é a intensidade, a profundidade e a gravidade dos sintomas entre os dois transtornos. O autismo leva a um comprometimento de linguagem, de comunicação, além de aspectos que dizem respeito à sensibilidade, ao ato alimentar e ao sono. Isso leva o autista a enfrentar tudo de forma severa e, por isso, depende de uma interação maior dos responsáveis.

O asperger, por sua vez, é o contrário, pois os sintomas são relativamente mais brandos e a pessoa fala muito bem, pode se expressar de forma rebuscada. A criança consegue ser mais independente, embora apresente comportamentos ‘estranhos’, no que diz respeito à interação social.

Diagnósticos em tempos diferentes

Outra diferença que podemos pontuar é que o autismo é percebido de forma precoce, quando a criança está com aproximadamente um ano, um ano e meio até 3 anos de idade. Uma característica marcante, no entanto, é o fato de o autista não apresentar reciprocidade, além de não estabelecer comunicação visual.

O asperger apresenta outro quadro, a começar pela manifestação que o transtorno se dá: tardiamente; quando a criança começa a manifestar a interação natural para a idade dela. Aliás, a percepção é mais difícil por isso, uma vez que depende de estágios do desenvolvimento da criança para que possa ser feito o diagnóstico. Lembre-se: o asperger é um quadro mais tardio.

Importante!

Crianças com autismo tendem a demonstrar mais desatenção e são impulsivas, elas têm mais dificuldades de coordenação motora e problemas cognitivos mais sérios. No asperger, isso vem de maneira mais leve.

No autismo, 5% das crianças têm altas habilidades, 40% apresentam intelecto normal e 50% tem um retardo mental associado. Já o nível de inteligência em um portador de asperger é normal.

Assista nossa live sobre Autismo e Asperger

Transição: Autismo – Asperger

Entretanto, quando a intervenção é feita por profissional e de forma precoce, isso pode fazer com que a criança se transfira do quadro do autismo para o asperger. Vale lembrar que o asperger está dentro do espectro do autismo, mas o detalhe é que o asperger não está incluído no autismo clássico.

Outras diferenças

Uma diferença pontual é que no autismo clássico há a ecolalia e no asperger, não. Uma criança com asperger pode ter estereotipia, mas bem leve se comparado ao autismo: como o gosto por alguma coisa (gostar muito de carro e, por isso, repetir o assunto mesmo quando ninguém se referir ao tema). Diferente do asperger, o autismo clássico pode apresentar síndromes associadas.

Intervenção necessária para uma vida satisfatória

A adaptação da criança à vida social e escolar tem que ser assistida. Para isso, é necessária uma intervenção psicossocial, intervenção no desenvolvimento e no campo comportamental para que ela se adapte a um convívio satisfatório. A criança com asperger é mais independente e consegue chegar aos lugares e resolver situações previsíveis. Portanto, o tratamento é sempre a melhor saída.

Você também pode se interessar...

80 respostas em “Asperger e Autismo: Qual a diferença?”

Meu filho é autista e tem um serio problema com o sono mesmo tomando remedio controlado é bem dificiu muitooo complicado ja faz uma semana que ele ñ vai a escola ñ consigo levanta si ele ñ dormi tbm ñ durmo tem qui ter muitaaa paciência e muitooo amor ele tem 12 anos usa fraldas e si chama petreson é uma criança linda ñ sei oque seria da minha vd sem ele.

Paciência é o nosso nome Alessandra, e amor tbm, cada dia que passa me apaixono mais por meu autista lindo e pela área, bjus continue firme, fique com Deus..

Olá, desculpe comentar aqui pq li seu comentário e me comovi com a situação então lembrei que o chá manjericão e bom para fazer dormir. Se esse for o caso dê a ele desde já a noite e ele vai dormir legal.
Busque dessas auternativas naturais que temuitod que ajudam no sono.

Minha filha tem 4 anos e tem Asperger. É muito difícil a vida social com ela em alguns casos pq sempre fica parecendo que eu não a educo, ela não consegue brincar bem com outras crianças e se assusta muito fácil, é uma pena pois ela fica parecendo uma “boba”, quando na verdade toda essa dificuldade social é uma das características da Síndrome. Mas eu a AMO MUITO e estudo muito sobre Asperger, pois penso que a 1° pessoa que tem que saber lhe dá com ela sou eu e cabe a mim está bem estruída sobre o assunto é explicar aos demais, inclusive as professoras da creche dela.

Danúbia, eu concordo plenamente com você quando meu filho foi diagnosticado com SA a minha primeira atitude foi estudar sobre o assunto, porque a pessoa que mais passa tempo com ele sou eu, a pessoa que tem o maior vinculo com ele sou eu. Consciente que não tem cura e que são potenciais a serem despertados voltei meus interesses para profissionais que revolucionaram a pedagogia utilizando métodos com crianças que tinha comprometimento intelectual como Maria de Montessori e Reuven Fuester. Se eles conseguiram desenvolver essas crianças porque eu não conseguiria trabalhar o meu que não tinha comprometimento intelectual? Sem abrir mão de educar e ensinar limites passei a ser uma mediadora na aprendizagem dele e só tenho que me orgulhar do progresso. Como disse Reuven Fuester “O DNA não é a última palavra.” “Aprender a aprender” foi onde me encontrei. Ele estuda em escola regular com média 7, sem professora auxiliar e se relaciona muito bem com todos. Nós mães somos uma espécie de Deusa, respeitando os limites e incentivando o progresso individual.

Crianças com Asperger tem problemas no sono? Tipo acordam na madrugada pra fazer xixi e começa a chorar e chorar e só para depois de quase uma hora?

O meu filho tem 17 anos tem sindrome de asperger e um ser humano maravilhoso terminou o ensino medio o ano passado e esse a
No faz cursinho para disputar uma vaga numa universidade publuca de campinas so mae sou e psicologa porque ele tem muita confianca em mim me passa tudo que esta acontecendo com ele me dedico boa parte do tempo para ajudar e orientar nas coisas que ele gosta de fazer gostaria muito de poder ajudar as maes a superar as dificuldades que temos uma coisa eu deixo clara temos que ter para doar muito amor

Olá! Meu filho tem 4 anos, faz terapia e fono mas não possui diagnóstico. Qual o melhor profissional para identificar uma possível síndrome de asperger?

Meu filho foi diagnosticado por uma neuropsiquiatra infantil e antes disso sua psicóloga percebeu seus tracos e pediu para eu ler sobre a síndrome de asperger e comparar com o comportamento do meu filho, assim , graças a Deus, precocemente consegui o diagnóstico

Estou na mesma situação, sendo que o meu filho tem 2 anos e 3 meses. Deixo o meu e-mail para troca de experiência: rsanbr@gmail.com para posterior troca de zapzap. Qualquer compartilhamento, descoberta, informação ou mesmo desabafo é bem vindo, enriquecedor e confortante. Obrigado!

Eu também vivo na mesma situação, o médico não deu diagnóstico porque não sabe de qual são as síndromes , se é aspger ou autismo leve, ele me encaminhar para levar minha filha na foto e na psicólogo, o médico que eu levei foi neuro e não neuro pediatra, minha filha tem 1 ano e 4 meses.

Doutor, por favor me tire uma dúvida, no DSM 5 a síndrome de asperger não deixou de existir e ficou só o TEA na categoria de transtornos do neurodesenvolvimento???

Luciana e Dr Brites, tenho assistido todos os videos, quero dizer que melhor explicação não se encontra. Fico muito contente de participar e compartilhar com vocês essa literatura que é muito útil.
Deixo o meu parabéns para os dois.
Atenciosamente- Francisca Preto – Portugal

Doutor, uma criança com asperger pode extravasar a ansiedade através de agressões aos colegas, como reação a uma capacidade limitada de acompanhar os colegas?

Gostei muito! Mas não assisti no dia. que pena! Tenho Três crianças que atendo com autismo, mas uma diferente da outra, ouvindo vcs, percebia que uma delas é Autista as outras duas se encaixa mais no Asperge.
Já compartilhei o vídeo com as mães destas crianças.

ola me chamo thais tenho um filho de 5 anos e ele tem muitas características de autismo clássico porem a psicopedagoga e fono dizem q ele se encaixa no asperg,como ele ainda não esta diagnosticado tenho muitas duvidas pois ele apresenta um imenso atraso na fala atraso de raciocínio e as birras e crises são frequentes,apresenta também muita resistência a quebra de rotinas e mudanças,e estereotipias também se fazem presentes,estou muito confusa pois o diagnostico esta muito demorado

Meu filho tem 7 anos. É asperger, teve atraso na linguagem e, também ecolalia. Creio que Aspergers podem ter ecolalia sim.

Bom dia De Luciana
Trabalharei com o tema Psicomotricidade na prática do professor com alunos do curso de formação de docentes. Gostaria muito de utilizar algas palestras e slides seu sobre o tema mas para isso preciso de sua autorização, questões autorais. É possível? Como faço para ter essa autorização?

Olá, amei o vídeo não havia visto ele no dia vcs estão me ajudando muito, estou fazendo o curso entendendo o autismo e isto está sendo um divisor de águas pra mim. Meu filho está passando por avaliação agora ele havia sido diagnosticado com autismo de alta funcionalidade mas assistindo este vídeo tenho a impressão que ele pode ter passado a Asperger isso a avaliação final pode mostrar. Essas informações estão me ajudando até mesmo dialogar melhor com os profissionais pois me abre os olhos para coisas que poderiam passar desapercebidas e fazer a diferença para o diagnóstico e intervenções.
Gratidão!!!!!!!

Amei as informações. Já participei de formação com esse tema e os próprios palestrantes tratavam o Asperger como um Autismo leve. Obrigada por suas informações.

Meu sobrinho não consegue se interessar por mais nada alem de videogame.Quando saímos quer voltar logo, não olha tv nem tem amigos…se não joga se deprime e revolta.Não sei como agir…nunca consigo faze-lo se interessar por esportes nem nada…é horrivel…não consigo ter vida social.

Olá.
Meu filho é introspectivo e toda vida foi.
Muito inteligente, auto didata, foca seu interesse em aviões de guerra.
As vezes o percebo disperso e com dificuldades em assuntos comuns do dia a dia.
Preciso de ajuda para saber se ele é asperger e como lidar com essa característica.

BOA NOITE A TODAS , EU ME CHAMO JOSE LUIS E TENHO UM FILHO ESPECIAL QUE SE CHAMA VINICIUS E NO NOSSO CASO SÓ CONSEGUIMOS O DIAGNÓSTICO DE ASPERGER EM 2015 E ELE JÁ ESTAVA COM 14 ANOS , FOI MUITO DIFÍCIL PARA MIM E PARA ANA CLAUDIA , POIS FOMOS A VÁRIOS LUGARES E NINGUÉM DIZIA O QUE ELE TINHA . MAS GRAÇAS A DEUS NÓS FOMOS ENCAMINHADOS AO IPUB-RJ , FUI MUITO BOM E A JUNTA DE PSIQUIATRAS FOI FENOMENAL AO DAR O DIAGNÓSTICO , APARTI DAÍ NÓS COMEÇAMOS O TRATAMENTO. E hoje eu estou bem melhor com meu filho pois sei que ele precisa muito de mim e eu dele , é um crescimento mutuo e tambem estou me reeducando para ajuda-lo.

Olá José Luiz, gostaria de saber quais as dificuldades que seu filho apresentava. Meu filho do meio Caio está com 11 anos, a um ano, ele faz acompanhamento em grupo com psicólogo. Há dois anos atrás ele começou apresentar problemas de concentração na escola, sempre era chamada pra dizerem que ele não estava acompanhando a sala na escrita, porém sempre tirou notas boas, qdo a matéria não interessava ele simplesmente desligava, ficava longe, distraído. Ele desde pequenos teve problemas em chegar nos lugares, não gostava de cumprimentar as pessoas, nem de sair de casa. E agora parece que esses sintomas só estão piorando.
Por isso gostaria de saber como é qdo você começou a perceber que tinha algo errado.

Sou Darcy. Tenho um filho com 14 anos, ele teve crises epiléticas causadas pela inflamação nas têmporas, fez o tratamento medicamentoso e graças a Deus não tem mais… Ele não gosta de escrever e uma resposta de cinco linhas ele resume em duas ou três palavras… Esse ano foi reprovado e não tive apoio nenhum dos professores, fui na escola várias vezes e não consegui ajuda. Não sei se algum de vocês profissionais pode me ajudar…

Darcy é necessario fazer uma avaliação para com um profissional da area da educação e da saude para saber como ajuda-lo.

Meu filho foi diagnosticado com Asperger a poucos dias , ele gosta muito de computação e jogos, devo encaminhá-lo para a vida profissional nesta área da computação ?. Levei um choque muito grande com essa diagnóstico, ele tem 15 anos, mas aos poucos estou estudando o assunto e sei que ele pode levar uma vida normal com algumas limitações, estamos procurando ajuda com uma equipe multidisciplinar e se Deus quiser vamos fazer a vida do nosso filho ser maravilhosa , como era antes do diagnóstico, porém agora entendemos algumas atitudes dele e com ajuda da minha família vamos fazer o melhor para ele.
Outra dúvida e se devemos ou não conversar com ele sobre esse diagnóstico ?, falamos ou não para ele de suas limitações ?

Paulo com certeza uma criança bem acompanhada e principalmente com a dedicação da familia poderá surpreender em suas limitaçoes.Converse com a equipe multidisciplinar que estará direcionando os proximos passos a serem dados.

Oi, tenho um neto asperger, menino muito inteligente, esperto. Tem seus momentos dificeis, mas procuro ajuda-lo. Faz tratamento na clinica de psiquiatria da santa casa rj. Excelente atendimento.

Jesiane procure um profissional de sua confiança para que este se necessario, indique um colega de profissão especifico nesta area.

Meu Matheus é asperger, lindo inteligente, mais estamos conseguindo viver com as dificuldades dele e esperamos que ele no futuro Seja bastante social

Davi com certeza ele poderá no futuro desenvolver-se dentro de suas possibilidades, com o apoio familiar e de profissionais habilitados.

Oi tenho uma filha de 3 anos que foi diagnosticada com autismo mas a medica colocou na receita CID10:F84.5 ela é asparger ou autista grave? Sei que os dois são autismo mas tem um que é mais grave, alguém pode me responder?

Ola Romilda! este diagnostico se refere a Sindrome de Asperger, que é considerado um grau leve. Mas peça mais informaçoes para a medica que a diagnosticou para melhores esclarecimentos.

Olá, como conversar com meu filho sobre o seu diagnóstico? Ele tem Asperger e possui 8 anos. Gostaria de explicar o que ele tem, até mesmo para ajudá-lo na escola e em outras situações, pois sabemos, infelizmente, que muitas pessoas por ignorância ou desrespeito acabam por agredir o que é diferente…

Att

OLa Jaqueline! sempre é importante tratar o assunto com a maior naturalidade possivel e sempre não comparar mas faze-lo entender que todos temos nossas limitaçoes.e o carinho e atenção dos pais o ajudarão a superar suas dificuldades.Abraços

O meu filho tem 10anos ele foi diagnosticado Asperg porém ele tem estereótipos nas mãos quando está ansioso ou feliz faz uns barulhos e carré de um lado pra outro dentro de casa.

Gimar! cada criança é unica e as suas reaçoes tambem.O importante é ele estar sendo acompanhado por profissionais especializados e ter principalmente a compreessão e o carinho da familia; e esta por sua vez sempre procurando conhecimentos e informaçoes sobre como ajuda-lo.

Olá
Tenho um filho com asperger que faz uso de ritalina durante o horário da escola, se passar do horário do remédio ele tem crises sociais e muitas vezes agride outras crianças da,escola. Estou enfrentando um serio problema pois a secretária municipal de educação proibiu a agente de educação especial que o acompanha na,escola de administrar o medicamento. Eles alegam que fui beneficiada pelo LOAS então tenho que ir todos os dias ate a escola medicar ele. Temos receita medica desse medicamento e a escola se nega,a dar o medicamento a ele. Está correr essa atitude?

Meu filho Maycon com 7 anos e quase que totalmente dependente . Usa fraldas a noite.Não come sozinho nem toma banhos. Tem momentos de rebeldia que só com muito amor pra levar. Sou laudo e fechado comO F84 O que significa e se ele pode passar de autismo para asperger.. Email: edeniltonnogueira@gmail.com

olá, estou muito confusa pois ainda não procurei ajuda, ainda é intuição de mãe mais receio que meu filho tenha algum problema, ele agora tem 13 anos mais sempre teve imensa dificuldade de escrever e ler, e ate hj ler e escreve e ler como uma criança de terceira quarta serie,e hj ele passa a maioria do tempo na verdade todo tempo que ele estar em casa vendo serie na netflix e sempre isolado.
gostaria urgente de uma opinião, tenho pesquisado sobre varias coisa. meu filho preciso de ajuda?

Boa tarde. Dr observei diferenças no desenvolvimento do meu filho desdeos 1.5 hoje ele têm 2 anos 2 meses. Observei que ele não olhanos olhos de outras pessoas só no meu e do meu esposo. Ele sempre foi calmo,dorme bem ,come bem. Porém ele não brinca com crianças da idade dele, com adultos sim. Ele aprendende as coisas relativamente rápido, já sabe mexer em joguinhos no celular desde dos 1.7 meses. Ele quando bebê sorria pouco, gostava de dormir só na cama. Ele só fala mamãe, já falou me dá mamãe. Nunca falou frases inteiras. Ele adora organizar os carrinhos em fileira, deita no chão e fica passando o carrinho no chão. Ele tb vai no colo de todo mundo, nunca estranhou abraço de pessoas estranhas. Ele não demonstra alegria quando ganha brinquedos.Ele têm noção de perigo, ex não tenta descer a escada sozinho. . Já levei no neurologista mais ela não fechou diagnóstico, mas para mim ele é autista. Mais fiquei na dúvida após assistir o vídeo.

Meu irmão está com 52 anos e somente há sete anos, descobri, por uma namorada, que ele é Asperger. Nunca teve diagnóstico. Nunca teve amigos, não gostava de aglomeração de pessoas, ficou um mês fugindo da escola. Vive repetindo as coisas, passa a mão no cabelo sem parar, e não gosta de contatos físicos, mas estudou, fez faculdade. É de poucas palavras, raramente sorri e é resignado, morno em sua afetividade. Não entende certas coisas. Pena não ter sabido antes, como ele é… Teria entendido o melhor…

Meu filho tem 7 anos não conversa,tem pouca coordenação motora(escreve,abotoar,amarrar cadaso) não tem estereotipia,dorme bem(a noite) não toma remédio,mais não consegue se concentrar ou prestar a atenção nas coisas…mais quando observa ele consegue aprender.
Não sei qual o grau dele.

No livro Doenças Autoimunes, da Dra. Amy Myers, há 10 referências sobre autismo. Será muito útil sua leitura, pois a origem pode ser um processo inflamatório autoimune.

Minha filha tem 5 anos é autista e extremamente inteligente,nao fala muito bem o português mais fala bem inglês e coreano aprendeu nos videos infantil do you tube sabe lê algumas coisas é muito social mais nao come nada so mamadeira como um bebe e usa fralda pois fica tão ligada no mundo eletrónico que esquece de ir ao banheiro e qd fica ansiosa ou brava fica sacudindo as mãos, fora isso ela é perfeita

muito obrigado pelo programa. sou de cabo verde o meu filho foi diagnosticado asperger ele sido acompando mas preciso saber com ajudar meu filho

Tenho uma filha de dezoito anos , aos quatorze presenciei ela tendo uma crise.,eu e meu marido ficamos desesperados.os médicos estão achando que ela é Asperger mas ainda não deram o diagnóstico.. assisti o vídeo e parece o vc estava faltando de todos os sintomas que ela tem. Não entendo porque os médicos não dão o diagnóstico.

Me chamo márcio,sou mineiro de Divino das laranjeiras,ultimamente estou fazendo AEE na Faculdade UNIMES, Em toda minha vida tenho notado que o preconceito quanto á pessoas Especiais tem ultrapassado seculos,somos seres pensantes ,individualistas e desumanos,desde os tempos Bíblicos .
Em toda historia humana, pessoas com necessidades especiais tem sofrido grande revês. É próprio de cada ser a postura de solai-os quanto ao NOVO,Creio pia e cegamente que poderemos ter os anos de todos os seculos a nosso favor que sempre haverá acepções de pessoas,somos seres selvagens..egoistas..,Só nos atemos ao fato quando lidamos com o próprio problema em nossa cercania
Tenho 4 filhos,todos “NORMAIS” mas incrível que se pareça, há filho nosso que não apresenta um quadro como a um AUTISTA, mas que dão trabalho para milhões,A pessoa com necessidade especial e tanto especial e valoroso como qualquer outro ser,pois todos somos únicos…especiais e temos valor eterno no palco da vida

No ano de 2017 ,estava prestando um culto de homenagem a DEUS na igreja batista tradicional,aqui em minas(DIVINO LARANJEIRAS)
O preletor foi certo pastor da igreja batista da cidade de JUIZ DE fORA,em sua pregação ele disse estas palavras: “Nós não somos aquilo que as pessoas nos veem”
Esta colocação me fez refletir nas pessoas com necessidades especiais, pois O ser humano julga o que seus olhos veem, mas não colocam em pratica o olhar do coração, Em me tornando professor de algum aluno “especial” a pessoa que mais irá ganhar será EU, A pessoa especial há um lado emocional…há um diferencial visível de sensibilidades,fraquezas e cuidados,na verdade aos olhos de DEUS somos todos Especiais tanto ao valor de nossas almas tanto quanto as necessidades básicas,físicas ,mental e intelectual

meu filho tem dificuldade de falar e pavor de palmas , tem 2 anos , tenho muitas dúvidas . Gostaria de saber qual o diagnóstico se enquadra .

Sofro demais com o diagnóstico da minha filha. Asperger ou autismo leve não é tão leve assim…vejo além do gasto financeiro exorbitante alguns profissionais que aproveitam do nosso desespero. Sinto que as escolas nos abandonam e cobram dos pais a disciplina que os nossos filhos não se enquadram. Por isso ao ler a matéria me senti acolhida. Alguém me estendeu a mão! Obrigada, muito obrigada!

Olá tudo bem? Vi sua live e gostei muito, me senti aliviada por que algumas coisas são animadoras, minha bebê tem 20 meses e estamos tentando diagnóstico, tenho dúvida de saber se o aspeger tem esteriotipias nas mãos? E se isso pode ser asperg ou só autista? Outra coisa minha bebê não fala mais anda bem e brinca com as crianças só não olha olhos e não atende quando chama. Tô numa dúvida enorme se é autismo ou asperg, agradeço a ajuda seu trabalho trás muita luz pra nós país que estamos aflitos com este assunto.

Olá, meu pequeno tem 4 anos, passou pelo neurologista onde foi encaminhado à avaliação com a neuropsicologia com pré diagnóstico autista. Estou desesperada, pois meu filho não está indo para escola, os profissionais de educação não sabem lidar com ele. Meu filho acaba sendo agressivo com colegas e professores. Quero poder compreender melhor o que está acontecendo, pra poder ajudar meu Eduardo.

Sou Pedagoga Especialista em Educação Especial com ênfase no autismo. As perguntas são todas do ano anterior e espero que esses pais tenham encontrado a melhor solução, pois se tivesse visto antes, acredito que poderia ter orientado.
Se quiserem e puder, pode divulgar meu e.mail, tenho um canal no Youtube “Virando a Página” com poucos vídeos, mas vou alimentar mais orientando, pois vejo que a demanda está cada vez maior.

Muito bom mesmo! Adorei a aula, isso mesmo, aula. Pois estou no curso de pós graduação em educação inclusiva, e me ajudou muito nas minhas lições!

Olá! Tenho visto uma avalanche de informações de como cuidar e tratar a às crianças com o Transtorno spectro autista e o aspeger. Mas vocês estão esquecendo dos adultos que descobriram de forma tardia, como deve ser tratamento além dos medicamentos? Afinal de contas muitos adultos ja sofreram ou sofrem as consequências dessa conformidade. Ex: Não conseguem arranjar empregos ou se manter neles, não casam, não têm amigos, têm problemas com a família é ainda não conseguem terá amigos.

Boa noite…minha tem 3 anos e não tem diagnóstico ainda devido o atraso no.parto ela tem atrasos…Não fala nada. MAS ESTÁ muito difícil ela tem se estressado muito.Fica batendo na cabeça acaba se machucando

Oi boa tarde tenho um filho de 9 anos tenho suspeita que meu filho e aspeperger pelo o comportamento dele. Ele e uma criança muito inteligente sabe se vira mais o comportamento dele que eu fico impressionada gostaria de saber como faço p tirar essa dúvida.

Então Dr., Asperger é um grau, e autismo leve é outro? Sendo que ambos estão dentro do espectro do autismo? É isso? Tenho um filho Asperger de 15 anos super inteligente, fala muito bem inglês e espanhol, e aprendeu sozinho.Obrigada pela atenção!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *